sexta-feira, 17 de abril de 2020

Pitanga - Boletim Oficial Covid-19


Boletim Covid-19: Informe Epidemiológico Novo Coronavírus (Covid-19) apresenta 42 casos novos e mais um óbito


A Secretaria de Estado de Saúde divulgou mais um boletim do Coronavírus (Covid-19) com dados sobre a doença no Estado. É a primeira edição do novo formato que está em aprimoramento estético e ampliação de dados.
O secretário de saúde, Beto Beto, afirma que divulgar de forma mais aprofundada é importante porque mostra como está a realidade do nosso Estado. “Buscamos atentamente a transparência de dados, de informações e avaliamos e reavaliamos constantemente nossas ações. Por isso a divulgação é bastante importante neste momento.”

Os dados desta sexta-feira (17) apresentam mais 42 confirmações nos municípios: Curitiba (15) , Cascavel (2), Pinhais (3), Maringá (8), Fazenda Rio Grande (1), Londrina (4), Guaraci (1), Santa Mônica (3), Arapongas (1), São João do Ivaí (1), Ivaiporã (1), Campo Mourão (1) e Campina Grande do Sul (1). Registra ainda o óbito de um homem de 61 anos, morador de Londrina, que teve a confirmação do coronavírus no dia 5 de abril e morreu nesta sexta-feira (17).

Recuperados – O número de pacientes recuperados no Paraná aumentou de ontem para hoje: são 15 a mais; eram 156 ontem e hoje são 171. Neste total não estão incluídos os pacientes recuperados no município de Curitiba.

Em relação ao sexo; 50,3% são do sexo masculino e 49,7% do feminino.

A faixa etária que apresenta maior índice de pacientes recuperados é a de 30 a 39 anos, com 31,6%, o que representa 54 pacientes. Na sequência, as faixas de 40 a 49 anos, com 19,3%, e de 20 a 29 anos, com 14,6%.

Para consultar o informe completo, clique aqui.

Turvo - Boletim Oficial Covid-19


Aproveite as Super Ofertas do Supermercado Suprema de Turvo



Guarapuava - Boletim atualizado


​Detran-PR comemora recuperação de colaborador da Covid-19


A equipe do Departamento de Trânsito do Paraná (Detran-PR) comemora a cura do colaborador Vando Dobranski, que vinha lutando contra o coronavírus (Covid-19). Após 25 dias internado, sendo 18 deles na Unidade de Terapia Intensiva, Vando recebeu alta nesta sexta-feira (17).

O servidor é recém aposentado. Durante todo o período de internamento, funcionários do departamento estiveram acompanhando o estado de saúde do colega de trabalho.

“Essa é uma notícia de esperança para todos, principalmente para aqueles que foram infectados por esse vírus avassalador. O senhor Vando faz parte da história do Detran, estamos felizes com a sua recuperação e melhora”, comentou o diretor-geral do Detran-PR, Cesar Vinicius Kogut.

Retornando de um cruzeiro em comemoração à sua recém aposentadoria, depois de 35 anos de serviços prestados, Vando apresentou alguns sinais incomuns na sua saúde. "Começou com leves dores no corpo e tosse". Mas, sem nenhuma desconfiança, continuou normalmente com a sua rotina, como idas a mercado e visitas em família.

Com as dores no corpo, tosse e o aparecimento da febre, Vando procurou atendimento médico no dia 20 de março. Retornou à residência e ficou em observação. Porém, três dias depois, seu estado piorou e ele foi encaminhado para a UTI.

Durante o tempo de internamento, suas filhas, Vânia e Vanda Dobranski, estiveram acompanhando de perto essa batalha. “Éramos responsáveis em passar as informações dos médicos para nossos familiares, então, tínhamos que estar fortes e otimistas sempre. Porém, após esses momentos, desabávamos. Foram seis dias de desespero, de piora, mas tínhamos fé de que ele sairia dessa, e saiu”, afirma Vanda.

“Foram 18 dias de UTI, nossa família passou por dias extremamente difíceis mas nunca deixamos de perder a fé e a esperança, sentimos toda a força vinda de amigos, que a cada mensagem acalmavam nossos corações”, conta Vânia.

No último sábado (11), Vando foi transferido da UTI para o quarto. Sua recuperação foi diagnosticada como imprevisível diante de todo o quadro e suas limitações pela idade, 64 anos.

