terça-feira, 31 de janeiro de 2017

Mostra com vencedores do 6º Prêmio Ibema Gravura segue em cartaz em Curitiba

Obras selecionadas estão expostas no Solar do Barão

          Segue em cartaz, até 26 de fevereiro, no Museu da Gravura Cidade de Curitiba, localizado no Solar do Barão, a exposição com as obras classificadas na sexta edição do Prêmio Ibema Gravura, promovido pela terceira maior produtora de papelcartão do país e um dos maiores players da América Latina. São 20 trabalhos classificados nesta sexta edição de realização. O concurso é o maior do gênero promovido pela iniciativa privada no país e destina-se aos estudantes de cursos superiores e de escolas de artes gráficas do Brasil e do exterior.
          A sexta edição contou com 164 obras inscritas, 122 trabalhos enviados e R$ 13 mil distribuídos entre os 10 primeiros lugares. As obras foram avaliadas por um júri composto por experts no assunto como a artista plástica e especialista em gravura Uiara Bartira, pelo designer e professor coordenador da ESPM Fabio Mestriner, a artista e professora Rossana Guimarães, e pela artista e coordenadora do Museu da Gravura de Curitiba Juliana Leonor Kudlinski.
          O primeiro colocado foi o artista Toni Cesar Graton, da UNESPAR - EMBAP com a obra “Fluxo Mental”. Segundo o estudante, o trabalho produzido para participar do concurso retrata o resultado de um pensamento que veio de uma pesquisa sobre a relação entre matéria e o pensamento (mente) e como são transformados. “Esta gravura em metal significa tudo o que aconteceu antes de mim para que eu possa saber o que eu sei hoje. A ideia é tratada como uma matéria a ser transformada”, detalha. Esta é a quinta vez que ele participa do concurso, que para ele é uma oportunidade para promover o trabalho. “Quando você constrói uma obra de arte, o alcance que ela vai ter depende de quem a criou, é preciso fazer a mensagem chegar às outras pessoas”, explica.
                                                           A segunda colocada foi Karen Axelrud, do Curso de História da Arte Conversas Ilustradas, do Rio Grande do Sul, com a obra “DM 10”. A Gravura em metal produzida especialmente para o prêmio é continuação de uma série de 32 trabalhos que foram expostos no Museu de Arte do Rio Grande do Sul (MARGS), em Porto Alegre. O desenho é feito com matrizes e se forma a partir do deslocamento das peças. Na sequência, com o terceiro lugar ficou Lucas Naganuma de Rezende, da Universidade de São Paulo, com a obra “Quatro Sois”. A gravura produzida com a técnica ponta seca mostra a paisagem de um lugar imaginário, onde não há dia nem noite.
                                                           A mostra pode ser visitada de terça a sexta-feira, das 9h às 12h e das 13h às 18h, e sábado e domingo, das 12h às 18h. A entrada é gratuita.


SERVIÇO:O que: Mostra 6º Prêmio Ibema Gravura
Quando: até 26 de fevereiro de 2017
Onde: Museu da Gravura Cidade de Curitiba - Solar do Barão
Endereço: Rua Presidente Carlos Cavalcanti, 533, Solar do Barão – Centro
Horário de visita: 9h às 12h e 13h às 18h (3ª a 6ª feira) e 12h às 18h (sábado e domingo
Entrada gratuita


Sobre a Ibema: Gerar valor de maneira sustentável por meio da fabricação e distribuição de produtos que conquistem a preferência dos clientes, contribuindo com iniciativas que favoreçam toda a cadeia, com a dedicação e preocupação de garantir o melhor resultado para a empresa e seus clientes. Esta é a missão da Ibema, fabricante de papelcartão, que permeia a sua atuação com base no conceito de foco do cliente. A empresa, fundada em 1955, é hoje um dos players mais competitivos da América Latina. Sua estrutura é composta por sede administrativa localizada em Curitiba, centro de distribuição direta em Araucária com área útil de 12 mil m2 e fábricas instaladas nos municípios de Turvo, no Paraná, e em Embu das Artes, em São Paulo, que juntas possuem capacidade de produção anual de 140 mil toneladas. Em seu portfólio, estão os melhores produtos, reconhecidos pela qualidade e performance na indústria gráfica. A empresa, que atualmente conta com aproximadamente 880 colaborares, possui unidades certificadas pela ISO 9001, pela ISO 14001 e pelo FSC (Forest Stewardship Council). Para mais informações sobre produtos e serviços, acesse o nosso site, disponível também nos idiomas espanhol e inglês:www.ibema.com.br.

