domingo, 31 de dezembro de 2017

Veículo da Saúde de Bituruna sofre acidente na região de Lapa


Um veículo da Fundação Municipal de Saúde da cidade de Bituruna se envolveu em um acidente na manhã deste domingo, dia 31, na rodovia BR-476, na região de Lapa.

Conforme informações, o acidente ocorreu por volta das 08h10, no quilômetro 240, próximo à entrada para a localidade de Carqueja.

No veículo Renault Sandero de cor branca, estava apenas o motorista Valdir Gonçalves, de 39 anos, o qual foi socorrido e encaminhado para o Hospital da cidade de São Mateus do Sul.

Segundo informações, ele está bem, e sofreu apenas escoriações. Conforme a Polícia Rodoviária Federal, o veículo de Bituruna teria colidido na lateral de um caminhão e capotou em seguida. A PRF não passou detalhes sobre o caminhão envolvido no acidente. O veículo estava indo para a Capital do Estado buscar pacientes que deram alta nas unidades hospitalares de Curitiba na manhã deste domingo.



Mega da Virada sorteia recorde de R$ 306 milhões para 17 apostas



A Caixa Econômica Federal realizou na noite deste domingo (31) o sorteio da mega-sena da virada e vai pagar o maior prêmio de uma loteria já registrado na história do Brasil: R$ 306.718.743,71 milhões.

Os números sorteados no concurso número 2.000 foram: 03 - 06 - 10 - 17 - 34 - 37
De acordo com a Caixa, 17 apostas vão dividir o prêmio. Os ganhadores são de Cruz das Almas (BA), Prado (BA), Uruçu (BA), Carmo do Cajuru (MG), Contagem (MG), Belém (PA), Rio Azul (PR), São João do Triunfo (PR), Rio de Janeiro (RJ), Seropédica (RJ), Brusque (SC), Guarulhos (SP) e São Paulo (SP). 

Cada aposta ganhadora vai levar R$ 18.042.279,04.

A quina teve 4862 apostas ganhadoras, e cada uma ganhou R$ 10.565,03. A quadra pagará R$ 423,12 e teve 173.428 apostas ganhadoras.

Em Guarulhos (SP), foram dois bilhetes premiados. Em São Paulo, foram quatro apostas ganhadoras.

Fonte: UOL

Motorista paraguaio desobedece ordem de parada e atropela policial rodoviário



Um policial rodoviário federal ficou ferido após ser atropelado por um motorista paraguaio na madrugada deste domingo (31) na Ponte Internacional da Amizade, em Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o condutor conduzia uma caminhonete roubada e desobedeceu a ordem de parada e avançou com o veículo na direção do policial.

Pouco tempo depois, o motorista foi detido por seguranças da aduana brasileira. Tanto os seguranças quanto turistas que circulavam pela área de imigração da Polícia Federal (PF) quase foram atingidos pelo veículo, que estava em alta velocidade, ainda segundo a PRF.

O condutor preso deve responder pelos crimes de tentativa de homicídio, resistência e receptação. A caminhonete que ele conduzia havia sido furtada horas antes, em Foz do Iguaçu.

O policial atingido foi internado, teve uma fratura na perna esquerda e está estável.

Fonte: G1 - PR

Presos fogem da carceragem da Delegacia de Prudentópolis


Dezessete presos fugiram da carceragem da Delegacia de Prudentópolis durante a madrugada deste domingo, 31. 

De acordo com informações da Polícia Civil, a fuga ocorreu por volta de 01 hora da manhã. Os presos construíram um túnel que passa debaixo do corredor de acesso às celas e ao solário da delegacia. Eles fugiram por um terreno pertencente à Copel, que fica ao lado da Delegacia.

Nomes dos fugitivos:
  1. EDSON JOSUE BERGER
  2. JEFERSON RODRIGO FRANCZUK OLIVEIRA 
  3. MARCOS AURELIO OLIVEIRA
  4. DAVYD ALEX ZDEBSKI
  5. JULIANO BEREZOSKI
  6. LUCIANO PANKEVETCH 
  7. TADEU MAZEPA JUNIOR
  8. DIEGO RICARDO DUBEK NASCIMENTO
  9. GUSTAVO THIERRY DOS SANTOS KRUSTCH 
  10. JOACIR MACHADO
  11. MARCOS FERNANDES 
  12. JEFERSON LEITE DOS SANTOS
  13. MARCIO DE FREITAS 
  14. MARCOS MALITZ
  15. ADAIR JOSÉ KOMINSKI
  16. DAVID WENDY LINDOLFO 
  17. IGOR LUIZ MEDEIROS
Fonte: www.radionajua.com.br com Rádio Copas Verdes FM

sábado, 30 de dezembro de 2017

Cooperativa Agrária compra corretora uruguaia e vai atuar em toda a América Latina

Ao todo, foram adquiridos 80% do controle acionário da uruguaia Rewir S.A.; meta é abrir as portas e ampliar a participação dos produtos da cooperativa no mercado internacional

A Cooperativa Agrária, de Entre Rios (distrito de Guarapuava), anunciou ter adquirido 80% do controle acionário da empresa uruguaia Rewir S.A. (BMS - Brewing and Malting Services), sediada em Montevidéu e que atua como corretora de grãos e cereais em diversos mercados da América Latina.

