domingo, 31 de maio de 2020

Paraná tem 214 novos casos de Covid-19 e mais um óbito


A Secretaria de Estado da Saúde confirmou mais 214 diagnósticos de covid-19, acumulado agora é de 4.687 em 248 municípios paranaenses. Mais uma pessoa morreu em decorrência da infecção, total de óbitos é de 181.

ÓBITOS – A quantidade total de pessoas residentes no Paraná que morreram em consequência da infecção causada pelo vírus Sars-CoV-2 chegou a 182. Um a mais que o informado no sábado. A paciente que faleceu tinha 89 anos, estava internada, residia em Londrina e foi a óbito no sábado (30).

INTERNADOS – Estão internados neste domingo 322 pacientes com o diagnóstico confirmado para covid-19 de todo o Paraná, são quatro a menos que ontem. 242 estão em leitos SUS (87 em UTI e 155 em leitos enfermaria) e 80 em leitos da rede hospitalar privada (32 em UTI e 48 em leitos enfermaria).

LEITOS SUS COVID – Do total de 1.781 leitos SUS exclusivos covid-19 que a Sesa mantém em todo o Paraná, 572 estão ocupados por pacientes com suspeita ou confirmação de contaminação pelo novo coronavírus. O Estado tem: 572 leitos de UTI adulto, 250 estão ocupados; 1.100 leitos de enfermarias adulto, 293 estão ocupados; 37 leitos UTI pediátrico, 15 ocupados; 70 leitos de enfermaria pediátrico e 14 estão ocupados. A média de ocupação dos leitos SUS exclusivos covid-19 é de 32% neste domingo (31).

MUNICÍPIOS – 248 cidades paranaenses têm ao menos um caso confirmado pela Covid-19. Em 72 há registro de óbitos pela doença. Entre as 22 regionais de Saúde, apenas a 4ª RS Irati e 5ª RS Guarapuava não têm ocorrência de óbito consequente da infecção pelo Sars-CoV-2.

Os municípios e a quantidade de novas confirmações estão listados a seguir:

Com um caso: Abatiá, Almirante Tamandaré, Araucária, Cambé, Campo largo, Campo Mourão, Carambeí, Catanduvas, Conselheiro Mairinck, Corbélia, Francisco Beltrão, Irati, Itambaracá, Laranjeiras do Sul, Mariópolis, Paiçandu, Palmeira, Palotina, Paranavaí, Quatiguá, Quedas do Iguaçu, Rancho Alegre, Santa Mariana, Santa Terezinha de Itaipu, Sapopema, Sarandi, Siqueira Campos, Terra Boa, Tomazina, Tuneiras do Oeste, Uraí.
Dois casos: Araucária, Colombo, Fazenda Rio Grande, Foz do Jordão, Guaporema, Quatro Barras, Realeza, Reserva do Iguaçu, Telêmaco Borba, Três Barras do Paraná.
Três casos: Antonina, Apucarana, Braganey, Campo Bonito, Ibema, Piraquara, Pontal do Paraná.
Quatro confirmações: Indianópolis.
Cinco casos: Campina Grande do Sul, Maringá, São José dos Pinhais, Tapejara.
Oito: Madirituba, Paranaguá.
Nove: Londrina.
Dez: Tijucas do Sul.
11 casos Cianorte.
12 casos Cascavel.
22 casos Cornélio Procópio.
39 casos Curitiba.

FORA DO PARANÁ – Não houve aumento nos casos de residentes de fora do Paraná, o monitoramento da Sesa registra 65 confirmações e cinco óbitos de pacientes que foram assistidos por aqui, mas residem fora do Estado.

Ajustes:

Um caso confirmado na data de 29/5 em Terra Boa foi transferido para Jussara.
Um caso confirmado na data de 29/5 em Almirante Tamandaré foi transferido para Quatro Barras.
Um caso confirmado na data de 29/5 em Londrina foi transferido para Ibiporã.

Confira o informe completo clicando aqui.

Motorista morre e quatro ficam feridos após carro cair em barranco, em Mato Rico


No dia 30 maio 2020, às 19h35min., populares informaram a equipe policial via 190, de que havia um acidente de trânsito, na Localidade de Patrimônio Novo, Rua das Palmeias, em Mato Rico, relatando que haviam pessoas feridas no local. 

De imediato a equipe acionou equipe de enfermeiros de plantão, onde deslocaram as equipes de socorro e polícia militar até o local, prestado os primeiros atendimentos a uma senhora com fratura no braço, e encaminhada a cidade de Iretama. Uma menor de idade, com múltiplos hematomas na face, encaminhada para Ivaiporã, outra menor apenas com pequenas escoriações, ficando em observação no posto de saúde de Mato Rico, e um recém-nascido também ficou em observação no posto de saúde local. 

Em óbito, um senhor de 32 anos, que segundo testemunhas, havia perdido o controle do veículo GM/Kadett, vindo a cair em uma ribanceira, as margens da via. A equipe acionou o plantão da 3ª CIA, o qual fez o contato com o instituído médico legal. 

A equipe policial aguardou a chegada dos peritos criminais, os quais recolheram o corpo, para os procedimentos legais. O veículo foi recolhido ao pátio da Polícia Militar, por pendências referentes a licenciamento.


Homem é assassinado em Palmital


No dia 30 maio 2020, às 20h07min., a equipe policial recebeu solicitação de uma adolescente de 17 anos, a qual relatou que homens estariam brigando, em frente sua casa, que um deles foi esfaqueado e morto. 

Diante dos fatos a equipe deslocou até a Rua Enedina de Oliveira, bairro Carolo, localizado um veículo Gol, de cor branca, depredado e mais a frente na via, o corpo de um masculino de 43 anos, o qual apresentava sinais de violência e lesões do tipo perfuro cortantes, na região do tórax, pescoço e boca, aparentemente em óbito. 

Acionada a equipe do posto de saúde municipal, e a enfermeira confirmou o óbito do cidadão. Enquanto a equipe colhia informações da solicitante, chegou ao local um homem de 39 anos, o qual relatou ser primo da vítima, que ambos estavam juntos na hora do fato, relatou que a vítima o convidou para jantar na casa de uma mulher de 31 anos, que fica em frente ao ocorrido, quando dois masculinos arrombaram a porta da residência e disseram estarem procurando pela vítima, vindo a agredi-lo. 

O primo relatou que, assustado, correu e pulou a janela, que a mulher também teria corrido. Perguntado sobre a identidade dos autores, o homem relatou afirmou que um era alto, branco e loiro e o outro um pouco mais baixo, moreno, e disse ser de um indivíduo conhecido no meio policial. A equipe mostrado a foto dos irmãos, e um indivíduo de 25 anos foi reconhecido pela testemunha como um dos autores. 

No local foi constatado que houve luta corporal até a via pública, pois o boné e a jaqueta da vítima, estavam espalhados no local, bem como havia galhos de árvores quebrados. Ainda foi possível constatar que os envolvidos, adentraram na casa do outro lado da rua, de propriedade da mãe da solicitante, quebrando a porta, que dentro desta residência, cometeram agressões contra a vítima, pois havia moveis fora do lugar e grande quantidade de sangue no local, bem como foi possível perceber, através de marcas no chão, que o corpo da vítima foi arrastado até o meio da rua. 