Na Loja Jaci, você encontra toda linha de material escolar para volta às aulas


A Loja Jaci, está com uma grande variedade de materiais escolares: lindas mochilas, cadernos, lápis, e canetas em geral. Você também encontra caderno pedagógico, e todos os tipos de papéis necessários para os trabalhos da escola. Tudo o que você precisa para a volta as aulas está na Loja Jaci!

Ainda na Loja Jaci tem moda gaúcha e country, presentes, brinquedos, calçados, confecções, cama, mesa e banho. 

Avenida 12 de Maio, nº 73 Centro. Fone (42) 3642 – 2102 ou 3642 – 1317.

Clique na imagem para ampliar:








Ex-prefeito de Piên é preso em casa suspeito de mandar matar prefeito eleito dias antes da posse

Ex-prefeito de Piên carregou caixão e sentou na primeira fila em enterro de prefeito eleito; vídeo abaixo:


O ex-prefeito de Piên, Gilberto Dranka, preso na casa em que morava na manhã desta terça-feira (31), por envolvendo na morte do prefeito eleito da cidade, Loir Dreveck, de 52 anos, teve sangue frio durante toda a cerimônia de sepultamento do político, em dezembro do ano passado. Dranka sentou na primeira fila da missa de corpo presente, em Piên, deu entrevista emocionado (assista abaixo) e ainda carregou a alça do caixão de Dreveck.
A imagem acima, cedida à Banda B pelo Jornal O Repórter, mostra Dranka, ao lado da mulher, durante a cerimônia em homenagem a Dreveck. Casado e pai de três filhos, o político está envolvido no assassinato, que aconteceu no dia 17 de dezembro de 2016. A vítima foi baleada por um motociclista em uma rodovia de Santa Catarina quando viajava com a família. Dreveck chegou a ser internado, mas morreu três dias depois.
Dranka comandou Piên por oito anos e acabou escolhendo Dreveck como seu sucessor. Os dois estavam na mesma chapa durante as eleições municipais. A motivação para o crime ainda é um mistério, que deverá ser esclarecido em coletiva de imprensa na tarde de hoje.
Entrevista emocionada
Em entrevista ao Jornal O Repórter, no dia da missa de Dreveck, o ex-prefeito disse que lamentava a morte do ‘companheiro’, a quem apoiou durante as eleições. “Estamos tristes e chateados com o que aconteceu. Agora precisamos descobrir quem foi o autor dos fatos”, afirmou.
Ainda na entrevista, Dranka falou com carinho sobre o amigo. “Tivemos um contato diário, visitas em Brasília e Curitiba. Todo mundo sabe a excelente pessoa que ele era. A gente conviveu muito bem nestes dias e depois da corrida veio a vitória e muita vontade de fazer a diferença, mas agora isso aconteceu”, disse à época.

Assista a entrevista abaixo:

Notícias Relacionadas:
Fonte: Band B 

SARGENTO HARTMANN DO 16º BPM É DESTAQUE EM PROVA DE ORIENTAÇÃO NA CIDADE HISTÓRICA DA LAPA

Sargento Hartmann que responde pelo Destacamento da Polícia Militar de Turvo e da Palmeirinha.


Nos dias 27 a 29 de janeiro de 2017, na cidade histórica da Lapa-PR, aconteceu a 1ª Copa Sul de Orientação organizado pela Federação Paranaense de Orientação e pelo Clube de Orientação Gralha Azul (COGA).

