sexta-feira, 18 de junho de 2021

Turvo já vacinou 4.727 pessoas contra a Covid-19

 





Jovem de Turvo que estava desaparecido é encontrado em Guarapuava


O jovem Maycon Douglas Peron de Souza, 23 anos estava desaparecido deste terça-feira (15).

A mãe de Maycon relatou que o filho vem sofrendo nos últimos dias de transtornos psicóticos, estando totalmente fora de controle.

Após a divulgação da foto de Maycon nesta quinta-feira, várias informações chegaram dizendo que ele estava em Guarapuava.

Mas ele só foi localizado nesta sexta-feira, foi encaminhado para atendimento médico e as 21h00 foi transferido para Turvo, onde ficará internado e posteriormente será encaminhado para tratamento de saúde fora do município.

Os cursos de graduação do Centro Universitário Cidade Verde - UniFCV, baixaram

 


Graduação EAD

A UniFCV te ajuda a ir além.
⠀⠀
Realize o curso de Graduação EAD do seu sonho, com mensalidades a partir de R$ 120,80. São diversas opções esperando por você.
⠀⠀
Vem ser UniFCV você também e descubra novas possibilidades.⠀⠀
⠀⠀⠀
Entre em contato (42) 99128-1476 e faça já sua matrícula. Ou pelo link: https://unifcv.edu.br/ead/pos-graduacao/

Curta nossa página e fique por dentro das novidades:
⠀⠀⠀








E a partir do dia 05 de julho, teremos os cursos na área de Engenharias.






Aproveite as ofertas do Festival Suíno no Suprema Supermercado de Turvo






Turvo registra mais 09 casos de Covid-19 e 01 óbito

 


Turvo registra a 24ª morte por complicações da Covid-19

Nesta sexta-feira (18), Turvo registrou a 24ª morte por complicações da Covid-19.

A vítima, Aparecida Sutil Ribeiro Danieli, de 42 anos estava internada em Guarapuava.

Aparecida morava no Distrito de Faxinal da Boa Vista.

O sepultamento será neste sábado, em horário a ser designado.

Simepar prevê inverno gelado e seco, com muito nevoeiro e alguns veranicos


O inverno começa às 0h32 de segunda-feira (21 de junho) e termina à 16h21 do dia 22 de setembro. Segundo o Sistema de Tecnologia e Monitoramento Ambiental do Paraná (Simepar), no primeiro dia o tempo fica parcialmente nublado nas regiões Norte e Noroeste. Chuvas ocorrem a partir da tarde no Litoral, na Capital e nas regiões Central, Sul, Oeste e Sudoeste. O dia deve ser ensolarado no Norte Pioneiro e nublado em Guaíra e Campos Gerais. A temperatura mínima prevista é de 8 ºC em União da Vitória. A máxima deve atingir 26 ºC em Paranavaí e Jacarezinho.

Nos próximos dias, no entanto, a tendência é de queda na temperatura. As médias mínimas da estação giram em torno de 10° C. “Para este inverno são esperadas ondas de ar frio e seco”, observa o meteorologista do Simepar, Reinaldo Kneib.

Serão frequentes, segundo ele, episódios de frio intenso por vários dias consecutivos, incluindo a formação de geada. Podem ocorrer alguns veranicos, períodos de tempo seco e quente mais frequentes a partir da segunda quinzena de agosto.

A temperatura média deve seguir o padrão típico da estação, exceto nos extremos Oeste e Norte, com picos mais quentes: “Na fronteira com o Paraguai e nas divisas com Mato Grosso do Sul e São Paulo as temperaturas devem variar de próximas a ligeiramente acima da normal climatológica”, afirma o meteorologista.

O cenário climático indica que o volume de chuva ficará entre próximo e abaixo da normalidade, à exceção do Litoral, dentro do habitual. O Paraná já vive um cenário de emergência hídrica e rodízios de abastecimento.

