sábado, 16 de dezembro de 2017

Durante festa de comemoração, filho aprovado em vestibular mata o pai em Curitiba


Um sargento do exército foi assassinado a golpes de faca pelo próprio filho, no bairro Boqueirão, em Curitiba, no fim da noite desta sexta-feira (15). O caso teria acontecido durante uma briga de família na Rua Henrique Martins Torres. A esposa da vítima e outro filho dele testemunharam o crime, que aconteceu em uma festa de comemoração, de acordo com a Polícia Militar (PM).

Tudo começou depois que a Polícia Militar (PM) recebeu informações de que um sargento do exército estaria ameaçando a família com uma pistola. Quando os policiais chegaram ao condomínio de casas, encontraram o sargento Valber Gonçalves já morto. De acordo com informações repassadas por vizinhos, ele tinha 46 anos, era lotado no Colégio Militar e costumava fazer uso de bebida alcoólica, quando então as confusões aconteciam. Familiares contestam a versão dada pela PM .

Na noite de ontem, a história se repetiu, justamente quando o filho comemorava com a família sua aprovação na faculdade de Medicina. Assim que o sargento passou a ameaçar a família, o jovem interveio e teve início uma discussão. O rapaz enfrentou o pai armado e o esfaqueou com um golpe, mas mesmo assim o sargento continuou o ameaçando. O filho então deu mais dois golpes, que desta vez foram fatais. Por outro lado, pessoas próximas aos envolvidos afirmam que a comemoração era pelo aniversário de um familiar, não pela aprovação no vestibular.

O tenente Mazur, do 20º batalhão, confirmou à Banda B que o jovem foi preso em flagrante pelo assassinato. “Foi um caso de violência doméstica. Acontecia essa comemoração e o pai, que apresentava histórico de problemas com álcool, acabou iniciando a briga, com o rapaz agindo para se defender”, descreveu.

O jovem de 18 anos deve responder por homicídio, no entanto alegará ter agido em legítima defesa de si e de terceiros. O corpo do sargento foi recolhido ao Instituto Médico Legal de Curitiba. A Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) investiga o caso.

Comércio de Turvo terá horário especial até dia 30/12


Segundo informações da Associação Comercial e Empresarial de Turvo, a partir de segunda (18), o horário de atendimento de alguns comércios será da seguinte forma:





Cinco pessoas morrem em grave acidente na BR 277 em Céu Azul

Vídeo:


Um grave acidente registrado por volta das 9h30m deste sábado (16), deixou cinco pessoas mortas, na rodovia BR 277, em Céu Azul.

O fato foi registrado no km 634 da rodovia, proximidades do trevo de acesso à cidade de Vera Cruz do Oeste. Envolveram-se no acidente um veículo VW Kombi e uma caminhonete VW Amarok. Os veículos colidiram frontalmente, e foram parar fora da pista. Outros veículos que trafegavam na via também se envolveram, porém sem gravidade.

Segundo as primeiras informações, as cinco pessoas que morreram eram ocupantes da Kombi.

Segundo a PRF, o trânsito foi completamente interrompido no local. Ambulâncias do SAMU, Ecocataratas, Corpo de Bombeiros, e o Helicóptero do Paraná Urgência foram mobilizados para atendimento.


Cheque falso é passado no comércio de Nova Tebas


ESTELIONATO: No dia 15 de dezembro de 2017 às 15h50min, Compareceu no Destacamento de Polícia Militar de Nova Tebas, um senhor de 62 anos, e passou a relatar ao Policial de plantão que: é proprietário de uma Lanchonete na Av. Brasília s/n, Bairro Centro, relatando que três indivíduos, sendo um moreno, dois de pele clara ambos bem vestidos, chegaram em seu estabelecimento almoçaram e realizaram o pagamento da despesa com um cheque no valor de R$ 900,00 reais, sendo que a vítima cobrou a despesa e devolveu a importância de R$ 500,00 reais aos indivíduos sendo de R$335,00 ficaria em haver no estabelecimento para futuras despesas, informou ainda que logo após a saída dos autores foi até uma agencia bancaria para descontar o cheque, onde foi informado por um bancário que o referido cheque, trata-se de um documento falso. 
Diante dos fatos, foi orientada a vítima quanto aos procedimentos sobre a ação dos estelionatários na região.