O evento contou com mais de 280 atletas, principalmente dos Estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, além de atletas de outros Estados e Países.

No dia 28 (sábado) ocorreram 3 provas, sendo uma de percurso tradicional (percurso médio) e duas na modalidade Sprint (percurso rápido) e no dia 29 ocorreu a última prova tradicional (percurso longo).

Neste evento valiam a média de ambas as provas Tradicional e Sprint, sendo que o 1º Sgt. QPM 1-0 Fabio Alexander Hartmann, pertencente ao 16º Batalhão de Polícia Militar (Guarapuava) sagrou-se campeão na prova Tradicional e ficou em 2º lugar na prova Sprint, ambos na categoria Master acima de 35 anos, nível Difícil.

Fotos e informações: 16º BPM






Três pessoas são assassinadas dentro de uma residência em Guarapuava


Às 03h45min, uma equipe de policiais militares deslocou até o Prolongamento da Rua XV de Novembro, Vila Concórdia, onde várias ligações davam conta que no local haviam três pessoas em óbito. Com a chegada da equipe e do SAMU, foi constatado o fato, sendo identificado os mesmos, os quais foram alvejados por arma de fogo, dentro da residência. Diante disto, foi realizado o isolamento do local, acionado os órgãos pertinentes e em conversa com populares ninguém soube informar nada sobre o ocorrido.

Fonte: 16º BPM

COMISSÃO TÉCNICA DO CAD DIVULGA OS APROVADOS DA PRIMEIRA ETAPA DA SELETIVA



O Poker Óleo Leve Guarapuava Futsal, por meio da sua comissão técnica, sob o comando do Professor João Carlos Barbosa o “Banana”, relacionou oito atletas para a segunda etapa da Seletiva que iniciará no dia 15 de Fevereiro de 2017.

O Cad agradece a presença dos atletas que participaram da Seletiva realizada nos dias 25 a 27 de Janeiro de 2017, confiando na seriedade do nosso projeto e comprovando a grandeza da nossa equipe. Com a dedicação de todos os responsáveis pela avaliação dos jogadores, conseguimos encerar dando oportunidade para que todos pudessem demonstrar o seu talento.

Durante a avaliação, onde foram analisados quesitos como habilidade, controle de bola, posicionamento em quadra, movimentos tomada de decisões, um contra um, passe e finalização.

Formamos equipes e realizamos jogos por dez minutos. Os goleiros foram avaliados em relação a postura, tomadas de decisão e capacidade técnica para a posição. Tentamos avaliar da melhor maneira possível para que todos se sentissem bem!!! O Cad agradece a todos os participantes!!!, palavras do Professor Banana.

Segue a relação dos aprovados na primeira etapa da Seletiva.

LUCAS GUEDES FELICIANO: PORTO BARREIRO

LUIS EDUARDO DE LIMA: SANTA MARIA DO OESTE

NICHOLAS DANTAS DE GAMA: CURITIBA

WILLIAN SAIMON DE LIMA: CAMPINA DO SIMÃO

LUIS FERNANDO DOS SANTOS: GUARAPUAVA

DENILSON DA SILVA: CASCAVEL

KRIGOR M. DE FREITAS: CAMPINA DO SIMÃO

WELINTON CARLOS: PINHÃO.

Os atletas farão a pré-temporada com o Elenco principal, e no término o Professor Banana definirá os atletas que permaneceram na equipe para as disputas do Campeonato Paranaense da Chave Ouro e Liga Nacional.

ASSESSORIA CAD

segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

Morre em Candói idealizador da paçoca de charque


Faleceu na manhã de domingo, dia 29 de janeiro, na localidade Águas Santa Clara, o sr. Acacio Moreira dos Santos.

O morador de Candói era conhecido popularmente como o Tio Cacio idealizador da receita da paçoca de charque. Desde a primeira edição da Festa Nacional do Charque em Candói “Tio Cacio” fazia a deliciosa iguaria, o que o fez conhecido regionalmente.