Os fenômenos El Niño e La Niña não se manifestarão neste inverno. Após influenciar o clima nos últimos meses no Paraná, La Niña dissipou-se sobre o Oceano Pacífico Equatorial. Alguns modelos meteorológicos preveem um repique com fraca intensidade na primavera e no início do verão.

ESTAÇÃO – Julho e agosto são os meses mais secos do ano no Paraná. A partir da segunda quinzena de setembro, começam as alterações no regime de chuvas típico de inverno, com o desenvolvimento de áreas de instabilidade causado pelo aquecimento mais acentuado da atmosfera entre o Centro-Oeste brasileiro e o Paraguai.

A estação caracteriza-se ainda pelo ingresso de massas de ar frio e seco no território paranaense, causando quedas bruscas nas temperaturas num intervalo entre 24 e 48 horas. Associado a massas de ar de origem polar, o frio intenso favorece a formação de geadas em boa parte do Estado. Também é comum a ocorrência de nevoeiro.

AGROMETEOROLOGIA – Segundo a agrometeorologista do Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná-Iapar-Emater (IDR Paraná), Heverly Morais, são sensíveis às baixas temperaturas e vulneráveis às geadas as mudas em viveiros e as lavouras de café com até dois anos, bem como as frutíferas tropicais recém-plantadas e as hortaliças, que têm ciclo curto.

Embora o cultivo dos cereais de inverno esteja sendo favorecido pelas condições meteorológicas, a estiagem do outono prejudicou as lavouras de trigo e cevada semeadas em abril. “O desenvolvimento normal dessas plantações pode ser afetado em caso de geadas tardias durante as fases de florescimento e espigamento”, explica a pesquisadora. A seca deve causar perdas na produtividade do milho safrinha, a ser colhida em julho.

Em caso de geada prevista com impacto em culturas sensíveis a baixas temperaturas, o IDR Paraná orienta os agricultores a adotarem medidas para prevenir ou reduzir danos às lavouras. O risco climático é observado nas regiões mais altas do Estado: Sul, Centro-Sul, Centro, Campos Gerais e Sul da Região Metropolitana de Curitiba.

Até o final do inverno, o Simepar emite as previsões para todas as regiões por categorias de intensidade – fraca, moderada ou forte - com antecedência de 72, 48 e 24 horas. O serviço Alerta Geada tem espaço dedicado na página www.simepar.br e envia mensagens a usuários cadastrados por meio do aplicativo WhatsApp. Interessados devem inserir o número (43) 3376-2248 nos contatos e enviar a seguinte mensagem: “Quero receber o Alerta Geada”.

Confira os valores das médias históricas de chuva (faixa de variação), temperaturas mínimas e máximas para cada região do Paraná nos meses de julho, agosto e setembro:





Pagamento da 5ª e última parcela do IPVA 2021 começa na próxima segunda


O pagamento da 5ª e última parcela do Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) 2021 começa na próxima segunda-feira (21). A ordem de vencimento, de acordo com o dígito final da placa do veículo, segue até sexta-feira (25).

Em março os proprietários de veículos no Paraná ganharam uma folga no pagamento do imposto. Em razão do acirramento da pandemia da Covid-19, a Secretaria da Fazenda postergou em um mês o vencimento das parcelas.

Assim, as três parcelas restantes tiveram seus prazos adiados em um mês: a 3ª, que deveria ser paga em março, teve seu prazo postergado para abril, e assim sucessivamente até a 5ª e última parcela, neste mês.

Enquanto na maioria dos estados a última parcela do IPVA venceu em março, o Paraná permitiu o parcelamento e ainda estendeu o prazo.

O parcelamento em cinco meses foi uma novidade no pagamento do imposto neste ano. Até 2020, o parcelamento máximo era de três meses. O objetivo do aumento das parcelas foi facilitar a vida do contribuinte paranaense.

COMO PAGAR – É importante ficar atento: os contribuintes não recebem mais boleto para efetuar o pagamento, nem qualquer outro tipo de correspondência. Para emitir a guia, basta acessar o site www.fazenda.pr.gov.br/ipva. É preciso ter em mãos o número do Renavam, que consta no Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos (CRLV).