Diante dos fatos a equipe acionou a Polícia Civil. Com posse das informações, a equipe PM, tentou localizar o autor do fato, identificado pela testemunha, porém não foi possível até o momento. Ainda foi tentado localizar a mulher, a qual após ter fugido da residência, tomou rumo ignorado, porém até o momento não foi localizada. 

Consta ainda que a equipe de Palmital recebeu apoio da equipe do DPM de Laranjal, os quais fizeram o isolamento do local, enquanto a equipe realizava as diligências e procedimentos. Compareceu no local o IML, que recolheu o corpo da vítima para procedimentos.

Após causar acidente de trânsito, homem sem habilitação é preso por violência doméstica em Turvo


No dia 30 maio 2020, às 20h00min., no cruzamento da rua Elias Rickli x Paraná, a equipe policial em patrulhamento, foi abordada por populares, que avisaram sobre um acidente de trânsito. Deslocado ao local, constatado o acidente de trânsito, uma mulher de 31 anos, seu filho 07 anos, e um homem de 36 anos, este condutor do veículo Fiat/Strada. 

O outro veículo Fiat/Uno, relatado que o condutor havia se evadido do local. Relatou a mulher que o condutor do Fiat/Uno se tratava de seu ex convivente, de 39 anos, que este havia " jogado " o carro de propósito em sua direção, com a finalidade de lhe atingir. Que ainda o condutor da Fiat/Strada, se trata de seu atual convivente, que estavam no local, pois haviam combinado de pegar a criança, sendo que este veículo encontrava-se estacionado, aguardando mãe e filho. 

A mulher relatou que pela direção que seu ex marido havia se evadido, poderia o mesmo ter ido até a casa do pai dele, próximo a prefeitura. Logrado êxito na abordagem do indivíduo o qual se apresentou a equipe. 

Diante dos fatos foram feitos os procedimentos referente ao acidente de trânsito, sendo que o Fiat/Uno, em consulta operacional, apresentou débitos e ainda o condutor não possui CNH, sendo então o veículo recolhido junto ao pátio do Pelotão de Turvo e confeccionadas as notificações pertinentes. 

O outro veículo, Fiat/Strada, encontrava-se estacionado, condutor e veículo com situação regular, sendo então liberado para o proprietário no local. 

Diante da manifestação da vítima, por representação contra seu ex convivente, pela tentativa de atropelamento, dada voz de prisão ao mesmo, as partes encaminhadas até a 14ªSDP, para os procedimentos.

sábado, 30 de maio de 2020

Turvense perde a vida em grave acidente na PRC-466


Por volta das 21h00 desse sábado (30), aconteceu um grave acidente na PRC-466 em Turvo, próximo à entrada do Parque Industrial, em frente ao Mercado Coagrotur, envolvendo uma motocicleta conduzido por Jocenildo Caetano Peron, de 30 anos que morreu no local do acidente. 

A Polícia Rodoviária está no local, bem como a Polícia Civil que vai investigar as causas do acidente, pois á indícios que outro veículo tenha se envolvido no acidente.

O corpo será levado para Instituto Médico Legal (IML) de Guarapuava.

Jocenildo era morador na Localidade de Carriel, filho do senhor Abel Peron.

Segundo informou a Funerária SerLuto, o velório será no salão da igreja da comunidade de Carriel e o sepultamento será ás 17h30.


Neste sábado tem Live Solidária com Pedro Henrique em prol do Hospital Bom Pastor


O Hospital Bom Pastor de Turvo precisa de ajuda da comunidade, pensando nisso, o cantor turvense Pedro Henrique Lisboa, resolveu realizar uma Live Solidária em prol do hospital. Será neste sábado (30), ás 20h30. 

Você pode colaborar fazendo sua doação de alimentos não perecíveis e material de limpeza. 

Se preferir faça uma doação em dinheiro diretamente na conta do hospital no Banco Bradesco – Agência 0945 – Conta corrente 044-2 CNPJ 75.957.431/0001-40.


Link para assistir a Live: www.facebook.com/julio.lisboa


Polícia Militar apreende 07 armas em Marquinho



No dia 30 maio, por volta das 07hs, à equipe policial recebeu denuncia de que na localidade de Rio Bonito/Capoeira Velha em Marquinho divisa com Fazenda Manaza, estaria ocorrendo disparos de arma de fogo bem como caçada, onde o denunciante afirma que era possível ouvir os disparos e latidos de cães. 

Informaram ainda o local onde residiam os envolvidos na caça. Diante das informações e que possivelmente haveriam mais pessoas armadas no local foi solicitado apoio de policiais de folga, no intuito de agilizar a possível abordagem no decurso de fato em andamento. 

Chegando na localidade não foi avistado ou ouvido qualquer tipo de disparo, porém, foi deslocado até a casa dos possíveis autores. Nas residências com a chegada da equipe policial ambos mostrara nervosismo, e ao serem indagados sobre a caça ambos relataram que não estavam caçando, indagados sobre arma de fogo, todos foram categóricos em afirmar que possuíam armas dentro de casa, solicitado então que apresentassem suas armas e seus respectivos registros, sendo acatado de imediato e de forma voluntária apresentada as armas a seguir: 

Espingarda cal.32, espingarda cal.22(fabricação caseira), carabina .22, uma luneta 1x40 snauzer, 8 munições de cal .22, espingarda cal .32, carabina cal .22, 186 munições intactas de cal .22, 7, cartuchos de cal .32, espingarda cal .20, revolver cal .38, munição cal .38, 04 cartuchos cal .20 e 02 munições deflagradas de cal .20. 

Diante dos fatos, em ambos os casos, foram realizadas as apreensões pertinentes bem como orientado às pessoas envolvidas, dada voz de prisão e encaminhados os objetos e dois homens até a 2ª SDP para os procedimentos legais cabíveis.

Paraná tem 239 novos casos de Covid-19 e mais oito óbitos


A Secretaria de Estado da Saúde confirmou neste sábado (30) 239 novos casos de Covid-19. O acumulado agora é de 4.473 confirmações em 246 municípios paranaenses. Mais oito pessoas morreram em decorrência da infecção e o total de óbitos chega a 181. Dois casos confirmados foram excluídos do monitoramento de residentes do Paraná, um por dupla notificação e outro foi transferido para Santa Catarina.

Das oito pessoas que perderam a vida pela covid-19, seis são homens e duas são mulheres, com idades que variam entre 38 e 91 anos. Todos estavam internados. Cinco dos pacientes que faleceram residiam em Curitiba: uma mulher de 75 anos, que morreu na quinta-feira (28), e quatro homens, um com 91 anos, falecido no dia 23 de maio; o segundo com 74 anos (morto no dia 24; o terceiro com 38 anos, no dia 27; e o último com 85 anos, falecido no dia 27 de maio.

