sexta-feira, 13 de outubro de 2017

Nota fiscal eletrônica vai facilitar a vida do produtor rural


Os produtores rurais do Paraná que fazem operações interestaduais poderão em breve ter acesso aos benefícios da emissão da Nota Fiscal do Produtor Eletrônica – NFP-e. A Receita Estadual deve adotar o novo modelo a partir de 1º de janeiro de 2018. Entre as facilidades está a economia de tempo, uma vez que o produtor não precisará mais ir até a prefeitura do município para efetivar a prestação de contas.

Com a implantação do processo haverá também redução do consumo de papel, reduzindo o impacto no meio ambiente, além do incentivo do uso de novas tecnologias e diminuição dos gastos públicos.

A emissão das notas para vendas fora do Estado será exclusivamente pela internet por meio do Portal Receita PR (receita.pr.gov.br). Antes, o produtor deve fazer um cadastro de acesso no site na Secretaria Estadual da Fazenda (www.fazenda.pr.gov.br). Esse pedido de uso do Receita/PR é obrigatório e todo o processo acontece em ambiente seguro, mediante utilização de uma chave de acesso e senha.

De acordo com José Américo Silva Pinto, auditor da Receita Estadual, o produtor rural tem todas as condições de se cadastrar sozinho. Ele destaca que, além do custo zero, o registro oferece ao usuário a possibilidade de realizar essa emissão de onde estiver. “Antes, era preciso fazer esses deslocamentos até as prefeituras pelo menos duas vezes, para obter a nota e a prestação de contas”, diz.

A partir da adoção da nota fiscal do produtor eletrônica ficará vedado o uso da Nota Fiscal do Produtor Rural em papel (modelo 4) nas operações com outro Estado. Para as operações dentro do Paraná essa opção continuará válida. Nos últimos dois anos, 35 mil produtores fizeram operações interestaduais e cerca de 470 mil produtores rurais estão ativos nos registros da Receita Estadual.

O produtor, após fazer o cadastro, deve encaminhar o Termo de Adesão via Correios no endereço indicado no termo ou, se preferir, pode se dirigir diretamente a qualquer uma das Delegacias ou Agências da Receita Estadual (veja os endereços).
O registro é simples e rápido – demora no máximo um dia para ser concluído. Todo o processo é gratuito.

A Receita Estadual orienta os produtores rurais que não deixem para fazer o pedido de uso do Receita/PR na última hora para não correr o risco de ter problemas na emissão da NFP-e, já que todas as informações fornecidas pelo usuário precisam passar pela homologação da Receita Estadual. É importante também manter em dia o cadastro na prefeitura municipal, pois a emissão da NFP-e está condicionada ao registro atualizado.

Quem tiver alguma dúvida pode acessar o Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC) pelo número 41 3200-5009, para Curitiba e Região, ou 0800 41 1528 para as demais localidades. O atendimento funciona de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h.

Fonte: AEN

Horário de verão 2017 começa neste domingo



O horário de verão de 2017 começa na primeira hora do próximo domingo (15). À meia-noite de domingo, os moradores de 10 estados e do Distrito Federal devem adiantar o relógio em uma hora.

O ajuste vale para as regiões Sudeste, Sul e Centro-Oeste (São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Distrito Federal) e vigora até 18 de fevereiro do ano que vem.

Com isso, o horário no leste do Amazonas e nos estados de Roraima e Rondônia fica duas horas atrasado em relação ao de Brasília, enquanto oeste do Amazonas e Acre ficam três horas atrás.

O horário de verão foi instituído com o objetivo economizar energia no país em função do maior aproveitamento do período de luz solar.

A medida foi utilizada pela primeira vez em 1931 e depois em outros anos, sem regularidade. Em 2008, ganhou caráter permanente e passou a vigorar do terceiro domingo de outubro até o terceiro domingo de fevereiro do ano seguinte.

Fim do horário?

O governo federal chegou a avaliar o fim do horário de verão neste ano, depois que um estudo do Ministério de Minas e Energia indicou que o programa vem perdendo efetividade.