Apenas com o número do Renavam também é possível pagar o imposto diretamente nos caixas ou canais de atendimento de sete bancos credenciados: Banco do Brasil, Itaú, Santander, Bradesco, Sicredi, Banco Rendimento e Bancoop.

A quitação do IPVA é requisito obrigatório para emissão certificado de licenciamento de veículo pelo Detran/PR.

Confira o calendário:


Eleição para diretores dos colégios estaduais do Paraná será em julho


A Secretaria de Estado da Educação e do Esporte (Seed-PR) marcou para os dias 7 e 23 de julho as eleições (consultas públicas) de diretores e diretores auxiliares das instituições estaduais de ensino. Cerca de 1,7 mil colégios do Paraná vão participar do processo.

A Comissão Consultiva Central já foi montada pela Seed-PR, assim como as Comissões Consultivas Regionais pelos 32 NREs (Núcleos Regionais de Educação) e as Comissões Consultivas Locais das escolas através de reuniões virtuais.

Responsável pelo planejamento, organização e execução do processo da eleição nas instituições de ensino, a comissão consultiva local é composta por oito membros: dois representantes legais dos alunos não votantes (pai, mãe ou responsável legal), dois representantes de professores, dois representantes de funcionários e dois representantes de alunos votantes.

Participam das eleições cerca de 1,7 mil dos mais de 2,1 mil colégios da rede. Ficam de fora os Colégios Cívico-Militares, os de Educação Integral, as instituições de ensino das Comunidades Indígenas e Quilombolas, as cedidas ou alocadas em instituições religiosas e os Colégios da Polícia Militar do Paraná, que têm outros processos específicos para a escolha dos diretores.

Anteriormente marcada para dezembro de 2020, a eleição não aconteceu devido a uma liminar da Justiça e a Secretaria, então, prorrogou os mandatos dos gestores que terminariam no fim do ano passado até 9 de julho deste ano.

DATAS – A eleição está marcada para o dia 7 de julho, das 8h às 21h. Já o segundo turno – onde for necessário – será no dia 23 de julho.

FORMA – A eleição vai acontecer de duas maneiras – por plataforma digital ou cédulas impressas –, mas cada escola deveria escolher apenas uma delas.

Coube à comissão local informar a forma escolhida pela escola para o pleito – quase 75% das instituições optaram pelo método impresso. Por este meio, a eleição será realizada de forma presencial por meio de cédulas de votação nas instituições de ensino que assim optarem.

Nas instituições de ensino que escolheram a forma digital, a eleição será inteiramente on-line, por meio de uma plataforma da Seed-PR. O voto poderá ser efetuado através de dispositivos com conexão à internet do próprio votante ou presencialmente, nos computadores da escola. Neste formato, os votantes aptos de cada instituição de ensino receberão por e-mail ou por SMS um token pessoal e intransferível que dará acesso à página de votação.

CHAPAS – Em pouco mais de 90% das escolas a eleição será com chapa única. Nas demais, a disputa será entre duas ou três chapas.

Os candidatos a diretor puderam se registrar em apenas uma instituição de ensino e foi permitido o registro da candidatura aos que já exercem ou exerceram a função de diretor ou diretor auxiliar na mesma instituição, independentemente do período de direção. Era necessário ser do quadro próprio de servidores para estar apto a concorrer.

Todas as regras e prazos do processo eleitoral que vai definir os gestores das escolas até 2024 estão nas resoluções 2.265 e 2.416/2021, publicadas pela Seed-PR.

QUEM VOTA – Podem participar da eleição membros das comunidades escolares, conforme as regras: professores que estejam supridos na instituição de ensino; funcionários supridos na instituição de ensino; responsáveis, perante a escola, pelo aluno menor de 16 anos; e aluno com no mínimo 16 anos completos até a data da eleição.

Cada pessoa apta a votar terá direito a um voto, mesmo que represente mais de um segmento da comunidade escolar ou mais de um aluno não votante.

