sexta-feira, 4 de outubro de 2019

Ipem-PR alerta para cuidados na compra de brinquedos


O Instituto de Pesos e Medidas do Paraná (Ipem-PR) alerta sobre os cuidados necessários na compra de presentes para o Dia das Crianças. É necessário verificar se os produtos seguem algumas normas para garantir a segurança e a saúde dos pequenos.

A primeira dica é observar se o brinquedo é um produto certificado, que deve trazer o Selo de Identificação da Conformidade, aquele com a marca do Inmetro. Caso não tenha, além de ser um produto ilegal e cuja comercialização é proibida no país, pode colocar em risco a saúde a e segurança das crianças. A faixa etária à qual se destina é outro item importante a ser observado.

Segundo o presidente do Ipem-PR, Rubico Camargo, um brinquedo fabricado sem obedecer as normas de segurança pode conter, por exemplo, uma tinta imprópria para brinquedos, ou mesmo possuir componentes que contaminariam o organismo da criança.

O gerente de Fiscalização do instituto, Roberto Tamari, ressalta que nos produtos que estão fora da conformidade, e que não possuem o selo do Inmetro, há o risco de haver partes pequenas que ao se desprender acabam sendo engolidas ou inaladas, causando sufocamento – partes cortantes às vezes não aparentes podem causar ferimentos. Outro risco dos brinquedos sem certificação é a possibilidade de propagar chamas ou emitir ruídos exagerados.

NACIONAIS OU IMPORTADOS - Segundo regulamento do Inmetro, essas regras precisam ser cumpridas para todos os brinquedos nacionais e importados, ou seja, que estejam certificados. Além disso, o consumidor deve exigir sempre a nota fiscal do produto, garantindo que busque seus direitos caso ocorra algum defeito ou outro problema.

O selo do Inmetro precisa estar sempre visível, impresso na embalagem ou gravado no produto, ou na etiqueta afixada no brinquedo. A embalagem tem que trazer ainda informações sobre o seu conteúdo, instruções de uso, de montagem, a faixa etária a que se destina, os riscos e dados do fabricante, como CNPJ e endereço.

Os brinquedos importados também precisam ser submetidos a ensaios em laboratórios acreditados pelo Inmetro e trazer o selo de identificação da conformidade (selo do Inmetro), assim como todas as informações presentes na embalagem e no manual de instruções em língua portuguesa.

RESPONSABILIDADE – O Ipem-PR destaca que a responsabilidade dos pais ou responsáveis não encerra após escolher adequadamente o produto. Segundo Tamari, é necessário inspecionar regularmente os brinquedos a procura de danos ou potenciais riscos, como arestas e pontas afiadas, embora a certificação do Inmetro preveja essas situações de uso pelas crianças, que podem danificá-los.


Brinquedos com correntes, tiras ou cordas com mais de 15 centímetros devem ser evitados. Balões ou bexigas são considerados brinquedos, mas a sua utilização por criança precisa ser supervisionada, evitando engasgamento e asfixia. Outra medida importante é retirar a embalagem e sacos plásticos antes de entregá-lo à criança, a fim de prevenir acidentes com grampos e similares e também o risco de sufocamento.

OUVIDORIA - Em caso de dúvidas ou para fazer alguma denúncia, o consumidor pode entrar em contato com a Ouvidoria do Ipem-PR, por meio do telefone 0800 645 0102 ou no site do instituto http://www.ipem.pr.gov.br, no link “Ouvidoria”.

Caminhão pega fogo no trecho entre Nova Tebas e Manoel Ribas


O Caminhão VW de cor branca com placas da cidade de Peabiru que era conduzido por Gilson Elton Behrendsn, pegou fogo quando na altura do Km 268 da Rodovia que liga Nova Tebas a Manoel Ribas, por volta das 17h00min de quinta-feira, 03 de setembro de 2019.

O caminhão transportava tijolos que após o incêndio, os tijolos ficaram esparramados envolta do caminhão e na pista de rolamento deixando a pista interditada por um certo tempo.

Segundo informações, Gilson que não se feriu, controlou o fogo para que não se alastrasse na vegetação seca as margens da rodovia.

A equipe do Corpo de Bombeiros de Manoel Ribas e a Polícia Rodoviária de Pitanga estiveram prestando atendimentos a esta ocorrência.


Fonte: Blog Central

Cabeça do corpo encontrado em Prudentópolis ainda não foi localizada



A vítima de homicídio ocorrido na data de hoje 04/10 segue sem identificação. O corpo foi recolhido pelo IML de Guarapuava. Cabeça da vítima segue desaparecida.

