terça-feira, 31 de março de 2020

Conheça as linhas de crédito que a Fomento oferece para empresários para minimizar impactos do COVID-19


A Fomento Paraná divulgou um crédito emergencial para preservar salários e empregos em empreendimentos informais, MEI, Micro e Pequenas Empresas em razão dos efeitos do coronavírus na economia. Com limite de até R$ 6 mil por tomador, o recurso terá condições facilitadas de análise e de garantias, sem necessidade de aval de terceiros.

Quem pode solicitar 

- Empreendedores que iniciaram uma atividade informal até 31 de dezembro de 2019 poderão ter acesso a até R$ 1,5 mil;

- Quem já abriu um CNPJ e se formalizou, mas está há menos de um ano no mercado, terá acesso a um limite de R$ 3 mil;

- Já os empreendedores formalizados há mais de 12 meses, como microempreendedores individuais, micro ou pequena empresa, terão acesso a um limite de R$ 6 mil.

Para as três faixas a taxa de juros será de 0,41% ao mês e o prazo para pagamento será de 36 meses, com direito a 12 meses de carência. Os recursos serão liberados em até três parcelas.

Para acessar os recursos (até R$6 mil) o empreendedor deverá estar com sua situação cadastral em dia em relação a certidões negativas e ao Cadastro de Inadimplentes do Estado do Paraná – CADIN. Serão necessários também, no momento do pedido, encaminhar os arquivos digitalizados (fotos) dos seguintes documentos: RG ou CNH titular e sócios (quando houver); comprovante de endereço (se for pessoa física); dados de conta corrente em seu nome; RG ou CNH de cônjuge / companheiro (se aplicável); selfie com documento em mãos (RG/CNH da pessoa física, titular e sócio quando houver) frente e verso; e para crédito pessoa física, anexar também declaração de que é empreendedor informal (modelo disponível no site da Fomento Paraná).

Para operações de capital de giro, as opções são as seguintes:

Microcrédito Fácil – a taxa de juros será de 0,91% ao mês e o prazo para pagamento será de 48 meses, com carência de até um ano;

Banco da Mulher – crédito com taxas a partir de 0,68% ao mês e carência de 12 meses (prazo total 60 meses);

BNDES Automático – disponibilizará capital de giro com taxas a partir de 0,68% ao mês e o prazo para pagamento de 60 meses, incluindo uma carência de até 12 meses.

Fomento Turismo – disponibilizará capital de giro com taxas a partir de 0,70% ao mês e carência de 12 meses (prazo total 48 meses).

Para obter o crédito, diretamente pela internet, faça uma simulação do seu financiamento no site da Fomento (http://www.fomento.pr.gov.br) e verifique as condições de parcelamento.

Clique aqui para baixar um PDF completo, com todas as informações.


Fonte: Faciap

Aproveite as Ofertas de Pascoa do Supermercado Suprema de Turvo




Jacqueline Szendela, gerente da agência do Sicredi de Turvo é transferida para Guarapuava


Na tarde dessa terça-feira (31), o Blog do Elói esteve conversando com a Jacqueline Szendela, ela que após 7 anos de excelentes trabalhos prestados a comunidade turvense, deixa a gerencia do Sicredi de Turvo e, assumirá uma nova agência do Sicredi que será inaugurada em Guarapuava. Ela deixou um agradecimento a todos:

"É com aperto no coração que hoje me despeço da Comunidade de Turvo; mas me despeço apenas das atividades rotineiras na agência do Sicredi; a qual já fazia parte há 7 anos. Peço desculpas á quem não consegui avisar ou até mesmo fazer uma visita com o novo gerente, mas no momento em que estamos passando com a pandemia do COVID-19 não foi possível. 

Construí aqui uma carreira profissional e principalmente grandes amizades que levarei para resto da vida. Obrigado á todos pelo acolhimento que tive. 

A Cooperativa está me dando mais uma grande oportunidade e a partir de 01/04/2020 estarei assumindo uma nova agência que irá inaugurar em breve em Guarapuava no bairro Bonsucesso. 

Gostaria também de ressaltar que o novo Gerente Jean Pierre Ribeiro, já se colocou à disposição dos associados e vem para continuar com o viés de crescimento que a Cooperativa vem apresentando na Região. 

Seja bem-vindo Jean, tenho certeza que terá muito sucesso nesta nova casa. E aos associados, os quais considero como amigos até breve. Fiquem com Deus."


Atenciosamente
Jacqueline Szendela

Paraná registra 25 novos casos e chega a 185 confirmações da doença


Dados do boletim do coronavírus emitido pela Secretaria de Estado da Saúde nesta terça-feira (31) confirmam 25 novos casos da doença no Paraná. São 14 mulheres e 11 homens com idades entre 28 e 72 anos, que tiveram resultado positivo para Covid-19.

O Estado tem agora 185 casos confirmados e, destes, três óbitos. Foram descartados 2.960 casos e há 521 em investigação.