Duas pessoas que residiam em Londrina também faleceram em decorrência da infecção: uma mulher, de 65 anos, na quinta-feira (28,) e um homem de 67 anos, na sexta-feira (29). Uma residente de Guaratuba, de 81 anos, morreu pela Covid-19 neste sábado (30).

INTERNADOS – Entre os pacientes com o diagnóstico confirmado, 326 estão internados, sendo 243 em leitos do SUS (90 em UTI e 153 em enfermaria) e 83 em leitos da rede hospitalar privada (38 em UTI e 45 em enfermaria).

A secretaria estadual informa, ainda, que dos 1.781 leitos do SUS exclusivos para Covid-19 no Paraná, 559 estão ocupados por pacientes com suspeita ou confirmação de contaminação pelo novo coronavírus.

O Estado tem 574 leitos de UTI adulto sendo que 249 estão ocupados; 1.100 leitos de enfermarias adulto, 290 ocupados; 37 leitos de UTI pediátrica, 11 ocupados; 70 leitos de enfermaria pediátrica, 9 ocupados. A média de ocupação dos leitos do SUS exclusivos para a Covid-19 é de 31%.

MUNICÍPIOS – No Paraná, 246 municípios têm ao menos um caso confirmado de Covid-19. Em 72 há registro de óbitos pela doença. Apenas a 4ª e 5ª Regionais de Saúde não têm mortes em consequência da infecção pelo Sars-CoV-2.

Os municípios com maior número de confirmações são Cascavel (42), Londrina (40) e Curitiba (24).

Com sete casos: Cianorte e Pinhais.

Com seis casos: Boa Vista da Aparecida e Francisco Beltrão.

Com cinco casos: Cornélio Procópio, Ibiporã e Umuarama.

Com quatro casos: Almirante Tamandaré e Toledo.

Com três casos: Colombo, Guaraniaçu, Ibema, Jaguariaíva, Jataizinho, Maringá, Moreira Sales e Tapejara.

Com dois casos: Arapongas, Campina Grande do Sul, Guarapuava, Jacarezinho, Manfrinópolis, Medianeira, Ponta Grossa, Quedas do Iguaçu, Reserva do Iguaçu, São José dos Pinhais e Terra Boa.

Com um caso: Antonina, Araruna, Araucária, Bandeirantes, Campo Bonito, Campo Magro, Campo Mourão, Candói, Conselheiro Mairinck, Corbélia, Coronel Domingos Soares, Cruzeiro do Oeste, Faxinal, Fazenda Rio Grande, Foz do Iguaçu, Foz do Jordão, General Carneiro, Imbituva, Jardim Alegre, Laranjeiras do Sul, Lindoeste, Mamborê, Marechal Cândido Rondon, Mariluz, Nova Esperança, Palotina, Piraquara, Pitanga, Planalto, Pontal do Paraná, Rebouças, Salgado Filho, São João do Triunfo, São Tomé, Sarandi, Sertaneja, Tomazina e
Tuneiras do Oeste.

FORA DO PARANÁ – O monitoramento da Secretaria da Saúde registra, ainda, 65 casos de pacientes que foram assistidos no Paraná, mas residem fora do Estado. Cinco pacientes de fora morreram pela covid-19.

Confira o informe completo clicando

Confirmado 3º caso de coronavírus em Pitanga


A notícia foi divulgada nesta manhã de sábado (30), via imprensa, pelo médico e prefeito municipal de Pitanga, Dr. Maicol Callegari Barbosa. Trata-se de uma mulher (27), que já está sob cuidados médicos, isolamento social e monitoramento domiciliar, pela equipe de Saúde de Pitanga. Segundo informações repassadas pelo prefeito Maicol, a mesma, apresentou sintomas de febre e dores no corpo, sendo considerada como um 'caso moderado' de Covid-19. E, segundo a mesma informou à equipe da Saúde, ela 'não viajou', porém teria mantido contato com familiares de outros municípios (Maringá e Cascavel), supostamente com transmissão 'assintomática', quando uma pessoa está com o vírus, mas não sabe, e não apresenta sintomas da doença e o transmite por contato físico. A possibilidade dessa forma de contaminação, também já está sendo investigada pela Saúde Pública.

Notícia poderá ser atualizada a qualquer momento.

O prefeito municipal, Dr. Maicol, pede que a população redobre os cuidados preventivos, quanto ao uso de máscaras, higienização pessoal, distanciamento social, permanecer em casa o máximo possível.

Fonte: Jornalista Layne Santos

Motociclista fica ferido em acidente na PRC-466


Por volta das 18h30min dessa sexta-feira (29), a Polícia Rodoviária um acidente de trânsito ocorrido na Rodovia PRC-466 no km 181+200m, em Pitanga, envolvendo o veículo GM/Corsa de cor bege, conduzido por um homem de 27 anos, e uma motocicleta Honda/CG de cor azul, conduzida por um homem de 24 anos. 

Do acidente resultou em danos materiais em ambos os veículos, bem como lesões corporais no condutor da motocicleta (fratura exposta de tíbia e fíbula da perna esquerda), o qual foi conduzido por uma equipe do Corpo de Bombeiros até o Hospital São Vicente na cidade de Pitanga, posteriormente transferido para Guarapuava. Nada irregular foi constatado em relação aos veículos tampouco quanto aos condutores.

Em Guarapuava, homem é baleado dentro de ônibus e cinco pessoas foram presas


No dia 29 maio 2020, às 19h16min., a equipe Rotam recebeu a informação, de que um veículo GM/ Celta, na cor branca, com diversas pessoas em seu interior, teriam acompanhado um ônibus de transporte coletivo, um dos passageiros do veículo efetuou disparos de arma de fogo contra um dos passageiros que se encontrava no interior do ônibus, danificando os vidros e atingindo a vítima com quatro disparos de arma de fogo. 

O fato foi testemunhado pelo motorista do ônibus. Posteriormente foi identificada a vítima de 25 anos, o qual foi socorrido pelo SAMU e encaminhado ao hospital São Vicente, permanecendo hospitalizado na UTI. 

Diante das informações a equipe policial realizava patrulhamento nas proximidades da travessa Arlindo Antunes de Almeida com a Rua Guaíra, Boqueirão, onde visualizou um veículo com as mesmas características repassadas, ocupado por cinco indivíduos, de imediato dada voz de abordagem e identificados os indivíduos com 18 anos (condutor); 19 anos, 23 anos, 21 anos, 36 anos este proprietário do veículo. A arma de fogo foi localizada de propriedade do condutor, um revólver cal.32, da marca Taurus, com capacidade para 6 tiros, marca CBC, com quatro munições deflagradas e duas com marca evidente do percursor da arma não deflagradas. O indivíduo de 21 anos assumiu ser o autor dos disparos pois tinha desavenças com a vítima. 

Localizado também 7 buchas de substância análoga à Cocaína, pesando 5,7 gramas, 04 celulares, dinheiro em cédulas trocadas, características de traficância. 

