sábado, 19 de março de 2016

Vem aí a Assembléia Geral da Cresol, com show humorístico Tchó & Béppi.



A Cresol Vale das Araucárias está convidando seus cooperados para a Assembléia Geral Ordinária que acontece anualmente. O objetivo é a prestação de contas do exercício de 2015 para seus cooperados. Além da prestação de contas, o evento contará com uma exposição de produtos das empresas parceiras e no período da tarde terá sorteio de uma moto zero KM. 
Para animar os presentes terá um Show com a dupla de humoristas Tchó e Beppi do Mato Grosso do Sul. 

Será no dia 09 de abril de 2016, as 9h da manhã no Salão da Igreja Católica - Turvo PR.




Torneio de Truco Beneficente acontece neste domingo no CTG Rincão do Pinhal em Turvo.




O grupo de amigos Galera da Casinha está promovendo neste domingo, 20 de março, um Torneio de Truco Beneficente, em prol de Arilson Santos, que passa por tratamento de saúde. 

O Torneio acontece no CTG a partir das 13h00.

1º Lugar 01 Carneiro.

2º Lugar 01 Leitão.

3º Lugar 01 Caixa de Cerveja 600ml 

Monte sua dupla e colabore!


Ônibus com torcedores paraguaios cai em ribanceira na BR 277 e deixa 11 feridos

Do G1 PR (Foto: Adilson Nogueira/Rádio Campo Aberto)

Um ônibus com torcedores paraguaios caiu em uma ribanceira no quilômetro 466 da BR-277, em Laranjeiras do Sul, na região central do Paraná, por volta das 19h30 de sexta-feira (18).

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), 11 pessoas ficaram feridas - duas delas, em estado grave. Elas foram levadas para hospitais de Laranjeiras do Sul e não correm risco de morte.

Ainda segundo a PRF, o acidente foi causado porque um dos passageiros estava alcoolizado e atrapalhou o motorista, que acabou perdendo o controle da direção.

O suspeito de provocar a queda na ribanceira, de 22 anos, está preso na delegacia de Laranjeiras do Sul por tentativa de homicídio. Conforme a polícia, ele tinha se desentendido com a namorada, que também estava dentro do veículo, e ameaçou se matar.

Além do motorista, o ônibus levava 56 torcedores do Cerro Porteño até o Paraguai. Eles tinham ido a São Paulo para acompanhar a partida contra o Corinthians, pela Libertadores. 

O ônibus foi retirado do local na tarde deste sábado. As duas pistas da rodovia precisaram ser interditadas entre 14h30 e 15h30 para o serviço.

Melhorias em elevatória e conserto afeta abastecimento de água na cidade de Turvo.


A Sanepar informa que, para executar melhorias em uma estação elevatória de água e conserto em uma rede adutora, precisa interromper o fornecimento de água nesta segunda-feira (21), a partir das 8h30 até às 13h. A normalização do sistema está prevista para o período da tarde e será de forma gradativa.

Só ficarão sem água durante este período os clientes que não têm caixa-d’água no imóvel, conforme recomendação da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas). A Sanepar sugere que cada imóvel tenha uma caixa-d’água de pelo menos 500 litros. Assim, é possível ter água por 24 horas, no mínimo.

A orientação é evitar desperdícios. A Sanepar conta com a compreensão de todos!

O Serviço de Atendimento ao Cliente Sanepar é feito pelo telefone 0800 200 0115, que funciona 24 horas. Ao ligar, tenha em mãos a conta de água ou o número de sua matrícula.

Assessoria Sanepar

Compre na Maxxim seu estofado ou colchão com 20% de desconto á vista ou 10 x sem juros nos cartões créditos.




Você comprando seu estofado ou colchão light spuma na Maxxim Móveis em Turvo, tem de 20% de desconto á vista ou 10 x sem juros nos cartões de créditos.

Avenida 12 de Maio, centro de Turvo.

Vem aí em Turvo Festival Of Colors dia 27/03.

