terça-feira, 8 de dezembro de 2020

Vem que tem ofertas no Suprema Supermercado de Turvo


 

135 novos casos de Covid-19 são registrados em Guarapuava

 





Mais 01 caso de covid-19 é registrado em Turvo


Nesta terça-feira (08) foi confirmado mais 01 caso de covid-19 em Turvo. Totalizando 214 casos por meio do exame PCR do LACEN (Laboratório Central do Estado do Paraná) e 5 casos positivos por meio de testes sorológicos IGG/IGM, realizados em laboratório. 

Ao todo, até esta data, tem 15 casos ativos no município, outros 59 aguardam o resultado do exame em isolamento domiciliar.



Governo cadastra empresas para o Cartão Futuro Emergencial

 




O governador Carlos Massa Ratinho Junior lançou nesta terça-feira (8) o site que dá largada ao cadastramento das empresas interessadas em participar do programa Cartão Futuro Emergencial, criado pelo Governo do Estado para estimular e manter as contratações de jovens aprendizes. Elaborado pela Secretaria da Justiça, Família e Trabalho, o cartão tem o objetivo de manter até 15 mil vagas de emprego de jovens de 14 a 18 anos no Estado. O cadastro pode ser feito pelo site www.cartaofuturo.pr.gov.br

De acordo com o programa, o empregador que mantiver contrato ativo com aprendizes menores de 18 anos terá acesso à subvenção econômica de R$ 300,00. O valor é referencial por aprendiz e valerá por um prazo de 90 dias a partir da solicitação. Aqueles que contratarem novos aprendizes, mesmo que em substituição dos que tiveram o contrato encerrado durante a pandemia, terão acesso a R$ 500,00.

Nos dois casos os empregadores deverão manter os contratos com os aprendizes por, no mínimo, mais 60 dias após o pagamento da última parcela da subvenção. Eles também ficarão responsáveis pelo pagamento das demais verbas salariais, bem como pelos encargos trabalhistas e previdenciários.

“A intenção é atender o primeiro emprego, aquele jovem que quer entrar no mercado de trabalho. Ou seja, pretende estudar e trabalhar, ter uma oportunidade para garantir uma renda a mais para a família”, destacou Ratinho Junior. “Neste momento de pandemia é algo emergencial, mas quando voltar à normalidade pretendemos estender para que possa atingir o maior número de jovens paranaenses. Será o maior programa de primeiro emprego do Brasil”.

O programa emergencial é um desdobramento do Cartão Futuro, criado no ano passado pelo Governo do Estado com o intuito de incentivar a inserção de jovens no mercado de trabalho. Ele terá validade enquanto durar a situação de calamidade pública. 

O investimento previsto é de R$ 20 milhões para o pagamento do subsídio aos empregadores para complementar o salário dos jovens aprendizes. Os recursos são do Fundo da Infância e Adolescência (FIA), administrado pelo Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente (Cedca).

“Os jovens poderão complementar o horário dos estudos produzindo, aprendendo um ofício. É um programa muito especial, que tenho certeza vai transformar muitas vidas e levar dignidade para muitas casas”, ressaltou o chefe da Casa Civil, Guto Silva.

CRITÉRIOS – As empresas que aderirem ao programa deverão abrir e manter conta bancária no Banco do Brasil para recebimento da subvenção econômica. Segundo os critérios da Lei Estadual 20.328/2020, o empregador só poderá efetivar aprendizes que ultrapassem a cota mínima estabelecida no art. 429 da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).

Os contratantes também deverão comprovar a regularidade do recolhimento de tributos, com certidões vigentes/atualizadas na adesão; apresentar a relação do quadro de funcionários; e, após a adesão, deverão divulgar mensalmente os comprovantes de pagamentos dos jovens aprendizes inscritos no programa.

“Tem muito jovem querendo trabalhar e muitos pais querendo que os filhos trabalhem aqui no Paraná. Começar a trabalhar cedo, seguindo a legislação, é algo bom”, afirmou o secretário de Estado da Justiça, Família e Trabalho, Ney Leprevost. “O programa é uma forma de subvenção às empresas que contratarem jovens aprendizes”.

No site desenvolvido pela Celepar, o empregador também deve se comprometer a manter os contratos vigentes com adolescentes ou o mesmo número de jovens aprendizes que a empresa tinha antes da crise do coronavírus. O processo será formalizado mediante assinatura do Termo de Adesão, validado pelas 216 Agências do Trabalhador do Estado de maneira digital, via site. As vagas de aprendizagem ofertadas deverão ser abertas nas próprias agências.