Segundo a assessoria de imprensa da Agrária, as duas empresas já eram parceiras e, agora, depois de aproximadamente um ano, concretizaram as negociações para a venda da Rewir S.A., que passa a se chamar BMS Agrária Internacional. O valor do acordo não foi divulgado.

A sede continua na capital do Uruguai, sendo que, com a oficialização da documentação de transferência, a administração será compartilhada a partir de 1º de janeiro de 2018. O atual sócio-proprietário da Rewir S.A., Gustavo Acerenza, assume o cargo de diretor-presidente da BMS Agrária Internacional. Os negócios internacionais da continuarão a ser operados normalmente e o processo de transição será acompanhado por Acerenza durante todo o ano de 2018.

Ainda de acordo com a assessoria de imprensa da cooperativa paranaense, objetivo da parceria é abrir portas para a Agrária no mercado internacional “para todo o seu diversificado portfólio de produtos.” Para o Diretor Presidente da Agrária, Jorge Karl, a criação da BMS Agrária Internacional estabelece condições para uma presença internacional mais forte da cooperativa. “O investimento realizado na empresa uruguaia reafirma a nossa confiança no futuro do Brasil, do Mercosul e do cooperativismo”, afirmou em nota.

Sobre a Agrária

Sediada no distrito de Entre Rios, em Guarapuava (PR), a Agrária atua no estado por meio de diversas unidades: Agrária Malte, Agrária Farinhas, Agrária Nutrição Animal, Agrária Sementes, Agrária Óleo e Farelo e Agrária Grits e Flakes. Ao todo, são 600 cooperados, 1,5 mil trabalhadores e faturamento anual de R$ 2,7 bilhões (dados de 2016).

Sobre a Rewir S.A.

Com sede em Montevidéu, capital do Uruguai, a Rewir S.A. é uma corretora de grãos e cereais que atua em diversos mercados da América Latina. A empresa é um dos braços da seguradora internacional BMS Group, que atua na América Latina, no Canadá e na Austrália.

Dez presos fogem da cadeia em Guarapuava; dois já foram recapturados



Dez presos fugiram da Cadeia Pública de Guarapuava, anexa à 14ª SDP, na madrugada deste sábado (30).

A fuga foi constatada por volta das 04h50, quando equipes da Polícia Militar foram acionadas para evitar que mais presos fugissem e recapturar os foragidos. Os detentos fugiram por um buraco na parede e pelo teto da cadeia.

A grande movimentação policial chamou a atenção dos moradores próximos à 14ªSDP.

Até às 11h deste sábado, dois dos foragidos haviam sido recapturados pela Polícia Militar.

FORAGIDOS

– Cleverson Martins Alves;

– Fabio Ricardo Tavares;

– Felipe Santos Antunes;

– Rogério José de Lara;

– Renato Ciribeu da Silva;

– Robson Luiz de Souza;

-João Carlos Rezende dos Santos;

– Rafael Uchak.

FORAM RECAPTURADOS

– Robson Pitleski Silva;

– Claudinei Cardoso.

Fonte: RSN

sexta-feira, 29 de dezembro de 2017

Salário mínimo terá reajuste menor que o esperado em 2018



O salário mínimo subirá de R$ 937 para R$ 954 em 1º de janeiro de 2018, o que equivale a um aumento de 1,81%. O valor consta de decreto assinado pelo presidente Michel Temer, que deve ser publicado em edição extra do Diário Oficial da União ainda nesta sexta-feira (29).

Trata-se do menor reajuste nominal (sem considerar a variação da inflação) do salário mínimo desde o início do Plano Real.

O reajuste de 1,81% é inferior à inflação acumulada em 12 meses pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) – de 1,95%, segundo a última medição, referente a novembro. A expectativa média do mercado para o INPC acumulado de janeiro a dezembro de 2017, que será divulgado apenas em janeiro, é de 2,16%.

O novo valor também ficou abaixo da estimativa de R$ 965 que consta do Orçamento de 2018, aprovado pelo Congresso Nacional.