Devido aos indícios de que os abordados estariam envolvidos com o tráfico de drogas, foi deslocado até a residência de todos, onde foram realizadas buscas domiciliares, e localizadas 01 pedra de substância análoga à Cocaína, pesando 31,7 gramas, 16 buchas de substância análoga a cocaína, prontas para comercialização, pesando 11,1 gramas; um caderno de anotações com registros do tráfico. 

Dada voz de prisão aos indivíduos e conduzidos até a 14ª SDP, com os objetos, entorpecentes e veículo apreendidos.

Fonte: 16º BPM

sexta-feira, 29 de maio de 2020

Faleceu em Turvo, José Kurlhiak


Faleceu na noite dessa sexta-feira (29) vítima de infarto, José Kurlhiak, com 62 anos. 

O velório será no salão da Igreja Ucraniana, na Localidade de Faxinal da Boa Vista. 

O sepultamento será ás 17h00 deste sábado. 


Informou Funerária SerLuto de Turvo

Sicredi lança movimento em prol da economia local

Campanha “Eu Coopero com a Economia Local” busca estimular desenvolvimento econômico por meio do apoio aos empreendedores locais

Para reforçar a importância dos pequenos empreendedores e do cooperativismo como motores da economia brasileira, o Sicredi - instituição financeira cooperativa com mais de 4,5 milhões de associados e atuação em 22 estados e no Distrito Federal – levanta a bandeira da cooperação em um movimento para engajar as pessoas em prol da economia de sua região, com a campanha “Eu Coopero com a Economia Local”.

Por meio de iniciativas de comunicação e a aplicação de um selo que destaca empresas e consumidores engajados na causa, o Sicredi busca estimular o consumo e o desenvolvimento econômico local – o que está atrelado ao propósito da instituição desde sua fundação, em 1902.

A estratégia pretende impactar positivamente diversos públicos, desde pequenos comerciantes e produtores rurais, para que se sintam apoiados pela campanha; associados do Sicredi, para que contribuam com a divulgação das mensagens e aproveitem oportunidades de negócio que possam surgir com ela; e consumidores, para que se conscientizem sobre seu papel na movimentação da economia de suas regiões por meio de seu comportamento de consumo. A iniciativa também convida entidades e os meios de comunicação para se engajarem e fortalecer a propagação do movimento.

Um hotsite também será criado para servir de fonte de informações sobre a iniciativa e ferramenta de apoio aos empreendedores locais. O espaço disponibilizará conteúdos em vídeo e e-books com dicas de como trabalhar os negócios nos meios digitais e uma plataforma de personificação de peças digitais de divulgação, além de acesso a outras ferramentas que podem auxiliar na gestão do empreendimento.

A prioridade de relacionamento com fornecedores locais é uma política do Sicredi por meio da atuação das suas 110 cooperativas de crédito. Só em 2019, foram mais de R$ 550 milhões injetados na economia, por meio de pagamentos a fornecedores locais pela instituição.

A premissa da nossa atuação é fortalecer a economia das localidades, gerando um impacto que, quando somado, tem um efeito muito positivo na economia nacional.

Faz todo o sentido para o Sicredi uma campanha que reforce a importância de compra de empresas locais, tornando os negócios dos nossos associados e as comunidades mais fortes.

Optando por comprar produtos e contratar serviços onde estamos presentes, estimulamos a criação de empregos e a geração de renda nesses municípios.

Marketplace do Sicredi potencializa negócios locais

Para fomentar as interações comerciais entre seus associados, a instituição disponibiliza desde 2019 o Sicredi Conecta, aplicativo de marketplace que permite a eles fazerem anúncios e vendas de produtos e serviços, sem cobrança de taxas por isso. A solução tecnológica impulsiona empreendedorismo em diversos setores da economia e regiões do país.

Michael Bueno
Assessor de Comunicação e Marketing

Sicredi Planalto das Águas PR/SP


Paraná tem 253 novos casos de Covid-19 e mais quatro óbitos


A Secretaria de Estado da Saúde confirma nesta sexta-feira (29) 253 novos casos de Covid-19 e mais quatro óbitos. O Paraná soma 4.236 confirmações de diagnóstico do novo coronavírus em 236 municípios e 173 mortes de pacientes que residiam em 71 cidades. Um caso foi excluído do monitoramento porque foi registrado em duplicidade.

De acordo com a secretaria estadual, são 317 pacientes internados (7,5% das confirmações), considerando leitos do SUS e da rede particular. Também há pessoas internadas que são considerados casos suspeitos. Dos internados, 127 estão em UTI e 190 em leitos de enfermaria.

A média de ocupação entre os leitos de todo o Paraná para tratamento da Covid-19 é de 41% em UTI adulto, 27% em enfermaria adulto, 24% em UTI pediátrico e 7% em leitos de enfermaria pediátrica.

Há 1.863 pacientes recuperados – 44% do total de confirmações – e 173 morreram em consequência da doença (4,1%).

ÓBITOS – Quatro homens que estavam internados morreram em decorrência da Covid-19 e entraram no monitoramento nesta sexta-feira (29). Três deles residiam em Curitiba: um de 79 anos faleceu na terça-feira (26); outro de 65 anos morreu na quarta (27) e o terceiro, de 86, foi a óbito na quinta-feira (28). O quarto paciente que morreu era de Terra Rica, tinha 57 anos e morreu nesta sexta (29).

MUNICÍPIOS – No Paraná, 236 cidades têm ao menos um caso confirmado de Covid-19. Em 71 municípios há registro de óbitos. Apenas a 4ª e 5ª Regionais de Saúde não têm mortes em consequência da infecção pelo Sars-CoV-2.

As novas confirmações são nas seguintes cidades:

Um caso: Almirante Tamandaré, Altamira do Paraná, Alto Paraná, Ampére, Anahy, Assis Chateaubriand, Braganey, Cambé, Campina Grande do Sul, Campo Mourão, Fazenda Rio Grande, Guaraniaçu, Jacarezinho, Japurá, Jesuítas, Mandirituba, Nova Aurora, Paiçandu, Palotina, Paranavaí, Presidente Castelo Branco, Rio Bonito do Iguaçu, Rolândia, Rondon, Telêmaco Borba, Terra Rica, Terra Roxa, Umuarama.

Dois casos: Araucária, Bela Vista do Paraíso, Campo Bonito, Colombo, Diamante do Sul, Foz do Jordão, Guaratuba, Ibiporã, Ivaiporã, Palmas, Pato Branco, Quatro Barras, Quedas do Iguaçu, Ribeirão do Pinhal, Sarandi, Terra Boa, Uraí.

Três casos: Cornélio Procópio, Cruzeiro do Iguaçu, Cruzeiro do Oeste, Guaporema, Imbituva, Morretes, Ponta Grossa, Reserva, Sertaneja, Toledo.

Quatro casos: Guarapuava, Pinhais.

Seis casos: Bandeirantes.

Sete casos: Cianorte

Oito casos: Paranaguá

Nove casos: Coronel Domingos Soares, Foz do Iguaçu.

11 novas confirmações de Covid-19 em São José dos Pinhais; 

16 em Maringá; 

18 em Curitiba; 

26 em Londrina; 

42 em Cascavel.

