sexta-feira, 10 de janeiro de 2020

Motocicleta é furtada em Turvo


Nesta sexta-feira (10), relatou o solicitante para a equipe policial, que deixou sua motocicleta Yamaha/YBR 125 de cor preta, placa MEM-8599 estacionada por volta das 08h00min de hoje na Rua Tiradentes com a chave na ignição, sendo que ao retornar por volta das 12h00min, a mesma já não se encontrava mais no local. Diante do relato, foi confeccionado o boletim de ocorrência, orientado o solicitante e iniciado buscas na intenção de localizar a motocicleta.

Novos conselheiros tutelares são empossados em Turvo


Nesta sexta-feira (10), ocorreu no Auditório da Prefeitura Municipal de Turvo, a Cerimônia de Posse dos Conselheiros Tutelares eleitos para gestão 2020/2023, que são Adilson Gonçalves, Sidnei Marcos Moraes, Edinho Mecânico, Gilberto Almeida e Franciele Peske Neumann. 

O evento contou com a presença de autoridades municipais, sociedade civil organizada e membros do Conselho da Criança e Adolescente.

Homem de 26 anos é encontrado morto em Palmital


Na tarde dessa sexta-feira (10), a equipe policial de Palmital deslocou para prestar atendimento de ocorrência do tipo atendimento de local de morte. 

A equipe policial foi informada por um Sr, que nos fundos de sua residência em meio a uma plantação de mandioca, havia visualizado uma pessoa caída e que aparentemente estaria em óbito. 

A equipe constatou o fato, sendo isolado o local e acionado o investigador e os demais órgãos competentes. A vítima era um homem de 26 anos. Não se sabe a causa da morte. 

Atualizado: Segundo informações repassadas ao Blog do Elói, a vítima foi identificada como sendo Ronaldo Correia de Oliveira.

Visitantes holandeses fazem roteiro de esportes aquáticos em Turvo


 
Na última quarta-feira (08/01), iniciando as atividades turísticas da Gralha Azul em 2020, visitantes brasileiros e holandeses participaram em Turvo de um roteiro com aventuras aquáticas e sabores caseiros, que faz parte de um trajeto consagrado como caminho turístico oficial do Paraná. 

O passeio teve como atividade inicial o Aquatrekking, uma trilha por dentro da água que une cachoeirismo e caminhada com direito a paisagem exuberante e cachoeiras refrescantes no percurso. Logo em seguida, os turistas curtiram as corredeiras radicais do Boia Cross, uma descida de 1,2km pelo Rio Cachoeira com fortes emoções e muita diversão. 

O final do passeio foi para recuperar o fôlego na farta mesa do Lanche Rural Ucraniano, com quitutes fresquinhos como pirogue assado, nata caseira, tiastiético, mandioca frita, pão de amendoim e manteiga de banha, típicos da cultura ucraniana e servidos à sombra das árvores na beira do rio. Uma experiência internacional de encher a barriga e os olhos!



Fonte e fotos: Gralha Azul


Paraná recebe primeiro lote de reposição da vacina pentavalente


O Paraná recebeu 44 mil doses da vacina pentavalente nesta sexta-feira (10). A previsão, segundo o Ministério da Saúde, é que na próxima semana a Secretaria de Estado da Saúde receba mais 45 mil doses para atender os municípios.

O abastecimento nacional foi suspenso em julho de 2019 quando as vacinas tiveram os lotes recolhidos por reprovação no teste de qualidade do Instituto Nacional de Controle de Qualidade de Saúde (INCQS) e na análise da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

“A falta de uma vacina prevista em calendário nacional causa uma comoção geral”, afirmou o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto. “O Paraná vem fazendo um grande trabalho de regionalização, e neste sentido a Secretaria da Saúde realiza constantemente capacitações com profissionais de salas de vacinas de todos os municípios. Recebendo essas novas doses, imediatamente enviaremos às Regionais para distribuição”, disse ele.

DEMANDA – O Paraná precisa, em média, de 60 mil doses por mês para abastecer as 22 Regionais de Saúde que fazem a distribuição aos municípios de sua abrangência. A previsão é de que até o final de janeiro todas as Regionais já tenham recebido.

No final de outubro de 2019 o Estado recebeu 40 mil doses. Após três meses de desabastecimento, devido à demanda reprimida, a quantidade não foi suficiente para regularizar a fila de espera nas salas de vacina.

“Considerando que nos meses anteriores não recebemos a vacina, esse envio total de 89 mil doses, programado para os próximos dias, ainda é insuficiente para atender a demanda do Estado. No entanto, estes lotes vão permitir a cobertura vacinal de boa parcela da população até a situação se normalizar com o envio de mais vacinas pelo Ministério da Saúde”, informou a técnica do Programa de Imunização da Secretaria da Saúde, Fernanda Crosewski.

ONDE SE VACINAR – As vacinas são ofertadas gratuitamente nas 1.852 salas de vacinação localizadas nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) de todo o Paraná.

ORIENTAÇÃO AOS PAIS – A Secretaria da Saúde orienta que os pais devem dar continuidade ao esquema de vacinação até sua conclusão para uma proteção mais eficaz da saúde da criança. A indicação é entrar em contato com as UBS do município de sua residência para verificar a disponibilidade da vacina na região.

PENTAVALENTE – A vacina pentavalente protege contra múltiplas doenças ao mesmo tempo (difteria, tétano, coqueluche, hepatite B e contra a bactéria haemophilus influenza tipo b, responsável por infecções no nariz, meninge e na garganta).

Desde 2012, o Programa Nacional de Imunizações (PNI), do Ministério da Saúde, oferta a vacina pentavalente na rotina do Calendário Nacional de Vacinação. As crianças devem tomar três doses da vacina: aos dois, aos quatro e aos seis meses de vida.