A explicação do governo

Segundo o Ministério do Planejamento, o reajuste de 1,81% leva em conta a previsão da Secretaria de Política Econômica (SPE) do Ministério da Fazenda para o INPC de 2017, que é de 1,88%.

Houve, ainda, um arredondamento para baixo como forma de compensar o reajuste concedido em 2017. Naquela ocasião, o governo anunciou novo valor com a previsão de inflação que se confirmou ligeiramente inferior. Isso gerou aumento extra – acima da inflação – de R$ 1,41.

Agora, informa o Planejamento, está ocorrendo a compensação para baixo. Esse instrumento é previsto na legislação que cita que “eventuais resíduos serão compensados no reajuste subsequente”.

O Planejamento informou ainda que a queda das estimativas do próprio governo para o mínimo – que inicialmente eram de R$ 979 e caíram para R$ 969 e depois R$ 965 – é explicada pela surpresa com a inflação mais baixa. Quando o governo elaborou o Orçamento de 2018, a previsão de inflação era de 4,6%.

Economia de R$ 3,4 bilhões


O Ministério do Planejamento estima que o novo valor do salário mínimo gerará impacto fiscal positivo de R$ 3,442 bilhões no ano de 2018 na comparação com a primeira estimativa feita pela própria equipe econômica no Projeto de Lei 

Orçamentária Anual (PLOA).

A maior economia acontecerá na Previdência, cuja conta do ano será R$ 2,439 bilhões menor que a estimada com o salário mínimo de R$ 979. Haverá, ainda, economia de R$ 577 milhões no Orçamento previsto para pagamento de benefícios de abono salarial e seguro-desemprego. A conta dos programas da Lei Orgânica da Assistência Social (LOAS) e Renda Mensal Vitalícia (RMV) deverá ficar R$ 426 milhões menor no próximo ano, estima o Planejamento.

Fórmula de reajuste

Por lei, o salário mínimo é corrigido pelo INPC do ano anterior mais o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) de dois anos antes.

Quando a economia encolhe, a “contribuição” do PIB nessa fórmula é de zero. É o caso do salário mínimo em vigor a partir de 1º de janeiro, que levou em conta o desempenho econômico de 2016, quando o PIB despencou 3,46%. A remuneração, portanto, foi reajustada apenas com base no INPC de 2017.

A questão é que o ano ainda não acabou, e portanto não se sabe qual foi o INPC acumulado de janeiro a dezembro. O índice fechado será divulgado apenas em janeiro, e isso deu ao governo a liberdade de estimar qual foi a variação da inflação.

Derretimento

Como a tendência é de aceleração da inflação em 2018, o poder aquisitivo do trabalhador remunerado pelo salário mínimo cairá mais rápido que o habitual.

As projeções de consultorias e bancos indicam que o INPC será de 4,03% no ano que vem. Para o IPCA, que é considerado a “inflação oficial” por servir de baliza para o regime de metas do Banco Central, a expectativa é de 3,96% em 2018.

Após 15 km de fuga, PRF recupera veículo roubado e prende contrabandista

Vídeo:

Na manhã desta sexta-feira (29), por volta de 9h30, equipes da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Polícia Civil e Polícia Militar iniciaram em Cascavel (PR) um acompanhamento tático a um veículo Toyota SW4, com placas de Capinzal (SC).

O acompanhamento começou na BR-369 e durou cerca de 15 quilômetros, até chegar ao Trevo Cataratas.

O condutor do veículo realizou diversas manobras perigosas, jogando inclusive outros veículos para fora da pista, entre eles um caminhão.

Por fim, o veículo colidiu em uma defensa metálica e o motorista tentou fugir a pé para uma região de mata próxima ao trevo.

Perseguido pelas equipes policiais, ele foi capturado próximo ao bairro Presidente.

O condutor é um homem de 23 anos de idade e disse que havia carregado o veículo em São Miguel do Iguaçu (PR) e o levaria para Curitiba.

O veículo estava carregado com aproximadamente 28,5 mil maços de cigarro de origem estrangeira. Os policiais fizeram a identificação veicular no Toyota e constataram que o veículo portava placas frias.

A placa original é da cidade de Blumenau (SC), local onde o carro havia sido roubado, no dia 1º de outubro deste ano.

A ocorrência foi encaminhada para a Delegacia da Polícia Federal em Cascavel.

Texto: Nucom/PR, com informações da BDCom/Cascavel

Fonte: PRE



Acidente entre carro e carreta deixa um morto e um ferido na PR-323



Uma mulher de 51 anos morreu em um acidente envolvendo um carro e uma carreta, por volta das 8h desta sexta-feira (29), na PR-323, entre Tapejara e Cianorte, no noroeste do Paraná, segundo a Polícia Rodoviária Estadual (PRE). O motorista do caminhão ficou ferido e foi encaminhado a um hospital de Cianorte.

