segunda-feira, 19 de abril de 2021

Armas e munições são apreendidas em Pitanga


No dia 18 abril, por volta das 11h00min, uma equipe policial da 3ª Companhia de Pitanga, atendendo solicitação via Central 190, deslocou até a Localidade de Rio do Meio, Zona Rural de Pitanga, para averiguar uma situação de pessoas caçando. No local, em contato com o solicitante relatou a equipe que ouviu latidos de cachorros no meio da mata, sendo que um dos cães veio até a sua propriedade. 

O solicitante apanhou o animal e o colocou em um potreiro e logo em seguida visualizou dentro de sua propriedade, próximo a sua casa, dois homens, cada um portando uma arma de fogo, tipo espingarda em punho, ambos com roupas camuflada e com mais um cachorro de cor clara, sendo que estes gritaram para que João soltasse o cachorro que estava no potreiro. O solicitante sentindo- se ameaçado, informou que ligaria para a Polícia Militar, mas mesmo assim os homens permaneceram a aproximadamente a 50 metros do solicitante, e em seguida adentraram novamente na mata. 

Diante das informações, a equipe iniciou buscas na mata, porém não foi localizado os autores. A equipe coletou as informações e colocou o cão na viatura, afim de tentar localizar o seu proprietário. Feito patrulhamento e buscas na mata, na estrada rural e foi perguntado a moradores do local, se haviam visualizados alguém com as características repassadas, sendo que um morador, informou que os dois homens seguiram na mata sentido ao Bairro Industrial. A equipe deslocou até o Bairro Industrial, e notou um homem a aproximadamente 50 metros da equipe, o qual ficava observando a viatura, onde este adentrava a residência e retornava para a rua, observando a equipe, momento em que a equipe saiu do local afim de abordar o indivíduo, o qual evadiu-se com uma motocicleta em alta velocidade. 

Foi dado ordem de parada e abordagem, sendo abordado próximo a Rua Principal. Feito buscas pessoal e nada de ilícito foi localizado. Identificado o abordado, 40 anos, o qual apresentava nervosismo ao conversar com a equipe. Sendo questionado se era de sua propriedade o cachorro que estava na viatura, este respondeu que não, porém o cachorro, ficou latindo assim que viu o abordado. A equipe deslocou até a residência do abordado onde seu filho confirmou que o cão era de seu pai e que teria mais um cão no quintal da residência. A equipe ao visualizar o outro cachorro, bateu com as características informadas pela vítima. Questionado então o abordado sobre a arma de fogo, este levou a equipe até um paiol no fundo da residência, onde foi localizado, uma espingarda cal.28, sem marca aparente e uma mochila contendo 9 munições recarregadas intactas de cal.28, 11 frascos de pólvora, 7 frascos de chumbo e 3 frascos de espoleta com aproximadamente 100 unidades cada frasco, os quais foram apreendidos pela equipe policial. Foi perguntado se estaria caçando, este relatou que teria saído juntamente com seu compadre, 31 anos, o qual mora em frente a sua residência, confirmando que ele estava com a espingarda que foi apreendida e com seus dois cachorros de caça e que seu compadre estava também com uma espingarda. 

A equipe deslocou até a residência do homem indicado, onde foi questionado se estaria junto com primeiro abordado, este relatou que sim, que estariam armados e com os cães, porém não haviam matado nenhum animal. Perguntado sobre a arma de fogo, este apresentou a equipe policial uma espingarda de pressão, brocada para o calibre .22, sem marca aparente e 131 munições cal .22 marca CBC. 

Diante dos fatos a equipe conduziu os abordados, sem uso de algemas e no banco de trás da viatura até a Delegacia, onde também foram entregues o cachorro que estava na propriedade da vítima, as duas armas de fogo, as munições e demais objetos apreendidos, para serem adotados os demais procedimentos.

Fonte: PM



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Publicidade