DTP – Os reforços da vacina pentavalente são realizados em crianças aos 15 meses e quatro anos de idade, com a vacina adsorvida difteria, tétano e pertússis (DTP).
O Ministério da Saúde enviou um ofício aos Estados sugerindo a substituição temporária da vacina pentavalente pela vacina DTP para crianças menores de um ano de idade em decorrência da indisponibilidade na rede pública do Sistema Único de Saúde (SUS).

A Secretaria da Saúde determina que com a normalização que está prevista para fevereiro, os profissionais de saúde devem optar pela aplicação da pentavalente e evitar a substituição pela DTP, considerando que a mesma trata-se de reforço e não propriamente do esquema primário de vacinação.

“Orientamos que os pais aguardem a chegada da pentavalente que é a vacina indicada para a criança, visto que as remessas da vacina estão sendo regularizadas. Não se faz necessário nesse momento a substituição”, finalizou Crosewski.

Após lei de abuso de autoridade entrar em vigor, Polícia Civil para de divulgar nomes e fotos de presos no Paraná


A Polícia Civil do Paraná deixou de divulgar nomes e fotos de suspeitos após a entrada em vigor da lei de abuso de autoridade.

A nova recomendação foi confirmada pela polícia nesta sexta-feira (10). De acordo com a corporação, a nova postura abrange a divulgação de imagens de presos e de suspeitos em liberdade.

Durante uma entrevista ao vivo à RPC sobre uma investigação de uma tentativa de homicídio, por exemplo, o delegado da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) Tito Livio Barrichello afirmou que não poderia passar informações sobre os antecedentes criminais do suspeito do crime por causa da nova lei.

A lei entrou em vigor no dia 3 de janeiro em todo o país, e polícias de outros estados também adotaram a mesma postura de não divulgar mais informações ou imagens dos presos nos sites, redes sociais e comunicados à imprensa.

Segundo a Polícia Civil, podem haver exceções em casos de suspeitos foragidos com mandado de prisão em aberto. Nestas circunstâncias, de acordo com o órgão, será feita uma avaliação caso a caso.

O G1 entrou em contato com a Polícia Militar, mas o órgão não respondeu o contato da reportagem.

Mudança

A nova regra definiu punições para condutas consideradas excessivas durante investigações e processos judiciais.

Sobre a divulgação de nomes e fotos de presos, a lei afirma que:

É proibido antecipar por meio de comunicação, inclusive rede social, atribuição de culpa, antes de concluídas as apurações
É proibido constranger o preso exibindo o corpo dele à curiosidade pública.

Em casos de descumprimento da norma, o texto prevê que o policial seja responsabilizado e condenado a pena de até quatro anos de prisão.

Ao todo, são cerca de 30 situações que configuram abuso de autoridade.

Atos considerados crimes de abuso:

Identificação: o policial não usar, por exemplo, a tarjeta de identificação na farda, ou mentir o nome.

Condução de detidos: manter, na mesma cela, confinamento ou no carro no deslocamento, presos de sexos diferentes e também crianças e adolescentes até 12 anos.

Domicílio: entrar em uma casa ou local sem autorização, sem informar o dono, ou sem autorização judicial.

Mandado de prisão: cumprir mandado de prisão à noite ou entrar em local privado à noite, entre 21h e 5h.

Interrogatório: continuar questionamentos após preso dizer que quer ficar calado, levar sob condução coercitiva para depoimento sem antes intimar para comparecimento, pressionar ou ameaçar a depor ou obrigar a fazer prova contra si mesmo.

Bloqueio de bens: o juiz decretar a indisponibilidade de valores em quantia que extrapole exacerbadamente a dívida.

Investigação: dar início a inquérito sem indício de crime, divulgar trechos da investigação ou gravações com a imagem do preso falando ou prestando depoimento.

Fonte: G1 - PR

PM apreende pé de maconha em Guarapuava


dia 10 de janeiro, às 01h45min, em patrulhamento na Rua Noemy C da Silva, bairro Vila Carli, a equipe Choque realizou abordagem de um indivíduo o qual informou nome falso que não constava no cadastro do sistema de investigação, relatando que seu documento estava na casa de um amigo. 

A equipe deslocou até a residência, no local foi constatado que a residência já é alvo de denúncia por Tráfico de Drogas. No interior da residência em cima de uma mesa havia um pote de plástico com uma planta, aparentando ser Maconha, foi constatado que se tratava de um pé de substância análoga “Cannabis Sativa”, de aproximadamente 20 cm. de altura. 

Realizadas buscas no interior da residência, localizada uma balança de precisão marca Xtrad, e 0,7gr. de substancia entorpecente análoga a Maconha enrolado em papel. O abordado localizou o seu documento no interior da residência, o qual constava o nome completo, após consulta, nada constou contra o mesmo, sendo liberado no local. Diante dos fatos foi dada voz de prisão ao proprietário da residência, o qual foi conduzido até a 14º SDP juntamente com os entorpecentes e objeto apreendidos, para os procedimentos cabíveis.

Fonte: PM

Faleceu em Turvo, Luiz Antonio Ferreira de Souza (Luiz da Copel)


Faleceu na madrugada dessa sexta-feira (10) no Hospital São Vicente, em Guarapuava, o senhor Luiz Antonio Ferreira de Souza (Luiz da Copel), com 66 anos. 

O velório será na Capela Mortuária de Turvo, até as 11h00. Depois o corpo será transladado para a cidade de Ponta Grossa, onde será o sepultamento.


Informou Funerária Nossa Senhora Aparecida de Turvo.