terça-feira, 4 de julho de 2017

Vem aí a 10ª Festa do Porco no Rolete na Comunidade Evangélica Luterana de Turvo



POKER ÓLEO LEVE GUARAPUAVA FUTSAL PROMOVE A CORRIDA DAS CEREJEIRAS


Corrida das Cerejeiras acontece no domingo dia 9

Todo inverno as flores das cerejeiras encantam os moradores de Guarapuava e, nada melhor do que juntar o útil ao agradável quando se trata de saúde.

O Parque do Lago é repleto de cerejeiras e é um atrativo para quem gosta de fazer caminhada e/ou até mesmo passear.

Diante disso, em mais uma edição.

O Poker Óleo Leve Guarapuava Futsal, junto com a Secretaria Municipal de Esportes, promove a Corrida das Cerejeiras, que acontece no dia 09 de julho.

A largada e chegada será no estacionamento do Parque do Lago num percurso de 5 km.

As inscrições podem ser feitas na sala do CAD, anexo ao ginásio Joaquim Prestes com um custo de R$ 15,00.

A programação do Festival de Inverno em Guarapuava começou neste último domingo (02), e contará com diversas atividades até o dia 30 de Julho.

Participe e prestigie!

Data: 9 de julho (domingo)

Horário: 8h30

Local: Parque do Lago

Inscrições: R$15,00 (sala do CAD Anexo ao – Gin. Mun. Joaquim Prestes)

ASSESSORIA CAD

Prefeito Jerônimo afirma que em 6 meses de mandato já realizou mais pelo município do que nos 3 anos anteriores


O prefeito do município de Turvo, senhor Jerônimo Gadens do Rosário, esteve presente na ultima sessão ordinária da Câmara Municipal, onde apresentou um balanço dos primeiros seis meses de sua administração.

Em seu discurso o prefeito apresentou um balanço por secretarias, onde pode mostrar o trabalho de cada uma delas, destacando, principalmente, a herança da gestão anterior, como dívidas, frota em péssimas condições, pagamentos de fornecedores em atraso, obras paradas e estradas em más condições.

Mas que com austeridade e, principalmente com gastos pontuais e economia, pode nesse primeiro semestre, apresentar uma série de trabalhos realizados, sendo destacados os seguintes:

Operação tapa buraco na Rodovia Vereador João Maria de Jesus, inicialmente com material fresado e agora com massa asfáltica, o que melhorou em muito a trafegabilidade daquela estrada, readequação de várias estradas, dentre elas, Rio Bonito a Rio Ivai, Saudades, Faxinal de Baixo, Banhado Vermelho, reconstrução de pontes e bueiros, retomada de obras de infraestrutura de postos de saúde do interior, programa porteira adentro sendo iniciado, termino da capela mortuária, com aquisição de todo mobiliário, podendo ser inaugurada em poucos dias, obras esta que foi inaugurada na gestão anterior, sem nem ao menos estar concluída e sem nenhuma condição de uso. Ponte sobre o Rio Cachoeira na localidade de Pachecos, já licitado o alargamento do pilar central, para se colocar as vigas, já garantidas pelo DER, visto que a metragem do vão entre os pilares não comportava as vigas. Pavimentação asfaltica da Avenida Moacir Julio Silvestri, com a contrapartida maior do município, para não se perder o projeto de mais de setecentos mil reais, já iniciada e com prazo de conclusão da primeira parte do colégio Professores até a Avenida XV de Novembro, e posteriormente até a Rua Elias Rickli, pavimentação das Ruas Ernesto Rickli, Dos Expedicionários, e Das Araucárias, já em fase de licitação. 

Destacou ainda o senhor prefeito, os treinamentos que vem sendo feito para os servidores, na busca da excelência no atendimento aos contribuintes, também quanto a aquisição das duas áreas de reservas, que foram muito criticadas na época, lembra que já existe a garantia do incremento de vinte por cento a mais no ICMS ecológico, para o próximo ano. E, por fim, fala dos projetos que vem sendo buscados junto aos deputados representantes do município, mas que principalmente, vem se buscando uma administração modelo, para que, mesmo com recursos escassos, se possa dar andamento a administração, fala que é normal que alguns setores possam estar com alguns problemas, mas que sempre estará buscando a melhora e para isso conta com o apoio dos vereadores.

