terça-feira, 11 de abril de 2017

Câmara de Turvo aprova projeto para Implantação de Unidade de Conservação Ambiental


Na Sessão Ordinária do último dia 10 de Abril, a Câmara Municipal de Turvo aprovou dois projetos de lei de grande importância para o Município que dispõe sobre a aquisição de imóvel rural, com o objetivo de implantação de duas UNIDADES DE CONSERVAÇÃO MUNICIPAL DE PROTEÇÃO INTEGRAL, sendo uma delas na região de Rio Bonito, com área total de 392,7327 hectares, onde será definida como sendo a “Estação Ecológica Municipal Rio Bonito” e outra com área total de 306,5997 hectares localizada na localidade de Passo Escuro, que será denominada como Estação Ecológica Municipal “Felippe Paulo Rickli”.

O objetivo das Estações Ecológicas é a conservação das florestas que ainda existem no Município, sendo inclusive que este, não irá desembolsar nenhum valor para o pagamento dessas áreas, pois os valores serão pagos com o ICMS ecológico que as próprias áreas irão gerar.

Esteve presente na Sessão o senhor Otávio Manfio responsável pelo ICMS Ecológico do IAP da Unidade de Guarapuava que explanou sobre a grandiosidade do projeto para o Município e todos os detalhes para a implantação dos mesmos. Fizeram uso da palavra ainda o Prefeito Municipal de Mato Rico, senhor Marcel Mendes que contou sua experiência com a implantação destes projetos em seu Município e o Prefeito Municipal Jerônimo Gadens do Rosário que falou das expectativas com a criação das Unidades de Conservação.

Para o presidente da Câmara Eraldo Mattos, esses projetos é de suma importância para o crescimento do município, que além do retorno financeiro tem como objetivo preservar o meio ambiente, pois os vereadores não mediram esforços e aprovaram por unanimidade de votos. Turvo é conhecido como a terra dos pinheirais, que dentre as belezas possui uma considerável reserva de araucárias que precisam ser preservadas. 

Ouça o áudio da sessão no site www.camaraturvo.pr.gov.br

Otávio Manfio

Prefeito Marcel de Mato Rico - PR.

Prefeito Jerônimo


Nenhum comentário:

Postar um comentário