A vítima é morena clara, altura aproximada entre 1,65m e 1,70m, idade aparentemente entre 18 e 30 anos. Tem uma cicatriz na canela e panturrilha esquerda, provavelmente queimadura.

A vítima estava usando um relógio dourado no braço esquerdo, no bolso estava as chaves de um veículo com um chaveiro. No chaveiro tem uma rosa e aparentemente uma imagem de nossa senhora.

Um boné preto estava caído ao lado do corpo da vítima.

Uma foice provavelmente usada para matar e decapitar a vítima foi encontrada no local e apreendida pela Polícia Civil.

Caso alguém tenha informações sobre o autor ou autores desse homicídio pode entrar em contato com a Polícia Civil de forma anônima pelo telefone 3446-1202.

Os objetos que estavam com a vítima estão nas fotos dessa publicação:

Fonte e fotos: Copas Verde Fm








Mãe e filhas usam adolescente para matar o próprio pai



A Polícia Civil do Paraná prendeu preventivamente na quarta-feira (02), três mulheres da mesma família, mãe e filhas, de 19, 33 e 50 anos, suspeitas de serem coautoras na morte de Gilmar de Lima, de 40 anos.

Ele foi morto no dia 27 de setembro de 2018 com dois tiros dentro de casa, localizada no bairro Cidade Industrial de Curitiba.

Um adolescente de 17 anos, filho da vítima com uma das mulheres, encontra-se foragido. Ele é suspeito de ser o autor dos disparos.

Na época do crime, as três – então esposa, cunhada e sogra da vítima – disseram à polícia que um indivíduo usando bala clava teria arrombado a porta, entrado na casa e desferido disparos de arma de fogo contra vítima, que estava deitada em um colchão na sala. Logo em seguida o indivíduo teria fugido.

Elas ainda relataram que um dos filhos, que tinha 16 anos, não morava na mesma casa e só havia tomado conhecimento da morte do pai no dia seguinte.

Porém, durante as investigações, a polícia descobriu que, as três mulheres, junto com o adolescente, arquitetaram o plano que resultou no homicídio. Ainda de acordo com a investigação, a motivação seria por problemas familiares.

Para embasar esse entendimento, a PCPR contou com o auxílio de câmeras de monitoramento da região, que captaram o adolescente, momentos antes do crime, na posse de um revólver, calibre 38. Testemunhas presenciais do homicídio também forneceram detalhes da empreitada criminosa. A quebra do sigilo telefônico foi fundamental para derrubar a tese apresentada pelas suspeitas.

As três encontram-se à disposição da Justiça e deverão responder por homicídio duplamente qualificado. O adolescente é considerado foragido.

Policiais de Guarapuava participam de Palestra Prevenção ao Suicídio


Policiais militares do 16º BPM, Polícia Ambiental, Polícia Rodoviária e Corpo de Bombeiros estiveram presentes na Palestra “Prevenção ao Suicídio” proferida pelo Dr. José Cléber Feliciano Ferreira no auditório da Faculdade Guairacá, nesta manhã (04/10).

A explanação do conteúdo foi de extrema importância, trazendo esclarecimentos sobre os mais variados fatores que podem estar relacionados ao suicídio e de que maneira podemos oferecer auxílio aos que estejam passando por essa fase, observando os sinais de alerta, os graus de riscos e fatores de proteção que cada caso apresenta.
A ação integra os trabalhos que vem sendo realizados no 16º BPM, em alusão a campanha de conscientização Setembro Amarelo.


Ao final o Major Cubas, Comandante interino do 16º BPM entregou um Certificado de agradecimento e alguns presentes, como forma de reconhecimento ao Palestrante Dr. José Cléber pelo trabalho realizado em prol da Família Miliciana.



Guarapuava, 04 de outubro de 2019
Setor de Comunicação Social do 16º BPM

Idoso é espancado e roubado após quase ser atropelado


Um idoso, de 64 anos, foi espancado e teve uma bolsa roubada por três pessoas em Paiçandu, no norte do Paraná, após quase ser atropelado na faixa de pedestres, na noite de quinta-feira (3). Dois suspeitos do crime foram presos na manhã desta sexta-feira (4).

No rosto do borracheiro Nancir Prado da Luz ficaram as marcas da agressão.

"Revolta. A gente chega cansado do trabalho, chegando em casa, moro a 500 metros dali, e ai aconteceu isso", lamenta.

Nancir conta que as agressões começaram quando ele cruzou a faixa de pedestres, na via marginal da PR-323.

"Estava voltando do trabalho, passei a faixa elevada do Jardim Catedral, quando estava terminando de passar a faixa ele [suspeito] jogou o carro pra cima de mim. Pulei na calçada e xinguei eles. Fiquei nervoso na hora e xinguei. Eles pararam o carro, desceram e me agrediram", lembra Nancir da Luz.

