quarta-feira, 9 de julho de 2014

ROMERO PEGA DOIS PÊNALTIS E ARGENTINA FARÁ A FINAL CONTRA A ALEMANHA

Sergio Romero vibra com defesa de pênalti na Arena Corinthians (Foto: Getty Images)

Independência, Chiquito! Independência! A Argentina está na final da Copa do Mundo graças a um herói improvável. Um herói que chegou ao Brasil criticado, contestado, e repetiu Goycochea 24 anos depois. No dia em que completam 198 anos de independência, os hermanos bateram a Holanda nos pênaltis graças a Sergio Romero e estão na decisão de domingo, contra a Alemanha, no Maracanã. Chamado de Chiquito por ser o mais baixo de quatro irmãos na infância, o goleiro foi gigante e parou as cobranças de Vlaar e Sneidjer. Brasileiros, não teve jeito, eles estão na final - nos 120 minutos, ninguém fez gol na Arena Corinthians nesta quarta-feira.

Desta vez, Louis van Gaal não aprontou, não guardou a última substituição para colocar Krull nas cobranças de pênaltis e se deu mal. O máximo que Cillessen conseguiu foi tocar na bola após chute de Maxi Rodriguez, o derradeiro, que garantiu a Argentina na grande decisão. Em 1990, na Itália, foi outro Sergio, o Goycochea, que parou os donos da casa em outra decisão por penalidades máximas e garantiu os hermanos em outra final contra a Alemanha. A história se repete.

Será a terceira final de Copa entre alemães e argentinos. Em 1986, Maradona garantiu o bi para os hermanos. Quatro anos depois, o futebol coletivo do time germânico comandado por Beckenbauer no banco e Matthäus no campo foi responsável pelo tri. Agora, o tira-teima. Messi ou Müller? Romero ou Neuer? Os europeus chegam embalados pelo 7 a 1 no Brasil, jogam melhor, mas a Argentina tem se mostrado o time do improvável, um time de vitórias no fim.

Aos holandeses resta um encontro com o Brasil, sábado, às 17h (de Brasília), no Estádio 

Fonte: http://globoesporte.globo.com/

Paraná tem média de oito homicídios por dia, diz Secretaria de Segurança

Dados referentes ao primeiro trimestre do ano foram divulgado na terça (8).
Mais de 700 pessoas tiveram uma morte violenta no estado; Curitiba lidera.


Dados divulgados pela Secretária de Segurança Pública do Paraná na terça-feira (8) mostram que o Paraná teve no primeiro trimestre do ano uma média de oito homicídios por dia. De janeiro a março, 745 pessoas foram assassinadas no estado. O levantamento traz ainda outros números que desenham o cenário da segurança pública no estado. Foram 20 casos de latrocínio – roubo seguido de morte, outros 20 de lesão corporal cujas vítimas não resistiram aos ferimentos e 705 homicídio.

Mesmo com que a estatística para os três primeiros meses do ano tenha sido desfavorável, registrou-se redução de 5,6% no número de homicídios em relação a 2013. No mesmo período do último ano, oram 747 assassinatos. A região de Cornélio Procópio, no norte do estado, foi a que registrou a maior queda. A incidência do crime foi reduzida em 64%. Em seguida, aparece a região de Apucarana – 47%, Jacarezinho – 45%, União da Vitória e Pato Branco – 38%, Guarapuava e São Mateus do Sul – 33%, Cascavel e Paranavaí – 30%.

Curitiba é a cidade com os maiores índice. De acordo com o levantamento da Secretaria Estadual de Segurança, foram cinco lesões corporais fatais, seis ocorrências de latrocínio e 159 homicídios. Os bairros mais violentos no período foram a Cidade Industrial de Curitiba (Cic), Sítio Cercado e Cajuru.

Depois da capital do estado, São José dos Pinhais, na Região Metropolitana, e Foz do Iguaçu, no oeste, foram as cidades com o maior número de assassinatos: 31. Ainda na região metropolitana, vale destacar a quantidade de homicídios em Colombo (25) e de Almirante Tamandaré (24).

Em Londrina, na região norte, o volume de homicídio também é preocupante, já que 27 pessoas foram mortas no primeiro trimestre do ano. Em Cascavel, no oeste, foram mais 22 mortes violentas.

Poker Guarapuava Garden Shopping Óleo Leve enfrenta hoje o São Lucas.

Após 28 dias longe do torcedor guarapuavano, o Poker Guarapuava Garden Shopping Óleo Leve Futsal faz a sua estréia na noite de hoje, a partir das 20hs30, no ginásio Joaquim Prestes, na segunda fase do Campeonato Paranaense de Futsal, quando enfrenta o Paranavaí. No jogo de hoje, teremos a presença do presidente da Federação Paranaense de Futsal (FPFS), Jesuel Laureano de Souza, que vai entregar o Troféu Jorge Kudri, para o Poker Guarapuava Garden Shopping Óleo Leve Futsal, campeão da primeira fase da Chave Ouro.