Ivanete Alves estava sozinha no carro e seguia para Cianorte, onde trabalhava como agente de cadeia. De acordo com a Polícia Civil, ela morava em Cruzeiro do Oeste e fazia o trajeto, de aproximadamente 60 km, com frequência.

A PRE apura se o carro invadiu a pista contrária e bateu de frente com a carreta.

Com a batida, a carreta parou com as rodas para cima e o motorista ficou preso às ferragens. Ele foi retirado pelo Corpo de Bombeiros.

Parte da carga do caminhão, um tipo de cerâmica, ficou espalhada na pista. A rodovia chegou a ser totalmente interditada para limpeza e retirada dos veículos, e o congestionamento no local chegou a 3 km, segundo a PRE.

A chuva forte que caiu na região no fim da manhã atrapalhou o trabalho do Corpo de Bombeiros e da polícia.

(Foto: Raphael Costa/RPC)

Fonte: G1 - PR


PRF fará abordagens educativas na saída para o feriado de Ano Novo



Policiais rodoviários federais estarão presentes em diversos pontos do Paraná nesta sexta-feira (29), véspera do feriado prolongado de Ano Novo, realizando abordagens educativas direcionadas a passageiros de ônibus de viagem.

Nessas abordagens, as equipes da PRF farão palestras rápidas aos passageiros dos ônibus sobre a importância de uso do cinto de segurança.

Em Curitiba, a ação acontece pela manhã, na Estação Rodoferroviária, das 9 horas às 11h30. Em Ponta Grossa, à tarde, entre 15 e 17 horas, também na rodoviária local. E em Foz do Iguaçu, a partir das 14 horas, nas imediações da Ponte da Amizade, fronteira com o Paraguai.

Em caso de acidente, o cinto, quando utilizado, evita que o passageiro seja arremessado contra partes internas do ônibus, contra outros passageiros ou mesmo para fora do veículo.

Desde 2005, uma resolução da ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) obriga que, antes de cada viagem, os motoristas de linhas interestaduais e internacionais informem os passageiros sobre a obrigatoriedade do uso do cinto.

Uma pesquisa realizada também em 2005 pelo programa SOS Estradas apontou que apenas 2% dos passageiros de ônibus disseram usar o dispositivo.

Cadeirinha para crianças

A PRF também fará abordagens direcionadas de veículos que transportam crianças em carros de passeio.

Entre os locais onde será realizado essa fiscalização do uso da cadeirinha estão a Unidade Operacional Wanser, na BR-277, em São José dos Pinhais, e a Unidade Operacional Marialva, na BR-376, região norte do estado [_horários abaixo_].

Desde janeiro, a PRF flagrou 2.025 pais ou responsáveis transportando crianças sem cadeirinha no Paraná. Em 2016, haviam sido emitidas 1.301 autuações desse tipo.

Classificada como gravíssima pelo Código de Trânsito, a infração custa R$ 293. São sete pontos na carteira de habilitação. E o veículo é retido até a regularização.

Crianças com até 1 ano de idade devem ser transportadas no bebê-conforto. Entre 1 e 4 anos, na cadeirinha. Dos 4 aos 7 anos e meio, no assento de elevação. Entre 7 anos e meio e dez anos de idade, a criança pode usar apenas o cinto de segurança, no banco traseiro.

Os equipamentos de retenção destinados a crianças devem ter o certificado do Inmetro. Os pais ou responsáveis devem seguir sempre as instruções que constam do manual do fabricante.

O balanço da Operação Ano Novo da PRF será divulgado na manhã de terça-feira (2). Durante a operação, que começa à zero hora desta sexta-feira (29), a PRF irá priorizar o controle de velocidade com radares portáteis, o combate à embriaguez ao volante e a fiscalização de ultrapassagens proibidas.

Fonte: PRF

MEI terá novo limite e menos ocupações a partir de 2018; saiba tudo o que muda


A partir de 1.º de janeiro de 2018, novas regras passam a valer para o Microempreendedor Individual (MEI). O teto de faturamento anual foi ampliado, para R$ 81 mil, e há uma série de novas ocupações permitidas, como de apicultor. E três categorias foram eliminadas, entre elas a de personal trainer. Novas regras também para quem trabalha em salão de beleza.

O teto de faturamento do Microempreendedor Individual foi ampliado em 35%. Passa a ser de R$ 81 mil (média de R$ 6,75 mil mensais), em 2018. Pela regra antiga, o limite era de R$ 60 mil (cerca de R$ 5 mil mensais). 