No ano de 2015, o paçoqueiro apresentou a famosa receita para os telespectadores da RPC TV, além de vários outros veículos de comunicação.

Acacio Moreira dos Santos faleceu aos 69 anos por parada respiratória e cardíaca.



Resultados da 2ª rodada do Campeonato Regional de Futsal da Piquiri Papéis

A equipe da Soripel/Ibema está representando o município de Turvo na competição.

Equipe Soripel - Ibema

Nesse sábado e domingo, no ginásio de esportes da Piquiri Papéis em Campina do Simão, aconteceu à segunda rodada do 2º Campeonato Regional de Futsal 2017.

20 equipes estão disputando essa competição, sendo elas de Campina do Simão, Santa Maria do Oeste, Pitanga, Palmital, Laranjal, Altamira e Turvo. 

Confira abaixo os resultados, classificação, artilharia e jogos da próxima rodada:

Equipe Piquiri Papéis

Clique para ampliar:




Jocar Radiadores atende Guarapuava e região.

..


CAD APRESENTA ELENCO DE JOGADORES PARA A TEMPORADA 2017



O Poker Óleo Leve Guarapuava Futsal, em coletiva de imprensa, nesta manhã de segunda-feira,(30/01/2017, anunciou os nomes dos atletas que farão parte do Elenco do Cad na temporada 2017.

Goleiros: Deivd Charles, ex Copagril. Silvio Ramon, renovação. Lucas Santos, renovação. Abner Targino, ex FK Vytis Clube do Leste europeu, Lituânia.

Fixos: Eder, ex Ponta Grossa. Farinha, ex Ponta Grossa. Jean, ex Pinhão. Cesinha, renovação.

Ala destro: Vinicius Gauchinho, ex São José dos Pinhais. Gabriel Darici, ex Paranavaí. Matheus Lustosa, base do Cad.

Ala Canhoto: Pelé, ex Marreco. Ronaldy, ex BRF. RS. Robert, base do Cad. Lucas Pires, base do Cad.

Pivôs: Roni, ex Abelerdense SC. Maico Nunes, ex Concórdia. Barbosa, renovação.

Técnico: João Carlos Barbosa “Banana”.

Também farão parte do Elenco, 7 atletas que foram aprovados na primeira etapa da seletiva que o Clube realizou semana passada.

Os mesmos farão a pré-temporada com o Elenco principal e no término o Professor Banana definirá os atletas que permaneceram na equipe para as disputas do Paranaense e Liga Nacional.

A apresentação dos Atletas será no dia 15 de Fevereiro.



ASSESSORIA CAD

Aconteceu nesse domingo à segunda rodada da 1ª Taça Soripel de Futsal Feminino


Com informações e Fotos: Soripel

Neste domingo, 29 de janeiro, no ginásio da Soripel – Ibema, aconteceu a 2° rodada da 1ª Taça Soripel de Futsal Feminino, “infelizmente tivemos 2 WO, o que frustrou a torcida que apareceu em peso para os jogos e também desagrada os organizadores”.

No primeiro jogo, Soripel x Marrecas, a equipe indígena não compareceu.

Já no segundo jogo, um jogão entre FFTB x MK Malharia, por fim a experiência das jogadoras do MK, prevaleceu sob o jovem time do FFTB vencendo por 4x1.

No terceiro jogo entre Nova Geração x Cambucica, mais um WO, a equipe Nova Geração não compareceu para a partida.

A Soripel pede desculpas aos torcedores que lotaram o ginásio e pede que continuem assim, torcendo e vibrando com seus times, na próxima rodada terá os seguintes confrontos:

Às 17:00 Vila Bela x MK Malharia.

Às 18:00 Nova Geração x Marrecas.

Às 19:00 Soripel x Cambucica.













Compre uniforme escolar para seu filho no Lojão do Braz de Turvo


Volta às aulas é no Lojão do Braz de Turvo: Mochilas, estojos, camisetas dos colégios municipais e estadual do Colégio Edite. Você também vai encontrar uma grande variedade de calçados para todas as idades e estilos. Não deixem de conferir.

