terça-feira, 16 de maio de 2017

Guarapuava: Polícia identifica corpo encontrado sem cabeça e sem coração



A Polícia Civil de Guarapuava identificou o corpo encontrado sem cabeça e sem coração, no Rio Coutinho, em Guarapuava, na tarde dessa segunda feira (15). 

Trata-se de Marcos Moraes Moreira. O corpo está sendo liberado por familiares, às 11h30, desta terça (16), no Instituto Médico Legal (IML). De acordo com o delegado-chefe da 14ª Subdivisão Policial (SDP), Rubens Miranda Junior, o homem veio do Estado do Pará há poucos dias e possuía parentes em Guarapuava.

Segundo o delegado, a polícia também já possui suspeitos do crime hediondo. Uma delas é Ana Eliza dos Santos, de Guarapuava, presa em Pontal do Paraná, nessa segunda (15), acusada de ter participado do sequestro de Volmir Luis Bolsing, de União da Vitória.“Há suspeitas de que essa mulher esteja envolvida também nesse crime”. De acordo com o delegado, a polícia investiga os antecedentes de Marcos no Pará. “A partir dessa informação vamos buscar a motivação do crime”.

Fonte: www.redesuldenoticias.com.br

Serviço Alerta Geada, do Simepar e Iapar, começa a operar


Entra em operação nesta terça-feira (16) o serviço Alerta Geada, mantido pelo Instituto Agronômico do Paraná (Iapar) e pelo Sistema Meteorológico do Paraná (Simepar) até o final do inverno. As previsões podem ser acessadas em ícone específico nas páginas www.iapar.br e www.simepar.br bem como pelo telefone (43) 3391-4500 ao custo de uma ligação para aparelho fixo. 

O principal objetivo do Alerta Geada é auxiliar produtores rurais na prevenção e redução de perdas agrícolas. Os avisos são amplamente difundidos por uma rede formada por órgãos públicos estaduais, prefeituras municipais, cooperativas, associações rurais, técnicos e profissionais de agronomia, veículos de comunicação, estabelecimentos educacionais e comunitários. Desde que foi lançado há 23 anos, o serviço destaca-se pelo alto grau de confiabilidade, pois nunca ocorreu erro na detecção desse tipo de evento. 

FUNCIONAMENTO - Segundo o meteorologista do Simepar Cezar Duquia, o risco de geada configura-se com a aproximação de massas de ar frio com "céu de brigadeiro". O fenômeno costuma ocorrer no Centro Sul, Planalto Central e na parte da Região Metropolitana de Curitiba, conhecida como Planalto Leste. As condições do tempo são monitoradas com base em dados de temperaturas, pressão atmosférica, ventos e umidade do ar desde a superfície até aproximadamente 15.000 metros de altura. Também são observadas as imagens provenientes de satélites. É analisado um campo meteorológico em ampla escala, com dados nacionais e internacionais integrados em uma rede. As previsões são reavaliadas duas vezes ao dia. Um mapa de probabilidade classifica a geada como fraca, moderada ou forte.

Uma vez emitida a previsão do Simepar, a equipe de agrometeorologistas do Iapar interpreta as informações e dispara os alertas por e-mail, mensagens de texto, imprensa e redes sociais. Se as condições para formação de geada persistem, um aviso de ratificação é enviado até 24 horas antes da ocorrência prevista. “Os prognósticos deste ano indicam normalidade com El Niño fraco em julho e agosto, quando aumenta um pouco a probabilidade de geada”, explica Duquia. Em 2016 foram emitidos dois alertas. 

RECOMENDAÇÕES - O Estado tem cerca de 50 mil hectares de lavouras de café - as mais vulneráveis à geada. A maioria é cultivada por pequenos produtores familiares e tem em média 10 hectares. A estimativa de produção para 2017 está em torno de 1,3 milhão de sacas beneficiadas. “Considerada a relação custo-benefício, as medidas de proteção valem a pena”, afirma o economista do Departamento de Economia Rural da Secretaria de Agricultura do Paraná, Paulo Sérgio Franzini. 

