sexta-feira, 25 de setembro de 2020

Faleceu aos 46 anos, Marilene Rodrigues


Faleceu na tarde desta sexta-feira (25) Marilene Rodrigues, aos 46 anos, vítima de câncer.

O velório será na Capela Mortuária de Turvo, e o sepultamento será neste sábado, ás 13h00 no cemitério da Saudade. 

Informou Funerária SerLuto de Turvo.

Turvo chega a 20 casos confirmados de coronavírus

Boletim Oficial Covid-19, 25 de setembro de 2020


Turvo possui 20 casos de covid-19, sendo 15 casos confirmados por meio do exame PCR, realizado pelo LACEN (Laboratório Central do Estado do Paraná) e 5 casos confirmados por testes sorológicos IGG/IGM, realizados em laboratório. 

Dos 20 pacientes positivados, 9 estão recuperados.

É importante que a população o reforce os cuidados e medidas de prevenção ao coronavírus. 

Os testes sorológicos são indicados para casos assintomáticos e para profissionais da saúde, que estão na linha de frente do combate ao coronavírus. Eles podem ser coletados a partir da 2º semana, quando a quantidade do vírus no organismo diminui e o corpo começa a produzir anticorpos contra o vírus.

Já os testes PCR, do LACEN, são indicados para casos sintomáticos e a coleta é feita logo nos primeiros dias de infecção pelo vírus, entre o 3° e o 7° dia.

Você também pode acompanhar o boletim oficial do município por meio do Portal Covid-19.


Fonte: Prefeitura de Turvo 


Ministério Público denuncia jogador de futebol por homicídio duplamente qualificado contra presidente do Clube Nacional de Rolândia


Um jogador profissional, de 20 anos, acusado de matar o presidente do clube de futebol Nacional de Rolândia, na semana passada (em 16 de setembro), foi denunciado pelo Ministério Público do Paraná nesta sexta-feira, 25 de setembro. A denúncia, oferecida pela 1ª Promotoria de Justiça de Rolândia, no Norte Central do Estado, é por homicídio duplamente qualificado (por motivo torpe e com uso de recurso que dificultou a defesa da vítima). O MPPR acrescentou na denúncia que o crime foi praticado em período de calamidade pública, decretado em função da pandemia de Covid-19, o que pode ampliar a pena.

Segundo apurado no inquérito policial, a vítima foi morta com nove facadas quando saía da empresa em que trabalhava. O denunciado tentou fugir, mas foi contido por populares e preso em flagrante. O jogador conhecia a vítima, já que, até o início do ano, defendia o Nacional de Rolândia. Em depoimento à polícia, entretanto, o acusado declarou que o crime não estaria relacionado a problemas com o rompimento de seu contrato, tendo motivação pessoal (a vítima, supostamente, queria ter um romance com a mãe do denunciado).


Fonte: MPPR

Acusado de matar ex-companheira em Guarapuava é condenado a 24 anos de prisão


Um homem acusado de ter matado a ex-companheira foi condenado a 24 anos e seis meses de prisão pelos crimes de feminicídio e motivo fútil, segundo o Ministério Público do Paraná (MP-PR). O crime aconteceu em Guarapuava, na região central do estado.

A sentença foi proferida pela Justiça na quarta-feira (23), mas divulgada pelo MP-PR nesta sexta-feira (25).

Universina de Abreu tinha 45 anos e foi encontrada morta em casa em abril de 2019. À época, o filho da vítima disse à Polícia Militar (PM) que a mulher e o homem tiveram uma discussão.

Na sequência, o acusado, de 46 anos, voltou com uma arma e atirou, segundo a polícia.

A atual mulher dele também foi condenada a 13 anos, um mês e 15 dias de reclusão em regime fechado. Segundo o MP-PR, ela é considerada mandante do crime.

Os dois condenados também terão que pagar indenização de R$ 50 mil a cada um dos três filhos da vítima, de acordo com a decisão.

O homem condenado está preso na Cadeia Pública de Guarapuava. Ele foi detido um dia após o crime pela Polícia Rodoviária Federal em Tijucas do Sul, na Região Metropolitana de Curitiba.

