quinta-feira, 6 de fevereiro de 2020

Casal é encontrado morto dentro de carro na BR-277


Maria Soeli de Souza Santos e Eugenio da Silva, com idades entre 40 e 50 anos, foram encontrados mortos dentro de um HB20 preto, no final da tarde desta quinta-feira (6), às margens da BR-277, em Curitiba. De acordo com testemunhas, dois suspeitos teriam saído da parte de trás do veículo por volta do 12h30 e seguido a pé pela rodovia.

De acordo com o delegado Tito Barichello, da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), as vítimas tinham marcas de tiro na cabeça e três estojos foram encontrados. “O homem estava no banco do motorista e a mulher no banco do passageiro. Os disparos vieram de uma pistola calibre .380 e as vítimas apresentavam lesões na cabeça. Ele tinha uma marca de tiro, enquanto nela encontramos duas marcas. Foram encontrados três estojos no total”, disse o delegado.

Os celulares do casal não foram encontrados e a suspeita é de que eles foram vítimas de uma execução. “Acreditamos que foi uma execução advinda de alguma atividade ilícita. Os celulares foram levados pelos criminosos e o veículo se encontra com muito sangue”, contou Barichello.

Nada de ilícito foi encontrado dentro do veículo e o casal já teria passagens pela polícia. Familiares da mulher morta estiveram no local.

Ainda não há informações sobre os autores do crime e nem sobre a motivação. A DHHP investiga o caso.

Fonte: Banda B


Programa Caixa d′Água Boa beneficia 20 famílias em Turvo



O Projeto Caixa d'Água Boa tem como objetivo promover a melhoria do abastecimento de água nas residências urbanas em situação de vulnerabilidade social, nos municípios participantes do Programa Família Paranaense, por meio de instalação de caixas d'água. Garantindo o abastecimento durante eventuais interrupções no fornecimento de água.

Em Turvo, foram beneficiadas 20 famílias, com caixas d'água e 1 kit instalação, a entrega foi realizada nessa quinta-feira (06), pela equipe da Secretaria de Família e Desenvolvimento Social.


ESTADO CONFIRMA DUPLICAÇÃO DE TRECHO URBANO DA BR-277 EM GUARAPUAVA E INVESTIMENTO NO TRANSPORTE DA FERROESTE


A quinta-feira (6) foi de boas notícias para Guarapuava e Região. Em Cascavel, prestigiando o Show Rural, o secretário de Estado de Infraestrutura e Logística, Sandro Alex, confirmou ao prefeito de Guarapuava, Cesar Silvestri Filho, a execução das obras de duplicação do trecho urbano da BR-277. ” Essa confirmação atende uma luta antiga da nossa gestão, pauta de diversas reuniões e pedidos ao secretário. Era também uma reivindicação de todos os nossos deputados estaduais, Cristina Silvestri, Artagão Júnior, e um pedido do então deputado Bernardo Carli e que, agora, tem uma resposta positiva do nosso governo. Temos certeza que essa obra trará mais segurança, agilidade ao trânsito na rodovia e evitará a ocorrência de acidentes”, comemorou Cesar Filho.

A confirmação dos serviços para duplicação refere-se ao trecho urbano entre a Avenida Manoel Ribas até o Aeroporto Tancredo Thomas de Faria, incluindo a construção das vias marginais e de uma trincheira no acesso ao bairro Vila Carli. “O governador, Ratinho Júnior, determinou que nos empenhássemos e trouxéssemos uma solução para essa luta regional e, agora, surgiu uma oportunidade de viabilizarmos isso”, explicou Sandro Alex. “Já temos o recurso necessário e temos o projeto, agora vamos atualizar e abrir o edital, trâmite que leva alguns dias. Temos muito respeito à todas as lideranças da Região, sejam políticas ou do setor privado, são pessoas que defendem e amam Guarapuava e por isso, nos comprometemos a honrar esse compromisso”, completou o secretário de Estado.

