terça-feira, 22 de outubro de 2013

Prefeito assina Protocolo de Intenções para dar um fim ao lixão | Turvo/Pr

Prefeito assina Protocolo de Intenções para dar um fim ao lixão | Turvo/Pr
O Turvo é um dos 11 municípios paranenses a ser contemplado com o programa Paraná sem Lixões, criado pelo Governo do Estado. A iniciativa é para  auxiliar os municípios a eliminar os lixões a céu aberto até agosto de 2014. O protocolo de intenções para a formação de um consórcio de gerenciamento dos resíduos sólidos foi assinado pelo prefeito Marcos Seguro.
Para o prefeito de Turvo, a formação do consórcio viabiliza a solução para os lixões. "O custo para que o município implante um aterro sanitário é muito alto e o consórcio é hoje a alternativa pois divide responsabilidades".

Este será o primeiro consórcio do Estado que prevê ações integradas de educação ambiental, coleta seletiva, compostagem e disposição final, conforme diretrizes da Lei Nacional de Resíduos Sólidos (12.305/10). Os seis consórcios ativos no Paraná compartilham apenas ações de disposição final.

De acordo com a Agência Estadual de Notícias, os municípios consorciados vão utilizar o aterro sanitário de Guarapuava, que atualmente recebe 90 toneladas de lixo por dia. O local está em fase de preparo, já que passará a receber o dobro desta quantidade.

O consórcio da Região Centro-Sul será formado por 15 municípios que integram a Associação Cantuquiriguaçu e a Associação dos Municípios do Centro do Paraná (Amocentro). São eles: Pinhão, Reserva do Iguaçu, Foz do Jordão, Candói, Cantagalo, Virmond, Goioxim, Marquinho, Laranjeiras do Sul, Nova Laranjeiras, Rio Bonito do Iguaçu, Cantagalo, Porto Barreiro, Candói, Turvo, Campina do Simão e Guarapuava. Juntas, essas cidades têm 330 mil habitantes.

APOIO
O gerenciamento e o tratamento dos resíduos sólidos é responsabilidade constitucional dos municípios. Os consórcios intermunicipais são uma recomendação da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos para resolver a principal barreira encontrada pelas prefeituras para cumprir a Política Nacional de Resíduos Sólidos - o financiamento dos aterros sanitários. Dos 399 municípios paranaenses, 214 ainda destinam os resíduos em lixões a céu aberto.

Com o sistema de consórcios, o número de aterros a serem implantados e os custos de implantação diminuem, adequando-se aos orçamentos dos municípios. "O Paraná tem mais de 200 municípios com menos de 10 mil habitantes. Essas prefeituras não dispõem dos cerca de R$ 30 mil mensais necessários para a destinação adequada do lixo. A formação dos consórcios é uma saída econômica, tecnicamente viável e com facilidades do ponto de vista da gestão", explica o secretário estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Luiz Eduardo Cheida. A destinação de rejeitos em um único ponto também facilita o acesso das associações de coletores de materiais recicláveis.

Os consórcios estão previstos no Plano de Regionalização da Gestão Integrada de Resíduos Sólidos Urbanos do Paraná, que dividiu o Estado em 20 regiões estratégicas. A expectativa é que os municípios paranaenses formem, até agosto de 2014, aproximadamente 40 consórcios intermunicipais para o gerenciamento dos resíduos sólidos.

Policial aborda ladrão e é arrastado por caminhonete


Roubo ocorreu em um posto de combustíveis em Cornélio Procópio. 
Outro policial, que também tentou abordar o ladrão, quase foi atropelado.

Um assaltante foi preso após tentar roubar uma caminhonete em um posto de combustíveis na BR-369, em Cornélio Procópio, no norte do Paraná. As câmeras de segurança do estabelecimento gravaram a ação, que ocorreu no dia 12 de outubro, e foram divulgadas pela Polícia Civil na tarde de segunda-feira (21).
No vídeo é possível perceber que um dos policiais militares é arrastado pelo veículo e o outro quase é atropelado ao abordarem o ladrão. Em seguida, o ladrão foge. Ele foi preso horas depois e vai responder por roubo e tentativa de homicídio. Os policiais não ficaram feridos.