A mudança dá uma "sobrevida" a quem está perto da fronteira e quer se manter como MEI, explica a coordenadora tributária da Sage Brasil, Andréa Teixeira Nicolini. O Microempreendedor Individual paga impostos mais baratos e mais facilmente do que outras modalidades de obter um CNPJ, como o Simples. 

Chance para quem extrapolou o teto 

Quem excedeu o teto antigo em 2017 vai poder se manter como MEI mediante pagamento de multa. Quem extrapolou os R$ 60 mil em até 20% (recebeu até R$ 72 mil) vai pagar um porcentual em cima do valor que ficou acima. 

Já quem extrapolou os 20% (entre R$ 72 mil e R$ 81 mil) vai pagar multa sobre o faturamento total. E terá que informar a Receita Federal, por meio do Portal do Simples Nacional, o desejo de se manter como MEI. Nos dois casos, a taxa é de 4% para o comércio, 4,5% para indústria e 6% no setor de serviços.

A gerente de conteúdo da Avalaram Silvania Mendes, ressalta que os microempreendedores que forem desenquadrados passam a recolher tributos pela regra geral do Simples Nacional, a partir da data de início do desenquadramento.

Inclusão de novas ocupações 

Doze ocupações foram autorizadas a integrar o MEI, a partir de 2018. Oito delas são relacionadas à agricultura e agronegócio, como a de apicultor e de cerqueiro. Destas, cinco novas ocupações do MEI são para prestador de serviço sob contrato de empreitada, para executar ações como roçagem, semeadura e preparação de terrenos. 


"Estas atividades terão que ser exercidas de forma independente. O que o governo quer dizer com isso é que a ocupação deve ser exercida pelo próprio titular. E que este empreendedor não pode ter relações com o empregador do que chamamos de vínculo empregatício", explica a consultora tributária Andréa Nicolini, da Sage. 

Confira todas as ocupações incluídas no MEI em 2018: 

Apicultor independente; cerqueiro independente; locador de bicicletas, independente; locador de material e equipamento esportivo, independente; locador de motocicleta sem condutor independente; locador de videogames, independente; viveirista independente; prestador de serviço de colheita, sob contrato de empreitada, independente; prestador de serviço de poda, sob contrato de empreitada, independente; prestador de serviço de preparação de terrenos, sob encontrado de empreitadas, independente; prestador de serviço de roçagem, detocamento, lavração, gradagem e sulcamento, sob contrato de empreitada, independente; e prestador de serviço de semeadura, sob contrato de empreitada, independente. 

Profissões excluídas do MEI 

Quem trabalha como contador, arquivista e personal trainer deixa de ter direito ao MEI, a partir de 2018. As profissões foram suprimidas, e quem atua como Microempreendedor Individual vai precisar pedir desenquadramento no Portal do Simples Nacional. 

A ocupaçõa de guincheiro independente passa a ter incidência simultânea de ICMS e ISS a partir de 2018. 

Profissionais de salão de beleza 

O Comitê Gestor do Simples Nacional também institui novas regras para os profissionais de salão de beleza que trabalham em sistema de parceria. A partir de agora, os salões ficam obrigados a descrever na nota fiscal o valor gasto com produtos e quanto é devido à cota do profissional. 

Já os profissionais devem emitir nota fiscal relativa ao valor das cotas-parte recebidas por ele. Para isso será preciso ter um CNPJ, que pode ser de Microempreendedor Individual ou de microempresa. 

Os valores repassados aos profissionais não serão contabilizados na receita bruta do empreendimento. Os salões não podem ser enquadrados como MEI. 

A regra vale apenas para salões e profissionais em sistema de parceria (modelo regulamentado em lei que entrou em vigor em janeiro de 2017). Não inclui salões que tenham funcionários contratados em seu quadro.

Mudanças também no Simples Nacional

Há regras novas também para as empresas integrantes do Simples Nacional, em 2018. O faturamento máximo passa a ser de R$ 4,8 milhões anuais (antes era de R$ 3,6 mi). O Simples é uma forma resumida de tributação, que unifica oito tributos em uma única guia de pagamento. 

A fórmula de cálculo do imposto foi totalmente reformulada. Agora, além de uma porcentagem incidir sobre o faturamento, há um fator redutor, similar ao do Imposto de Renda. Agora são apenas seis faixas de cobrança (antes eram 20). 

A tendência é que o valor total de imposto fique maior para as empresas que faturam mais; e menor, para as que ganham menos. Mas isso não é uma regra. 