A atual mulher do acusado poderá recorrer em liberdade, segundo o MP-PR.


Fonte: G1 - PR

Carro que transportava corpo bate em caminhão e motorista morre


O motorista de um carro funerário morreu em um acidente nesta sexta-feira (25) na BR-282 em Iraceminha, no Oeste catarinense, envolvendo o veículo que ele conduzia, uma motocicleta e um caminhão. Três pessoas ficaram feridas.

O acidente foi por volta das 5h no km 672 da BR-282, que liga o Litoral ao Extremo-Oeste catarinense. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o veículo com placas de Saudades (SC) que transportava um corpo invadiu a pista contrária e bateu de frente no caminhão de Seberi (RS) carregado de frios.

O caminhão acabou saindo da rodovia e tombando em uma área de mata, mas parte da carga que incluía salsichas, linguiças e frangos, ficou pela rodovia. Uma motocicleta acabou não conseguindo desviar, bateu nos frios e tombou na pista.

No carro funerário estava o motorista de 48 anos e um passageiro. O condutor morreu no local. O passageiro sofreu ferimentos leves e foi conduzido para o hospital.

A motociclista também sofreu ferimentos graves e foi levado para o Hospital de São Miguel do Oeste. A moto é de Santa Helena, também no Oeste. O caminhoneiro sofreu ferimentos leves.

A BR-282 ficou com tráfego interrompido até as 7h30 para socorro das vítimas. De acordo com a PRF, o trânsito no local pode voltar a ser interrompido para retirar o caminhão do local. As idades das pessoas feridas não foi detalhada.

Fonte: G1/SC

Homem com coronavírus acionado pelo MPPR por descumprir isolamento é condenado a pagar R$ 15 mil por danos sociais



Em União da Vitória, no Sudeste do estado, a 1ª Vara da Fazenda Pública determinou que um homem contaminado pelo coronavírus que descumpriu a determinação de isolamento domiciliar pague R$ 15 mil por danos sociais. Em junho, a Justiça havia determinado liminarmente, a pedido do Ministério Público do Paraná, por meio da 1ª Promotoria de Justiça da comarca, que o homem se mantivesse em isolamento.

O réu havia realizado exame para detecção da doença no dia 11 de junho, quando também assinou termo por meio do qual se comprometeu a permanecer em isolamento domiciliar até 21 de junho. No entanto, no dia 14 de junho, ele viajou de carro a trabalho para Curitiba, na companhia de dois colegas que desconheciam sua situação de saúde. No dia 16 de junho, o resultado do exame confirmou o contágio por coronavírus.

Na análise do mérito da ação, a Justiça decidiu pela condenação ao pagamento por danos sociais. Cabe recurso da decisão.

A Promotoria de Justiça requereu ainda a instauração de inquérito policial para apurar a conduta do réu, uma vez que o comportamento pode ser enquadrado no crime previsto no artigo 267 do Código Penal (causar epidemia, mediante a propagação de germes patogênicos).

Veja matéria anterior sobre o caso:


Fonte: MPPR

Paraná deverá produzir 40 milhões de toneladas de grãos


A Secretaria de Estado da Agricultura e Abastecimento divulgou relatório mensal de acompanhamento da safra nesta sexta-feira (25), relativa ao mês de setembro, que estima uma produção de 24,3 milhões de toneladas para a safra de grãos de verão 2020/21, e 40,8 milhões de toneladas para a safra total de grãos 2019/20 que está em fase de encerramento.

O Paraná começa a plantar a safra de grãos de verão 2020/21 mas a continuidade do clima seco, que se configurou na maior estiagem dos últimos 100 anos, segundo o Simepar, é a maior preocupação dos produtores.

Para o secretário estadual da Agricultura, Norberto Ortigara, o quadro pode ser preocupante por causa da falta de chuvas, mas ele espera uma boa safra de grãos no Estado no ano que vem. Ele disse que a expectativa de safra é sempre conservadora no início mas que pode surpreender no decorrer do desenvolvimento das lavouras e a normalização do clima.

