sábado, 9 de janeiro de 2016

Acidente entre cinco veículos deixa quatro pessoas mortas na BR 376.

Do G1 PR  (Foto: Divulgação/PRF)



Quatro pessoas morreram e duas ficaram feridas em um acidente entre três carros, uma caminhonete e um caminhão na BR-376, em Tibagi, nos Campos Gerais do Paraná, neste sábado (9).

Em um dos carros, com placas de Curitiba, morreram três pessoas da mesma família – pai, mãe e a filha de 7 anos. A batida ocorreu no km 400, próximo a cidade de Imbaú. Os corpos foram encaminhados ao Instituto Médico-Legal de Ponta Grossa.

Conforme a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o carro com placas de Curitiba invadiu a pista contrária e bateu de frente com um caminhão carregado com combustível. Com o impacto, o motorista do caminhão perdeu o controle da direção do veículo e acabou batendo em outros três veículos.

Duas mulheres que sofreram ferimentos graves foram encaminhadas para ao hospital Santa Casa de Ponta Grossa e para um hospital de Telêmaco Borba. O motorista do caminhão e as pessoas que estavam na caminhonete não se feriram.



O Turvo que queremos para 2030



No próximo mês de maio, Turvo completa 34 anos de emancipação política e foram muitas as conquistas dos turvenses neste período. Por outro lado, é consenso que ainda temos um longo caminho pela frente para atingir um alto nível de competitividade para a economia local. Neste sentido, é imprescindível a discussão de um projeto de longo prazo para o município, articulado pelas diversas lideranças políticas e da sociedade civil organizada. Precisamos ter um consenso sobre qual Turvo queremos ter daqui 10, 20 ou 30 anos e quais ações são necessárias para atingir os objetivos propostos.

Já tivemos muitas iniciativas neste sentido, como o CMDR, por exemplo, e todas tiveram sua importância para chegarmos onde estamos. Mas por outro lado, podemos buscar alçar voos ainda maiores. Estudos indicam que o futuro é desafiador para cidades do porte de Turvo, como encolhimento populacional, migração dos jovens para cidades maiores, dentre outros. Mas segundo dados do IBGE, Turvo praticamente manteve estável sua população nos últimos anos e melhoramos alguns indicadores como IDH, taxa de analfabetismo e taxa de mortalidade infantil. O município é extenso e possui um percentual elevado da população residente na área rural. Diversos segmentos são destaques na economia local e podemos afirmar que o município de Turvo é empreendedor, como podemos observar, por exemplo, os 384 Microempreendedores Individuais (MEI) formalizados atualmente. Mas em qual sentido devemos seguir? Uma das opções é construirmos um ambiente que favoreça o florescimento de novos negócios – pois a experiência das economias desenvolvidas mostra que o empreendedorismo é uma fonte de geração de riqueza e trabalho. Considerando somente o empreendedorismo empresarial, o Brasil possui cerca de 6 milhões de pequenas empresas, que respondem por 60% dos empregos e por 27% do produto interno bruto. E mais, muitas das pequenas são verdadeiras usinas de inovação. Portanto, é estratégico para as cidades valorizar e criar instrumentos de incentivos aos pequenos negócios.

É importante destacar que Turvo tem boa experiência na condução das entidades da sociedade civil organizada e, neste momento, a proposta é que haja uma articulação entre estas diversas instituições para construir um projeto de futuro, onde cada participante assume o protagonismo na execução das ações pertencentes à sua respectiva área de atuação. A experiência de outras regiões do próprio Paraná indicam algumas opções, como a criação de conselhos de desenvolvimento local, que é um fórum de discussão em que se apontam os caminhos para o trabalho a ser realizado pelas instituições não governamentais, formulação de políticas públicas pelos gestores municipais e, investimentos da iniciativa privada. Tradicionalmente o associativismo comercial participa em projetos desta natureza por todo o estado do Paraná, mas nunca atua isolado. Para planejar o futuro precisamos imediatamente reunir os turvenses que acreditam neste município e formatar este projeto, e a ACET é uma das parceiras à disposição para este trabalho.

Ocorrência policial em Turvo: estupro de vulnerável.