COMO FUNCIONA – Para ser homologada, a eleição necessita de quórum mínimo de 35% dos aptos a votar, incluindo os votos brancos e excluídos os nulos. Quando não for atingido o quórum mínimo, será realizada nova votação.

Nos colégios em que houver chapa única, o resultado será homologado desde que a totalidade dos votos válidos não seja inferior ao número de votos brancos e nulos. Já onde houver a inscrição de três chapas ou mais e a chapa vencedora eleita obtiver menos de 40% dos votos válidos, deverá ser realizado um 2º turno, concorrendo somente às duas chapas com maior número de votos. Com duas chapas em disputa, será necessário atingir 50% + 1 voto para definição no 1º turno.

COVID-19 – As instituições de ensino deverão cumprir as medidas de prevenção dispostas pelas autoridades sanitárias, inclusive seguindo a Nota Orientativa da SESA n.º 51/2020, usada nas eleições municipais de 2020.

Entre várias medidas, candidatos, votantes e demais envolvidos no dia de votação terão que respeitar o distanciamento físico de 1,5 metro e só poderão entrar nos locais de votação usando máscaras. O uso deverá ser feito em todo o período dentro do espaço escolar, ou seja, não será permitido se alimentar, beber ou realizar qualquer ato que exija a retirada da máscara.

Já as mãos devem ser higienizadas com álcool em gel antes e depois de votar. O produto deverá ser disponibilizado perto dos locais em que houver as urnas. Também recomenda-se que o votante leve sua própria caneta para assinar a lista de votantes.

Ajudante de caminhão fica ferido durante tentativa de assalto em Pitanga


No dia 17 jun. 21, às 18h00min, o solicitante relatou que estava no posto de combustível Vila Nova, momento em que chegou um caminhão no local, onde o motorista pedia por socorro, pois teriam sofrido uma tentativa de roubo, onde os autores realizaram disparos de arma de fogo contra o caminhão e que seu ajudante estaria ferido. 

Relatou também que minutos antes do caminhão da vítima encostar, passou um veiculo Chevrolet Cobalt, cor branca em alta velocidade, seguindo sentido a localidade de Barra Santa Salete, município de Manoel Ribas, veículo este confirmado pelo motorista como sendo os autores da tentativa de roubo. 

Foi informada a sede da 3ª Cia e demais destacamentos do ocorrido, bem como o comandante do destacamento de Manoel Ribas e a Cia independente de Ivaiporã, sendo de imediato acionado o SAMU e deslocado até o posto da Vila Nova dos Alemães. 

No local foi constatado o fato, identificado o ajudante do motorista, de 46 anos encontrava-se com ferimentos no braço esquerdo, na altura do cotovelo e no mesmo lado um ferimento na costela, segundo o médico que atendeu, o ferimento no braço foi ocasionado por estilhaços de vidro, da costela por estilhaço de projétil. 

O Motorista de 31 anos conduzia um Volvo VM 330, de uma empresa de laticínios do município de Iretama, carregado com queijo muçarela. Indagado o motorista a respeito do fato, este relatou que quando estava na subida da rodovia em baixa velocidade, um Chevrolet Cobalt, branco emparelhou e fez sinal para encostar, no entanto acelerou e jogou o caminhão em cima do carro, momento em que efetuaram vários disparos de arma de fogo, sendo que um deles acabou atingindo o para-brisa e seu companheiro de trabalho, indagado se conseguiu ver quantas pessoas seriam e se conseguiu visualizar a placa do Cobalt, disse que não conseguiu, pois tudo aconteceu muito rápido. 

Foi realizado patrulhamento pelas áreas rurais que ligam os municípios de Pitanga, Manoel Ribas, Nova Tebas e Arapuã, pelas equipes da Rotam 3ª cia, ROTAM de Ivaiporã, RPA's de Manoel Ribas e Nova Tebas. Até a confecção do boletim de ocorrência, não foi logrado êxito na localização dos autores, no entanto as equipes continuam em diligências, no intuito de levantar informações e capturar os autores. a equipe orientou as vítimas quanto as medidas a serem tomadas.

Fonte: PM
Publicidade