terça-feira, 21 de janeiro de 2020

Batida entre carro e caminhão mata homem e deixa mulher gravemente ferida na BR-373, em Candói


Um homem morreu e uma mulher ficou gravemente ferida em um acidente envolvendo um Gol, com placas de Candói, e um caminhão Bitrem, de Chopinzinho. A batida aconteceu na BR-373, na região do alagado, em Candói, por volta das 20 horas desta segunda-feira (20). Com o impacto da batida, o motorista do carro, Valdemar Zanelatto, de 61 anos, morreu na hora. A passageira, Adimara Saievcz, de 21 anos, ficou gravemente ferida e foi socorrida ao hospital de Candói, sendo posteriormente transferida à Guarapuava. O motorista do Bitrem, Emerson Alves da Costa, não se feriu.

O caminhão estava carregado com toras de madeira (Pinheiro). Uma parte da carroceria se desprendeu e acabou tombando. Parte da carga de madeira ficou espalhada sobre a pista. O Bitrem saiu de Irati tinha como destino uma serraria em Chopinzinho.

Segundo testemunhas, o carro que saiu de uma estrada secundária no acesso a comunidade de Cachoeira adentrou na rodovia, sendo atingido pelo caminhão que seguia sentido Candói – Chopinzinho. O motorista do carro ficou preso nas ferragens, sendo necessário o uso do desencarcerador. O corpo foi recolhido ao IML de Guarapuava, após perícia da Criminalística. A ocorrência mobilizou a Defesa Civil, Polícia Militar e a Polícia Rodoviária Federal (PRF), além de uma equipe da Secretaria Municipal de Saúde de Candói.


Imagens: Evandro Artuzi/Extra FM
Fonte: RBJ

Acidente na PRC-466 deixa uma pessoa ferida em Boa Ventura de São Roque


Na manhã dessa segunda-feira (20), a Polícia Rodoviária atendeu um acidente do tipo choque contra barranco na PRC-466, no km 207+300, em Boa Ventura de São Roque, envolvendo o automóvel Ford Ka, de cor vermelha com placas de Curitiba. Do acidente resultou em ferimentos leves na condutora, que foi encaminhada ao Hospital Bom Pastor de Turvo.

Com informações e foto: PRE


Reprodução autorizada mediante citação da fonte Blog do Elói

Aproveite as ofertas da Terça e Quarta Verde do Supermercado Suprema de Turvo




Autor de homicídio em Palmital se entrega a polícia em Santa Maria do Oeste


No dia 20 de janeiro, às 09h, a equipe policial visualizou um indivíduo em frente ao Destacamento de Polícia Militar, e de imediato reconhecido pela equipe o masculino de 23 anos, morador da localidade de São Manoel, interior de Santa Maria do Oeste. 

A equipe efetuou a abordagem, visto que o indivíduo é suspeito de cometer Homicídio na data de 17 de janeiro de 2020, na cidade de Palmital - PR. Em conversa com o indivíduo, o qual confessou o crime, e disse que foi até o Destacamento da Policia Militar a fim de se entregar para a Justiça, trazendo consigo uma faca de aproximadamente 15 cm, que segundo ele utilizou para cometer o Homicídio. 

Diante dos fatos, a equipe conduziu o indivíduo juntamente com a faca e seus pertences pessoais até a 45º DRP de Pitanga, para procedimentos legais cabíveis.

Quase metade dos gastos em diárias da Assembleia Legislativa do Paraná é do gabinete militar


Quase metade dos gastos em diárias da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) foi do gabinete militar do Legislativo, composto por policiais que, entre outras funções, escoltam o presidente da Casa em deslocamentos.

De janeiro a outubro de 2019, foram gastos R$ 328 mil em diárias de viagem, sendo que R$ 150,6 mil corresponderam ao gabinete militar - o que representa 45,9% do total. Os números são do Portal da Transparência.

O gabinete militar foi criado por meio de um decreto legislativo, em 2011. Segundo a legislação, o efetivo serve tanto para o policiamento no prédio da Alep quanto para a segurança pessoal e familiar do presidente e, mediante solicitação, do 1º secretário.

No comparativo com os gastos de janeiro a outubro de 2018, que foi um ano eleitoral, as despesas em diárias de viagem, de R$ 476,7 mil, foram maiores do que no mesmo período do ano passado.

Porém, em 2018, a representatividade dos gastos do gabinete militar foi ainda maior, de 66,3%. Foram gastos em escolta R$ 316,2 mil entre janeiro e outubro de 2018.

Esse gasto do gabinete militar quase chegou ao total concedido em diárias - incluindo deputados e servidores - no mesmo período de 2019.

Vale lembrar que o dinheiro usado em diárias por deputados e servidores não precisa de comprovação com notas fiscais.

Até a noite de segunda-feira (20), os dados referentes aos meses de novembro e dezembro de 2019 ainda não estavam disponíveis no site da Assembleia Legislativa.

Também não é possível comparar o primeiro ano da atual legislatura com o mesmo ano da legislatura anterior (em 2015), pois os dados começaram a ser inseridos em julho daquele ano.

Em nota, a Alep justificou a redução no gasto total de um para outro devido a uma "gestão eficiente dos recursos" por parte da mesa diretora e informou que "a requisição de diárias segue rigorosamente o que determina a legislação".

Diretora de comunicação com diária para 'escolta e segurança aproximada'

Apenas uma parte de todos os registros de diárias utilizadas por profissionais do gabinete militar apontam o nome do beneficiário, que deve ser um policial militar cedido e custeado pelo Legislativo.

Em um registro de 9 agosto de 2019, constava que a diretora de comunicação da Alep, Kátia Chagas, havia recebido duas diárias, no valor de R$ 801,87, para "serviço de escolta e segurança aproximada de autoridade para Brasília/DF de 23/07/2019 a 24/07/2019".

Em nota, o Legislativo informou que se tratava "de um erro do setor técnico responsável por abastecer o Portal da Transparência" e que as "providência para correção de tal equívoco já foram tomadas".

Depois do contato da reportagem, a justificativa no portal foi trocada para "reunião no Senado e no Ministério das Comunicações referente a concessão de um canal de TV aberta para a TV Assembleia de 23/07/2019 a 24/07/2019".

Fonte: G1 - PR