FORA DO PARANÁ – O monitoramento da Saúde registrou também mais sete casos de pessoas que não residem no Estado. Elas são de Caçador e Florianópolis (SC), Ipiranga do Norte (MT), Parauapebas (PA) e três de São Paulo (SP).

No total, 64 pessoas não residentes do Paraná tiveram o diagnóstico confirmado no Estado e, destas, cinco morreram.

ALTERAÇÕES:

Um caso confirmado em 20 de maio em Curitiba foi transferido para Colombo.

Um caso confirmado em 18 de maio em Diamante do Sul foi excluído por duplicidade de notificação.

Guarapuava chega a 34 casos confirmados de coronavírus


Prefeitura de Turvo emite Nota de Esclarecimento sobre Auxílio Emergencial Indevido


Um levantamento do Tribunal de Contas do Paraná (TCE-PR), realizado com a Controladoria-Geral da União (CGU), revelou que 10.648 servidores de 388 prefeituras do Paraná receberam indevidamente o auxílio emergencial do governo federal em decorrência da pandemia da Covid-19.

Com 29 casos, foram pagos R$ 19.200,00 na cidade de Turvo.

Veja abaixo a Nota de Esclarecimento da Prefeitura de Turvo:

Nota de Esclarecimento sobre Auxílio Emergencial Indevido O Município de Turvo, foi comunicado pelo TCE/PR - Tribunal de Contas do Estado do Paraná, acerca de um trabalho realizado em conjunto com a Controladoria Geral da União – CGU, para apuração, mediante cruzamento de dados, de possíveis irregularidades no pleito e concessão em favor de servidores públicos municipais, do Auxílio Emergencial instituído pelo Governo Federal com o objetivo de fornecer proteção aos cidadãos mais impactados no período de enfrentamento à crise econômica causada pela pandemia do Coronavírus - COVID 19.

Para recebimento do auxílio,um dos requisitos estabelecidos era necessário a inexistência de emprego formal ativo. Assim, nenhum servidor municipal, agente público, incluindo ocupantes de cargo temporário, função de confiança, cargo em comissão e os titulares de mandato eletivo, incluindo aposentados e pensionistas, possuía direito ao benefício.

Destacamos que as condições para recebimento do auxílio inicialmente foi constada mediante autodeclaração do interessado. Neste sentido, os benefícios supostamente concedidos de forma irregular à servidores públicos municipais, ou seja, a quem objetivamente não detinha o direito, são de responsabilidade de cada beneficiado e deverão ser apurados pelo Município, pois conforme informação do TCE/PR, a solicitação e o recebimento do Auxílio Emergencial, mediante a inserção ou declaração de informações falsas, podem tipificar os crimes de falsidade ideológica e estelionato, previstos no Código Penal, além de configurarem possíveis infrações disciplinares quando praticada por servidor público.

Diante disso, o Município de Turvo promoverá imediatamente a notificação dos servidores beneficiados com a concessão do Auxílio Emergencial, bem como informará que há um canal disponibilizado pelo Ministério da Cidadania para a devolução de valores eventualmente pagos/recebidos de forma indevida.

Destaca-se que o Município de Turvo não será conivente com condutas irregulares e tomará todas as medidas necessárias para o cumprimento das determinações do Tribunal de Contas do Estado do Paraná, conforme Nota Técnica 01/2020/CGU/TCE, inclusive mediante a instauração de procedimentos administrativos, em sendo o caso.

Paraná estima safra de grãos acima de 40 milhões de toneladas


O Paraná deverá produzir 40,6 milhões de toneladas de grãos na safra 2019/2020, volume 13% superior ao da safra 2018/2019, em uma área de quase 10 milhões de hectares, segundo relatório mensal divulgado pelo Departamento de Economia Rural (Deral), da Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento.

Os números do Deral confirmam os efeitos negativos da severa estiagem pela qual o Estado passa em algumas culturas. É o caso da segunda safra de milho, cuja produção caiu em 1,6 milhão de toneladas com relação à estimativa inicial, que era de aproximadamente 12,8 milhões de toneladas. Estima-se uma perda, considerando os preços a R$ 42,00, de cerca R$ 1 bilhão. “A estiagem pegou a planta em diversos estágios, desde o crescimento vegetativo, até o enchimento de grão. Precisamos esperar para ver o pleno efeito da seca, e não será surpresa se essa perda se aproximar dos 20% em relação ao que se imaginava no começo”, avalia o secretário estadual da Agricultura e do Abastecimento Norberto Ortigara.

A segunda safra de feijão também sofreu o impacto da estiagem e teve perdas em torno de 39%. “A estimativa inicial de produção era de 438 mil toneladas. Agora, espera-se 270 mil toneladas. Por outro lado, os preços estão em alta”, diz o chefe do Deral, Salatiel Turra. Com relação às culturas de inverno, as poucas chuvas registradas no mês maio permitiram a recuperação do atraso da semeadura de aveia branca, aveia preta, trigo e triticale.

“Mesmo com as perdas, nossa expectativa de produção ainda está em 40,6 milhões de toneladas, o que mostra um crescimento e uma recuperação consistente com relação ao que colhemos no ano passado”, acrescenta Ortigara.

SOJA - A safra de soja está encerrada no Paraná, com volume recorde de 20,7 milhões de toneladas, 28% superior ao da safra 2018/2019. Cerca de 82% da produção está comercializada até o momento, o que equivale a 17 milhões de toneladas, um resultado considerado avançado para a época. No mesmo período do ano passado, esse índice era de 50% - cerca de 8 milhões de toneladas. 

Segundo o economista do Deral, Marcelo Garrido, a alta do dólar, acima dos R$ 5,00, tem garantido a competitividade do produto brasileiro no mercado externo.

A comercialização da safra 2020/2021, no entanto, ainda é incerta para os produtores, principalmente por causa da pandemia do novo coronavírus. “Os insumos para a próxima safra serão comprados em dólar. Então, as vendas dependem da relação cambial”, diz Garrido. A saca de 60 kg é comercializada por R$ 94,00, valor 39% maior do que no ano passado, de R$ 70,00.

A segunda safra de soja está colhida – a Portaria 342/2019, da Agência de Defesa Agropecuária, fixa a data de 15 de maio como limite para colheita ou interrupção do ciclo da cultura. De 10 de junho a 10 de setembro, acontece o vazio sanitário da soja, medida necessária para o controle da ferrugem asiática.

MILHO PRIMEIRA SAFRA - A área de 353 mil hectares do milho de primeira safra está totalmente colhida, somando uma produção de 3,5 milhões de toneladas, um crescimento de 12% na comparação com a safra passada e com produtividade recorde de 10 mil quilos por hectare.

MILHO SEGUNDA SAFRA – A segunda safra, que está no campo, deve sofrer os impactos da estiagem de

PM desarticula associação criminosa em Pitanga


No dia 28 maio 2020, às 18h45min, a equipe policial recebeu denúncias de que havia comércio legal de drogas (Maconha, Crack e Cocaína), nos endereços Rua Prefeito José Grande (final da rua), Bairro Maria do Carmo e Rua Protógenes Guimarães, Bairro Santa Rosa, pontos esses comandados por presos da Cadeia Pública de Pitanga, conhecidos das equipes policiais. 

