quinta-feira, 1 de fevereiro de 2018

Dom Wagner deve receber alta nos próximos dias


“Dom Wagner está se recuperando muito bem, com a graça de Deus. Segundo informações da equipe médica, ele deve receber alta do hospital Cristo Rei dentro de quatro ou cinco dias. Porém, ele vai precisar de mais algum tempo de convalescença em Roma, conforme disseram os médicos. Eu peço a todos para que continuem rezando pela saúde do nosso bispo”. Estas foram palavras do padre Antônio Ailson Aurélio, que é da diocese de Guarapuava e trabalha em Roma, sobre o bispo, Dom Antônio Wagner da Silva, na tarde desta quinta-feira, dia 01 de fevereiro de 2018.

Dom Wagner, que participava de um encontro de sua congregação, os Dehonianos, na capital italiana, foi internado naquela cidade no dia 25 de janeiro último, devido a uma complicação de pneumonia.

O estado de saúde do religioso se agravou e ele precisou ficar na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), daquele hospital por quatro dias. No dia 30 de janeiro, terça-feira, Dom Wagner foi levado ao quarto do hospital onde permanece internado até o momento.

De acordo com boletim médico, Dom Wagner, desde o início da internação, reagiu muito bem aos medicamentos e aos cuidados e, por isso, os resultados de sua recuperação são satisfatórios.

Mesmo depois de ter saído da UTI, o uso do oxigênio foi mantido para auxiliar na respiração do bispo.

SOBRE O BISPO

Dom Antônio Wagner da Silva nasceu no dia 25 de março de 1944, na cidade de Luz, em Minas Gerais. Foi ordenado padre no dia 11 de dezembro de 1971, pela congregação Sagrado Coração de Jesus (SCJ) e nomeado bispo em 29 de março de 2000 quando passou a atuar como bispo-coadjutor, em Guarapuava. Depois da aposentadoria de Dom Giovanni Zerbini, Dom Wagner tornou-se bispo diocesano e atua até hoje à frente da Igreja Particular. Seu lema episcopal é: “Sint Unum”. (Que todos sejam um).

Batida entre carro e caminhão mata criança na BR-277, em Guarapuava



Uma criança de 7 anos morreu em um acidente entre um carro e um caminhão no quilômetro 327 da BR-277, em Guarapuava, por volta das 9h desta quinta-feira (1º). A vítima estava no carro; o motorista e uma passageira do mesmo veículo tiveram ferimentos leves.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), os veículos bateram de frente. Ainda conforme a PRF, o carro seguia no sentido Guarapuava - Curitiba e o caminhão, na direção oposta.

Ainda conforme a polícia, a criança foi encaminhada com vida ao Santa Tereza de Guarapuava, com traumatismo craniano, mas não resistiu aos ferimentos graves e morreu. A PRF informou que a vítima estava na cadeirinha no momento da batida.

Os outros dois feridos foram levados à Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) do bairro Batel. O motorista do caminhão não se feriu.

O carro tem placas de Campo Mourão, no centro-oeste do Paraná, e o caminhão, de Passos Maia, em Santa Catarina. O trecho em que o acidente aconteceu fica entre o Distrito de Guará e a zona urbana de Guarapuava.

Fonte: G1 PR - Guarapuava

Moradores encontram corpo de adolescente desaparecido em Reserva



No fim da tarde desta quarta-feira (31), foi encontrado o corpo do adolescente Igor Alessandro Venâncio Carneiro, de 16 anos. O cadáver foi encontrado na localidade de Gavião, área rural do município de Reserva (região dos Campos Gerais), após denúncias anônimas feitas à Polícia Militar. O jovem estava desaparecido desde 23 de janeiro.

De acordo com a PM, o cadáver já estava em avançado estágio de decomposição e não foi possível fazer a identificação no local. Investigadores da Polícia Civil foram acionados para levantar informações no local, assim como o Instituto de Criminalística e o Instituto Médico Legal (IML) de Ponta Grossa, para onde o corpo foi levado.

A Polícia Civil informou que familiares do rapaz foram até a sede do IML na manhã desta quinta-feira (1º) e fizeram a identificação do corpo. Embora o resultado ainda dependa de exames mais específicos devido às condições do cadáver, a causa preliminar da morte apurada pelo IML é ‘ferimento por arma branca’.

O inquérito foi instaurado, mas os familiares ainda não tinham sido ouvidos até o fim da manhã desta quinta. O caso segue sob investigação e não há informações sobre suspeitos ou motivação para o possível crime.

Fonte: A Rede

Tibagi decreta situação de emergência devido aos estragos causados pelas chuvas



A Prefeitura de Tibagi, na região dos Campos Gerais do Paraná, decretou situação de emergência devido aos estragos causados pelas chuvas desde o fim de 2017. Com a medida, o Executivo espera conseguir recursos dos governos estadual e federal para recuperar estradas e outros locais com problemas.

Um levantamento feito pela prefeitura, em parceria com a Defesa Civil estadual, apontou que os prejuízos chegam a R$ 384 mil. O decreto, publicado na segunda-feira (29), foi divulgado pelo município na quarta-feira (31).

O comandante do Corpo de Bombeiros de Telêmaco Borba, também nos Campos Gerais do Paraná, Eduardo José Slomp Aguiar, afirmou que foi comprovada tecnicamente a situação de emergência.

"O cálculo é feito economicamente pela porcentagem dos prejuízos em relação ao Produto Interno Bruto. Se atingir esse limite daí é passível que o estado ou a União repassem verba ao município", explicou.