A análise mostrou que a intensidade de consumo de energia elétrica estava mais ligada à temperatura do que ao horário, com picos nas horas mais quentes do dia.

Porém, o Brasil enfrenta um período de estiagem, com hidrelétricas com níveis de água reduzidos, o que vem obrigando o governo a ligar as termelétricas (de operação mais cara) e até mesmo a importar energia de outros países.

Nesse cenário, qualquer economia de eletricidade é bem-vinda. Por isso, o governo decidiu manter o horário de verão em 2017. Para 2018, o assunto ainda será analisado.

CONSEG faz repasse para a PM de Turvo do Smartphone doado pela Loja Tend’Tudo


A Loja Tend’ Tudo tomou conhecimento que a Polícia Militar de Turvo necessitava de uma atualização tecnológica no referente aparelho de celular, pois eles utilizavam de um aparelho já defasado, e precisavam um smartphone para poder melhor atender a comunidade, assim como exemplo podendo até instalar o WhatsApp.

Sendo assim a Loja Tend’Tudo fez a doação de um Smartphone Sony Xperia, de última geração, para o CONSEG, o qual através do seu presidente Eugenio Pereira de Couto fez o repasse para Policia Militar de Turvo.

Assim a Policia Militar pretende oferecer a população de Turvo um contato mais rápido e eficiente. Fones da PM: (42) 3642-1946 – Celular da viatura e WhatsApp (42) 99133-9568 ou via 190 que será preservado o seu anonimato.





GUARAPUAVA: ESTUPRO DE VULNERÁVEL


No dia 12 out. 17, por volta de 19h, na Vila Jordão, relatou a solicitante (35) que na noite anterior foi posar na casa de seu namorado (42), e que levou sua filha de 10 anos, que durante a noite seu namorado foi até o quarto onde a criança dormia, que segurou a cabeça da menina e lhe deu um beijo na boca, ainda conforme relato da criança, ele teria sugado sua língua, momento em que a criança começou a gritar e foi socorrida por sua mãe, a criança ainda relatou que no início da noite, enquanto assistiam um filme, ele teria passado as mãos em suas coxas e nádegas sem que sua mãe percebesse. 
A solicitante informou que diante de tais fatos ficou desesperada, pegou sua filha e foi embora da residência e que temendo por sua segurança não acionou a polícia na hora dos fatos, diante disso a equipe deslocou até o Bairro Santana, na residência do autor, onde o mesmo foi localizado e conduzido até a 14ª SDP para os procedimentos cabíveis.

Fonte: 16º BPM

GUARÁ: CUMPRIMENTO DE MANDADO JUDICIAL / DESOBEDIÊNCIA / PORTE ILEGAL DE ARMA DE FOGO, ACESSÓRIO OU MUNIÇÃO / RESISTÊNCIA


Guará - Guarapuava: No dia 12 out. 17, às 08h30min, equipes policiais iniciaram diligências no Distrito do Guará, onde, por volta das 17h, nas proximidades da “Comunidade Igrejinha”, as equipes pararam as viaturas em distância segura e iniciaram progressão a pé, pois era de conhecimento dos militares estaduais que nessa região havia pessoas armadas. Em dado momento, foram surpreendidos por cinco homens, todos portando armas longas, os quais mesmo após advertência verbal e ordem para que largassem as armas, não acataram e passaram a efetuar disparos contra os policiais militares, os quais necessitaram revidar a injusta agressão, visando resguardar a integridade física, bem como a própria vida, em inconteste gozo de excludente de antijuridicidade por legítima defesa. Dessa situação de confronto armado, um cidadão foi baleado pelos policiais militares, sendo esse posteriormente identificado (33). 
Os demais autores dos disparos contra as equipes policiais tomaram rumo ignorado em direção ao matagal existente na localidade. Imediatamente após o confronto não foi possível aproximar-se do local, onde posteriormente (aproximadamente 25min depois) foi constatado que o homem estava baleado, em virtude da região ser de muito mato, bem como pelo número considerável de pessoas com armas de fogo sob suas posses. 
Foi localizado, então, a aproximadamente dois metros do local em que o homem havia caído uma arma de fogo tipo espingarda Cbc calibre .28, modelo .621, carregada com uma munição CBC calibre .28, pronta para novo disparo, e também outros três facões que foram abandonados. No local também foi logrado êxito na abordagem de mais um suspeito (29), sendo que esse é evadido do sistema prisional. Solicitado atendimento do SAMU e encaminhado o homem alvejado para atendimento médico. 
Foi realizada guarda de preso na UPA Batel, o qual posteriormente foi encaminhado à 14ª SDP onde foi apresentado à autoridade policial para que fossem adotadas as medidas cabíveis.