Ele citou o avanço importante da colheita de trigo no Paraná que este ano está rendendo uma excelente produção, em que o produtor está sendo compensado com a boa qualidade dos grãos e elevação nos preços.

Em relação à falta de chuvas, Ortigara disse que o produtor ainda pode trocar de cultivares usando as de ciclo mais curto quando tiver mais umidade no solo para não comprometer tanto o desempenho da safra, recomendou.

“O ideal seria seguir o zoneamento climático e com boa umidade do solo o produtor pudesse tranquilamente semear a soja e o milho”, disse. “Mas a situação este ano reforça a necessidade que o produtor tem de fazer um plantio direto cada vez mais correto, de alta qualidade, guardando mais água no solo com proteção de palhada bem feita para não enfrentar problemas com o clima”, acrescentou.

SOJA - O clima ainda está muito seco para o plantio da soja. Por enquanto houve cultivo apenas na região Sudoeste do Estado. Na média dos últimos três anos, o plantio já teria ocupado uma média de 8% da previsão de área plantada. No ano passado nessa mesma época já havia 3% da área prevista plantada. O que não é pouco se considerar que o Deral está prevendo um plantio recorde de 5,54 milhões de hectares na safra 20/21, disse o economista Marcelo Garrido.

Segundo ele, o produtor não está propenso a plantar enquanto as chuvas não retornarem com mais intensidade, o que está um pouco difícil em ano de anúncio da corrente La Niña, em que a incidência de chuvas nas regiões Sul e Sudeste é menor.

O economista chamou a atenção para um quadro semelhante ocorrido no ano passado quando houve falta de chuvas até o mês de setembro, mas quando voltaram no mês de outubro o plantio foi em ritmo acelerado. O Deral mantém a previsão de produção de 20,4 milhões de toneladas de soja na safra 20/21.

Se por um lado o produtor está um pouco frustrado com as chuvas, por outro está animado com as vendas antecipadas de soja. Este ano, 37% da produção esperada já foi vendida, mais do que o dobro do ano passado, quando nessa mesma época 15% da safra estava vendida, comparou Garrido.

A soja continua com preços e

Guarapuava: Duas pessoas são presas suspeitas de tráfico com 100 cartuchos de munição e 66 kg de maconha em carro



Duas pessoas foram presas suspeitas de tráfico de drogas e armas na manhã desta sexta-feira (25) após policiais encontrarem fardos de maconha e caixas com munição dentro de um carro na BR-277, em Guarapuava, na região central do estado.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o carro foi abordado em uma fiscalização de rotina.

No porta-malas do veículo, os agentes encontraram três fardos de maconha, com cerca de 66 kg da droga, e duas caixas com 100 cartuchos de munição calibre 9 mm.

Segundo a PRF, o motorista, de 28 anos, não tinha habilitação para dirigir.

De acordo com a polícia, o condutor do carro informou que pegou a droga e os cartuchos em Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, e levaria até Paranaguá, no litoral do estado.

Os dois suspeitos, a droga e a munição foram levadas para a Delegacia de Guarapuava.

Fonte: G1 - PR

Sicredi amplia ações para fortalecimento da economia local

Iniciativa "Eu Coopero com a Economia Local" tem como objetivo engajar pessoas em prol da valorização dos pequenos negócios


O Sicredi, instituição financeira cooperativa com mais de 4,5 milhões de associados em todo o Brasil, tem investido desde junho num movimento para engajar as pessoas em prol dos negócios regionais, com a campanha “Eu Coopero com a Economia Local”. A iniciativa colaborativa visa o fomento do empreendedorismo e dos pequenos negócios, setor que, em 2019, registrou um aumento de 22% em novas vagas de emprego criadas, em comparação com o ano anterior, segundo o Sebrae.

Com campanhas de comunicação, parcerias e um selo que destaca empresas engajadas, o movimento reforça a importância dos pequenos empreendedores e do comércio local para o desenvolvimento da economia. Com a ação, o Sicredi também busca conscientizar os consumidores sobre a necessidade de consumir produtos e serviços regionais, formando uma corrente positiva em prol das microrregiões. 