Problemas

O secretário de Administração e Coordenador Municipal de Proteção e Defesa Civil, Rubens Eugenio Leonardi, disse que alguns trechos de estradas já estão sendo recuperados. Porém, segundo ele, o município não tem como arcar com todas as despesas.

"Vamos ter um custo muito alto para recuperação, com cascalho e óleo diesel. Vamos ter de locar máquinas e caminhões porque não vamos dar conta com os nossos equipamentos. Já iniciamos a recuperação em alguns trechos. É um trabalho para meses", explicou.

De acordo com o secretário, a interdição da BR-153, conhecida como Rodovia Transbrasiliana, desde o dia 17 de janeiro, tem sobrecarregado o calçamento no distrito de Alto do Amparo. Uma cratera se abriu na rodovia e "engoliu" uma das pistas, na altura do quilômetro 240.

"O caso da Transbrasiliana é grave. Com a queda da pista, os veículos estão desviando pelo distrito. Daqui a pouco vai deixar nossa estrada intransitável por causa do tráfego pesado dos caminhões. Vamos ter prejuízos se a situação não for amenizada", afirmou o secretário.

Segundo ele, o governo federal é responsável pela recuperação da rodovia, mas o trabalho deve demorar seis meses.

Fonte: G1 - PR

Caminhão com café pega fogo na BR-376


Um caminhão carregado com café pegou fogo no quilômetro 529 da BR-376, em Ponta Grossa, na região dos Campos Gerais do Paraná, por volta das 7h45 desta quinta-feira (1º). O incêndio foi no sentido interior do estado.

As duas pistas ficaram interditadas por cerca de 40 minutos. Até a última atualização desta reportagem, o tráfego seguia em meia-pista.

O Corpo de Bombeiros foi chamado para combater o fogo. Equipes da concessionária responsável pelo trecho, a CCR RodoNorte, e da Polícia Rodoviária Federal (PRF) também estão no local.

Segundo a CCR RodoNorte, o caminhão pegou fogo sozinho. Ainda de acordo com a empresa, as chamas atingiram apenas a carreta; a cabine ficou intacta. O motorista do caminhão saiu a tempo e não ficou ferido.

Fonte: G1 - PR


Após desacatar policiais por telefone, homem é preso no Distrito do Guará


GUARÁ - GUARAPUAVA - PERTURBAÇÃO DO TRABALHO OU SOSSEGO ALHEIO/ DESOBEDIÊNCIA/ DESACATO: No dia 31 jan. 18, às 23h20, a equipe policial se encontrava no destacamento quando recebeu ligações por volta das 23h15min, sendo que do outro lado da linha, uma pessoa com voz masculina, ao ser interpelado sobre sua emergência, falou “quero falar com estes polícias vagabundos que me prenderam”, foi então constatado que o número de telefone pertencia a um telefone público na Rua Vereador Eduardo Horst, em frente ao mercado.
Ao sair em patrulhamento, foi avistado um homem, o qual ao avistar a viatura correu e se abrigou no banheiro externo de um bar em frente à praça. Ao receber voz de abordagem, este não obedeceu e não quis ficar em posição para busca pessoal, tendo que ser usado de força física moderada e técnicas de controle afim de realizar procedimento de busca pessoal, a qual não foi localizado nada de ilícito com o mesmo. Ao ser indagado sobre sua identidade, o abordado passou a fazer diversas ameaças contra os policias, ameaçando atacar o destacamento policial.
Em busca no bolso do abordado foi localizado um alvará de soltura expedido dia 30/01/2018. Em consulta foi confirmada sua identidade, sendo conduzido até o 1º cartório de Termo Circunstanciado.

Fonte: 16º BPM

PRUDENTÓPOLIS: ATENDIMENTO EM LOCAL DE MORTE


No dia 31 jan. 18, às 20h00min, a equipe policial deslocou até a Linha Eduardo Chaves, Zona Rural. No local relatou o noticiante, qual é funcionário da empresa, que quando foi ao endereço acima supra citado com seu colega de serviço para fazer reparos na rede elétrica, quando chegaram na residência, saiu do interior da mesma um homem, qual veio a cair. Ao observarem que o mesmo estava tendo um ataque cardíaco de imediato começaram a fazer massagem e solicitaram apoio do Corpo de Bombeiro, qual deslocou com uma equipe do SAMU, porém a vítima já havia entrado em óbito no local.

Fonte: 16º BPM

PITANGA: LESÃO CORPORAL / VIOLÊNCIA DOMESTICA E FAMILIAR.


No dia 31 de janeiro de 2018, as 11h05min, compareceu à 3ª Cia PM Pitanga um Srº de 33 anos de idade, o qual relatou que se desentendeu com sua convivente, uma Srª de 34 anos de idade, a qual lhe agrediu com arranhões, causando escoriações em seu pescoço e no braço esquerdo, e o ameaçou usando um tijolo, neste momento ele saiu pedir ajuda a Policia Militar, onde, disse que desejava que a equipe orientasse sua convivente a sair da residência que ele havia alugado. 
A equipe deslocou até o local juntamente com o solicitante para averiguar a situação, sendo que em conversa com a referida Sr.ª, esta relatou ter sido agredida pelo solicitante com tapa no rosto e empurrões, sendo ainda ameaçada para que se retirasse do local. Ela não apresentava lesão aparente, sendo perguntado a ela se queria representar contra seu convivente, respondeu que sim, sendo então as partes encaminhadas até a 45ª Delegacia de Policia Civil de Pitanga para serem tomadas as demais providencias.

Fonte: 3ª Cia PM Pitanga