Fonte: 16º BPM

Guarapuava: Novos espaços de saúde vão beneficiar mais de 400 mil pessoas


Mais de 400 mil pessoas serão beneficiadas pelo atendimento do Hospital Regional de Guarapuava e o Centro de Especialidades que o Governo do Paraná está construindo em Guarapuava. As duas unidades, que ficarão prontas em 2018, atenderão a população de Guarapuava e de municípios da região central do Estado e recebem investimentos de R$ 56,5 milhões, do governo estadual.

“São importantes e belíssimas construções que vão proporcionar um atendimento mais digno e mais humano, à altura da importância da população”, disse o governador Beto Richa ao vistoriar as obras, nesta quarta-feira (11). O secretário de Estado da Saúde, Michele Caputo Neto, e o prefeito de Guarapuava, Cesar Silvestri Filho, acompanharam o governador.

Caputo Neto lembrou nos 30 anos anteriores ao início da atual gestão o único grande investimento em saúde em Guarapuava foi o hemonúcleo. “Não houve um investimento estruturante na cidade na área da saúde. Desenvolvimento sustentável sem saúde não acontece. Não há investimento econômico que se sustente se a saúde não estiver bem”, afirmou.

MAIOR OBRA – O Hospital Regional de Guarapuava é a maior obra de edificação pública em andamento no Estado. O investimento do governo é de R$ 47,5 milhões. Com uma área de 16 mil metros quadrados e 150 leitos, a unidade atenderá serviços de urgência e emergência, além de cirurgias vasculares, neurológicas e emergenciais. Dos 150 leitos, 30 serão de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de adultos e 10 de UTI pediátrica.

O novo hospital vai diminuir necessidade de transporte e transferência de pacientes para outros centros, como Cascavel, Ponta Grossa, Campo Largo ou Curitiba. A obra está com 60% de execução e o prédio terá seis pavimentos, com quatro andares, heliponto e auditório para aulas e capacitações.

CENTRO DE ESPECIALIDADES – O Centro de Especialidades de Guarapuava está localizado ao lado do Hospital Regional. No local, será possível fazer exames de várias especialidades, como oftalmologia, audiometria, mamografia, eletroencefalografia e endoscopia e terá estrutura para cirurgias simples em 24 consultórios. São 3.112 metros quadrados de área e investimento de R$ 9 milhões. O centro será referência também para o atendimento da rede Mãe Paranaense na região.

São dois andares que abrigam 24 consultórios médicos. O espaço já está com 95% da obra concluída e deve entrar em funcionamento no primeiro semestre de 2018. O centro será gerenciado por um consórcio entre Governo do Estado e municípios. Além da construção, a Secretaria de Estado da Saúde está licitando R$ 3 milhões em equipamentos para a unidade.

OUTROS INVESTIMENTOS – Na vistoria às obras, o governador lembrou que as novas unidades se somam a outros investimentos na área de saúde, como no Hospital São Vicente de Guarapuava, que é a principal referência de atendimento da região. Nos últimos anos, o governo estadual destinou ao São Vicente uma série de equipamentos e R$ 3,1 milhões para a construção de um novo prédio anexo. O hospital recebe R$ 2,8 milhões para as despesas de custeio.

INFRAESTRUTURA - O governador Beto Richa também visitou obras do governo estadual na BR-277, no trecho que dá acesso à Rua XV de Novembro, que é uma das entradas para o município. No local, uma trincheira está sendo instalada. “Hoje, 100% das rodovias que cortam Guarapuava no perímetro urbano estão em duplicação”, disse Richa.