Acontecerá no dia 27 de março em turvo - PR. O primeiro festival of colors ( Festa das cores ) o festival mais alegre e colorido do mundo! Contará com várias apresentações! Sucesso na venda de ingressos com primeiro lote esgotados em dois dias! Venha para essa festa! Dia 27 de março a partir das 16h00 na chácara do Jaime em turvo-PR Ingressos no salão da Maísa ou pelo WhatsApp (47) 9782-3219 Você não pode perder!


Sobrevivente de acidente entre avião e kombi no PR passa por dificuldades.

 VEJA COMO CONTRIBUIR NO FINAL DA MATÉRIA:



Quase dois meses depois de um avião cair sobre uma Kombi e matar seis trabalhadores em Londrina, no norte do Paraná, um dos sobreviventes da tragédia não sabe como está vivo. O pintor Diógenes Gomes Fagundes, de 45 anos, ainda perdeu dois filhos no acidente. Passado o período mais crítico da recuperação, a família passa por dificuldades financeiras.

Diógenes passa o dia em casa, se recuperando. Com a voz pausada e olhar meio perdido, ele se pergunta o tempo todo como sobreviveu a um acidente daquele.

“Tenho bastante dificuldade ainda na recuperação, mas devagarinho estou me recuperando”, conta o pintor.

No dia 20 janeiro, a kombi com oito trabalhadores voltava de Astorga pela rodovia Carlos João Strass quando foi atingida por um avião agrícola. O monomotor sofreu um pane logo após a decolagem, perdeu altitude, bateu no asfalto e atingiu em cheio a Kombi.

“Falei: nosso esse avião está baixo demais, vai bater na gente. A Kombi onde estávamos despedaçou. O avião rasgou ela no meio”, pontua o sobrevivente.

O piloto sobreviveu. Das oito pessoas que estavam na kombi, seis morreram, inclusive os dois filhos de Diógenes, que trabalhavam na mesma empresa. Um tinha 18 e outro, 27 anos.

“A ausência deles, a falta deles machuca demais. É o que mais dói na realidade”, lamenta Diógenes.

“Quando fiquei sabendo o meu mundo caiu. Não imagina que isso vai acontecer. Imagina ir em velório de muitos, mas nunca dos meus filhos, ainda de dois filhos no mesmo dia”, conta com tristeza Silene Fagundes, esposa de Diógenes e mães de duas vítimas do acidente áereo.

Depois do acidente, é impossível não pensar na probabilidade de um acidente como esse acontecer. Vida e morte foram definidas em questão de segundos.

“Um pouquinho a mais ou um pouquinho menos tínhamos escapado. É aquela coisa, estávamos no lugar errado, na hora errada”, constata Diógenes.

Após o acidente, o pintor foi levado em estado grave para o hospital. Ficou uma semana em coma induzido e passou por duas cirurgias para corrigir ferimentos no braço e no abdômen. Teve o fígado e intestino esmagados. Somente 20 dias depois, com quadro mais estável, é que Diógenes foi avisado pela esposa sobre morte dos filhos.

“Perguntei cadê os meninos. Eles não vieram me ver, o que aconteceu. Então ela contou que não tínhamos mais os dois, que eles tinham morrido”, se emociona o pintor. “Ele começou a chorar, ficou desesperado. Durante o tempo todo que ficou no hospital não conversava comigo, ficou mudo”, relembra Silene.

Silene largou o emprego para cuidar do marido que não sabe quando vai poder voltar ao trabalho. O casal, que tem mais dois filhos, passa por dificuldades.

“Um amigo traz alimentos, outro um pouco de dinheiro e outro deposita dinheiro na conta que abrimos”, detalha Diógenes Fagundes.

A luta pelo recomeço é de dor e esperança. Na mesma medida. “De sequela mesmo o que vai ficar é a saudade dos meus filhos, a ausência deles, e as marcas das cirurgias. Espero que o resto ocorra tudo bem”, diz.

Quem tiver interesse em ajudar a família pode doar qualquer quantia em dinheiro direto na conta corrente de Diógenes. O dinheiro pode ser depositado na Caixa Econômica Federal, conta corrente 34304-1, agência 2702. Para mais informações basta ligar no telefone (43)3329-8268.