domingo, 20 de maio de 2018

Carro da Polícia Científica bate em árvore na PR-151 e deixa feridos


Duas pessoas ficaram feridas quando o carro em que estavam, da Polícia Científica do Paraná, bateu em uma árvore na PR-151, em Palmeira, nos Campos Gerais do Paraná, na noite de sábado (19).

Segundo a Secretaria de Segurança Pública do Paraná, ambas são servidoras e estavam em viagem a trabalho.

O motorista, um homem de 51 anos, foi socorrido em estado grave. A outra vítima, um homem de 35 anos, é perito da Polícia Científica sofreu ferimentos leves. Ambos foram levados para a Santa Casa de Palmeira.

Fonte: G1 - PR

Temperaturas caem, e Guarapuava terá mínima de 0ºC nesta segunda

 G1 - PR (Foto: Letícia Paris/ G1)

A semana começa gelada em todo o Paraná. Em Curitiba, de acordo com o Sistema Meteorológico do Paraná (Simepar), a manhã de segunda-feira (21) deve ser a mais fria do ano. A temperatura mínima prevista é a de 4ºC, e a máxima de 23ºC.

Em Guarapuava, na região central do estado, e em Palmas, no sul, os moradores devem se deparar com 0ºC logo cedo; Ponta Grossa, nos Campos Gerais, 2ºC; Cascavel e Foz do Iguaçu, no oeste, 4ºC e 5ºC respectivamente.

Na região norte, as temperaturas igualmente estarão mais baixas, segundo o Simepar. A mínima em Londrina será de 5ºC e, em Maringá, 6ºC.

Em Paranavaí, no noroeste, a temperatura mínimo prevista também é a de 6ºC.

Geadas

Além do frio, haverá geada. O meteorologista Tarcízio da Costa destaca que a geada mais intensa deve ocorrer no sul do estado, nas cidades de Palmas, Guarapuava e União da Vitória.

“Como está sem vento e com céu claro, são as condições ideais para a ocorrência de geada”.

Quem mora nos Campos Gerais e na região sudoeste do estado deve presenciar uma geada mais moderada e, nas regiões de Cascavel e de Curitiba e Região, a geada deve ser fraca.

O meteorologista lembra que as primeiras geadas mostram que estamos na reta final do outono, chegando mais próximo ao inverno.

O frio mais intenso, contudo, deve se limitar a esta segunda-feira.

“Essa situação melhora no decorrer dos próximos dias, ou seja, segunda-feira geadas amplas, na terça-feira ainda deve ter geadas, mas já em uma menor quantidade de municípios porque o centro da massa de ar vai se deslocando gradativamente”, afirmou Tarzício da Costa.

(Foto: Letícia Paris/ G1)

Domingo frio

Neste domingo, os paranaenses tiveram uma amostra das temperaturas mais baixas. A menor foi registrada em São Mateus do Sul – 2,4°C , na região sul do Paraná.

Inácio Martins - 3,1°C

Guarapuava - 3,2°C

Ponta Grossa - 3,2°C

Palmas - 5,3ºC

Curitiba - 5,3ºC

Cascavel - 5,8ºC


Justiça proíbe caminhoneiros de bloquear rodovias federais, no Paraná



Um interdito proibitório concedido pela Justiça Federal proíbe o bloqueio de rodovias por caminhoneiros nas estradas federais do Paraná. A medida foi assinada pelo juiz Marcos Josegrei da Silva e prevê multa de R$ 100 mil por hora, em caso de interdição total de qualquer trecho.

A decisão é válida a partir desta segunda-feira (21), data definida por entidades que representam a categoria dos caminhoneiros para o início de uma greve dos transportes contra aumentos nos preços dos combustíveis e cobranças do pedágio.

Na determinação, a Justiça não esclarece por quanto tempo fica válida a proibição.

Em outra decisão do juiz Marcos Josegrei da Silva, ele também aceita o pedido da concessionária Ecovia para que os manifestantes fiquem proibidos de invadirem a praça de pedágio em São José dos Pinhais. A multa, neste caso, é de R$ 20 mil por hora de invasão.

A Confederação Nacional dos Transportadores Autônomos (CNTA) informou que a paralisação geral não vai bloquear rodovias e não tem prazo para acabar. A orientação, de acordo com a CNTA, é para que os caminhoneiros não saiam de casa ou fiquem em postos de combustíveis.

A decisão

O interdito permite manifestações nas rodovias, desde que sejam realizadas em meia pista, nos trechos em que há pista dupla.

Segundo o texto, a proibição é imprescindível "para que os réus se abstenham de desencadear qualquer movimento […] que não seja pacífico e que importe a prática de atos ilícitos, dentre os quais a obstrução completa da faixa de rolamento”.

A proibição atende a uma ação movida pela Advocacia Geral da União (AGU), a pedido da Superintendência da Polícia Rodoviária Federal (PRF), que encaminhou um ofício a respeito do caso, na sexta-feira (18).

No ofício, a PRF alegou que os bloqueios nas estradas representam desrespeito ao direito de locomoção.

Greve

A Confederação Nacional dos Transportadores Autônomos (CNTA) informou que a paralisação geral não vai bloquear rodovias e não tem prazo para acabar.

Segundo a CNTA, "todos os motoristas estão sendo orientados a não carregarem e a permanecerem parados nas empresas ou em casa, aqueles que estiverem em trânsito devem parar nos postos de combustíveis nas rodovias".

Ainda conforme as entidades que representam a categoria, caminhões carregados com cargas vivas e medicamentos foram orientados a não paralisarem as atividades.

Fonte: G1 - PR

Faleceu em Turvo, Celma Martins Terleski


Faleceu na manhã desse domingo (20), a senhora Celma Martins Terleski, com 78 anos. Seu corpo está sendo velado na Capela Mortuária de Turvo. O sepultamento será nesta segunda-feira, em horário a ser designado. 

Informações repassadas pela Funerária SerLuto de Turvo.

Á família enlutada as nossas sinceras condolências.