“Não vejo a hora de estar em casa, com minha família. Foram dias de muito sofrimento, saí para passear e voltei doente. Nos momentos sedados, tinha apenas pensamentos ruins, coisas ruins na minha cabeça. Entendia muito pouca coisa do que me falavam, sabia que era da minha família, que estavam querendo notícias minha. Estou vivo e bem. Sou grato pela minha vida”, disse Vando.

Após a alta do hospital, Vando seguirá em repouso em sua residência, acompanhado por fisioterapia e cuidados com o retorno às atividades do dia a dia.

ISOLAMENTO – Na viagem, Vando, esteve acompanhado de sua esposa, que também teve os sintomas do COVID-19, mas em estágio leve. Sendo necessário apenas a observação e quarentena. Suas filhas e demais pessoas que tiveram contato, não apresentaram sintomas.

PREVENÇÃO – Com cuidados simples pode-se evitar a contágio e a transmissão do novo COVID-19. O uso de máscaras protetoras, lavar bem as mãos, o uso de álcool em gel e o distanciamento social são os principais meios para evitar a proliferação do vírus.

Fonte: AEN

DETRAN PERMANECE FECHADO, MAS LIBERA ATENDIMENTO VIA DESPACHANTES


Desde o dia 19 de março, o Detran-PR suspendeu suas atividades, devido à pandemia do Coronavírus. Contudo, ontem (16), o sistema foi liberado para que a população possa realizar serviços mais urgentes através dos escritórios dos despachantes.

Dentre os serviços que os despachantes paranaenses podem prestar, estão: primeiro emplacamento, transferência de propriedade, reposição de placas, licenciamento, 2ª. via do CRV, alteração de dados, entre outros. Remarcação de chassi e baixa de veículos, no entanto, são serviços que ainda estão suspensos, por dependerem de outros procedimentos do Detran-PR.

O Detran-PR autorizou o funcionamento dos escritórios mas abertura para atendimento aos clientes de forma presencial depende das regras definidas pela Prefeitura Municipal onde o escritório atua. Segundo o delegado do Sindepar na região de Guarapuava, Felipe Brugg, “na prática os despachantes somente abrirão seus escritórios nas cidades onde foram flexibilizadas as regras de isolamento social, no demais somente está autorizado o trabalho interno”.

Para o atendimento ao público, os despachantes devem seguir uma série de medidas recomendadas em um memorando pelo Detran-PR. “Nós obedeceremos às regras para a nossa segurança e a dos contribuintes. Contudo, com essa medida do Detran-PR, conseguiremos atender às necessidades mais urgentes da população, pois não sabemos quando o órgão voltará a atuar normalmente”, declarou Everton Calamucci, presidente do Sindicato dos Despachantes do Estado do Paraná – Sindepar.


No Paraná, já são 281 pessoas recuperadas da Covid-19


Um terço dos pacientes que foram confirmados com o novo coronavírus no Paraná já estão liberados do tratamento. Os últimos dados da Secretaria da Saúde mostram que 281 pessoas estão recuperadas no Estado. São 125 pacientes em Curitiba e 156 nos demais municípios paranaenses.

É considerado recuperado o paciente que teve o teste do coronavírus confirmado pelo Laboratório Central do Estado (Lacen) ou pelos laboratórios particulares credenciados e não apresenta mais os sintomas passados 14 dias após o início da doença.

O boletim divulgado na quinta-feira (16) pela Saúde confirmou 845 casos no Paraná, desde meados de março (13 pacientes não residem no Estado).

O número de recuperados também supera os de pacientes que estão internados no momento por causa da Covid-19, que hoje são 134 pessoas.

PERFIL - Considerando apenas os dados da Secretaria de Estado da Saúde – em Curitiba, o controle é feito pela secretaria municipal – os pacientes recuperados têm de 8 a 90 anos de idade.

A faixa etária dos 30 aos 39 anos conta com o maior número de liberados do tratamento - 31% do total. Pacientes com mais de 60 anos são 25% dos recuperados.

RECUPERADO – O caso do engenheiro agrônomo Gustavo Czelusniak, de 24 anos, representa a maioria das situações das pessoas contaminadas pelo novo coronavírus, em que os sintomas da doença se confundem com o de uma síndrome gripal leve, sem maiores problemas.

Ele fez uma viagem a trabalho para São Gabriel do Oeste, no Mato Grosso do Sul, e começou a sentir os primeiros sintomas na noite de 19 de março. “Eu estava no hotel quando começou um resfriado. Foram sintomas simples, meu nariz começou a ter coriza e o meu olho a lacrimejar”, conta. “Mas meu gestor também não estava bem e tinha feito o exame, e avisou as outras pessoas que tiveram contato com ele, que era o meu caso”, diz.

