sexta-feira, 31 de março de 2017

Pitanga: Jovem é morto com golpes de punhal pelo padrasto


Um crime de homicídio aconteceu hoje(31), onde um jovem de 18 anos foi morto com uma (punhalada) no peito e pescoço.

Segundo a mãe da vítima, a Sra. Maria Fatima Oliveira, o filho Alexandre Oliveira foi assassinado pelo padrasto, de nome Sebastião Batista 48 anos, a qual mantem um relacionamento há 05 anos.

Eram 19:00hs, tudo parecia tranquilo na rua do Sol, bairro Santa Izabel, Alexandre Oliveira (vitima), visitava a mãe, uma amigo do rapaz fazia companhia, de repente, Sebastião chegou, e teria se implicado com a presença do amigo de Alexandre.

Começou uma discussão, e segundo relata a mãe de Alexandre, Sebastião foi para cima do enteado e desferiu golpes com punhal, a vítima conseguiu correr, mas morreu pedindo ajuda para um vizinho.

Alexandre foi socorrido mas morreu no hospital, ele foi ferido no peito e pescoço.

Moradores do bairro Santa Izabel tentaram deter Sebastião, mas ele correu para uma mata nos arredores do bairro, várias pessoas fizeram buscas mas não conseguiram localizar.

A PM foi para o local, coletou informações e faz buscas no intuito de prender Sebastião.

A mãe da vítima disse que Alexandre era um jovem trabalhador, estava empregado na Casa dos Vidros, era um filho atencioso e nunca havia dado problemas para a mãe.

O Corpo de Alexandre será velado na capela mortuária logo seja liberado do IML.

Morre em Turvo, o músico Aelton Santos (Tinho)


Morreu por volta das 17h00 dessa sexta-feira, no Hospital São Vicente de Guarapuava, o músico turvense Aelton Santos, conhecido como Tinho, com 51 anos de idade. Tinho era musico há muitos anos em Turvo, proprietário do Grupo Estilo do Sul.

No dia 21 de março, ele passou por uma cirurgia no pescoço, para a retirada de um tumor, no entanto não foi possível a retirada. Desde então ele estava na UTI e hoje a tarde veio a falecer.

Segundo nos informou seu filho, o velório acontecerá na Capela Mortuária de Turvo.

Nosso grande amigo Tinho era muito conhecido e querido em Turvo e na região.

Nossas sinceras condolências a família enlutada.




Vereador Eraldo Mattos tem projeto de lei aprovado, a Cavalgada será evento oficial nas festividades do município de Turvo


Na última sessão da Câmara Municipal de Vereadores de Turvo, entre os assuntos que foram discutidos, também foi aprovado por unanimidade de votos, o projeto de lei de autoria do vereador Eraldo Mattos, que torna a Cavalgada como evento oficial que será realizada sempre no mês de maio, durante a festividade de aniversario do município.

A tradição da cavalgada vem de tempos antigos, quando ainda somente se tinha como utilizar o cavalo ou mulas, como meio de transporte, nossa região teve a influência do transporte de tropas, apesar de não ficar à margem do caminhão de Viamão, o qual tinha uma rota de Viamão, estado do Rio Grande do Sul, até a cidade de Sorocaba em São Paulo, também teve a influência das tropas que saiam daqui para Ponta Grossa, como ainda hoje é contada por pessoas que viveram naquela época e nada mais justo do que relembrar esses momentos, homenageando-se assim todos aqueles pioneiros, e com a importância de se levar essa tradição à frente para as novas e futuras gerações.

Em 2015, cinco vereadores votaram contra esse mesmo projeto. O vereador Eraldo que também é Tropeiro, falou na época que mesmo tendo o tal projeto não sendo aprovado, a cavalgada iria continuar como de costume, mantendo assim a tradição.


Colisão entre caminhão e carro deixa dois mortos e um ferido na BR 277, em Guarapuava


Uma colisão entre um caminhão e um carro deixou dois mortos e um ferido na noite dessa quinta feira (30) na BR 277, em Guarapuava.

O acidente, uma colisão frontal, ocorreu às 19h50, no quilômetro 346 da rodovia, e envolveu um caminhão Mercedes Atego 2425, com placas de Guarapuava, conduzido por Ermeson Deitos, e um GM Corsa, com placas de Pinhão, conduzido por João Vilson Less.

O condutor do Corsa e a passageira Elaine Nunes dos Santos ficaram presos às ferragens e morreram no local do acidente. O motorista do caminhão teve ferimentos considerados graves e foi encaminhado para atendimento médico no Hospital São Vicente de Paulo. Já o passageiro do caminhão, Welington José Gomes teve ferimentos leves e foi encaminhado para a UPA do Batel.

Os bombeiros tiveram muita dificuldade para liberar as vítimas das ferragens, uma vez que o veículo ficou completamente destruído. Após a colisão, o caminhão tombou na pista e a carga de soja ficou espalhada pela rodovia. O trânsito ficou lento no local.

Os corpos das vítimas fatais foram recolhidos ao Instituto Médico Legal (IML) de Guarapuava.