“É um programa importante que vai ajudar na retomada econômica, garantindo a manutenção e criando também outras vagas para esses jovens aprendizes”, disse a diretora do Departamento do Trabalho e Estímulo à Geração de Renda, vinculado à Secretaria da Justiça, Família e Trabalho, Suelen Glinski, indicando que empresas grandes do Estado já manifestaram o desejo de aderir ao projeto.

JOVENS – Por parte do aprendiz, a lei estabelece que o adolescente deve pertencer a uma família com renda mensal per capita de até meio salário-mínimo, e ter concluído o Ensino Médio ou estar matriculado e frequentando regularmente o Ensino Fundamental, Médio ou cursos de educação de jovens e adultos. Também deve estar cadastrado nas unidades do Sistema Público de Emprego, Trabalho e Renda (Sine-PR) ou nas 216 Agência do Trabalhador do Paraná.

Samuel Carlos Alves, de 17 anos, está há um ano e sete meses atuando como aprendiz na montadora Renault, em São José dos Pinhais. O emprego, disse ele, transformou a sua vida, auxiliando na escolha da profissão. O período na empresa de automóveis fez com que optasse pela Engenharia Mecânica no vestibular. Ele também ajuda a compor a renda da casa, já que a mãe é do grupo de risco e teve que se afastar do trabalho na pandemia.

“Já é uma das maiores experiências da minha vida, ficará marcado para sempre como o meu primeiro emprego. Um grande impulso que fez com que eu pudesse ajudar minha família, já que minha mãe está desempregada desde o meio do ano”, disse.

“Muitos jovens sonham com o primeiro emprego para poder ajudar em casa. Mas sem esse projeto nada seria possível”, acrescentou Bruna Kamile Tracz Chruscielski, que atua como jovem aprendiz na rede de supermercados Condor.

PRESENÇAS – Participaram do evento o deputado estadual Hussein Bakri (líder do Governo na Assembleia Legislativa); e os jovens aprendizes Monique da Graça Heuer (Condor) e Kawan Moreira Santana (Renault).

Operação Controle é deflagrada em Turvo, Guarapuava e nos municípios pertencente ao 16º BPM


Na manhã desta terça-feira (08) sob o comando do Major Cristiano Cubas, foi deflagrada a Operação Controle em todos os 24 municípios de circunscrição do 16º Batalhão de Polícia Militar, sendo cumpridos cerca de 65 de mandados de busca e apreensão e de prisão. 

Durante o cumprimento de um dos mandados de busca e apreensão em Guarapuava, uma equipe policial militar do Pelotão de CHOQUE do 16º BPM entrou em confronto armado com um indivíduo armado, o qual possuía 2 mandados de prisão em aberto em seu desfavor e era foragido do sistema prisional, o qual veio a óbito. 

Em Turvo foram realizados três cumprimentos de mandados de busca e apreensão por tráfico de drogas, e um cumprimento de mandado de prisão por roubo.


📌 RESULTADOS DA OPERAÇÃO: 

📌 22 pessoas presas;
📌 1 veículo recuperado;
📌 12 armas de fogo apreendidas, além de diversas munições;
📌 apreensão de cerca de 2kg e 800 gramas de maconha;
📌 apreensão de cerca de 160 gramas de crack;
📌 apreensão de cerca de 32 gramas de cocaína;
📌 apreensão de cerca de 5 gramas de ecstasi;
📌 apreensão de 12 aparelhos celulares;
📌 apreensão de cerca de 1700 reais em espécie.

MPPR aciona o Estado do Paraná para que seleção para contratação de professores e consulta para escolha de diretores de escolas sejam suspensas



O Ministério Público do Paraná, por meio da Promotoria de Justiça de Proteção à Saúde Pública de Curitiba, ajuizou ação civil pública contra o Estado do Paraná buscando a suspensão do processo seletivo simplificado (PSS) para contratação de professores da rede pública de ensino, bem como da consulta à comunidade escolar para escolha dos diretores de escolas da rede estadual de educação. A ação foi proposta nesta segunda-feira, 7 de dezembro, e tramita na 2ª Vara da Fazenda Pública da capital. Anteriormente à proposição judicial, a Promotoria de Justiça havia expedido, em 2 de dezembro, recomendação administrativa buscando a suspensão dos dois processos.

Em relação ao PSS, a Secretaria Estadual, entretanto, limitou-se a transferir a aplicação das provas presenciais para o dia 20 de dezembro (a data inicialmente prevista era 13 deste mês). Ao avaliar a resposta do órgão estadual, a Promotoria de Justiça verificou que a Secretaria “não apresentou qualquer elemento atestador de que na data de 20 de dezembro esse controle (da pandemia) estará efetivamente alcançado, de que treinou pessoas para seguirem os termos de seu Protocolo, inclusive para impedirem que os participantes venham a se aglomerar”. Por outro lado, quanto à consulta para escolha dos dirigentes dos estabelecimentos de ensino, até então mantida para 9 de dezembro, a Seed tampouco demonstrou como “minimamente pretende fiscalizar o respeito a tais cuidados ou que as autoridades sanitárias concordam que a consulta seja levada a efeito”, conforme destacado na ação.