Aproveite a grande variedade em confecções, calçados, cama, mesa e banho. Você pode parcelar suas compras em até 6 x.

Lojão do Braz, preço melhor ninguém faz!








Ciclistas de Turvo concluem viagem pelo Sul do Brasil


Com informações e fotos de Mauricio Pilati


Na última semana o Grupo Ecopedal Turvo esteve viajando de bicicleta pelo sul do país, foram mais de mil quilômetros percorridos, sendo a maioria deles pedalados.


No trecho final do trajeto, os turvenses atravessaram a Serra Catarinense por Lajes, São Joaquim e Bom Jardim da Serra, cidades consideradas as mais frias do Brasil, e puderam provar as baixas temperaturas, de até 10º em pleno verão. Os ciclistas destacam que nesta região ficaram encantados com o carinho e hospitalidade do povo.

No fim de semana foi a vez de descer a Serra do Rio do Rastro, entre os em municípios de Bom Jardim da Serra e Lauro Müller, trecho de 12 km com um declive de mais de 1000 metros de altitude. É considerada a quinta serra mais perigosa do mundo, nela nossos ciclistas alcançaram velocidades de até 65km por hora.

Depois da aventura o grupo seguiu até o litoral catarinense, perto de Criciúma e a poucos quilômetros da divisa com o Rio Grande do Sul, na cidade de Balneário Rincão, onde alguns dos atletas tiveram a oportunidade de ver o mar pela primeira vez.

A equipe não pode chegar até seu destino final, Gramado no estado do Rio Grande do Sul, devido aos problemas mecânicos no carro de apoio, que atrasaram a viagem em dois dias. Mesmo deixando para trás importantes pontos turísticos, os viajantes estão muito felizes com todas as aventuras vividas e já programam a próxima viagem.

A equipe deste ano foi formada pelos atletas: Agnaldo Pilati, Edílson Bejarano, Fábio Borges, Mauricio Pilati, Thiago Juraski e Welintom Fábio, tendo Iran Santana no carro de apoio.
O Ecopedal Turvo agradece imensamente as famílias, amigos e empresas que tornaram essa viagem possível, muito obrigado pelo apoio!






sábado, 28 de janeiro de 2017

Inaugurou nesse sábado no Distrito da Palmeirinha o Mercado Ideal, com amplas e modernas instalações.


Inaugurou nesse sábado, 28 de janeiro, na Vila Palmira no Distrito da Palmeirinha – Guarapuava, o Mercado Ideal que tem sua Matriz em Turvo. 

No Mercado Ideal você vai encontrar qualidade e preços baixos em variados gêneros alimentícios, produtos de higiene e limpeza, bebidas e artigos para a casa. 

Na feira tem uma grande variedade de frutas e verduras sempre fresquinhas.

No açougue, uma grande variedade de carnes para seu dia a dia e para seu churrasco de fim de semana!

Ainda no Ideal, você pode fazer suas compras e contar com a entrega grátis para Palmeirinha e região.

Atendimento de segunda a sábado das 08h30 as 19h30. Fone (42) 3663-1010 Vila – Palmira – Palmeirinha.













Aconteceu nesse sábado em Turvo, o VI Encontro da Família Fiúza.

Aconteceu na manhã desse sábado, 28 de janeiro, na Igreja Presbiteriana do Brasil de Turvo, o VI Encontro da Família Fiúza em Turvo. O evento começou com um Culto de gratidão a Deus, ao meio dia teve o almoço e contou com mais de 300 pessoas.


Com informações e fotos de Roberto Fiúza Matias


“Ao promovermos este encontro da família Fiúza, tivemos em mente o objetivo de propiciar às novas gerações da família a oportunidade de conhecer seus parentes consanguíneos espalhados por diversas cidades deste nosso imenso Brasil”.
        