Veja como ficam as tabelas e alíquotas do Novo Simples Nacional, conforme segmento: Clique aqui

AGRICULTORES DE PRUDENTÓPOLIS ESTÃO TENDO PREJUÍZOS COM A SAFRA DE FEIJÃO



Agricultores de várias regiões de Prudentópolis estão tendo grandes prejuízos na lavoura de feijão devido as chuvas intensas dos últimos dias. Segundo os agricultores o feijão está brotando (nascendo) dentro da bainha dos pés de feijão. Também relatam que o feijão está amadurecendo de forma irregular, enquanto uns pés estão maduro outros estão verdes. Devido a chuva as sementes que ficam dentro das bainhas ficam molhadas, quando esquenta o sol o feijão nasce ainda dentro da bainha. Muitos agricultores relataram que perderam grandes lavouras de feijão devido ao nascimento das sementes antes da colheita. Recentemente a cidade de Prudentópolis também foi atingida por uma forte chuva de granizo onde vários agricultores perderam toda a lavoura de fumo, feijão, milho e soja.
As fotos que estão na matéria é de uma lavoura na localidade de Linha Piquiri.

quinta-feira, 28 de dezembro de 2017

Oportunidade única

Clique na imagem para ampliar


É com imenso prazer que estamos trazendo para a cidade de Ivaiporã, o Pólo da Universidade de Araras ( UNAR). Com Cursos reconhecido pelo MEC. E preços super acessível para você que sempre sonhou em fazer uma faculdade. Curso de 1º Graduação a partir de 160,27 e 2ª Graduação R$ 189,00. Para mais informações entre em contato conosco.

WhatsApp (43)99628-2272

Francieli (43)99609-2780

Francielton (43) 99984-5299 

Rafael (43) 99920-0671.

Acidente com três veículos deixa quatro pessoas feridas em Guarapuava



Um acidente envolvendo três veículos deixou quatro pessoas feridas na BR-277, na região central do Paraná. A batida aconteceu por volta das 10h desta quinta-feira (28), na região de Guarapuava, no km 351,8 da rodovia.

Dois dos feridos, segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), tiveram lesões graves. As outras vítimas não se feriram gravemente e foram liberadas no local do acidente.

Os dois feridos graves – um homem de 36 anos, que dirigia um dos carros, e o filho de três anos – foram encaminhados para um hospital de Guarapuava. De acordo com a PRF, o automóvel em que eles estavam colidiu contra os dois veículos ao sair de um posto de combustíveis.

Fonte: G1 - PR


PM prende homem com mandado de prisão no Distrito do Guará


Na manhã dessa quinta (28) a equipe policial do Distrito do Guará – Guarapuava recebeu informação de que um cidadão de Santa Catarina, a princípio teria um mandado de prisão em aberto e estaria na residência de seu pai no Guará, em consulta ao sistema sesp internet a equipe identificou um mandado de prisão expedido pela comarca de Laranjeiras em desfavor do cidadão de 34 anos. Diante das informações a equipe iniciou diligência para abordagem do suspeito logrando êxito na abordagem do veículo do mesmo, realizado busca pessoal e veicular, nada de ilícito sendo encontrado, porém diante do mandado de prisão em aberto, a equipe deu voz de prisão ao cidadão, sendo encaminhado para 14° delegacia de polícia civil de Guarapuava para procedimentos legais cabíveis.

Cavalo com tornozeleira eletrônica é flagrado em Ponta Grossa



Um cavalo com uma tornozeleira eletrônica foi flagrado no Jardim Ibirapuera, em Ponta Grossa, nos Campos Gerais, na manhã desta quinta-feira (28). A polícia acredita que algum preso do regime aberto retirou o equipamento e colocou no animal para enganar o sistema de monitoramento.

Segundo os moradores, o animal estava abandonado e vagando pelas ruas do bairro há alguns dias. A polícia ainda não tem informações sobre o dono.

A reportagem entrou em contato com o Departamento Penitenciária do Paraná (Depen), mas até o momento não deu retorno sobre o caso.
Atualização

Em nota: a Secretaria da Segurança Pública e Administração Penitenciária informa que foi notificada e está investigando o caso junto com equipes do Departamento Penitenciário do Paraná e da Polícia Militar. 

Sobre a tornozeleira em questão, trata-se de um equipamento que foi desativado em fevereiro deste ano e, por conta da falta de bateria, a Secretaria não conseguiu apreender o aparelho. Sobre o detento, ele perdeu o benefício e cumpre pena em regime semiaberto.

Informamos que atualmente são 397 monitorados por tornozeleiras eletrônicas em Ponta Grossa.

Ressaltamos que os indivíduos são monitorados 24 horas por dia por agentes penitenciários capacitados que atuam na Central de Monitoramento do Depen e também no Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), da Secretaria da Segurança Pública e Administração Penitenciária.

