segunda-feira, 1 de maio de 2017

Grande grupo de fiéis caminharam cerca de 9 km na Caminhada Vocacional em Turvo



Na manhã desse domingo, 30 de abril, aconteceu a Caminhada Vocacional em direção ao interior do município de Turvo, com percurso de 9 Km. A saída foi às 7:00 hrs, desde a entrada da Cachoeira dos Turcos com destino à Comunidade de Arroio Fundo dos Pupos. No trajeto além de vários cantos também aconteceu a meditação da Via Sacra, e nos intervalos entre as 14 estações foram Recitados os Mistérios do Santo Rosário e o Terço da Misericórdia, dirigidos pelo Seminarista da Congregação dos Padres, Marianos Gilvan Lopes Lima, e também pelo Músico e Religioso Cristiano Francisco Tostes. Houve uma grande participação dos fiéis da Matriz como também das comunidades vizinhas por onde passava a caminhada. 
Na chegada às 10:30 hrs os peregrinos foram recebidos pela comunidade e em seguida encerrou-se com a Santa Missa Presidida pelo Pe. Luiz Grudznski, liturgia e cantos a cargo do Terço dos Homens de Turvo. Logo após foi servido um delicioso almoço a todos os presentes e para a distração e confraternização do público, houve o sorteio de alguns binguinhos. O evento foi organizado pelo Terço dos Homens de Turvo. A sonorização, divulgação, vídeos e fotos à cargo da Pascom de Turvo.

Veja mais fotos clique aqui.




Oito presos escapam do regime semiaberto em Guarapuava



A Polícia Militar (PM) atendeu a duas fugas do Centro de Regime Semiaberto de Guarapuava (CRAG), na região central do Paraná, no domingo (30).

A primeira foi por volta do meio-dia. Os policiais foram chamados por agentes penitenciários, que relataram que quatro detentos fugiram por uma matagal aos fundos da unidade prisional. Até a publicação desta reportagem, ninguém havia sido recapturado.

A segunda fuga foi por volta das 21h do mesmo dia, quando agentes contaram aos policiais que mais quatro detentos arrombaram o forro dos alojamentos, pularam a tela dos fundos do pátio e fugiram.

Houve patrulhamento da PM, mas eles também não foram recapturados.

Fonte: G1 - PR

Crianças poderão ser registradas na cidade de residência dos pais

Uma medida provisória publicada nesta quinta-feira (27) no Diário Oficial da União autoriza que a naturalidade da criança seja definida no momento de registro entre a cidade de nascimento ou a cidade de residência da mãe. Até então, a lei permitia que a certidão de nascimento registrasse apenas o local onde ocorreu o parto do bebê. 

A Medida Provisória 776/2017 atende a um pedido de municípios que não possuem maternidades e, a partir de agora, poderão registrar nativos de suas localidades. No Paraná, por exemplo, dos 399 municípios, 105 possuem serviços de parto pelo Sistema Único de Saúde (SUS). 

“Nem todos os nossos municípios têm capacidade de gerir grandes equipes de saúde. Então, a gestante deve ser atendida em um local que garanta uma assistência adequada. Mas, não por isso, as cidades devem ficar sem registros de nascimento em suas localidades. A alteração desse modelo também é um benefício para as famílias que desejam que esse registro seja feito no local em que a criança irá residir”, comenta o secretário de Estado da Saúde do Paraná, Michele Caputo Neto. 

NA IDENTIDADE - Carolina, filha da administradora Alessandra Viapiana, nasceu no dia 12 de abril deste ano. Por ser uma gravidez de alto risco, a moradora de Pato Branco, na região sudoeste do Estado, precisou ter seu parto realizado em Curitiba. “Acabei fazendo o registro dela como nascida na capital mesmo, mas gostaria muito que minha filha tivesse a cidade em que moramos na identidade”, conta a mãe. 

De acordo com o Governo Federal, a decisão também vai facilitar o controle da natalidade com o levantamento mais seguro dos dados populacionais de cada município do país. As informações também vão facilitar o desenvolvimento de ações e políticas públicas da área de saúde.

Fonte: www.aen.pr.gov.br

Duas colisões deixam nove feridos na PR 170, em Pinhão

Duas colisões deixaram nove pessoas feridas entre a noite desse sábado (30) e a madrugada desta segunda (1º) na PR 170, entre Guarapuava e Pinhão.

O primeiro acidente ocorreu às 20h14, nas proximidades da Serra do Cadeado, e envolveu um VW Gol, com placas de Pinhão, conduzido por Antonio Pereira dos Santos, e um Renault Clio, com placas de Guarapuava, conduzido por Sebastião Alves de Lima.

O passageiro José de Lima teve ferimentos leves e foi encaminhado para a UPA do Batel. Já o motorista do Gol teve ferimentos graves e foi encaminhado para o Hospital São Vicente de Paulo, em Guarapuava.

A segunda colisão foi atendida pelo Corpo de Bombeiros à 01h58 de hoje (1º), no bairro Guarapuavinha, em frente à entrada para a Vila Rural, e envolveu um GM Corsa, com placas de Pitanga, conduzido por Edenilson da Silva, e um VW Gol, com placas de Pinhão, conduzido por Everaldo Camargo.

Os dois motoristas tiveram ferimentos graves e foram encaminhados para o Hospital Santa Cruz, em Pinhão.

Também tiveram ferimentos os passageiros A.P.D., de 16 anos, Nilza Aparecida Alves de Oliveira, de 44 anos, Lucimara dos Santos, de 41 anos, Maria de Lurdes Lima, de 43 anos, e Albari Lima, de 45 anos. Todos os feridos foram encaminhados em estado grave para o Hospital Santa Cruz.