sexta-feira, 3 de setembro de 2021

Mais 3.333 casos e 64 óbitos pela Covid-19 são confirmados no Paraná


A Secretaria de Estado da Saúde divulgou nesta sexta-feira (3) mais 3.333 casos confirmados e 64 mortes – referentes aos meses ou semanas anteriores e que não representam a notificação das últimas 24 horas – em decorrência da infecção causada pelo novo coronavírus.

Os dados acumulados do monitoramento da Covid-19 mostram que o Paraná soma 1.458.938 casos confirmados e 37.446 mortos pela doença.

Os casos confirmados divulgados nesta data são de setembro (994), agosto (1.835), julho (53), junho (263), maio (182), abril (3), março (2) de 2021 e agosto (1) de 2020.

INTERNADOS – 980 pacientes com diagnóstico confirmado de Covid-19 estão internados. São 702 pacientes em leitos SUS (423 em UTIs e 279 em leitos clínicos/enfermarias) e 278 em leitos da rede particular (149 em UTIs e 129 em leitos clínicos/enfermarias).

Há outros 1.355 pacientes internados, 699 em leitos de UTI e 656 em enfermaria, que aguardam resultados de exames. Eles estão em leitos das redes pública e particular e são considerados casos suspeitos de infecção pelo Sars-CoV-2.

ÓBITOS – A Sesa informa a morte de mais 64 pacientes. São 25 mulheres e 39 homens, com idades que variam de 29 a 91 anos. Os óbitos ocorreram entre 8 de abril a 2 de setembro de 2021.

Os pacientes que foram a óbito residiam em Curitiba (20), Ponta Grossa (3), Pinhais (3), Londrina (3), Foz do Iguaçu (3), São Mateus do Sul (2), Sarandi (2), Rolândia (2), Ibaiti (2), Corbélia (2), Cascavel (2) e Campo Largo (2).

A Sesa registra ainda a morte de uma pessoa que residia em cada um dos seguintes municípios: São José dos Pinhais, Santo Inácio, Santa Cruz de Monte Castelo, Realeza, Paranavaí, Medianeira, Maringá, Lapa, Jaguariaíva, Irati, Guarapuava, Colombo, Castro, Campo Mourão, Campo Bonito, Campina Grande do Sul, Araucária e Arapongas.

FORA DO PARANÁ – O monitoramento da Sesa registra 6.507 casos e 218 óbitos de residentes de fora.

Confira o informe completo clicando AQUI.

Confira o relatório de exclusões no site da Sesa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Publicidade