Os pacientes dos novos casos residem em Curitiba (10), Cascavel (2), Lapa (1), Vere (1), Quatro Barras (1), Telêmaco Borba (1), Campo Mourão (1), Maringá (1), Pinhais (1), São José dos Pinhais (2), Londrina (2), Francisco Beltrão (1) e Niterói (1) - fora do Estado.

Confira AQUI as ocorrências por município.

Fonte: AEN

Turvo - Boletim Oficial Covid-19


Guarapuava - Boletim Oficial Covid-19 - 31/03


Cachorro está desaparecido em Turvo


Desapareceu no último domingo em Turvo, o Cão Schimite.

Ele saiu de casa com uma coleira vermelha, ele é dócil.

Qualquer informação entrar em contato com Lucas 41 9-9244-0604 ou Ivete 42 9 9125-9296.

PCPR alerta população sobre golpes virtuais durante pandemia da Covid-19


A Polícia Civil do Paraná (PCPR) alerta a população sobre golpes virtuais que estão sendo aplicados por criminosos durante a pandemia da Covid-19. A tentativa dos criminosos é a de obter informações privilegiadas das vítimas, como dados bancários, senhas e informações de cartões de crédito. 

A PCPR orienta que nenhuma informação seja fornecida pela internet sem que se tenha certeza sobre a confiabilidade do website. Via de regra, o usuário deve desconfiar de ofertas gratuitas. 

Os criminosos têm criado sites falsos, semelhantes aos de instituições oficiais, com o objetivo de aplicar golpes. Em geral as vítimas são assediadas através de mensagens de celular, WhatsApp, email ou postagem em mídias sociais com links maliciosos. Nesses casos, a vítima não deve clicar no link. 

Os tipos de golpes já identificados são agendamento do teste de coronavírus em casa, aplicativos que rastreiam a doença pelo mundo, álcool em gel da Ambev, vacina contra o coronavírus, acesso grátis à Netflix e kit gratuito com máscara e álcool em gel.

Fonte: PCPR

Seis vereadores e três servidores são afastados dos cargos como parte da Operação Gulon, do MPPR


A partir de pedido formulado pelo Ministério Público do Paraná, a Justiça afastou liminarmente seis vereadores da Câmara Municipal de São Pedro do Iguaçu, Oeste do estado – incluindo o presidente do Legislativo – por suspeita de ilegalidades na concessão de diárias e na condução de licitações. A determinação é consequência da Operação Gulon, conduzida pela 4ª Promotoria de Justiça de Toledo, responsável pela comarca, com apoio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco). Os agentes públicos também estão proibidos de ter acesso à Casa Legislativa.

Além do presidente, estão entre os vereadores afastados o 1º vice-presidente e dois secretários da Mesa Diretora. Também foi imposto o afastamento e proibição de acesso ao Legislativo a três servidores: um contador e duas funcionárias comissionadas. No total, a Câmara de São Pedro do Iguaçu conta com nove vereadores. Os suplentes devem assumir os cargos dos que foram afastados.

Prisão – A liminar foi deferida na segunda-feira, 30 de março, pelo Juízo da 2ª Vara Criminal de Toledo, que reforça que o afastamento da função pública dos investigados e a proibição de acesso e frequência à Casa são necessários para a garantia da ordem pública e para evitar a reiteração de práticas criminosas, bem como para preservar a continuidade das investigações. O descumprimento das medidas cautelares poderá acarretar na decretação de prisão.

A Operação Gulon foi deflagrada em novembro de 2019. Como parte da apuração das ilegalidades, em março deste ano, o Gaeco cumpriu 14 mandados de busca e apreensão nos municípios de Toledo e São Pedro do Iguaçu.

Fonte: MPPR

Veja como ficou o Hospital de Campanha Ney Santer Martins, em Cascavel



A partir de agora, o município de Cascavel conta com um Centro Especializado para atendimento de pacientes confirmados com o novo coronavírus (covid-19).

O hospital de Campanha chamado de Centro de Amor, recebeu o nome de Centro Ney Senter Martins - primeiro óbito confirmado pelo vírus em Cascavel - será equipado com 59 leitos de enfermaria e se necessário, dez de UTI (Unidade de Terapia Intensiva). A estrutura foi toda doada por um empresário, agora receberá os equipamentos de saúde. O vídeo  abaixo mostra a montagem do espaço que ocorreu em 48 horas.

A nova unidade, que está localizada no Centro de Convenções e Eventos de Cascavel, terá profissionais do Consamu (Consórcio Intermunicipal Samu Oeste) que serão remunerados pela prefeitura municipal. O objetivo é disponibilizar para cada 10 leitos, três profissionais Técnicos de Enfermagem, um Enfermeiro e um Médico, além é claro dos demais servidores que atuam indiretamente.

Neste primeiro momento, o Centro não será utilizado pelo município, somente em caso de emergência. Porém o Secretário de Saúde, Thiago Stefanello, afirma que essa realidade pode mudar a qualquer momento, caso o número de casos confirmados aumente na cidade.

Outro detalhe importante, é que não haverá atendimento de triagem, e sim, será destinado somente para pacientes encaminhados de outras unidades. Ou seja, o doente foi atendido em um primeiro momento, e apresentou maior gravidade no quadro clínico, então será encaminhado. O paciente chegará de ambulância, diretamente para o leito.