Realizadas diligências por diversos dias e confirmada a presença de usuários, e constatando o envolvido no tráfico por algumas pessoas: um homem de 22 anos, (exercendo função de gerente) outro de 26 anos, (usando Tornozeleira Eletrônica e exercendo função de esconder e embalar a Droga), um indivíduo de 20 anos, (gerente), um homem de 36 anos (ajudava na venda de drogas), outro indivíduo de 18 anos, que auxiliava na venda, e mais os adolescentes: dois masculinos de 17 anos, e outro de 15 anos, esses adolescentes responsáveis pela venda de Drogas na Vila Santa Rosa e autores de Furto, especialmente de Motocicletas a mando dos indivíduos de 20 e 22 anos. 

Durante as observações nas "Bocas de Fumo" foi observado a presença de um indivíduo consumidor contumaz de Crack, Cocaína e Maconha. A equipe ROTAM obteve informações de que os adolescentes foram os autores de um furto de motocicleta, e que o veículo estaria escondido nos fundos da "Boca de Fumo" da Rua Prefeito José Grande, em posse dos indivíduos de 20 e 22 anos, para posterior ser trocada por drogas. Com base nesses fatos mantidas as diligências na Rua Protógenes Guimarães, Santa Rosa, onde por volta das 17h chegou um veículo Gol, o passageiro desceu, entrou na residência e permaneceu por cerca de 10 minutos e saiu, o veículo foi abordado na Rua Barão do Cerro Azul logo após sair do endereço e identificado o motorista sendo o indivíduo de 20 anos e o passageiro o indivíduo de 36 anos o qual foi encontrada uma porção de Maconha (2,7 gramas), em continuidade abordado na residência da Rua Protógenes Guimarães os adolescentes e no interior da casa 04 pedras de Crack (1,3 gramas), os adolescentes disseram que já haviam vendido parte da Droga e confessaram o furto da motocicleta, um adolescente disse que a moto estaria escondida no mato, final da Rua Prefeito José Grande. 

Seguindo a ocorrência, ao chegar nas proximidades do endereço citado foi visualizado o indivíduo de 22 anos, na janela do carro de um usuário de 46 anos, o carro estava parado em frente ao ponto de venda, os dois foram abordados e nada de ilícito encontrado. Vistoriado um local que segue dentro do mato nos fundos da casa e encontrado um homem de 26 anos embalando Maconha, 18 porções preparadas e uma porção maior numa sacola totalizando 1,957 kg (um quilo novecentos e cinquenta e sete gramas) a motocicleta furtada encontrada no mesmo local. 

Diante das diligências e provas obtidas os maiores de idade foram presos, os adolescentes apreendidos, ambos em tese pelos Crimes de Tráfico de Drogas, Associação ao Tráfico, Organização Criminosa, Receptação e Furto. O usuário em Crack foi encaminhado para prestar declarações.

Lista tem quantidade de servidores e valores recebidos por cidade em fraude no auxilio emergencial no Paraná


Um levantamento do Tribunal de Contas do Paraná (TCE-PR), realizado com a Controladoria-Geral da União (CGU), revelou que 10.648 servidores de 388 prefeituras do Paraná receberam indevidamente o auxílio emergencial do governo federal em decorrência da pandemia da Covid-19.


Com 29 casos, foram pagos R$ 19.200,00 na cidade de Turvo.

Veja:




O Rotary Club de Guarapuava Lagoa entrega cobertores para o Hospital Semmelweies


O Rotary Club de Guarapuava Lagoa entregou nesta quinta-feira, neste dia 28 de maio de 2020, 40 cobertores para a Fundação Hospital Semmelweies, no Distrito de Entre Rios em Guarapuava. A doação faz parte do projeto de apoio as entidades de apoio e de saúde como um reforço no combate ao COVID-19. A Fundação Hospital Semmelweies, criado em 1951, atendem a pacientes de Entre Rios e toda a região, com uma população de 12 mil pessoas oferecendo atendimentos em sete especialidades médicas e um vasto número de exames complementares. As especialidades médicas são Cardiologia, Clínica Geral, Ginecologia, Neurologia, Obstetrícia, Pediatria e Psiquiatria. Hoje, o hospital conta com seis médicos e uma equipe em torno de 30 funcionários. Com atendimento tanto pelo SUS quanto por planos particulares, os serviços incluem consultas, radiografias, eletrocardiograma, ecografia, exames laboratoriais, atendimento ambulatorial, internamentos, cirurgias de pequeno porte e UTI móvel. Além da Cooperativa Agrária, a Fundação Semmelweis conta com amplo apoio e patrocínio da comunidade, cooperados e colaboradores da Cooperativa.

Fonte e foto: Rotary Club de Guarapuava Lagoa

quinta-feira, 28 de maio de 2020

Paraná não registra homicídios em 61% dos municípios


Mais da metade dos municípios paranaenses, 244 cidades, não registraram homicídios dolosos durante o primeiro trimestre deste ano. A informação foi divulgada nesta quinta-feira (28) no Relatório de Crimes Relativos a Mortes, da Secretaria de Estado da Segurança Pública, que também mostra alta redução no número de latrocínios e lesão corporal seguida de morte no Estado, quando comparados com o mesmo período do ano anterior. 

Em 93% dos municípios (373) foram registrados menos de quatro homicídios dolosos ou nenhum homicídio no período. E em 77 municípios foi apresentada redução durante o período quando comparados com o mesmo intervalo de tempo do ano anterior.

O secretário da Segurança Pública, Romulo Marinho Soares, afirmou que a pasta continua sempre buscando desenvolver ações que combatam a criminalidade. “Semanalmente nos reunimos com as forças policiais para avaliar e analisar estatísticas e ações, buscando sempre melhorar o atendimento e a proteção da população, seja por meio do trabalho da Polícia Militar nas ruas, pela investigação da Polícia Civil, ou pelo serviço de inteligência das instituições e do Departamento de Inteligência do Paraná”, explicou.

Dentre as regiões que reduziram o número de homicídios dolosos no período, está a 6ª Área Integrada de Segurança Pública (AISP) de União da Vitória, que registrou redução de 50% (de dois homicídios no primeiro trimestre de 2019, para um no mesmo período deste ano).

Outra AISP que apresentou queda foi a 9ª de Pato Branco, com 45,4% (de 11 nos três primeiros meses do ano passado para seis em janeiro, fevereiro e março deste ano juntos). A 22ª AISP de Telêmaco Borba também teve redução de 43,4% (23 no período em 2019 e 13 em 2020).

Ponta Grossa e região, correspondentes à 4ª AISP, tiveram diminuição de 10% no número de homicídios dolosos: de 30 no primeiro trimestre de 2019 para 27 no período deste ano. Já na 18ª AISP de Apucarana, a queda foi de 20% (de 10 para 8 no primeiro trimestre deste ano). 

