sábado, 18 de junho de 2016

Morador de Pitanga morre em um grave acidente próximo a Nova Tebas.



Um grave acidente ocorrido na tarde deste sábado (18) provocou a morte de uma pessoa próximo ao distrito de Catuporanga/Município de Nova Tebas. O acidente aconteceu por volta das 12h40 no trevo de entroncamento das rodovias PR-460 e PR-487, envolvendo um veículo modelo Fiat/Uno Mille, com placas de Pitanga-Pr.

De acordo com as informações, o veículo trafegava sentido Nova Tebas quando veio a capotar ejetando o condutor. A equipe de Bombeiros de Manoel Ribas, com a guarnição composta pelos agentes Jocimar Gonçalves, Marquezine e Maurício, foi acionada mas quando chegou ao local, o motorista e único ocupante do veículo já estava em óbito. A vítima foi identificada como Dionatan da Silva Martins, de 29 anos de idade, conforme documentação pessoal que portava e segundo informações ele é morador de Pitanga 

O corpo de Dionatan foi levado ao IML de Guarapuava. A chuva e a pista milhada podem ter contribuído para a tragédia. A Policia Rodoviária Estadual (PRE) de Pitanga e Polícia Civil também foram acionadas e as circunstâncias do acidente deverão ser investigadas.

Fonte: www.ariranhaonline.com
Fotos: BC Manoel Ribas


Família com dois filhos, a mulher está doente e o marido precisou parar de trabalhar para ajudá-la e estão precisando de ajuda no interior de Turvo.

Estivemos nesta sexta-feira, 17 de junho, visitando uma família que mora em Arroio Fundo dos Neumann, interior do Município de Turvo. Eles estão passando por sérias dificuldades.

Marlene Pedroso, 28 anos, há quase quatro anos está muito doente, seu esposo Ademir, há dois anos teve que para de trabalhar para cuidá-la, eles tem uma menina de 8 anos e um menino de 12. Eles vivem de ajuda, recebem uma cesta básica por mês da Assistência Social, mas que não é o suficiente. Ademir fala que recebem ajuda de pessoas da cidade, que ganharam roupas e alguns alimentos. Dona Marlene nos contou que é muito triste, pois sofre muitas dores e quase não consegue dormir. Fala ainda emocionada, que já teve que mandar seus filhos em casa de parente para comer porque não tinham o suficiente para todos comerem. Ela já foi reprovada na perícia para receber o auxilio doença e agora entraram na justiça para conseguir, ela nos mostrou os laudos médicos que atestam que sua doença é grave. Eles pedem que se alguém puder contribuir com roupas, calçados e alimentos eles agradecem, estão morando em uma casa inacabada, mas que isso não é o problema, diz ela, o que ela queria era ter saúde para poderem trabalhar e cuidar de seus filhos.
Com a ajuda do blog, da MK Malharia e da Farmácia Farmatotal de Turvo, levamos alguns alimentos para família, mas se alguém quiser ajudar, pode levar até a redação do blog que estaremos encaminhando até a família. Pois lá não tem telefone para contato.

(42)-9132-6466 ou 9936-3102 Blog do Elói
        
 “Ajude o seu próximo, independente de quem seja um dia quem pode precisar da ajuda dele é você’’. Clayton Cleze