A Família Fiúza: Origem no Brasil
                             
Os FIÚZAS
Prof. Rubens Fiúza
                             

                              Segundo pesquisas do Dr. Antonio Fiúza de Castro, um pernambucano residente no RJ (já falecido), Todos os Fiúza do Brasil inteiro constituem uma família única e são descendentes de um dos três 3 irmãos, Ricardo, Felipe e Jacinto, de origem portuguesa mas nascidos na Holanda, que migraram para o Brasil, com a frota de Maurício de Nassau, em 1637 e aqui preferiram continuar, depois que os invasores holandeses, derrotados, se retiraram em 1654.
                              Felipe Fiúza da Costa foi residir no Ceará e todos os Fiúza cearenses, inclusive dona. Madalena Fiúza Arrais, dele descendem.
Ricardo Fiúza da Costa, permaneceu em Recife, onde instalou uma fabricação artesanal de tecido e seus descendentes, em parte, se dedicaram à industria de tecidos. Uma parte desses descendentes emigrou para o sul, RJ e SP, inclusive os Fiúza de Castro, entre os quais o general Álvaro Fiúza de Castro e o Dr. Antonio, nosso informante.
                              O irmão Jacinto Fiúza da Costa veio para Santos, em SP, onde comprou um engenho de açúcar.
                              Um 4º irmão Daniel Fiúza da Costa emigrou não para o Brasil, mas para a ilha antilhana de Barbados, aonde ele veio a se tornar no maior fabricante de açúcar do mundo, apossando-se do mercado açucareiro mundial, depois de derrotar a concorrência dos exportadores brasileiros.
                              Um filho de Jacinto, com o mesmo nome Jacinto Fiúza da Costa, veio para Minas, fixando-se em Vila Rica, não se sabendo qual a sua atividade. E um seu filho, Jacinto Fiúza de Almeida, foi o primeiro povoador do Pitangui, antes de existir a vila e deu inicio ao contrabando, em larga escala, dos diamantes dos rios Indaiá e Abaeté, que o historiador Augusto de Lima Júnior dizia terem sido em tamanha quantidade que enriqueceram as maiores potências marítimas do planeta e permitindo à Inglaterra fazer a sua revolução industrial, industrialismo que se propagou pelo mundo todo, originando a civilização moderna. E, assim, a civilização moderna seria indiretamente um fruto da riqueza diamantina dos rios Indaiá e Abaeté e o contrabando iniciado por Jacinto Fiúza de Almeida.
Um irmão de Jacinto, José Fiúza de Almeida, tornou-se fazendeiro na baixada da Piraquara, atual município de Bom Despacho, e teve um papel decisivo como intermediário no trafico de pedras indaianas. Um primo de Jacinto, Nicolau Gonçalves Fiúza da Costa, foi o primeiro descobridor de diamantes em Morrinhos, no Tijuco (atual Diamantina), em 1713 e morreu assassinado por bandidos na região da atual Dores do Indaiá, talvez em 1722. Mas seu filho Domingos de Brito da Costa Fiúza, foi grande contrabandista, foi um dos primeiros sesmeiros da Mesopotâmia Indaiá- São Francisco, foi construtor do Rancho da Boa Vista, no sitio onde surgiu Dores do Indaiá e foi quem abriu a picada do Pitangui a Goiás, e dele descendemos todos nós, os Fiúza de Dores, de Luz, de Quartel de Piyangui, etc.
Os Fiúza sulistas, do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, na maior parte descendem dos Fiúza santistas.
O pai dos quatros irmãos holandeses era o judeu Ebenezer Fiúza da Costa, de origem portuguesa, aliás da Costa Fiúza, provavelmente tio ou irmão do célebre filosofo Uriel da Costa Fiuza, mestre de Spinoza e precursor dos modernos ideais liberais de liberdade, igualdade e fraternidade, além de justiça social e tolerância religiosa (ver a biografia de Uriel, em alemão, de autoria de Karl von Gutzkow).
Ebenezer fugiu de Portugual  (inquisição católica) e seus ancestrais haviam fugido da espanha.
Esses Fiúza espanhois vieram da Itália, onde foram donos de várias casas de penhor, as “Casas Fiuzza”, isto é, de confiança (do latim fiducia) e onde, por influencia do nome de tais casas, que eram muito conhecidas, trocaram o seu antigo sobrenome sírio Lahabim por Fiuzza, mais fácil de pronunciar e de memorizar.
Os Fiuzza italianos eram originários da ilha grega de Naxos, onde eles ainda assinavam Lahabim e viviam como armadores de navios. Esses Lahabim vieram de Jerusalém, depois que esta cidade havia sido conquistada e incendiada pelo príncipe romano Tito. Em Jerusalém, eles que eram sírios, haviam se convertido ao judaísmo.
Seu berço de origem mais primitiva era a Galiléia, sul da Síria e ao norte da Palestina, onde ainda existe, até hoje, o clã dos Lahabim, negociantes de camelos, visitados, em 87, pelo Dr. Antonio Fiúza de Castro, que, entretanto, não pode se entender devidamente com eles por dificuldades lingüisticas.
O Dr. Antonio prometeu enviar-me mais um montão de informações, mas morreu antes disso. Ele realmente percorreu, exclusivamente em pesquisas genealógicas sobre a família Fiúza, não só em TODO o Brasil, como Barbados, os Estados Unidos, Portugal, Espanha, França, Inglaterra, Itália, norte da África, Holanda, Alemanha, Polônia, ilhas gregas, Palestina, Líbano e Síria.
Mostrou-me, quando aqui esteve, uma porção de cadernos repletos de informações, mas faleceu no mesmo ano, o que nos privou do vasto resultado de suas pesquisas, que dariam para um livro de umas 150 páginas.
assina
Rubens Fiúza