LATROCÍNIOS - Em janeiro, fevereiro e março deste ano juntos foram registrados 12 latrocínios, roubo seguido de morte, em todo o Estado. O número é 58% menor que as 29 ocorrências do crime durante o mesmo período do ano anterior.

LESÃO CORPORAL SEGUIDA DE MORTE - Outro crime que apontou queda em todo o Estado foi lesão corporal seguida de morte. Durante o primeiro trimestre deste ano foram 12 registros, contra 21 no mesmo intervalo de tempo do ano anterior, uma queda de 42%.

FEMINICÍDIOS - Esta é a primeira divulgação do número de feminicídios em Relatório Estatístico. A partir desta publicação, a cada trimestre as informações serão publicadas no site da Secretaria, dentro do Relatório de Crimes Relativos a Mortes. Estarão disponíveis as informações dos 399 municípios paranaenses.

Nesta primeira divulgação, o relatório aponta para o número de 23 feminicídios em todo o Paraná no primeiro trimestre deste ano. Este número também está contabilizado no total de homicídios, que, segundo consta no relatório, resultou em 574 mortes no trimestre de 2020.

DENÚNCIAS - A Secretaria da Segurança solicita que qualquer informação relacionada a crimes relativos a mortes ocorridos no Paraná e que possam auxiliar nas investigações criminais seja repassada aos órgãos de segurança.

A ação poderá ser feita por meio de denúncia anônima, pelo Disque Denúncia 181. “A Secretaria conta com a comunidade em relação às denúncias de crimes, pois dessa forma é possível readequar ações policiais e planejar futuras medidas”, disse o secretário Marinho. 

Guarapuava - Boletim atualizado


Paraná tem 273 novos casos de Covid-19 e mais sete óbitos


A Secretaria de Estado da Saúde confirma mais 273 casos da Covid-19. São 73 a mais do que a quantidade de ontem, totalizando 3.984 casos. Uma confirmação foi excluída do acumulado de confirmações por duplicidade de notificação. Foram mais sete óbitos pela doença, chegando a 169 mortes pela infecção.

O panorama da doença causada pelo novo coronavírus aponta que entre os quase quatro mil casos, 1.806 estão recuperados, ou seja, 45% das pessoas que tiveram o diagnóstico confirmados estão liberados do isolamento. 297 pacientes estão internados (7,5%), sendo 122 em UTI e 175 em leito clínico. E 169 pacientes foram a óbito, indicando 4,2% do total de confirmações.

ÓBITOS – As sete pessoas que morreram são cinco mulheres e dois homens, todos estavam internados. As informações sobre das pacientes são: 46 anos residia em Cornélio Procópio, foi a óbito dia 20 de maio; 63 anos, Cidade Gaúcha, faleceu sábado (23); 49 anos, morava em Curitiba, morreu na segunda-feira (25); 47 anos, São Mateus do Sul e 65 anos de Quatro Barras, ambas foram a óbito na terça-feira (26).

Dos dois homens que faleceram, um deles tinha 46 anos, residia em Curitiba e morreu domingo (24), o outro, de 60 anos, era residente de Piraquara e faleceu nesta quinta-feira (28).

MUNICÍPIOS – 232 cidades paranaenses que têm ao menos um caso confirmado pela Covid-19. Em 70 municípios há registro de óbitos pela doença. Apenas a 4ª e 5ª Regionais de Saúde não têm ocorrência de óbito consequente da infecção pelo Sars-CoV-2.

As novas confirmações são nas cidades:

Andirá (1), Araucária (3), Boa Vista da Aparecida (1), Braganey (1), Cambé (4), Campina Grande do Sul (3), Capanema (1), Cascavel (47), Cianorte (9), Colombo (7), Corbélia (1), Cornélio Procópio (13), Curitiba (52), Diamante do Sul (2), Fazenda Rio Grande (3), Foz do Iguaçu (13), Francisco Beltrão (2), Goioerê (1), Guaratuba (3), Iracema do Oeste (1), Ivaiporã (2), Jacarezinho (1), Japurá (4), Leópolis (2), Londrina (19), Mandirituba (2), Manoel Ribas (1), Marechal Cândido Rondon (1), Maria Helena (6), Maringá (6), Matinhos (1), Morretes (1), Nova Esperança (1), Pinhais (8), Piraquara (5), Ponta Grossa (5), Pontal do Paraná (1), Quatiguá (1), Quatro Barras (2), Quedas do Iguaçu (1), Quitandinha (2), Reserva (3), Rio Branco do Sul (1), Rio Negro (1), Rondon (3), Santa Lúcia (1), Santa Terezinha de Itaipu (2), São José dos Pinhais (9), São Manoel do Paraná (1), Sapopema (1), Sarandi (1), Tapejara (3), Toledo (1), Três Barras do Paraná (2), Tupãssi (1), Umuarama (1), Uraí (1) e Wenceslau Braz (1).

FORA DO PARANÁ – O monitoramento da Sesa registrou também mais um caso de fora, um paciente de Piripiri, no Piauí, atendido em Tijucas do Sul. No total, 57 pessoas, não residentes do Paraná, tiveram o diagnóstico confirmado por aqui e cinco foram a óbito.

Ajustes:

Um caso confirmado na data de 26/5 em Realeza foi transferido para Cascavel.
Um caso confirmado na data de 25/5 em Maringá foi excluído por duplicidade de notificação.
Quatro casos confirmados por laboratório particular na data de 25/5 em Londrina foram transferidos para Cambé.

Mais dois tipos de testes que foram validados pelo Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde (INCQS) terão os resultados positivos incluídos no monitoramento do CIEVS, agora são aceitos testes rápidos de quatro fabricantes.
1. ONE STEP COVID-2019 TEST®️ da fabricante Guangzhou WondfoBiotechCo., Ltda., cujo representante legal no Brasil é a empresa Celer Biotecnologia S/A.
2. MEDTESTE CORONAVÍRUS (COVID-19) igG/IgM da fabricante Hangzhou Biotest Biotech Co. Ltd cujo representante legal no Brasil é a empresa Medlevensohn Com Repres Prod Hosp Ltda.
3. COVID-19 IgG/IgM ECO do fabricante Eco Diagnóstica Ltda-ME, cujo representante legal no Brasil é a empresa Eco Diagnóstica Ltda-ME
4. COVID-19 IgG/IgM BIO do fabricante Quibasa Química Básica Ltda, cujo representante legal no Brasil é a empresa Quibasa Química Básica Ltda

Jovem iratiense morre em acidente no interior de São João do Triunfo


O iratiense Artur Siquineli Minella, de 23 anos, morreu em um acidente na localidade de Vitorinópolis, no interior de São João do Triunfo, no início da noite de quarta-feira, 27.