Segundo a meteorologista Ângela Beatriz Costa, para lavouras cafeeiras com idade entre seis e 24 meses, é recomendável amontoar terra até o primeiro par de folhas no tronco das árvores imediatamente, protegendo as gemas e evitando a morte da planta em caso de geada severa. Conhecida como "chegamento de terra", a proteção deve ser mantida até o final do período frio – em meados de setembro – e então retirada preferencialmente com as mãos. Nos plantios com até seis meses de idade, a recomendação é enterrar as mudas. Viveiros devem ser protegidos com várias camadas de cobertura plástica. A proteção das lavouras novas e viveiros deve ser rapidamente removida logo que a massa de ar frio se afastar e cessar o risco imediato de geada. 

Outros setores da economia também são beneficiados pelo Alerta Geada, como produção de hortaliças, comércio de vestuário, construção civil e turismo. 

APERFEIÇOAMENTO – O Simepar vem desenvolvendo um grande esforço para aumentar a definição espacial da ocorrência de geadas e das propriedades em risco de serem atingidas. Segundo o diretor Eduardo Alvim Leite, a prestação do serviço será aperfeiçoada por novas tecnologias: “No futuro próximo, os avisos serão emitidos no formato CAP (sigla em inglês para Protocolo de Alerta Comum), um padrão internacional de comunicação de alerta universalmente compreensível adotado pela Organização Meteorológica Mundial”. As mensagens poderão ser dirigidas aos proprietários de áreas mais vulneráveis já cadastrados. Além disso, a iminência de eventos severos poderá ser comunicada a todo usuário de qualquer operadora de celular que se encontre na região no momento, mesmo que não esteja previamente cadastrado. 

Interessados em receber as mensagens do Alerta Geada por e-mail ou SMS devem cadastrar-se em www.iapar.br.

POKER ÓLEO LEVE GUARAPUAVA FUTSAL RECEBE O UMUARAMA NO JOAQUINZÃO



Depois de duas semanas sem jogar em casa, o Cad joga nesta terça-feira(16),às 20h15 no Ginásio Joaquim Prestes (Joaquinzão), contra a equipe do Umuarama futsal, partida válida pelo Campeonato Paranaense da Chave Ouro 2017.

Para o confronto de hoje o Técnico João Carlos Barbosa (Banana), poderá ter a volta do fixo Farinha, que aguarda a liberação médica para atuar na partida de logo mais a noite no restante todos os atletas estão a disposição do Técnico Banana.

Vamos em busca da vitória pois, sabemos o quão está nivelada a competição este ano, e vencer em casa é de suma importância para subirmos na tabela de classificação, disse Banana.

O último jogo do Poker Óleo Leve Guarapuava Futsal na Chave Ouro, foi na semana passada em Francisco Beltrão e os Guarapuavanos foram derrotados por 6 a 3, já o seu adversário de hoje empatou em casa contra o Foz Futsal em 1 a 1.

Guarapuava e Umuarama sempre proporcionaram belos espetáculos do salonismo paranaense, na atual competição o time da casa ocupa a sétima colocação com 5 pontos em 4 jogos, já a equipe do Noroeste está na nona colocação com 4 pontos em 5 jogos.

ASSESSORIA CAD/FOTO RICARDO ARTIFON

Funerária procura familiares de andarilho do Paraná que morreu em hospital de Montes Claros


Funcionários de uma funerária em Montes Claros, no Norte de Minas, procuram por familiares de um homem de 64 anos que morreu no domingo (14). Paulo César da Silva Santos Costa, natural de Prudentópolis (PR), era andarilho e chegou à cidade no dia 6 deste mês, conforme anotações em um diário de bordo que ele carregava. No dia 8, Paulo foi internado por causa de uma pneumonia e não resistiu. 

O que chamou a atenção dos funcionários foi a organização dos bens que o andarilho carregava. “Ele tem uma história. Só de olhar as anotações dele dá para perceber que tem uma família. Então não dá para ser enterrado como indigente”, explica o diretor da funerária, Luciano Santana de Souza. 

