sexta-feira, 18 de agosto de 2017

PIG reinaugura setor industrial de Guarapuava



Nesta sexta-feira (18) foi reinaugurado o setor industrial da Penitenciária Industrial de Guarapuava (PIG). O local tinha sido destruído após rebelião de internos em 2014 e, depois de dois anos e meio, foi completamente reformado. “Este é um grande momento para funcionários e apoiadores da PIG. É também o momento de agradecer as parcerias, entre elas com a Prefeitura de Guarapuava, pela ajuda na reconstrução do complexo”, disse o diretor, Renato Silvestre.

Segundo o Diretor de Departamento Penitenciário do Paraná, Luiz Alberto Cartaxo, a PIG volta a ser um modelo para todo o Estado. “Aqui não há contato entre os agentes e os penitenciários, sendo um método que deve ser espalhado para as outras 33 penitenciárias do Paraná. Além disto, o trabalho desenvolvido pelos presos também é referência e serve como modelo para todo o Estado”.

O Brasil é hoje o 3º país com maior população carcerária do mundo, um número que cresce a cada dia. Nos últimos anos, o percentual subiu mais de 400%. “Há muitos presos ociosos e aqui é um lugar diferente, pois é baseada no tripé: Trabalho, educação e respeito. Essas características fazem a diferença e dão a oportunidade do preso ser reinserido na comunidade e diminua os índices de reincidência, melhorando a segurança pública da cidade”, completou a promotora da Vara de Execuções Penais, Marcia Broietti.

Fazer do espaço um lugar diferente é o que pensa o prefeito, Cesar Silvestri Filho. Para ele, articular as forças políticas e judiciárias para que haja a superação de todos os problemas é a grande solução. “Esta é mais uma oportunidade para fazer a diferença para as pessoas e não repetir o que aconteceu no passado. Sabemos que a PIG é referência e queremos que ela volte a dar oportunidades para as pessoas, pois acreditamos que isto é possível”.

Fonte: www.guarapuava.pr.gov.br

Porto de Paranaguá bate recorde de carregamento em 24 horas


O Corredor de Exportação do Porto de Paranaguá bateu mais um recorde . Desta vez foi o de embarque de grãos num período de 24 horas pelo Corredor de Exportação. 

Ao todo, foram embarcadas 134.057 toneladas de milho e farelo de soja nos três berços do corredor. A marca foi atingida na quarta-feira (16).

O carregamento supera em 18,7% o recorde anterior, alcançado em agosto de 2014, quando foram embarcadas no corredor de exportação 112.900 toneladas de grãos no intervalo de 24 horas.

O resultado comprova o aumento de produtividade do Porto de Paranaguá no escoamento de grãos, após investimentos públicos que totalizam cerca de R$600 milhões. “Tivemos muitos dias de chuva na última semana. Bastou que tivéssemos uma janela de tempo bom para que voltássemos a carregar com agilidade máxima no corredor de exportação”, afirma o diretor-presidente da Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa), Luiz Henrique Dividino.

DETALHES - Os navios que contribuíram para o recorde carregaram das 16hs do dia 15 de agosto até as 16hs do dia 16 de agosto. No berço 212 estava atracado o navio Star Nina, vindo da Índia com destino à Holanda, e que carregou em 24h 40.384 toneladas de farelo de soja. No berço 213, o navio Three Star – vindo da Índia com destino a Singapura – carregou 44.764 toneladas de milho. Já no berço 214, o navio Ssi Excellent – vindo da África do Sul com destino ao Japão – carregou 48.908 toneladas de milho.

INVESTIMENTOS - O Porto de Paranaguá recebeu, desde 2011, o maior pacote de investimentos da sua história. Foram R$ 624 milhões em obras que deram mais agilidade e aumentaram a produtividade do porto. Prova disso é que inúmeros recordes foram batidos nos últimos anos. No primeiro semestre de 2017, por exemplo, foi registrada a maior movimentação da história do Porto em um período de seis meses: 25 milhões de toneladas operadas.

Além da expansão nos granéis sólidos, o Porto registrou os maiores volumes de movimentação de cargas gerais (veículos, equipamentos agrícolas, peças industriais) e granéis líquidos em sua história neste mesmo período.

Entre os investimentos estão obras de repotenciamento, reformas do cais, troca de equipamentos, campanhas de dragagem e novos processos automatizados que dão mais agilidade e segurança nas operações

Foram adquiridos quatro novos shiploaders (equipamento que carrega com grãos os navios cargueiros), substituindo os antigos, que datavam da década de 1970. Nesta gestão também foram adquiridos dez novos guindastes, novas balanças para pesagem dos caminhões, novos tombadores e demais componentes para descarga. O Porto ganhou ainda scanners para inspeção de cargas, novas guaritas informatizadas e novo acesso ao Pátio de Triagem foram instalados, a implantação do APPA WEB (Porto Sem Papel) e a nova iluminação (em LED) da avenida portuária.

Fonte: AEN

RAPAZ QUE ESTAVA DESAPARECIDO HÁ QUASE UMA SEMANA É ENCONTRADO MORTO E ENTERRADO ATRÁS DA CASA ONDE MORAVA


A equipe policial militar que estava de serviço em Clevelândia, foi acionada para atender um caso de achado de cadáver nesta sexta-feira (18/8).

No local indicado, na rua Diogo Siqueira Bello, bairro Vila Operária, foi achado um corpo enterrado nos fundos de uma residência.

No local, os policiais constataram o fato. A vítima foi encontrada enterrada com parte das pernas e braços para fora da terra, não sendo possível a sua identificação. Mas segundo familiares trata-se da pessoa de Universo da Silva Oliveira, 22 anos, o qual estava desaparecido desde o dia 12 deste mês.

A equipe isolou o local e aguarda a chegada da criminalística para identificação da vítima.


Fonte: Adelino Guimarães Rádio Vóz
Fotos: wathsApp

Colisão entre ônibus e Fusca deixa um morto em Guarapuava



Foi identificada a vítima fatal de um acidente de trânsito que ocorreu na manhã desta sexta feira (18) no bairro Santana, em Guarapuava. 

Edson Souza Martins, de 51 anos, estava em veículo VW Fusca, que foi atingido por um ônibus do transporte coletivo.

O corpo de Edson foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Guarapuava, de onde deve ser liberado pára que os familiares providenciem o sepultamento. A vítima era moradora da cidade de Palmital.

Faleceu aos 35 anos em Turvo, Michely Rodrigues jacklusk

  
Faleceu por volta das 06h00 dessa sexta (18), no Hospital Bom Pastor de Turvo, Michely Rodrigues Jacklusk, com 35 anos de idade. O velório será em sua residência na Localidade da Dodge. O sepultamento acontece às 09h00 deste sábado, no Cemitério Municipal.

Michely era cabeleireira, esposa do Michel e filha da Terezinha  jacklusk.

Informações repassadas pela Funerária Serluto de Turvo.

À família enlutada as nossas sinceras condolências.