Segundo informações do repórter Anderson Maciel Ferreira, do portal Clic Sul News, o jovem saiu do seu local de trabalho e seguia por uma estrada de chão com uma motocicleta, quando colidiu frontalmente com um caminhão que seguia no sentido contrário. A batida ocorreu em uma curva fechada. Artur e o motorista do caminhão trabalhavam no corte de pinus.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) chegou a ser acionado e esteve no local. Porém, Artur não resistiu aos ferimentos e faleceu. Policiais militares de São João do Triunfo e a criminalística de Ponta Grossa estiveram no local do acidente. O corpo do jovem foi encaminhado ao Instituto Médico-Legal (IML) de Ponta Grossa, onde deu entrada na madrugada de hoje, 28, às 3h15.

O velório será na Capela Mortuária Santa Rita, em Irati. Já o sepultamento acontecerá nesta quinta-feira, 28, às 17h, no Cemitério Municipal de Irati.

Auxílio emergencial foi pago ilegalmente a 10.648 servidores municipais do PR



Num trabalho conjunto encerrado nesta quarta-feira (27 de maio), o Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR) e a Controladoria-Geral da União (CGU) identificaram, por meio do cruzamento de dados, que 10.648 servidores, de 388 prefeituras do Paraná, podem ter recebido o auxílio emergencial do governo federal, num montante de R$ 7.319.400,00.O levantamento é o primeiro fruto de convênio que permite o intercâmbio de informações entre os dois órgãos.

O benefício - criado para que a população mais vulnerável possa enfrentar os efeitos econômicos da pandemia da Covid-19 - tem natureza assistencial e se destina apenas a trabalhadores informais, microempreendedores individuais (MEIs), autônomos e desempregados, que cumpram determinados requisitos previstos no Decreto nº 10.316/20. Não está afastada a possibilidade de que os servidores supostamente beneficiados possam ter sido vítimas de fraude, o que será investigado em âmbito federal.

Pelo decreto, os agentes públicos, incluindo os ocupantes de cargo temporário, função de confiança, cargo em comissão e os titulares de mandato eletivo, não possuem direito ao benefício. A condição de agente público é verificada por meio de autodeclaração. O TCE-PR vai notificar os municípios para que alertem seus servidores que a prática dessas condutas sujeitará o responsável às sanções criminais, cíveis e disciplinares. Também está orientado para a existência de um canal via internet para a devolução do dinheiro.

A CGU está encaminhando as informações ao Ministério da Cidadania, tendo em vista a ocorrência de despesa indevida. Caberá ao órgão tomar as providências para que os cofres públicos sejam ressarcidos dos pagamentos indevidos. A nota técnica é assinada pelo presidente do TCE-PR, conselheiro Nestor Baptista; e pelo superintendente regional da CGU no Paraná, José William Gomes da Silva.

Somente 11 prefeituras paranaenses não tiveram registro de servidores envolvidos com o recebimento do auxílio emergencial. São elas: Centenário do Sul, Entre Rios do Oeste, Iguaraçu, Itaguajé, Juranda, Pinhalão, Saudade do Iguaçu, Sertanópolis, Tomazina, Verê e Vitorino.

Nota conjunta

Sobre o resultado da operação conjunta, o TCE-PR e a Superintendência da CGU-Regional/PR divulgaram a seguinte nota de esclarecimento:

"Em atuação conjunta, o Tribunal de Contas do Estado do Paraná e a Controladoria-Geral da União identificaram, mediante cruzamento de dados, que 10.648 (dez mil, seiscentos e quarenta e oito) servidores públicos dos quadros dos municípios do Paraná podem ter recebido indevidamente o auxílio emergencial, instituído pelo Governo Federal com o objetivo de fornecer proteção emergencial no período de enfrentamento à crise econômica causada pela pandemia do Coronavírus (Covid-19). O montante apurado totaliza R$ 7.319.400,00 (sete milhões, trezentos e dezenove mil e quatrocentos reais) por parcela paga.

Estabelecido pela Lei nº 13.982/20 e regulamentado pelo Decreto n.º 10.316/20, o benefício possui natureza assistencial e destina-se a trabalhadores informais, microempreendedores individuais (MEI), autônomos e desempregados, que cumpram determinados requisitos previstos no decreto.

Nos termos do artigo 7º, § 1º, VI, do Decreto nº 10.316/20, os agentes públicos, incluindo os ocupantes de cargo temporário, função de confiança, cargo em comissão e os titulares de mandato eletivo, não possuem direito ao benefício. A condição de agente público é verificada por meio de autodeclaração.

Dessa forma, as condutas de solicitação e recebimento do auxílio emergencial, mediante a inserção ou declaração de informações falsas, podem tipificar os crimes de falsidade ideológica e estelionato, além de configurarem possíveis infrações disciplinares quando praticadas por servidores públicos.

O Tribunal de Contas do Estado do Paraná notificará os municípios para que alertem aos seus servidores públicos que a prática dessas condutas sujeitará o responsável às sanções criminais, cíveis e disciplinares, bem como informem a esses servidores que existe um canal disponibilizado pelo Ministério da Cidadania para a devolução de valores eventualmente pagos/recebidos de forma indevida: 
devolucaoauxilioemergencial.cidadania.gov.br

Além disso, os resultados apurados serão encaminhados ao Ministério da Cidadania para adoção de medidas sob sua responsabilidade, tendo em vista a ocorrência de despesa indevida no montante de R$ 7.319.400,00 (sete milhões, trezentos e dezenove mil e quatrocentos reais) por parcela paga.

Notificação

O Tribunal de Contas também está encaminhando aos prefeitos dos 388 municípios onde foi constatada a irregularidade uma comunicação no seguintes termos:

Senhor Prefeito,

Em atuação conjunta, o Tribunal de Contas do Estado do Paraná e a Controladoria-Geral da União identificaram, mediante cruzamento de dados, que 10.648 (dez mil, seiscentos e quarenta e oito) servidores públicos dos quadros dos municípios do Paraná podem ter recebido indevidamente o auxílio emergencial, instituído pelo Governo Federal com o objetivo de fornecer proteção emergencial no período de enfrentamento à crise econômica causada pela pandemia do Coronavírus (Covid-19). O montante apurado totaliza R$ R$ 7.319.400,00 (sete milhões, trezentos e dezenove mil e quatrocentos reais) por parcela paga.

Nos termos do artigo 7º, § 1º, VI, do Decreto n.º 10.316/20, os agentes públicos, incluindo os ocupantes de cargo temporário, função de confiança, cargo em comissão e os titulares de mandato eletivo, não possuem direito ao benefício. A condição de agente público é verificada por meio de autodeclaração.

Diante do exposto, o Tribunal de Contas do Estado do Paraná emite a presente recomendação para que os municípios:

a) alertem aos seus servidores públicos que as condutas de solicitação e recebimento do auxílio emergencial, mediante a inserção ou declaração de informações falsas, podem tipificar os crimes de falsidade ideológica e estelionato, além de configurarem possíveis infrações disciplinares a serem analisadas no âmbito do respectivo município; e

b) informem a esses servidores que existe um canal disponibilizado pelo Ministério da Cidadania para a devolução de valores eventualmente pagos/recebidos de forma indevida: 

devolucaoauxilioemergencial.cidadania.gov.br


Fonte: TCE/PR