quinta-feira, 2 de julho de 2020

Jovem adquire notas falsas pela internet e faz compras no comercio de Santa Maria do Oeste


Por volta das 09h30min do dia 01 de julho de 2020, policiais deslocaram até a Rua Alexandre Kordiak, Centro, onde relatou o senhor, 43 anos, empresário comerciante nesta cidade, o qual passou a relatar a equipe que há aproximadamente nove dias atrás, teria atendido em seu estabelecimento comercial a um homem, 19 anos, o qual comprou dois celulares sendo um marca Lenovo modelo "VAIBE C" de cor preta e um marca LG modelo "K10 2017" de cor prata, onde teria pago em espécie o total de R$745,00 (setecentos e quarenta e cinco reais) nos dois celulares, as quais 23 notas destas sendo de R$20,00 (vinte reais) em notas falsas. 

Diante deste fato o solicitante em conversa com a equipe, foi orientado a fazer um contato com o indivíduo para que o mesmo deslocasse até o destacamento de polícia para resolver a situação das notas falsas, o qual chegou por volta de 09h30min no destacamento e foi identificado por esta equipe policial como sendo a pessoa citada pelo solicitante. 

Em conversa o mesmo em primeiro momento passou a relatar que trabalhava por dia e que teria juntado estas notas de vinte reais, pegando troco em comércios locais e que não tinha conhecimento de ser nota falsa e desconhecia a procedência, negando qualquer envolvimento em ilícitos. 

Porem posterior à algumas perguntas feitas ao mesmo este começou a se contradizer e acabou confessando que há seis meses vem comprando notas falsas e teria comprado de uma pessoa o qual conheceu via aplicativo Facebook. Que fez contato com esta pessoa, não sabendo dizer mais detalhes desta pessoa. 

Relatou ainda que comprou um total de R$4.000,00 (quatro mil reais) em notas falsas pelo valor de R$1.000,00 (mil reais) sendo estas utilizadas no comércio de Santa Maria do Oeste e no distrito de São José, comércio estes de várias modalidades. 

Diante do relato e do fato citado, foi entrado em contato com o delegado da Polícia Federal de Guarapuava, o qual orientou a equipe para que fizesse a apreensão das notas e encaminhasse juntamente o celular aprendido, documentos pessoais até a Polícia Federal de Guarapuava onde posteriormente será instaurado inquérito e as partes serem intimadas para prestarem depoimentos.

Fonte: PM

Nenhum comentário:

Postar um comentário