O indivíduo que recebe o benefício da tornozeleira eletrônica é monitorado dia e noite e não pode tirar o equipamento para dormir e nem para tomar banho. Tampouco pode ultrapassar uma área restrita determinada pela Justiça - caso o faça, o dispositivo com tecnologia GPS vibra, emite sons de alerta e comunica a violação à central de monitoramento.

Todas as vezes em que há rompimento do lacre da tornozeleira ou desligamento (seja provocado ou por falta de bateria) um sinal é acionado no Centro Integrado. Os agentes entram em contato com o monitorado para que o equipamento seja corretamente usado. Caso seja caracterizado alguma violação das condições impostas, o Depen comunica imediatamente o Judiciário, um novo mandado de prisão é expedido e os detentos perdem o benefício e regridem no regime prisional.

Fonte: Massa News

Saiu o sorteio de mais duas motos e dois carros da Campanha Natal Sonho Dourado



No último sábado (23), foi realizado o oitavo sorteio da Campanha Natal Sonho Dourado, realizado pela Caixa Econômica Federal, os ganhadores foram revelados no dia 26. Foram sorteados 2 Renault Kwid 0 Km e 2 Motos 0 Km.

O próximo e último sorteio da Campanha, será realizado no dia 10/01/2018, onde será sorteado 1 CAMIONETE S10 0KM!!! 

Não perca esta chance, compre no comércio participante em Turvo, cadastre sua rasgadinha e concorra!

Confira os ganhadores:














Fonte: ACET

Governo aumenta em R$ 2,23 bilhões as transferências aos municípios



O Governo do Estado aumentou em R$ 2,23 bilhões o volume de recursos repassados aos 399 municípios paranaenses em 2017, na comparação com o exercício anterior. Até o fim de dezembro a estimativa da Secretaria da Fazenda é de que as transferências alcancem R$ 11,86 bilhões, ante R$ 9,63 bilhões de 2016. O valor representa um crescimento de 23% de um ano para outro.

Neste ano, houve um salto de 185% nas transferências voluntárias, que são os repasses feitos a municípios e entidades por meio de convênios, acordos ou ajustes, com a finalidade de realizar obras e serviços. Os valores empenhados até dezembro alcançam R$ 1,68 bilhão, contra R$ 591 milhões em 2016, uma diferença de R$ 1,09 bilhão.

“Neste ano, ampliamos a capacidade de investimento do Estado e formalizamos parcerias quase que semanalmente com as prefeituras, atendendo praticamente todos os municípios com recursos para obras e ações para melhoria da qualidade de vida da população”, afirma o governador Beto Richa. “Conseguimos destinar este volume de recursos graças ao ajuste fiscal iniciado há dois anos”.

O maior montante, cerca de R$ 500 milhões, foi transferido para infraestrutura urbana, que abrange investimentos e manutenção nos municípios. Os recursos foram usados em obras de pavimentação e recape, calçamento, postos de saúde e praças, além de aquisição de equipamentos. O incremento na área foi de 366%.

A saúde também recebeu atenção especial, com repasses de R$ 457 milhões, 88% mais que em 2016. Os valores foram transferidos como forma de auxílio aos fundos municipais e foram empregados na atenção básica à saúde, além de assistência hospitalar e ambulatorial, suporte profilático e terapêutico e vigilância epidemiológica.

Na área de infraestrutura e logística o aumento nas transferências voluntárias foi de 815% - passou de R$ 31,7 milhões para R$ 289,8 milhões – e os recursos foram destinados para obras em estradas. Houve também aumento de 3.643% nas transferências para a área de esporte e turismo, 1.036% para a de cultura, 464% para meio ambiente, 388% para segurança pública e 183% para desenvolvimento social.

LEGAIS – Em relação às transferências constitucionais e legais (veja box), os valores devem chegar a R$ 9,13 bilhões de janeiro a dezembro de 2017, o que representa crescimento de 11% sobre os R$ 8,21 bilhões repassados em 2016. A diferença para mais será de R$ 919 milhões.

O repasse extra de ICMS feito pelo Governo do Paraná em janeiro, no valor de R$ 431,2 milhões, contribuiu para o resultado. Além disso, as transferências para o Fundeb Municipal cresceram 26% em 2017, passando de R$ 828,4 milhões, no ano passado, para R$ 1,045 bilhão em 2017, um aumento de 26% milhões.

“Todas as áreas foram beneficiadas e, em um ano difícil, esses valores ajudaram os prefeitos a manter as contas em dia”, avalia o secretário da Fazenda, Mauro Ricardo Costa. “O ajuste fiscal feito pelo Governo beneficiou também os municípios, porque parte do que o Estado arrecada é transferido para eles”, acrescenta, citando que 50% do IPVA e 25% do ICMS são repassados aos municípios.