Diante da decisão pela manutenção dos dois processos (de seleção e de escolha dos dirigentes), a Promotoria de Justiça concluiu que a Secretaria Estadual de Educação “optou por não seguir adequadamente o recomendado, ao decidir pela manutenção de condutas que, neste momento pandêmico e sem autorização de autoridades sanitárias, certamente vão contribuir para que milhares de paranaenses deixem de lado o distanciamento social exigido e compareçam para votar em processo de escolha de Diretores de Escolas Estaduais, assim como também com o intuito de participarem de provas vinculadas ao PSS mencionado”.

Para o MPPR, os dois processos somente devem ocorrer quando existirem indicativos seguros de que a pandemia estará mais suficientemente controlada, apoiados em informações estratégicas de saúde fornecidas pelas autoridades sanitárias. Foi também requerido ao Juízo que o Estado do Paraná assegure o respeito às orientações dessas autoridades, da Organização Mundial da Saúde (OMS) e do Ministério da Saúde nas deliberações e atos da Secretaria de Estado da Educação, de modo a garantir a prevenção e o enfrentamento da Covid-19, em especial para impedir o afrouxamento do distanciamento e do isolamento sociais.

Fonte: MPPR

Homem é encontrado morto dentro de residência em Pitanga


Por volta das 13h30min do dia 07 de dezembro, a equipe policial deslocou até a Rua Barão do Cerro Azul, após solicitação de um Senhor, o qual relatou que viu pela janela que seu Tio Levino Carneiro da Silva, 57 anos, estava caído próximo a porta do banheiro. 

Acionado a equipe do corpo de bombeiros que constatou que óbito. Em conversa com a irmã a qual relatou que havia conversado com seu irmão na data de 06 dez 20, na parte da manhã, e que depois disso não viu mais ele. Acionada Polícia Civil e repassado o fato.

Fonte: PM

LBV entrega cestas de alimentos em Palmital

Famílias atendidas também receberão kits de limpeza para que continuem se prevenindo do novo coronavírus



Através das doações arrecadadas por meio da edição 2020 da tradicional campanha Natal Permanente da LBV — Jesus, o Pão Nosso de cada dia!, serão entregues cestas de alimentos não perecíveis e kits de limpeza para 100 famílias da cidade de Palmital/PR.

A entrega acontecerá no dia 9 de dezembro (quarta-feira), às 10h30, no Ginásio Municipal de Esportes Waldemar Wolf, na Rua Santana, s/n – Centro. Ao todo, serão entregues mais de 2,7 toneladas em doações para 100 famílias que foram previamente cadastradas com o apoio da Secretaria Municipal de Assistência Social do município.

No Paraná, a mobilização social beneficiará mais de 1.700 famílias atendidas ao longo do ano pela Instituição e também as assistidas por organizações parceiras. A iniciativa, que tem o objetivo de proporcionar a elas um Natal melhor e sem fome, conta com o apoio de colaboradores, voluntários e parceiros.

A entrega das doações será de forma organizada e seguirá todas as recomendações das autoridades de saúde, como manter o distanciamento de 1,5 metro por pessoa, o uso de máscara, luvas, álcool em gel 70% e higienização das embalagens.

Ação solidária

Vale ressaltar que em todo o Brasil serão entregues 50 mil cestas de alimentos e 50 mil kits de limpeza. Quem puder ajudar, ainda dá tempo. Entre no site www.lbv.org ou ligue para o telefone 0800 055 50 99 para participar dessa iniciativa. Para saber como está ocorrendo a entrega das doações em todo o Brasil, basta acessar o endereço @LBVBrasil no Instagram, no Facebook e no YouTube.

Serviço

Evento: entrega de cestas de alimentos e kits de limpeza arrecadados por meio da campanha Natal Permanente da LBV — Jesus, o Pão Nosso de cada dia!, promovida pela Legião da Boa Vontade.

Data e horário: 9 de dezembro (quarta-feira), às 10h30.

Local: Ginásio Municipal de Esportes Waldemar Wolf.

Endereço: Rua Santana, s/n - Centro.

Outras informações: (41) 9 9918-2645, com Rosana Serri | (41) 9 8788-7925, com Bianca Gunha | www.lbv.org
Publicidade