sábado, 10 de dezembro de 2016

Mulher morre em acidente na Rodovia PRC-466 em Manoel Ribas



Na manhã de sábado, dia 10 de dezembro, por volta das 09:40 hrs, um grave acidente envolveu o veículo GM/Celta, placas AKJ-4068 de Londrina, na Rodovia PRC-466 em Manoel Ribas. De acordo com informações, o automóvel ocupado por cinco pessoas seguia no sentido Ivaiporã/Manoel Ribas, quando acabou saindo da pista e batendo em um árvore próximo o entreposto da Coamo de Canjarana. Segundo relatos extraoficiais, no veículo viajavam três mulheres adultas e duas crianças e uma das mulheres que estava no banco traseiro teria ido a óbito no local. A equipe de Bombeiros Comunitários de Manoel Ribas foi acionada para prestar atendimento às vítimas. A Polícia Rodoviária Estadual (PRE) de Pitanga e IML de Ivaiporã também foram acionados. Até o momento não há informações oficiais sobre o grau de ferimentos das demais vítimas.

Hoje tem show com Renan & Ray em Santa Maria do Oeste


Ingressos em Turvo na Farmácia FarmaTotal.



Neste domingo em Guarapuava, a equipe do Lojão do Braz Turvo/FarmaTotal joga a semifinal da 3ª Copa Maickel Competições de Futebol Society.


Neste domingo, 11 de dezembro, serão conhecidos os finalistas da 3ª Copa Maickel Competições de Futebol Society.

18:30 Lojão do Braz Turvo/FarmaTotal x AVS Veículos.

20:00 Gabi Lanches x Anvisa Keima Futsal.






Estado garante unidade de tratamento contra o câncer em Irati


O secretário estadual da Saúde, Michele Caputo Neto, anunciou nesta sexta-feira (9) que a cidade de Irati foi escolhida para sediar um novo serviço de referência em tratamento de câncer. O projeto será desenvolvido em conjunto com o Hospital Erasto Gaertner, de Curitiba, considerado uma das principais instituições ligada à área de oncologia do Brasil.

A parceria foi formalizada nesta sexta-feira, durante solenidade de inauguração da nova Farmácia do Paraná, em Irati. No evento, Caputo Neto assinou um protocolo de intenções junto à direção do Erasto Gaertner, o que assegura o repasse mensal de R$ 200 mil em recursos de custeio para garantir a manutenção do serviço.

A expectativa é a que unidade avançada do hospital, em Irati, comece a funcionar já em março do ano que vem. "Trata-se de um dia histórico para a saúde desta região. Vamos aplicar pelo menos R$ 2,4 milhões ao ano para viabilizar a instalação desta estrutura aqui em Irati, permitindo que os pacientes sejam atendidos mais perto de casa" destacou o secretário.

Atualmente, 180 pacientes da região fazem o tratamento contra o Câncer em Curitiba. Eles precisam se deslocar cerca de 150 quilômetros para ter acesso à assistência especializada. Uma rotina que se prolonga por até cinco anos, pelo menos uma vez por mês.

Este é o caso da iratiense Luciane Pabis, diagnosticada com câncer de mama há três anos. Ela afirma que a viagem dura cerca de 2h30, é muito cansativa e desgastante. "Poder ser atendida aqui em Irati é um sonho. Ainda mais agora que meu pai também está com câncer e muitas vezes precisa passar semanas lá em Curitiba, longe da família, em tratamento", declarou.

A unidade de Irati ocupará as instalações da Associação do Núcleo de Apoio do Portador de Câncer de Irati - Anapci. O local será todo remodelado para atender às exigências sanitárias e receberá grande parte da demanda ambulatorial em oncologia da região.

A previsão é que o espaço seja responsável pelos procedimentos de triagem, quimioterapia oral, acompanhamento pós-operatório, entre outros serviços de média complexidade. As obras de adaptação contarão também com pouco mais de R$ 300 mil, oriundos da economia feita pela Câmara Municipal de Irati.

De acordo com o superintendente do Hospital Erasto Gaertner, Adriano Rocha Lago, o projeto de expansão da instituição só está se concretizando graças à sensibilidade do Governo do Estado. "Nosso hospital é hoje responsável por atender 55% da demanda de oncologia do Paraná. Ônibus cheios chegam à Curitiba diariamente trazendo pacientes de todas as regiões. Com iniciativas como esta, poderemos evitar este transtorno e levar atendimento de qualidade também para o interior do Estado", explicou.