Além dos primeiros sintomas, Gustavo também sentiu dor no corpo, febre, nariz trancado e uma tosse seca. “Mas nada muito alarmante”, diz. “No dia seguinte já não fui trabalhar e só saí do hotel para buscar um pronto-atendimento na cidade, e a médica me pediu 14 dias de isolamento. Nem eu ou meu gestou sabemos onde pegamos, porque rodamos algumas cidades do Paraná, São Paulo e Mato Grosso do Sul”, explica.

O engenheiro resolveu voltar para casa, em Palmeira, para fazer o isolamento em um cômodo separado dos demais familiares. Mesmo antes de chegar na cidade, sua mãe já tinha entrado em contato com a secretaria municipal de Saúde, e agentes epidemiológicos do município acompanharam o seu caso.

“Fiquei em um quarto, sem contato com ninguém em casa. Minha mãe lavava comida até a porta, não tivemos contato. O isolamento deu certo porque eles estão bem e não apresentaram sintoma algum até hoje”, afirma Gustavo, que mora com os pais e o irmão, além dos avós na casa ao lado, ambos do grupo de risco.

Gustavo foi liberado no dia 2 de abril, 72 horas depois que todos os sintomas cessaram completamente, e agora já retomou a rotina de trabalho.

SUPERAÇÃO – A equipe do Detran-PR comemora a cura do colaborador Vando Dobranski, que vinha lutando contra Covid-19 e esteve 25 dias internado, sendo 18 deles na Unidade de Terapia Intensiva. Teve alta e foi para casa nesta sexta-feira (17), sob aplausos dos profissionais da Saúde que o atenderam. 

O servidor é recém aposentado. “Essa é uma notícia de esperança para todos”, comentou o diretor-geral do Detran-PR, Cesar Vinicius Kogut.

Fonte: AEN

Assembleia Legislativa reconhece o estado de Calamidade Pública em Turvo


Na última terça-feira (14) o município de Turvo protocolou junto à Assembleia Legislativa o pedido de reconhecimento do estado de calamidade pública. O Reconhecimento pela ALEP se deu na quarta-feira (15), a qual reconheceu o estado de calamidade do Município de Turvo e em mais de 73 municípios do Paraná. 

Também na terça-feira (14) ocorreu uma reunião com os membros do Comitê Covid-19 de Turvo. O Prefeito Municipal Jeronimo Gadens do Rosario determinou importantes posições a serem adotadas neste período, sobretudo, enfatizou a importância dos comércios locais, essenciais e não essenciais, seguirem expressamente todas as recomendações do protocolo de saúde determinadas no decreto 35/2020. Participaram da reunião os membros do comitê, secretários municipais, equipe técnica do Município e o presidente da ACET (Associação Comercial Empresarial de Turvo). 

Ainda o uso de máscaras passou a ser obrigatório por toda a população turvense. Assim como o uso contínuo de álcool em gel 70%, distanciamento mínimo entre indivíduos, não aglomeração e o toque de recolher das 19h às 6h, o qual permanece em vigor. 
Abaixo, confira os anexos com os pedidos de reconhecimento do estado de calamidade pública e o projeto de decreto legislativo publicado pela Assembleia Legislativa:



Fonte: Prefeitura de Turvo

Jovem é atingido por disparos de arma de fogo no interior de Turvo


No dia 16 de abril, às 18h20min, a equipe policial policial recebeu ligação do atendente do Hospital Bom Pastor, o qual informou que deu entrada uma vítima com lesão na perna esquerda e mão esquerda, e que aparentava ser disparo de arma de fogo. 

No local a equipe conversou com o jovem de 26 anos, o qual relatou que estava na estrada dos índios, próximo as Marrecas, com seu veículo Fiat Strada, e parou um certo momento, desceu do veículo, momento em que sentiu algo na perna e na mão, e logo começou a sangrar, informou ainda que foi socorrido por um caminhoneiro que passava pelo local. 

O jovem disse não saber a origem do disparo, sendo orientado quanto aos procedimentos legais cabíveis.

Veículo é encontrado queimado em Manoel Ribas


No dia 16 de abril, por volta das 09h30min, a equipe policial deslocou até a localidade Barra Azul, aonde segundo informações teria um veículo completamente queimado no local. Verificado que se tratava de um veículo VW/Golf com alerta de furto. A Polícia Civil esteve no local e encaminhou o veículo até a delegacia de Manoel Ribas para os demais procedimentos.