Entre os materiais de Paulo César, a funerária encontrou extratos bancários com valores de até R$ 80 mil, declaração de imposto de renda, passaporte, título de eleitor e mapas com anotações de itinerários por onde já havia passado. “Está tudo muito organizado. Conseguimos telefone de alguns conhecidos dele que confirmaram as anotações, inclusive de viagens internacionais, mas eles também não souberam informar contatos de algum familiar do Paulo César”, diz Souza. 

O G1 conversou por telefone com um dos amigos do andarilho, o empresário Paulo José Ceregato dos Santos, que mora em Prudentópolis (PR). “Conheço o Paulo há 15 anos. Ele sempre foi um cara do bem. Tinha uma bicicleta cargueira que ele rodava por todos os lugares do país e até fora dele. Um cara bastante organizado e honesto, mas não sabemos de nenhum parente dele, apesar de falar com muito orgulho do avô”, disse ao G1. 



O empresário contou ainda que o Paulo sempre tinha orgulho ao falar que participou de dois filmes. “Ele contava ter participado dos filmes e em um deles era chefe de uma gangue de motoqueiros”. 

Entre os materiais que o andarilho carregava, estava alguns pendrives com arquivos de fotografias, músicas; uma arte com a capa do filme “O Guru das Sete Cidades”, e reproduções dos créditos deste filme onde aparecia o nome dele. 



No diário de bordo, algumas anotações chamam a atenção. O andarilho diz ser devoto de Santa Bárbara e em algumas páginas faz preces, em outras queixa de dores, fome e da falta de dinheiro. “Super fraco. Meu coração super batendo e eu sem forças para nada; quase morto, ainda com fé” [sic], disse Paulo na última anotação do diário, feita no dia 7 deste mês. 


Contato 

Quem souber de alguma informação que leve ao paradeiro dos familiares de Paulo César da Silva Santos Costa pode entrar em contato pelo telefone (38) 3221-2234.

Fonte: G1 - PR

Suspeito de usar bateria de carro para matar jovem é preso



A polícia prendeu nesta segunda-feira (15) o suspeito de ter matado uma jovem de 25 anos em São João do Ivaí, no norte do Paraná. Segundo a delegada Karein Friedrich, o rapaz de 19 anos confessou o assassinato e disse que cometeu o crime por ter sido reconhecido pela vítima.

O homicídio foi praticado no sábado pela manhã (13). Ainda de acordo com a responsável pelo caso, Vanessa Formentini foi morta a facadas. O suspeito ainda usou uma bateria de carro para atingir a cabeça da moça.

“Tínhamos o mandado de prisão preventiva contra ele. Quando chegamos na oficina mecânica onde ele trabalha e o comunicamos, ele logo nos levou até o local onde tinha dispensado a faca de cozinha que usou para matar a jovem”, comentou a delegada.

Na delegacia, o suspeito disse que foi até a casa da vítima, próxima à oficina, para roubar objetos do carro que estava na garagem. Ao olhar pela janela da residência se deparou com a jovem. E, ao sair na varanda, contou, ela gritou por ajuda.

“Ali ele já desferiu um golpe de faca contra ela e a perseguiu até a sala, onde a esfaqueou outras vezes e usou uma bateria de carro para golpeá-la na cabeça, ferindo-a gravemente”, completou Karein.

O corpo da jovem foi encontrado pelo irmão. Ele estranhou a demora da irmã em chegar ao mercado da família onde trabalhava.

O suspeito, que também confessou ter praticado um furto na casa da vítima em dezembro de 2016, foi reconhecido com a ajuda de imagens de câmeras de segurança da vizinhança e por testemunhas que o viram no local pouco antes do crime.

Petição

Revoltados com a violência do caso, moradores de São João do Ivaí, lançaram na internet a coleta de assinaturas para uma petição que reivindica mais segurança à cidade de cerca de 12 mil habitantes.

Fonte: G1 - PR