sexta-feira, 3 de abril de 2020

Pitanga - Boletim Oficial Covid-19


Secretaria Municipal de Saúde confirma o primeiro caso de Coronavírus em Pinhão


Agora é oficial, o LACEN, laboratório credenciado no estado do Paraná confirmou a poucos instantes que o exame do paciente de 37 anos que está hospitalizado em Guarapuava teve resultado positivo para COVID-19. Cinco pessoas que tiveram contato com ele estão em isolamento domiciliar entre os trinta e dois divulgados no boletim anterior. 

A regional de saúde vai informar nos próximos dias se o município de Pinhão será ou não considerado área de contaminação comunitária.

Fonte: Prefeitura de Pinhão


Guarapuava - Boletim Oficial Covid-19


Turvo - Boletim Oficial Covid-19


Promoção Lojão do Braz Turvo começa dia 06/04 com produtos até 70%



Boletim coronavírus: 50 novos casos e um óbito confirmado


A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) confirma mais 50 casos e um óbito por coronavírus no Paraná. O Estado têm agora cinco mortes pela doença. Um homem de 37 anos possuía comorbidades e teve o caso confirmado nesta quarta-feira (1), em Londrina. O paciente estava internado em um hospital da rede privada no município e faleceu na tarde desta sexta-feira (3).

As confirmações estão distribuídas em 20 municípios do Estado. Os pacientes são 26 mulheres e 24 homens com idades entre 26 e 73 anos residentes em Curitiba (16), Foz do Iguaçu (10), Medianeira (2), Maringá (2), Cascavel (2), Londrina (3), Sarandi (1), Araucária (1), Campo Magro (1), Colombo (1), Araruna (1), Paranaguá (1), Pinhais (1), União da Vitória (1), Campina Grande do Sul (1), Campo Mourão (1), Telêmaco Borba (1), Cambé (1), São José dos Pinhais (2), e Piraquara (1).

O Paraná soma atualmente 307 casos confirmados – destes, cinco óbitos e seis são pacientes que não residem no Estado –, 4.182 descartados e 411 em investigação. 57 pacientes estão internados, 36 em Unidades de Terapia Intensiva (UTI) e 21 em leitos clínicos.

Um paciente confirmado em Curitiba foi excluído por duplicidade de notificação.

CASOS CONFIRMADOS – A Sesa já registrou casos em 56 dos 399 municípios do Paraná. São eles: Matinhos (1), Paranaguá (2), Almirante Tamandaré (3), Araucária (2), Campina Grande do Sul (1), Campo Largo (5), Campo Magro (1), Colombo (1), Contenda (1), Curitiba (114), Fazenda Rio Grande (1), Lapa (1), Mandirituba (1), Pinhais (6), Piraquara (1), Quatro Barras (1), Rio Branco do Sul (1), Rio Negro (1), São José dos Pinhais (6), Castro (1), Palmeira (1), Ponta Grossa (4), Guarapuava (1), União da Vitória (2), Mariópolis (1), Pato Branco (2), Francisco Beltrão (1), Vere (1), Foz do Iguaçu (22), Medianeira (3), Cascavel (15), Araruna (1), Campo Mourão (9), Goioerê (1), Iretama (1), Peabiru (1), Terra Boa (1), Umuarama (2), Cianorte (11), São Manoel do Paraná (1), Paranavaí (3), Terra Rica (1), Maringá (15), Sarandi (1), Arapongas (2), Faxinal (1), Cambe (2), Londrina (30), Cornélio Procópio (1), Leópolis (1), Ibaiti (1), Quatiguá (2), Assis Chateaubriand (1), Guaíra (2), Marechal Cândido Rondon (2) e Telêmaco Borba (4). Além de confirmações em pacientes que residem em São Paulo (4), Brasília (1) e Niterói (1), mas que foram diagnosticados e tratados no Paraná.

Atualização 17h.

Governo agiliza obras e antecipa entrega de três hospitais


O governador Carlos Massa Ratinho Junior determinou nesta quinta-feira (02) a agilidade na conclusão de três hospitais regionais como forma de ampliar a força-tarefa do Estado para o enfrentamento ao coronavírus. Previstas inicialmente para serem concluídas em dezembro, as obras dos complexos de Telêmaco Borba (Campos Gerais), Guarapuava (Centro) e Ivaiporã (Vale do Ivaí) serão antecipadas pela Secretaria de Estado da Saúde.

A intenção, destacou o governador, é que as estruturas estejam à disposição dos paranaenses o mais brevemente possível. “Estamos reforçando o trabalho para entregar mais três hospitais para a população. Algo que só iria ocorrer no fim do ano agora vai ajudar o Paraná neste enfrentamento ao coronavírus”, afirmou.

Somados, os três centros médicos vão garantir ao sistema público do Estado mais 160 leitos, sendo 40 de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). “A nossa ideia aqui no Paraná é usar as estruturas hospitalares, locais já apropriados para atender as pessoas, para reforçar o atendimento contra o Covid-19. Os próprios hospitais serão transformados em hospitais de campanha”, ressaltou o governador.

REDE HOSPITALAR – Secretário de Estado da Saúde, Beto Preto explicou que a antecipação das obras se soma a outras medidas já tomadas pelo Governo do Estado para garantir uma rede de saúde ampla e completa, dedicada ao tratamento do coronavírus. 

Ele destacou que, além desses novos 160 leitos, a secretaria vai ativar mais 317 leitos de UTI e 731 leitos de enfermaria em hospitais de todo o Estado. As estruturas estarão disponível até o fim da próxima semana e se somarão aos 3.603 leitos de atendimento especializado (públicos e particulares) já existentes em nove hospitais de referência e 51 de retaguarda espalhados pelo Paraná.

“Vamos colocar para funcionar todas essas estruturas. Não teremos e não queremos obras paradas. Temos hospital fechado há nove anos, leitos que não foram abertos. Vamos abrir a porta da saúde. Isso é ter respeito pelas pessoas”, afirmou o secretário.

AVALIAÇÃO DIÁRIA - Beto Preto reforçou, ainda, que caso o quadro epidemiológico exija novas medidas, o Estado tem condições para mais contratações nos próximos 90 dias. “É um momento de avaliação diária, de tomadas de medidas diárias, de acordo com que o quadro epidemiológico se apresenta”, disse.

COMPLEXOS – Os hospitais em Ivaiporã e Guarapuava estão em construção, com mais de 90% das obras concluídas. Já o complexo de Telêmaco Borba passa pela parte final de adequação. Originalmente, tanto o de Ivaiporã quanto o de Telêmaco vão ser dedicados preferencialmente ao atendimento da mulher.

“Esse hospital em Telêmaco Borba já foi inaugurado três vezes, mas nunca entrou em funcionamento. Agora, sim, vai atender a população”, afirmou Beto Preto.

Já a estrutura de Guarapuava será referência para Urgência e Emergência e terá seu perfil assistencial direcionado para atendimento em ortopedia e trauma, cirurgia geral e clínica médica. “Mas, neste momento, todos servirão para ajudar a vencer o coronavírus”, destacou Ratinho Junior.

Guarapuava - Boletim Oficial Covid-19