FERROESTE

Ainda em Cascavel, outro anúncio importante para a logística e infraestrutura de Guarapuava foi feito pelo Governo do Estado. Um acordo entre a Ferroeste (Estrada de Ferro Paraná Oeste S.A.) e a Rumo Logística, oficializado hoje (6), ampliará a capacidade de escoamento da safra da região Oeste pelo ramal ferroviário. Com o acordo, a estimativa é que o volume de produtos transportados na malha que liga Cascavel ao Porto de Paranaguá passe dos atuais 1,1 milhão de toneladas por ano para cerca de 2 milhões/ano.

Atualmente, a Rumo é quem opera o trecho ferroviário Guarapuava e o Porto de Paranaguá. Já a Ferroeste administra o trecho ferroviário entre Cascavel e Guarapuava. “Até o ano passado, os vagões da Ferroeste eram levados até Guarapuava. Ali se trocavam as locomotivas e vagões, e a Rumo levava até Paranaguá”, explicou o diretor-presidente da Ferroeste, André Gonçalves. “A partir de agora, a Rumo vai fazer esse trajeto pelos trilhos da Ferroeste, não vai mais haver essa troca. É uma forma mais rápida e ágil de transportar os produtos”, esclareceu.

Conforme o Governo do Estado, a operação conjunta deve iniciar no final de fevereiro, para escoar uma safra que promete bater recordes de produtividade. “Temos certeza que essa nova forma de trabalho irá trazer grandes benefícios para Guarapuava, principalmente na originação das cargas”, finalizou Cesar Filho.

Família de Mariópolis morre em acidente no Oeste de Santa Catarina


Três pessoas, integrantes de uma família de Mariópolis, Sudoeste do Paraná, morreram em um acidente no final da noite desta quarta-feira (05), na SC-157, em São Lourenço do Oeste, Oeste de Santa Catarina. As vítimas estavam em um Ford/EcoSport, que colidiu contra um caminhão.

Os corpos de Altieres Vargas, 37, Célia Vargas, 42, e João Vargas, 14, ficaram presos às ferragens e já não apresentavam sinais vitais quando as equipes de resgate chegaram no local.

Segundo informações da Rádio Itapuã, de Pato Branco, a família teria ido à Chapecó visitar um outro filho, que atua na equipe de futebol da Chapecoense, e estava retornando da viagem. Altieres atuava como carteiro e Célia era diretora de uma escola, sendo muito conhecidas na comunidade mariopolitana. As causas do acidente estão sendo apuradas pela Polícia Rodoviária catarinense.

Fonte: RBJ

Governo do Paraná e Banco do Brasil financiarão construção de moradias para agricultores familiares


Produtores agrícolas paranaenses que desejam construir suas casas têm um novo incentivo do poder público. O Governo do Paraná e o Banco do Brasil firmaram uma parceria que oferece financiamentos de R$ 50 mil para a execução das obras dentro do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf). O primeiro contrato que marcou o início dos trabalhos foi assinado durante o 32.º Show Rural, que vai até esta sexta-feira (7), em Cascavel.

De acordo com o presidente da Cohapar, Jorge Lange, que participou da assinatura, a companhia será responsável por prestar toda a assistência técnica durante as obras. “Os engenheiros e técnicos da empresa farão a elaboração dos projetos construtivos, fiscalização e acompanhamento dos produtores em todas as etapas da construção”, afirma.

VANTAGENS – As famílias contempladas pelo programa terão um período de três anos de carência para começar a pagar as prestações. A taxa de juros será de 4,6% ao ano para o pagamento do crédito adquirido em até 10 anos, com o pagamento em parcelas semestrais ou anuais, a depender da escolha do produtor com base nos rendimentos obtidos com a safra.

As ações de divulgação e orientação sobre a iniciativa serão coordenadas pelos funcionários do Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná (Emater), com o apoio de equipes municipais. Depois, a documentação dos produtores passará pela análise de crédito do Banco do Brasil para a contratação do financiamento.