“O desenvolvimento das cidades onde o Sicredi atua está conectado ao propósito da instituição financeira cooperativa desde a sua fundação, em 1902. Cada vez mais, acreditamos que a ajuda mútua e a solidariedade, tão inerentes ao cooperativismo, são saídas para a retomada da economia e o desenvolvimento da sociedade”, afirma o presidente nacional do Sicredi e da Central Sicredi PR/SP/RJ, Manfred Dasenbrock. 

Empresários como Karina Aliano, proprietária de uma loja de roupas em Ibiporã, no interior do Paraná, já estão engajados no movimento. “Logo que conheci os objetivos, achei muito bacana. Vejo que muitas pessoas ainda saem de Ibiporã para comprar em outras cidades, por não terem um olhar para o comércio local. Minha loja é pequena, mas empregamos quatro pessoas”, comenta.

Para a empreendedora, a iniciativa do Sicredi, que conta com o apoio dos empreendedores locais, ajuda a fortalecer o desenvolvimento regional, num momento de extrema importância. “Vemos grandes redes fechando e o comércio local está sobrevivendo. E precisamos continuar porque o dinheiro gira no município”, analisa.
No interior de São Paulo, a empreendedora Lucimara Aparecida Breve também integra o movimento. A confeiteira de Bauru destaca como iniciativa tem colaborado para o crescimento do negócio. “Esse projeto é muito especial porque abriu a mente para novos conhecimentos e troca de experiência. Um empurrão pra gente não desistir, não ter medo. O movimento traz esse fortalecimento importante para os negócios pequenos. Estimula a ter coragem, inovar e desempenhar melhor, fazendo com que a pequena empresa ou o comércio local sejam conhecidos”. 

Dicas para empreendedores 

Integrando o movimento “Eu Coopero com a Economia Local”, o Sicredi lançou o hotsite que serve como fonte de informações e também como ferramenta de apoio para pequenos empresários. Intuitiva e de fácil navegação, a plataforma é um canal de conteúdo que apoia o empreendedor a impulsionar seus negócios com dicas, orientações e até ferramentas que o ajudam na divulgação de seus produtos e serviços no ambiente digital.

Em uma área específica para empreendedores que buscam desenvolver seus negócios, estão disponíveis vídeos gravados por colaboradores do Sicredi que explicam o que são as redes sociais, como criar contas empresariais nessas mídias, dicas de conteúdo, micromarketing, atendimento, fluxo de caixa, negociação com fornecedores e oportunidades de inovação com meios de pagamento digitais. Temas como esses também são abordados em e-books, disponibilizados gratuitamente para download.

Os visitantes do hotsite do movimento “Eu Coopero com a Economia Local” podem ter acesso a um gerador de anúncios digitais com o qual empresários podem criar, de maneira personalizada, cards para Facebook, folhetos e banners, entre outros itens de comunicação online que os ajudam a impulsionar os seus estabelecimentos em ambientes digitais.

Impacto positivo 

Com atuação pautada pela promoção do ciclo virtuoso, o cooperativismo tem gerado, ao longo dos anos, impacto positivo nos municípios onde atua. A pesquisa “Benefícios Econômicos do Cooperativismo de Crédito na Economia Brasileira”, da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), demonstra o bom desempenho econômico de 1,4 mil municípios brasileiros que passaram a contar com uma ou mais instituições financeiras cooperativas durante o período analisado no estudo, entre 1994 e 2017. De acordo com o estudo, o cooperativismo incrementa o Produto Interno Bruto (PIB) per capita dos municípios onde atua em 5,6%, cria 6,2% mais vagas de trabalho formal e aumenta o número de estabelecimentos comerciais em 15,7%.

Sobre o Sicredi

O Sicredi é uma instituição financeira cooperativa comprometida com o crescimento dos seus associados e com o desenvolvimento das regiões onde atua. O modelo de gestão do Sicredi valoriza a participação dos mais de 4,5 milhões de associados, os quais exercem papel de donos do negócio. Com presença nacional, o Sicredi está em 22 estados* e no Distrito Federal, com mais de 1.900 agências, e oferece mais de 300 produtos e serviços financeiros (www.sicredi.com.br).