O Poker Guarapuava Garden Shopping Óleo Leve Futsal treinou na manhã desta quarta-feira (9), oportunidade em que o treinador Baiano teve, para fazer os últimos ajustes da sua equipe, com vistas à sua estreia nesta fase da competição. O treinador não poderá contar, com Biro e Marquinhos (suspensos pelo terceiro cartão amarelo) e com o ala Alan (licença paternidade). Assim, Baiano optou por não relacionar o ala/fixo Bisqui e o goleiro Nando.

Assim, os relacionados para o jogo contra o Paranavaí, são: os goleiros Danilo e Alê Falcone; os fixos PH e Vitor, os alas Adeirton, Diego Fávero, Jamur, Giovanni, Felipinho, Harry, Simi Saiotti e Deivão e os pivôs Bruno Petry e André Maluko.

Novidades na equipe

A grande novidade do Poker Guarapuava Garden Shopping Óleo Leve Futsal para o jogo desta noite é o retorno de três atletas que estavam ausentes por contusão.

O goleiro Danilo retorna as quadras depois de 97 dias afastado em função de lesão na clavícula. Curiosamente, o goleiro lesionou-se justamente num jogo contra o visitante, na primeira fase, mais precisamente no dia 12 de abril.

Outra novidade na equipe é o retorno do pivô Bruno Petry, que lesionou-se na mesma região onde havia tido uma fratura no quinto metatarso do pé esquerdo, no clássico contra o Cascavel Futsal (24 de maio). O ala Simi Saiotti, também retornará a equipe após ficar de fora do jogo contra o Foz Cataratas, na partida derradeira da primeira fase da competição, por fratura no pulso.

Ingressos a venda

Os ingressos para o jogo podem ser adquiridos nos seguintes pontos de venda: Farmácia Trajano Matriz (Rua Saldanha Marinho, 1888, Centro); Farmácia Trajano Bonsucesso (Avenida Manoel Ribas, 3762, Bonsucesso); Farmácia Trajano Santa Cruz (Rua Saldanha Marinho, 998, Santa Cruz); Farmácia Trajano Santa Paula (Rua XV de Novembro, 5720, Centro, em frente Magazine Luiza), Luke Moto Peças (Avenida Moacir Julio Silvestri, 818, Bairro dos Estados), no Posto Wouk (rua XV de Novembro, 6493 – Alto Xv), na Repetec Informática (Benjamin Constant, 668 – Centro; praça Cleve) e no Ginásio Joaquim Prestes. Os ingressos custam R$15,00 (inteira) e R$7,00 (meia-entrada). Estudantes (com documentação comprovando que estão estudando no ano de 2014), idosos (acima de 60 anos), doadores de sangue (com carteirinha) e mulheres, têm direito à meia-entrada.

Fonte:Assessoria Imprensa CAD.

Guarapuava mantém mesma média de homicídios dos últimos dois anos

Município teve dez assassinatos no primeiro trimestre, repetindo o que havia ocorrido em 2012 e 2013. Na região, porém, os crimes violentos que terminaram em morte tiveram queda de 33%

O município de Guarapuava não teve grande alteração na quantidade de crimes violentos que causaram mortes durante o primeiro trimestre de 2014. De acordo com um relatório divulgado ontem pela Sesp-PR (Secretaria de Segurança Pública do Paraná), foram dez homicídios dolosos de janeiro a março deste ano, repetindo o que havia acontecido em 2013 e 2012. Apenas o número de latrocínio aumentou, de zero para um.

O ano começou mais violento, com cinco homicídios dolosos em janeiro, contra três no mesmo período de 2013. No entanto, o mês de março equilibrou as estatísticas, já que teve apenas três assassinatos em 2014, dois a menos que no ano anterior, quando ainda houve um roubo seguido de morte.

Um dos crimes que mais geraram repercussão no primeiro trimestre foi o homicídio de Ketlyn Samara Baltokoski, 24, morta na casa de sua mãe, no bairro Bonsucesso, em Guarapuava. O assassinato foi cometido pelo ex-marido, Edenilson Scoropad, 32, que se matou em seguida.

Levando em conta todos os municípios pertencentes à 7ª Aisp (Áreas Integradas de Segurança Pública), houve redução de 33% nos crimes no primeiro trimestre deste ano. Contribuíram para a queda as cidades de Boa Ventura de São Roque, Manoel Ribas, Nova Tebas, Pinhão, Pitanga, Santa Maria do Oeste e Turvo, cada uma com um homicídio a menos.