Depois da agressão, as três pessoas entraram no carro e fugiram. Mas, uma testemunha conseguiu anotar a placa do carro e passou à Polícia Militar. Na manhã desta sexta-feira, o carro foi localizado e os suspeitos presos.

Givaldo Severino, de 40 anos, e Marcelo Augusto, de 21, estavam no bairro Monte Cristo e, segundo a polícia, confessaram que bateram no idoso. Uma mochila do borracheiro foi encontrado no carro dos suspeitos.

"Pela gravidade das lesões e como encontraram pertences da vítima no carro dos agressores, tudo leva a crer que foi um roubo. Mas, não descartamos a hipótese de latrocínio tentado, pois a vítima é uma pessoa de idade e os agressões são mais novos", explicou o delegado Mateus Ganzer.

A polícia procura agora a terceira pessoa que teria agredido o idoso.

"Tudo indica que uma mulher estava no veículo e que participou das agressões. Vamos traçar qual foi a participação dela para que ela responda quando for encontrada", diz o delegado.

Fonte e foto: G1 - PR / RPC Maringá

Paraná registra 117 mortes por gripe neste ano



O Informe sobre a Influenza divulgado nesta quarta-feira (02) pela Secretaria de Estado da Saúde contabiliza 117 óbitos por gripe no Estado desde o início do ano até está terça, 1º de outubro. Mais seis mortes foram confirmadas nos últimos 15 dias, registradas em Francisco Beltrão, Curitiba, Foz do Iguaçu, Contenda, Londrina e Marmeleiro.

Dos novos óbitos confirmados, quatro são de pessoas com mais de 60 anos; um caso é de uma pessoa de 52 anos e outro de um paciente de 32.

De acordo com a secretaria estadual, a idade é um fator de risco para a gripe e as pessoas com mais de 60 anos devem ter cuidado redobrado – 53% dos casos ocorreram nesse público. A segunda faixa etária com mais casos é a de 50 a 59 anos, representando 17,1% dos casos.

O boletim quinzenal da Influenza totaliza 614 casos da doença. Apresenta ainda 1.504 casos provocados por outros agentes respiratórios e mais 2.348 de síndromes respiratórias não identificadas.

“Os números reforçam a importância da prevenção da gripe. Adotar as medidas preventivas e incorporá-las como hábitos diários ajuda na proteção contra a Influenza.”, afirma o chefe da Divisão de Vigilância das Doenças Transmissíveis, Renato Lopes.

“São medidas simples como higienizar as mãos, principalmente antes de levar algum alimento à boca, cobrir nariz e boca com a dobra do braço quando espirrar e tossir, não compartilhar objetos de uso pessoal, como copos e talheres, e manter os ambientes sempre bem ventilados”, orienta Lopes.

Segundo ele, estes cuidados devem seguir em todas as estações do ano. Agora, por exemplo, no início da primavera, as doenças respiratórias são comuns em função da mudança de temperatura e do pólen das flores.

INFLUENZA - A Influenza é uma infecção respiratória aguda e os sintomas mais comuns são o aparecimento súbito de calafrios, mal-estar, coriza, tosse seca e dores de cabeça, de garganta e no corpo. Podem ainda surgir outros sintomas como diarreia, vômito, fadiga, rouquidão e vermelhidão nos olhos.

A Secretaria de Estado da Saúde orienta também que é necessário buscar atendimento médico, em caso de agravamento dos sintomas, para diagnóstico clínico e tratamento com o antiviral específico. A secretaria disponibiliza o medicamento nas unidades de saúde, mediante receita médica.

Fonte: AEN

Corpo de homem sem cabeça é encontrado no interior de Prudentópolis


Por volta das 07h00 dessa sexta-feira (04/10), policiais militares foram acionados por populares para se deslocarem até a localidade de Linha Rio Dos Patos para verificar um possível achado de cadáver.

De imediato os policiais se deslocaram até o local e constataram o fato.

No local está o corpo de um homem decapitado.

A cabeça da vítima ainda não foi localizada, policiais seguem fazendo buscas.

A alguns metros do corpo foi localizado uma foice com vestígios de sangue, provavelmente foi utilizada para fazer a decapitação da vítima.

A vítima está vestido com uma calça jeans azul, camiseta verde, sapatos camurça (amarelo) e usa um relógio dourado no braço esquerdo.

Fonte: Rádio Copas Verdes FM.



Hoje acontece a Feira do Conhecimento no Colégio Professores Edvaldo e Maria Janete