Lembramos ainda de que a aparência de nossa cidade mudou radicalmente, com as ruas mais limpas e bem cuidadas, com plantio de flores, revitalização de calçadas e a reconstrução de todas as bocas de lobo, que estavam na sua maioria, quebradas e podendo causar acidentes, melhora na iluminação pública em toda a cidade, o que não vinha sendo feito a muito tempo, isso tudo feito em respeito ao cidadão que paga os seus impostos e quer ver as melhorias acontecendo dia a dia.
Prefeito Jerônimo



Acompanhe tudo o que foi discutido durante a sessão clicando aqui.



Paraná inicia análise do Cadastro Ambiental Rural


Proprietários rurais paranaenses que fizeram o Cadastro Ambiental Rural (CAR) podem receber, a partir desta segunda-feira (3), alertas do Instituto Ambiental do Paraná (IAP), notificações e solicitações de complementação de documentos ou informações. O órgão é responsável pela e homologação dos cadastros no Estado. 

As análises têm o objetivo de verificar as informações declaradas pelos proprietários, além da existência de vegetação necessária em áreas de preservação permanente e reserva legal. Nos casos em que houver necessidade de recuperação ambiental, os proprietários serão notificados para que apresentam proposta para regularização.

“Durante os treinamentos com a Universidade de Lavras, que desenvolveu o sistema o CAR para o Governo Federal, nós percebemos que existem vários cadastros que foram enviados com informações incompletas e que terão que ser complementados para que a gente possa concluir a análise”, explica a diretora de Monitoramento e Restauração Florestal do IAP, Mariese Cargnin Muchailh. 

O Paraná possui 372,1 mil imóveis rurais cadastrados no CAR, ou seja, 99% das áreas passíveis de cadastro. Todos devem ser analisados. Destes, 1.123 estão com status “pendente” por terem áreas embargadas ou apresentarem sobreposição do mapeamento com áreas indígenas ou de Unidades de Conservação.

Por isso, além das análises individuais de cada imóvel, o sistema de análise do CAR (SiCAR) também aplica filtros automáticos para verificação de possíveis sobreposições entre os imóveis declarados. Nesses casos, os proprietários deverão retificar o cadastro CAR.

Para saber como está o andamento da análise do cadastro de seus imóveis rurais, os proprietários devem atender as notificações, enviando os documentos solicitados através da comunicação “Central do Proprietário Possuidor” que pode ser acessada no site do CAR (www.car.gov.br). Também é possível consultar informações por meio de comunicados que serão publicados no site do IAP (www.iap.pr.gov.br). 

A diretora alerta os proprietários rurais que deixem sempre os seus cadastros atualizados, informando qualquer alteração dominial no imóvel, ratificando o CAR, e que verifiquem periodicamente a Central do Proprietário ou Possuidor. Será através dessa Central que o IAP enviará correspondências e informativos com prazos para esclarecimentos sobre os imóveis e a situação do cadastro. Com essa ferramenta é possível ainda consultar a situação do seu cadastro, que ele pode estar ativo, pendente ou cancelado. 

(BOX 1) 

Parceria vai garantir transparência e agilidade às análises

Para acelerar e garantir transparência às análises, o IAP montou uma equipe formada por 16 técnicos de seus Escritórios Regionais e funcionários do Simepar – Sistema Meteorológico do Paraná. Eles passaram por capacitação para o uso de ferramentas de geoprocessamento, sensoreamento remoto e tecnologias que permitem a verificação e o cruzamento de dados, sem a necessidade de vistorias de campo, na maioria dos casos. 

“O Paraná foi um dos primeiros estados a concluir o cadastro das propriedades no CAR e já mostra que também será destaque na segunda etapa desse processo, que é a análise. Nós estamos garantindo uma transparência maior às análises, que não ficarão atreladas a um único técnico, mas a um grupo de pessoas”, disse o presidente do IAP, Luiz Tarcísio Mossato Pinto.

