quarta-feira, 17 de janeiro de 2018

Polícia prende suspeito de vários crimes em Palmital


Em uma operação liderada pelo delegado Marcelo de Figueiredo, foi preso no final da tarde da segunda-feira, dia 15 de janeiro, Celeandro de Jesus, conhecido como Pelado. Ele é suspeito de uma série de crimes no município, como estupro, furto e roubo. Segundo o delegado, a operação envolveu a Polícia Civil e Militar do município, já que o elemento é considerado de alta periculosidade e estava foragido da Justiça. A operação envolveu 3 viaturas e cinco agentes.

“A Polícia Civil vinha monitorando os passos do foragido há algum tempo, sendo que sua prisão era questão de tempo. Ele foi surpreendido pelos policiais quando dormia em um celeiro, sendo necessário uso moderado da força para contê-lo”. Após a contenção, ele foi levado para a cadeia pública de Palmital, onde responde por vários crimes. Segundo o delegado Marcelo de Figueiredo, a polícia civil e a militar vão continuar trabalhando de forma conjunta para reduzir os índices de criminalidade em Palmital e Laranjal.

Corpo de jovem que levou 14 horas para ser recolhido pelo IML é velado nesta quarta-feira


O corpo de Carlos Ramón Días Del Antonio, de 18 anos, começou a ser devidamente velado na manhã desta quarta-feira (17), em Colombo, na Região Metropolitana de Curitiba. O jovem morreu com uma facada, vítima de uma tentativa de assalto.


"Uma pessoa, depois que falece, eu queria que levasse 20, 30 minutos para ela ser guardada, ser velada, não ficar uma, duas, 14, 16 horas ao relento", diz.

O filho dele foi morto quando voltava para casa, ao lado de uma namorada e uma amiga. Eles foram abordados por outros dois jovens, que estavam com armas de brinquedo. Carlos Ramón tentou reagir e acabou levando uma facada na nuca. Antes de morrer, ele ainda ligou para a família, pedindo ajuda.

"Sou mais um Silva, que tenta, luta para sobreviver um dia após o outro, contando as horas para chegar em casa, ver meus filhos respirando, comendo, rindo. Aí, chega, está ali estendido no chão", diz o pai da vítima, com lágrimas nos olhos.

Pedido de desculpas

Em entrevista à RPC, o secretário de Segurança Pública do Paraná, Wagner Mesquita, pediu desculpas à família do jovem morto. Ele reconheceu o problema da falta de viaturas para atender aos casos de mortes.

"Foi uma situação atípica. O excesso de trabalho do IML e uma sucessão infeliz de acontecimentos, que culminaram no atraso da retirada do corpo do Carlos Ramón. Primeiro de tudo, estamos consternados com a própria família, estamos condoídos com a dor dessa família e pedimos desculpas pelas circunstâncias do acontecido", afirmou Mesquita.

Segundo o secretário, o problema foi pontual e não deve voltar a se repetir. Ele garantiu que a pasta já encerrou uma licitação para alugar mais 30 veículos para todo o Instituto de Criminalística. Dessas, seis seriam viaturas para recolher corpos em Curitiba e na Região Metropolitana.

Ainda de acordo com Mesquita, o novo contrato prevê que a empresa troque as viaturas que tenham problemas, em um prazo de até duas horas. O contrato atual, conforme o secretário, apenas garante o conserto dos carros quebrados.

Adolescente apreendido

Com a ajuda de uma denúncia anônima, a Polícia Civil encontrou um adolescente de 17 anos, suspeito de participar do crime. Em depoimento, o rapaz confessou que estava no assalto, mas indicou o nome de outra pessoa, de 19 anos, que teria matado Carlos Ramón.

Após o depoimento, ele foi liberado. O delegado responsável pelas investigações afirmou que deve pedir a prisão preventiva do suspeito maior de idade. Veja mais clicando aqui.

Fonte: G1 - PR

Mortes nas rodovias federais caem 6% no Paraná em 2017, aponta PRF

VÍDEO:

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou 613 mortes no Paraná em 2017. O número é 5,98% menor do que o verificado em 2016, quando 652 pessoas perderam a vida em rodovias federais no estado.

O total de pessoas feridas também caiu, de 9.783 para 9.461 --uma redução de 3,3%.

As equipes da PRF atenderam 10.643 acidentes no ano passado. Foram 3,4% menos ocorrências do que o total de 11.021 acidentes atendidos em 2016.

Pelo terceiro ano consecutivo, a mortalidade em rodovias federais se manteve abaixo do patamar de 700 óbitos. Em todos os cinco anos anteriores a este período, de 2010 a 2014, os resultados sempre foram superiores a essa marca, com um pico de 855 mortes em 2012.

Desde 2010, o ano menos violento foi o de 2015, quando 583 mortes foram registradas.

As 613 mortes atestadas pela PRF no ano passado significam uma morte a cada período de 14 horas, aproximadamente.