Para o presidente do Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná, Natalino de Souza, o trabalho integrado dos órgãos estaduais vai incentivas a permanência dos agricultores no campo, além de minimizar a diferença entre as condições de vida dos meios rural e urbano.

“Alguns fatores são condicionantes para que o agricultor e sua família permaneçam no meio rural e desenvolvam suas atividades e a qualidade da moradia é uma delas”, comenta. “Por isso, os benefícios desse novo programa irão atender exatamente estas necessidades”, conclui Souza.

POTENCIAL DE ATENDIMENTO – O financiamento poderá atender até 125 mil agricultores no Paraná enquadrados no Pronaf. “Em pouco tempo de convênio, já estamos com R$ 42 milhões em propostas”, informa o superintendente estadual de Varejo do Banco do Brasil, Fabricio Reis, que também participou da assinatura.

EXPERIÊNCIA – Por meio do Programa Nacional de Habitação Rural (PNHR), a Cohapar já participou da construção de mais de 13 mil moradias destinadas à população rural do Paraná nos últimos anos.

“Esta nova parceria irá nos possibilitar contemplar um número maior de famílias que carecem de moradias dignas no campo, atendendo assim as determinações do Governo do Estado em proporcionar a todos os paranaenses uma melhor qualidade de vida”, garante o presidente da Cohapar.

Uma pessoa morre e outras três ficam feridas em acidente na PRC-487, em Manoel Ribas


Um jovem morreu em um acidente envolvendo uma caminhonete e um carro na noite desta quarta-feira (5), em Manoel Ribas, na região central do Paraná. A batida foi registrada na PRC-487, segundo a Polícia Rodoviária Estadual (PRE).

Outras três pessoas também ficaram feridas no acidente, de acordo com a polícia. A PRE informou que os veículos bateram de frente por volta das 22h.

O rapaz que morreu tinha 22 anos e era passageiro do carro, conforme a polícia. O corpo dele foi encaminhado para o Instituto Médico-Legal (IML) de Ivaiporã, no norte do estado.

O Corpo de Bombeiros foi chamado para resgatar as vítimas que ficaram feridas. O motorista do carro sofreu lesões graves, segundo os bombeiros.

As outras duas vítimas, incluindo o condutor da caminhonete, tiveram ferimentos médios, segundo a PRE. Os feridos foram levados para um hospital de Manoel Ribas.

As causas do acidente são investigadas pela polícia.

Fonte: G1 - PR


Turvense morre após sofrer acidente de trabalho em Gaspar - SC


Sergio Gevenka trabalhava em uma fábrica de tubos de concreto localizada na BR- 470, no bairro Margem Esquerda em Gaspar, no Vale do Itajaí, quando ficou preso em uma máquina de misturar cimento na tarde desta quarta-feira (5), informou o Corpo de Bombeiros. A vítima foi retirada inconsciente do equipamento, com fraturas nas pernas, suspeita de traumatismo crânio-encefálico e escoriações pelo corpo, e foi levada em estado grave ao hospital. 

O acidente de trabalho ocorreu por volta das 15h15, segundo os bombeiros. A equipe de socorristas do helicóptero Arcanjo, que também atendeu a ocorrência, Sergio começou a limpar a máquina quando o prédio estava sem energia elétrica. Mas, enquanto fazia o trabalho, a luz voltou e o equipamento foi acionado, atingindo o funcionário. 

Os bombeiros, com ajuda de trabalhadores da manutenção da empresa, desmontaram a máquina e socorreram a vítima. Em seguida, Sergio teve uma parada cardiorrespiratória, mas foi reanimado pela equipe médica do helicóptero Arcanjo 03. Depois, ele foi levado em estado grave para o Hospital Santa Isabel, em Blumenau, cidade na mesma região, onde foi internado, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu. 

Conforme informações repassadas ao Blog do Elói, Sergio Gevenka, de 55 anos, morou por vários anos em Turvo, onde mora seus familiares. Ele era casado e tinha um casal de filhos. 

O velório está acontecendo na cidade de Piên – P

Com informações do G1/SC