A parceria entre o IAP e Simepar é fruto de um contrato de gestão para o suporte tecnológico nas análises e na implantação do Sistema de Monitoramento Ambiental do Sistema do Cadastro Ambiental Rural (SiCAR) no Paraná. 

“Temos avançado no uso de tecnologia intensiva para auxiliar a gestão ambiental do Estado. Nosso esforço não refere-se somente ao SiCAR, que é um projeto líder e pioneiro que está avançando, mas estamos indo além, buscando sempre a inovação, respeitando os procedimentos federais, mas também sempre buscando melhorar”, disse o presidente do Simepar, Eduardo Alvim Leite.

REGULARIZAÇÃO - Após o resultado da análise do CAR, o proprietário rural que precisar fazer a recuperação ambiental de seu imóvel poderá aderir ao Programa de Regularização Ambiental (PRA), em fase de implementação pelo IAP. 

Nesse caso, o Instituto fornecerá gratuitamente mudas de espécies nativas para a recomposição ambiental do imóvel. A solicitação das mudas pode ser feita diretamente no site do órgão: www.iap.pr.gov.br 

CADASTRO - O Cadastro Ambiental Rural é um registro eletrônico obrigatório criado pelo Código Florestal e tem o objetivo de ajudar na identificação e na integração das informações, contribuindo para a regularização ambiental das propriedades rurais no País. Através dele é possível fomentar a formação de corredores ecológicos e a conservação dos demais recursos naturais, contribuindo para a melhoria da qualidade ambiental.

Fonte: AEN

Estão abertas as inscrições do Canta Candói

O tradicional festival municipal de música acontecerá nos dias 25,26 e 27 de agosto.

O município de Candói promove mais uma edição do tradicional Festival Municipal de música, Canta Candói. A 20ª edição acontecerá nos dias 25, 26 e 27 de agosto, no Centro de Eventos Antônio Loures Alves. Lembrando que só podem participar residentes de Candói ou quem trabalha no município.

INSCRIÇÕES

O período de inscrição se encerra no dia 15 de julho, e devem ser feitas nas escolas municipais de cada região administrativa do município. No ato da inscrição, o candidato precisa, obrigatoriamente, entregar um comprovante de residência e a gravação da música em CD ou em um pendrive.

Na categoria mirim, podem se inscrever crianças nascidas até o ano de 2007. Já, os candidatos com 11 anos (nascidos em 2006) e aqueles com até 15 anos (nascidos em 2002) podem se inscrever na categoria infanto-juvenil. Os pais ou responsáveis pelos menores de 18 anos têm que preencher uma declaração de autorização de uso da imagem da criança ou adolescente anexada à ficha de inscrição.

O regulamente ainda prevê que não será permitida a troca de música após a inscrição. Os candidatos devem inscrever, obrigatoriamente, com músicas nacionais, interpretadas na língua portuguesa.

E os ensaios musicais acontecerão a partir das 8h às 17h no dia das eliminatórias de cada categoria que o candidato estiver participando.

PRÊMIO

Os três colocados das categorias mirim e infanto-juvenil, além de troféu, ganharão dinheiro como prêmio. Os vencedores levarão R$ 500; os vices, R$ 300; os candidatos que ficarem em 3º lugar receberão R$ 200. Já os primeiros, segundos e terceiros lugares nas outras quatro categorias receberão R$ 700, R$ 450 e R$ 250 respectivamente.

A comissão julgadora das eliminatórias avaliará o ritmo, a afinação e a desenvoltura do candidato. Outras informações sobre o festival podem ser obtidas no site da prefeitura ou no prédio da secretaria municipal de Educação e Cultura.

Apresentação

Dia 25 de agosto se apresenta a categoria Mirim, infanto-juvenil, gospel e gauchesca. Já no dia 26 de agosto será a vez das categorias Sertanejo e popular. E a grande final será no dia 27 de agosto. Na sequência das apresentações, o público ficará com grandes shows artísticos gauchesco.

Assessoria de Comunicação
Prefeitura de Candói - PR