OCORRÊNCIA ATENDIDA PELA POLÍCIA MILITAR DE TURVO, CONFORME RELATÓRIO ENVIADO A IMPRENSA:

ESTUPRO DE VULNERÁVEL SEXTA 08/01/2016 ÁS 15H30MIN EM FAXINAL DA BOA VISTA 

A EQUIPE RECEBEU INFORMAÇÃO DO CONSELHO TUTELAR, DE QUE UM ADOLESCENTE DE 14 ANOS TERIA ABUSADO SEXUALMENTE DE UM MENINO DE 5 ANOS. DESLOCADO ATÉ O LOCAL JUNTAMENTE COM O PAI DA CRIANÇA E O CONSELHO TUTELAR, ONDE NO LOCAL FOI LOCALIZADO O ADOLESCENTE POSSÍVEL AUTOR, ONDE FOI INDAGADO O MESMO DA SITUAÇÃO O QUAL NEGOU O OCORRIDO, CONVERSADO COM O TIO DA VÍTIMA O QUAL RELATOU QUE CHEGOU NA CASA ONDE ESTAVAM O AUTOR E O MENINO DE 5 ANOS E FOI QUANDO O AUTOR CORREU PARA O BANHEIRO, SENDO ACHADO ESTRANHO A ATITUDE E RETIROU SEU SOBRINHO DO LOCAL E INDAGOU O MESMO DA SITUAÇÃO SENDO QUE A CRIANÇA RELATOU QUE SEU VIZINHO RETIROU O ÓRGÃO GENITAL E PASSOU NA BOCA DELE E QUE TAMBÉM PASSOU O ÓRGÃO GENITAL EM SUAS NÁDEGAS E DISSE QUE SE CONTASSE O FATO A ALGUÉM IRIA LEVAR UMA SURRA, ATO CONTINUO O TIO DA CRIANÇA AVISOU O PAI DA MESMA , O QUAL DE IMEDIATO LEVOU O MENINO AO HOSPITAL BOM PASTOR PARA ATENDIMENTO MEDICO SENDO QUE O MEDICO ORIENTOU O PAI A PROCURAR O CONSELHO TUTELAR. DIANTE DOS FATOS TODOS FORAM ENCAMINHADOS A 14ª SDP PARA PROCEDIMENTOS.

Vem aí: Grande festa na comunidade de Rio Bonito/Turvo.


A festa acontece no dia 24 de janeiro, haverá participação dos Tropeiros que sairão de Turvo até a festa, animação fica por conta de Crioulo Batista.






Homem é encontrado morto em Faxinal da Boa Vista/Turvo.

A POLÍCIA MILITAR DE TURVO FOI CHAMADA PARA ATENDER UMA OCORRÊNCIA EM FAXINAL DA BOA VISTA NA TARDE DE SEXTA-FEIRA, ONDE JOSÉ RODRIGUES ESTAVA EM ÓBITO, CONFORME RELATÓRIO ENVIADO A IMPRENSA:


ATENDIMENTO DE LOCAL DE MORTE DIA 08/01/2016 ÁS 14H30MIN FAXINAL DA BOA VISTA

A EQUIPE RECEBEU UMA LIGAÇÃO DE UMA SENHORA INFORMANDO QUE SEU MARIDO TERIA SAÍDO DE CASA NA DATA DE 07-01-2016 POR VOLTA DAS 10H30MIN E ATÉ A DATA DE 08-01-2016 NÃO TERIA RETORNADO, SENDO ASSIM A SOLICITANTE COMEÇOU A PROCURAR SEU MARIDO NA VILA FAXINAL DA BOA VISTA, SENDO QUE PRÓXIMO A UMA DISTRIBUIDORA GÁS EM UMA VALETA ENCONTROU O SEU MARIDO J. R. DOS S. DE 52 ANOS JÁ SEM VIDA. DIANTE DISSO A EQUIPE POLICIAL DESLOCOU ATÉ O REFERIDO ENDEREÇO E CONSTATOU O FATO, SENDO FEITO ISOLAMENTO DO LOCAL E AGUARDADO A POLICIA CIVIL, CRIMINALÍSTICA E I.M.L. DE GUARAPUAVA PARA PROSSEGUIMENTO DA OCORRÊNCIA.