O total de perdas humanas supera o de quatro aviões lotados, considerando modelos usados em voos comerciais como o Airbus A319 (capacidade para 132 passageiros) ou o Boeing 737-700 (138 passageiros).


Circunstâncias das mortes

Entre as principais causas dos acidentes com mortes ocorridos em 2017 estão falta de atenção do condutor (22,8% dos óbitos registrados); velocidade incompatível (18,6%); desatenção do pedestre (13,2%); desobediência à sinalização (8,5%); ultrapassagens indevidas (6,8%); ingestão de álcool (5,4%); e sono (4,6%).

As colisões frontais responderam por 28,5% das vítimas mortas no ano passado, seguidas pelos atropelamentos de pedestres (20%).

Três a cada quatro mortes ocorreram em pista seca. Mais da metade foram registradas à noite ou ao amanhecer/entardecer (62,8%) e em trechos de pista simples (58,9%).

Os homens representaram 77% das vítimas que perderam a vida. Motociclistas ou garupas foram 18,3% dos mortos. Ciclistas, 2,8%.

Ao longo de 2017, a PRF flagrou no Paraná 3.958 motoristas dirigindo sob efeito de bebidas alcoólicas; 24,7 mil manobras irregulares de ultrapassagem; e 273,6 mil veículos acima da velocidade máxima permitida.

A PRF fiscaliza uma malha viária de 4 mil quilômetros no estado.

Fonte: PRF

Conjunto Habitacional Arvoredo em Turvo, agora terá uma horta comunitária


Aproveitando uma área ociosa para a produção de alimentos, através do trabalho voluntário e solidário das moradoras, o Conjunto Habitacional Arvoredo em Turvo, agora terá uma horta comunitária, apoiados pela Secretaria da Família e Desenvolvimento Social, equipe técnica do CRAS e da Secretaria de Agricultura e Pecuária. 

A produção irá garantir economia, promover a participação e união das moradoras, acesso a alimentos frescos e saudáveis, além de garantir quantidade, qualidade e regularidade na alimentação.


 Fonte e fotos: Prefeitura de Turvo

MÃE E FILHO MANTINHAM PLANTAÇÃO DE MACONHA NO QUINTAL DE CASA EM GUARAPUAVA


Às 14h55min, conforme denúncia anônima via 190, foi repassado as equipes que na Rua Almirante Tamandaré, Bairro Alto Cascavel, os moradores que ali residem, estariam cultivando uma plantação de Maconha, sendo que por diversas vezes foi visualizado os moradores da residência fornecendo ramos da referida planta a terceiros. Com a apoio de uma equipe do serviço reservado, foi confirmado que nos fundos da residência teria vários pés de Maconha plantados, divididos em dois locais distintos dentro do pátio. Diante dessas informações, as equipes realizaram abordagem da residência, sendo localizado dois moradores, um adolescente (14) e sua genitora (52).
 Nos fundos da residência, em um quintal foi constatado tal plantação, sendo composta por dez pés de substância análoga a Maconha, com medidas entre 1,25 e 2,30m de altura. Indagado os moradores sobre o fato, o adolescente declarou que tinha conhecimento de sua ação ilícita de cultivar drogas e sua mãe declarou ter conhecimento do fato e de que ali estava sendo cultivada planta do tipo Maconha. Diante dos fatos, foi dada voz de prisão a mulher e de apreensão ao adolescente, que foram encaminhados até a 14ª SDP, juntamente com a droga apreendida.

Fonte: 16º BPM

PM de Turvo recupera motocicleta furtada



Na terça-feira (16), uma equipe de policiais militares realizava patrulhamento quando avistou uma motocicleta modelo Honda/XR 200R, estacionada frente a uma residência na Rua dos Expedicionários. Após consulta da placa, foi constatado que havia alerta de furto/roubo da mesma. Diante do fato, foi acionado o Guincho e encaminhada para a 14ª SDP, em Guarapuava.

PITANGA: TRÁFICO DE DROGAS, CORRUPÇÃO DE MENOR, RECEPTAÇÃO E ASSOCIAÇÃO CRIMINOSA


Às 18h00min, uma equipe de policiais militares realizou abordagem de um adolescente (17), o qual estava com um celular furtado e confessou que ele e outro indivíduo teriam furtado uma TV, celulares, tênis e outros objetos numa residência e disse que a TV e o tênis seu tio (19) teria negociado com dois indivíduos numa boca de fumo. Com a informação, foi abordada a residência onde estavam três homens (18) e um adolescente (15) e próximo a casa outro adolescente. 
Na residência foram localizados alguns produtos de origem duvidosa e um dos indivíduos estava calçado com o tênis furtado. Ainda no lado externo da casa um dos adolescentes disse que havia um pouco de droga escondida ao lado de uma privada, sendo apreendida 05 buchas de Maconha, 04 pedras de Crack e 03 buchas de Cocaína, ainda no interior da casa foi localizada uma balança de precisão. Os maiores foram presos e os menores apreendidos todos conduzidos à 45ª DRP.

Fonte: 16º BPM