Já os municípios de Prudentópolis, Campina do Simão, Candói, Mato Rico e Reserva do Iguaçu mantiveram os números do ano passado. Mas Santa Maria do Oeste, que não registrou assassinatos em 2013, teve dois em 2014.

Gráfica Ótima recebe prêmio pela excelente qualidade dos impressos para a Ibema

Curitiba, 04/07/2014 Categoria: Ibema
​Dois materiais promocionais desenvolvidos para a Ibema Papelcartão foram premiados no 12º Prêmio Paranaense de Excelência Gráfica Oscar Schrappe Sobrinho, o principal reconhecimento destinado às gráficas no Paraná. A premiação foi concedida à Ótima Gráfica responsável pela impressão e criação.
Os blocos personalizados desenvolvidos em comemoração aos 10 anos dos dois principais produtos da empresa – Ibema Special e Ibema Supera – venceram a categoria Papelaria.

Já o kit promocional desenvolvido para o lançamento do livro “4 Pequenas Histórias que juntas mudaram o mundo”, do professor especialista em Design da ESPM e consultor da Ibema, Fabio Mestriner, ganhou na categoria Kit Promocional.

“Estamos felizes com a conquista e, também com a oportunidade de ter a Ibema como cliente”, alegra-se Fernanda Farias Guimarães, diretora de comunicação da Ótima Gráfica.

Para Juliana Cardoso Menegasse Gomes, supervisora de Marketing da Ibema, é gratificante saber que a empresa oferece aos clientes materiais que valorizam os seus produtos. “Todos os produtos levam a assinatura da logomarca do papelcartão com que foi confeccionado e sua gramatura. Saber que estamos entregando coisas criativas, atrativas e que apresentam da melhor forma os produtos que produzimos é uma satisfação”, conta.

O prêmio é uma realização Sigep/Abigraf-PR –Sindicato das Indústrias Gráficas do Estado do Paraná e da Associação Brasileira da Indústria Gráfica – Abigraf Regional Paraná.

Após derrota do Brasil, ônibus são incendiados em Curitiba e na RMC


Polícia "cuida" da Praça Espanha após confusão (foto: Franklin de Freitas)
A derrota do Brasil começa a se refletir nas ruas de Curitiba. Mais do que o sentimento de luto, a fúria pode ser vista nas ruas. Já foram registrados diversos casos de ônibus atacados e/ou incendiados em vários locais, como o Centro de Curitiba e Fazenda Rio Grande.

Uma das primeiras confusões foi registrada no bairro Sítio Cercado, onde um ônibus foi alvo de uma tentativa de assalto. O criminoso levou R$ 40 e ainda tentou incendiar o veículo. Para conter o fogo, populares utilizaram extintores de incêndio.

Na Praça da Espanha e na Praça Rui Barbosa houve princípio de tumulto. Na primeira, 20 pessoas foram abordadas, mas ninguém foi preso. Já na Rui Barbosa houve briga envolvendo sete pessoas, mas os envolvidos fugiram.

No terminal do Cabral, suspeitos teriam arrancado o alçapão de um ônibus. Outras duas linhas foram alvo de apedrejamentos: o Nossa Senhora de Luz e o Gramados, que liga os terminais Capão Raso e Sítio Cercado.

Na Cidade Industrial de Curitiba (CIC), um rapaz tentou atear fogo em um ônibus, mas acabou se queimando. Já em Colombo, um torcedore ameaçou se matar em um parque após a derrota, mas foi contido pela Polícia Militar.

Pelo Facebook, a Prefeitura de Curitiba informou que a situação na Capital foi controlada,
sem necessidade de uso da força. Ela ainda ressaltou que os atos registrados após a derrota do Brasil para a Alemanha não se tratam de algum tipo de manifestação contra a Copa, mas sim de atos de puro vandalismo.
Fonte: http://www.bemparana.com.br/

Aprovados em concurso da Polícia Civil são convocados para tomar posse

O período vai desta quarta (09) até sexta-feira (11).

A Secretaria da Segurança Pública publicou na última segunda-feira (07) o edital nº 86/2014, que convoca 97 novos policiais civis para tomarem posse. O período vai desta quarta (09) até sexta-feira (11). 

Os candidatos deverão comparecer no dia e horário previamente agendados para a posse, ao Grupo Setorial de Recursos Humanos (GRHS) da Secretaria da Segurança Pública. O atendimento será feito apenas nos dias e horários determinados.

Os candidatos que desejarem a remarcação do ato podem fazer a solicitação por meio do e-mail admissao@sesp.pr.gov.br. 

O endereço para o comparecimento dos aprovados é Rua Deputado Mario de Barros, 1.290, Edifício Caetano Munhoz da Rocha, 3º andar, Centro Cívico, em Curitiba. Os candidatos deverão levar todos os documentos e declarações necessárias já preenchidos, com exceção da data. A lista dos documentos pode ser conferida aqui.