sexta-feira, 15 de setembro de 2017

Estado mostra importância de ser doador de medula óssea



O Dia Mundial do Doador de Medula Óssea será celebrado neste sábado (16) com o objetivo é difundir informações e promover ações de conscientização sobre a importância de ser um doador voluntário de medula. A data instituída pela Associação Mundial de Doadores de Medula Óssea (WMDA) foi o terceiro sábado de setembro.

O analista de vendas Moacir Petranski, de 45 anos, doou a medula em novembro do último ano. Cadastrado há 10 anos, não esperava ser chamado. “Não consigo explicar a sensação de ser um em 1 milhão e poder ajudar alguém que precisa. Doei e continuo cadastrado para, se necessário, ajudar mais pessoas”, comemora.

No Paraná, o Governo do Estado faz o cadastro dos doadores nas unidades do Hemepar em 21 regiões do Estado. “Se cadastrar é muito simples e rápido. Basta ir até um hemocentro com documento oficial de identificação. Lá será assinado um termo de consentimento e retirado apenas 5 ml de sangue para fazer parte do registro nacional”, explica o diretor do Hemepar, Paulo Hatschbach.

Um grupo de amigos de faculdade aproveitou a proximidade da data para ir nesta semana até o Hemepar, em Curitiba, e se cadastrar. “Como estudante de medicina vejo na prática o quanto é difícil a vida de quem precisa do transplante. Mas só o atendimento não é suficiente. Para ajudá-los quero contribuir de outra maneira e aumentar as chances de encontrarem uma medula compatível”, diz a estudante Jaqueline Midori Okada.

Segundo Hatschbach, as chances de compatibilidade são de uma a cada 100 mil e, em alguns casos, chega a uma em 1 milhão. “O cadastro não deve ser feito como um modismo, pelo contrário, é necessário refletir sobre a importância desta doação que não traz malefício ao doador, apenas benefícios a quem recebe”, conta. No último ano, apenas em Curitiba, 23 cadastrados desistiram da doação quando convocados.

ATUALIZAÇÃO – Outro problema enfrentado pelos profissionais da área é localizar os cadastrados. Em 2016, no Paraná, 43 pessoas apresentaram compatibilidade, mas não foram localizadas para que pudessem viabilizar o transplante. Por isso, é necessário manter os dados atualizados. A atualização pode ser feita no próprio local de cadastro ou pelo site www.inca.gov.br/doador .

“Aquele cadastrado pode ser a única esperança do paciente que espera por uma medula compatível. Então, é fundamental incluir o maior número possível de formas de contato e sempre que houver alterações de telefone ou endereço é necessário atualizar para que possa ser localizado em caso de compatibilidade”, informa a responsável pelos cadastros no Hemepar, Jaqueline Castro.

SOLIDARIEDADE – Para se cadastrar é necessário ter entre 18 e 54 anos, estar em bom estado de saúde e não ter doença infecciosa, doença no sangue, do sistema imunológico ou câncer. No Paraná existem 469 mil cadastrados – é o terceiro estado com maior número de cadastros do Brasil. Em 2016, 112 paranaenses receberam uma doação de medula óssea.

Confira os endereços e horários de funcionamento da Rede Hemepar no site http://www.hemepar.pr.gov.br/ e cadastre-se.

Fonte: AEN

Homenagem da Gabi Móveis ao Dia do Cliente




O Dia do Cliente é comemorado anualmente em 15 de setembro no Brasil.

É com grande alegria que parabenizamos a todos os nossos clientes, pois é vocês são a razão da nossa existência e sucesso! Ter vocês como cliente nos faz comemorar não só hoje, mais todos os dias do ano! Obrigado por fazer parte da nossa história. 

Uma Homenagem da rede Gabi Móveis ao Dia do Cliente.

VIII Olimpíada Rural e a ExpoTurvo, começa hoje e vai até domingo em Turvo


A abertura acontece as 19h00 dessa sexta (15) no CTG Rincão do Pinhal. Em seguida terá o Desfile da Garota Turvo e após shows com artistas locais.

PROGRAMAÇÃO:
Clique para ampliar:



 




Homem morre em grave acidente em Prudentópoilis


Uma colisão traseira entre dois veículos deixou uma vítima fatal, por volta das 22h00, nesta quinta (14), na PR-160 em Prudentópolis.
O acidente envolveu uma Ford/F 350 e uma VW/Saveiro, ambos os veículos são de Prudentópolis.
Na Saveiro tinha duas pessoas, onde foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros, segundo informações que as vítima socorrida não teve ferimentos graves, mais o condutor não resistiu aos ferimentos e morreu no local.
As pessoas que estavam na F 350 não ficaram feridas.
Ambos os veículos estavam no sentido BR-277 para a cidade.
O acidente aconteceu na ponte do Rio Preto, onde já aconteceram vários acidentes com morte no local.
A rodovia ficou em meia pista, onde a PM fez isolamento do local, até a chegada da Polícia Rodoviária Estadual.
Foi acionada a Criminalística e o IML de Guarapuava.