Transferências legais e constitucionais:

. ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços)

. IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores)

. IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados)

. Cide (Contribuições de Intervenção no Domínio Econômico)

. Fundeb Municipal (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica)

. Royalties

Fonte: AEN

Homem de 55 anos é preso suspeito de abusar sexualmente da mãe


Um homem de 55 anos foi preso suspeito de abusar sexualmente da mãe, que tem 88 anos, em Moreira Sales, na região noroeste do Paraná, por volta das 21h desta quarta-feira (27).

Segundo a Polícia Militar (PM), uma vizinha da família ouviu os gritos da idosa pedindo para que o filho parasse e acionou a polícia. O homem foi autuado em flagrante.

A vítima prestou depoimento, mas não quis registrar queixa contra o filho.

Fonte: G1 - PR

quarta-feira, 27 de dezembro de 2017

Táxi pega fogo com motorista dentro e cilindro de gás não explode

Vídeo:


Um grande susto na manhã desta quarta-feira (27) no bairro Batel, em Curitiba. Um táxi pegou fogo com o motorista dentro, no momento em que ele ligava o carro, na Rua Benjamin Lins, em frente ao Shopping Crystal. Em segundo, o fogo tomou conta do veículo Logan e o taxista conseguiu escapar com algumas queimaduras no corpo. Alexandre Santi, de 46 anos, foi socorrido e encaminhado ao Hospital Evangélico, sem risco de morte. Mesmo com o fogo alto, um cilindro de gás natural, localizado no porta-malas, não explodiu.

O tio do proprietário do táxi, Daniel Vince, estava no local para dar auxílio ao motorista, já que o veículo não funcionava. Na hora do fogo, ele estava do lado de fora e contou como tudo aconteceu. “O carro não pegava, mexemos na bateria e fizemos uma ‘chupeta’. O Alexandre, motorista, entrou e deu a ignição. Foi aí que deu uma explosão. Acho que a bomba de combustível explodiu. Sorte que ele saiu a tempo e sofreu só algumas queimaduras. Foi feio, mas logo os bombeiros chegaram”, contou Vince.

A área da Benjamin Lins (continuação da Avenida do Batel) ficou isolada até os bombeiros conseguirem apagar o fogo. O carro ficou totalmente destruído, mas, por incrível que pareça, felizmente o cilindro de gás natural ficou intacto.

Segundo o tio do proprietário, o carro tem seguro contra terceiros e também um seguro da Associação dos Taxistas.


Contribuintes do Paraná começam a pagar o IPVA 2018 em 10 de janeiro; à vista desconto será de 3%



Os contribuintes do Paraná começarão a pagar o Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) 2018 a partir de 10 de janeiro.

De acordo com o governo estadual, o desconto para quem pagar à vista será de 3%.


Alíquota

A alíquota da maior parte da frota, conforme o governo estadual, vai ser de 3,5%, mesmo valor deste ano.

Ônibus, caminhões, veículos de carga, de aluguel ou que usam gás GNV pagam 1%. Veículos que pertencem à União, a estados e a municípios são isentos do imposto. Para táxis, ônibus de transporte urbano, para deficientes, destinados ao transporte escolar e os fabricados antes de 1998 são insentos.

O governo estadual informou que pode arrecadar R$ 3,2 bilhões com o IPVA.

Cálculo

O cálculo do IPVA é feito com base no valor de venda do veículo, descrito na tabela Fipe. Para calcular, é preciso aplicar a alíquota sobre o valor de venda.

Confira o exemplo abaixo:

Valor de venda do veículo: (exemplo: R$ 20.050)

Alíquota: 3,5%

Cálculo: 20.050 x 0,035 (R$ 701 é o valor que será cobrado no IPVA)

Vencimentos

O calendário para cota única começará em 10 de janeiro. Em 2017, 28,5% dos donos de veículos pagaram o imposto à vista, segundo o governo estadual.

Já o vencimento da primeira cota – para aqueles que optarem pelo parcelamento – será em 22 de janeiro. É possível pagar em três parcelas, sem o acréscimo de juros, nos três primeiros meses do ano.

A tabela


Créditos do 'Nota Paraná'

Quase 105 mil contribuintes usaram créditos do programa estadual "Nota Paraná" para abater o valor integral do IPVA 2018.

A média do resgate foi de R$ 126 por pessoa, de acordo com o governo estadual. Ao todo, 104.870 contribuintes usaram R$ 13.216.803,21. O prazo para resgatar os créditos acabou em 30 de novembro.

Fonte: G1 - PR