Desde o dia 26 de fevereiro, o COE (Centro de Operações de Emergências) planeja a unidade e outros passos importantes que o município deve seguir até o fim de agosto, para assegurar a saúde e bem-estar dos munícipes.

Prefeito, Leonaldo Paranhos, durante a fala ressaltou que o município está tomando todos os cuidados e medidas necessárias para cuidar da população, porém a doença só será disseminada a partir do momento que as pessoas respeitarem o distanciamento social.

Além disso, brevemente ressaltou que a volta organizada do comércio ao poucos também já está sendo trabalhada. E reforçou que Cascavel também vai contar com o Hospital de Retaguarda, que terá 30 leitos UTI .

Também foi anunciado durante a "inauguração" do Centro de Amor, a contratação de hotel para os servidores da saúde de Cascavel, para que em caso de suspeita do COVID-19, os profissionais sejam encaminhados para estes quartos isolados, e não tenham contato com familiares.


Fonte: Catve.com

A empresa Ibema Papelcartão, instalada no Município de Turvo - PR, lamenta o falecimento de Nei Senter Martins, ocorrido na manhã dessa segunda-feira (30).

Conforme publicado pela empresa, Martins, como era conhecido, tinha 66 anos e foi protagonista na construção da história da Ibema, tendo uma importante passagem como Diretor Presidente entre os anos de 2011 a 2015. Atualmente, exercia cargo de membro do Conselho de Administração da Ibema. Veja mais...

Venda de pinhão está liberada a partir de quarta-feira


O Instituto Água e Terra (IAT), vinculado à Secretaria do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo, libera a partir dessa quarta-feira (01.04) a colheita, venda, transporte e armazenamento do pinhão. A recomendação é que a semente seja colhida de pinhas que já caíram, sinal mais garantido de sua maturação. Além disso, evita que a pessoa corra o risco de queda ao subir numa araucária.

As normas e instruções são estabelecidas na Portaria IAP nº 046/2015 e tem como objetivo conciliar a geração de renda e proteger a reprodução da araucária, árvore símbolo do Paraná e ameaçada de extinção.

“Quando o pinhão cai ao chão é uma oportunidade para animais, como a cutia, ajudarem a semear em outros lugares, garantindo a reprodução da araucária”, explica o gerente de Monitoramento e Fiscalização do IAT, Alvaro Cesar de Góes.

A semente da araucária se forma dentro de uma pinha, fechada, que com o tempo vai abrindo até liberar o pinhão, o qual precisa de quatro anos para completar o seu amadurecimento.

As pinhas maduras desprendem dos galhos geralmente entre os meses de abril a agosto e quando arrebentam esparramam as sementes do seu interior.

“Além de servir de alimento para a fauna local, o hábito de comer pinhão foi herdado de algumas tribos indígenas, sendo agora produto tradicional nas festas juninas e também utilizadas em várias receitas”, relata Góes.

PROIBIDO – Mesmo sendo colhido na data permitida, é proibido o consumo e venda do pinhão verde. As pinhas imaturas apresentam casca esbranquiçada e alto teor de umidade. Se consumido, pode muitas vezes prejudicar a saúde, podendo causar problemas como a má digestão, náuseas e até episódios de constipação intestinal.

Isso acontece, em grande parte, porque neste estado a semente apresenta um alto teor de umidade, o que favorece a presença de fungos, podendo o alimento se tornar até tóxico para o consumo humano.

MULTA - De acordo com as normas ambientais, a pessoa que for flagrada na venda, transporte ou no armazenamento do pinhão antes de 1º de abril está sujeita a responder a processos administrativo e criminal, além de receber auto de infração ambiental e multa de R$ 300,00 para cada 60 quilos de pinhão.

DENÚNCIAS - A venda de pinhões trazidos de outros Estados também não é permitida, sendo obrigatório respeitar as normas locais. Denúncias sobre a venda irregular de pinhão e demais infrações ambientais, podem ser feitas no link Fale Conosco, no site do órgão http://www.iap.pr.gov.br, pelo telefone do IAT Curitiba: (41) 3213-3700 ou regionais do IAT e Polícia Ambiental.

Fonte: AEN

Duas pessoas morrem em acidente entre caminhão e três carros na BR 277


Duas pessoas morreram em grave acidente durante a madrugada de terça-feira (31), na BR 277 entre Irati e Palmeira - região sudeste do Paraná.

O motorista seguia com caminhão pela rodovia, quando perdeu o controle da direção e tombou atingindo três carros. O acidente aconteceu por volta das duas horas da madrugada.

As pistas da rodovia estão interditadas para que seja feita a remoção dos corpos das vítimas que ficaram presos as ferragens, bem como a retirada dos automóveis envolvidos.

A PRF (Polícia Rodoviária Federal) controla o fluxo de veículos, organiza as pistas, além de registrar o acidente.

O IML (Instituto Médico-Legal) foi chamado para recolher as vítimas fatais.

Fonte: Catve