domingo, 24 de janeiro de 2021

Motorista alcoolizado agride policial durante abordagem, em Marquinho


No dia 23 jan.21 por volta das 14h05min na BR 158-Marquinho a equipe de rádio patrulha realizava patrulhamento nas proximidades do centro de eventos de Marquinho, quando visualizou na BR 158, um veículo caminhão Mercedes Benz transitando em "zig zag" e por várias vezes transitando na contra mão de direção, abordado o veículo, conduzido por um homem de 37 anos, acompanhado de um homem de 53 anos, sendo que o condutor apresentava visíveis sinais de embriaguez como forte odor etílico, olhos vermelhos e agressividade. 

Foi solicitado a documentação pessoal do condutor o qual desacatou os policiais e disse que não apresentaria documentação nenhuma para a equipe. Com comportamento bastante agressivo, começou a proferir palavras de baixo calão contra a equipe policial. 

Foi solicitado ao condutor para acompanhar os policiais até o destacamento para lavratura do Termo Circunstanciado o qual novamente desacatou os policiais militares. Diante do fato foi dada voz de prisão ao autor o qual disse que ninguém iria levá-lo preso, e ainda entrou no interior de seu caminhão e tentou se evadir, sendo que o policial tentou impedi-lo, momento em que o autor deu um chute no peito do policial, funcionou o veículo e conduziu o mesmo até uma estrada rural, sendo que inclusive jogou o veículo em direção ao policial o qual realizou dois disparos em direção aos pneus dianteiros, para impedir a injusta agressão e resguardar a segurança de terceiros. 

Durante a tentativa de realizar a prisão do autor a equipe foi impedida com empurrões e força física pelas por três pessoas 23, 38 e o acompanhante de 53 anos. O acompanhante, que também apresentava visíveis sinais de embriaguez como forte odor etílico, olhos vermelhos e andar cambaleante, também proferia palavras de baixo calão contra a equipe e ainda proferiu ameaças dizendo: "semana que vem eu vou mexer com os meus deputados conhecidos e vocês não vão mais trabalhar no Marquinho". 

Disse ainda que era uma pessoa que tinha influência e que tomaria todas as medidas necessárias para impedir a equipe de trabalhar naquele município. Foi solicitado para o mesmo acompanhar a equipe pelo crime de desacato, porém se recusou. Dada voz de prisão ao segundo autor o qual resistiu com força física, tentando empurrar a equipe com os braços. Durante todo o procedimento envolvendo os autores as pessoas 23 e 38 anos tentavam impedir a equipe com empurrões. 

Com a chegada do apoio de mais uma equipe policial foi possível realizar teste etilométrico no condutor, o qual aferiu 0,24 mg/l, e os autores conduzidos para a Delegacia para os procedimentos cabíveis.

Fonte: PM

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Publicidade