               Origem dos Fiúza em nossa região:
Ao idealizar este encontro, nós partimos do Casal Pedro Rodrigues Fiúza e Antônia Maria Fiúza, que foram membros fundadores da Igreja Presbiteriana de Guarapuava, na data de 17/02/1889. O casal teve 12 filhos: Citamos, em ordem cronológica de nascimento: José (1886), Emília (1888), Samuel (1889), Elvira (1891), Ismael (1894), Rafael (1896), Misael (1898), Jandira (1901), Israel (1903), Daniel (1906), Davina (1909) e Isolina (1913), todos com o sobrenome “Rodrigues Fiúza”..
De boa parte deles não pudemos colher informações e descobrir descendentes, por isto a nossa pesquisa para este Encontrou se centralizou mais nos descendentes de Samuel. Este se casou com Cecília Ferreira e deste enlace, nasceram 12 filhos: Jéssica (1914), Izauro (1916), Joaquina (1918), Genésia (1920), Laudelino (1923), Izaltino (1924), Heitor (1926), Antenor ( 1928), Nestor (1930), Eli (1932), Izolina (1934) e Hercy (1939). Deles, restam entre nós:  Izaltino,  Eli, Izolina e Hercy, os demais já partiram para a Casa do Pai Celestial.
Na residência do pioneiro Samuel Rodrigues Fiuza aconteceu no dia 14/06/1914 o primeiro batizado, da filha Jessica Rodrigues Fiuza, foi um marco histórico de profunda importância na formação da hoje próspera Igreja Presbiteriana de Turvo.
A maioria dos Fiúza, à Igreja Presbiteriana, outros adoram a Deus em diversas igrejas cristãs.
Muitos membros da Família Fiuza participaram e participam ativamente da vida política e social do município de Turvo, trabalhando para o desenvolvimento deste município.

Os Fiúza se fizeram presentes como membros fundadores das seguintes igrejas Presbiterianas da região: Turvo, (1928); Faxinal dos Machados, (1928); Morro Alto, (1952), Prudentópolis, (1967); Betel, (1969); Peniel, (1983); Bonsucesso, (1983) e Cristo Rei, (2000). Além destas, temos membros da Família Fiúza, nas igrejas Presbiterianas de Ponta Grossa, Curitiba, Cascavel e Alto Alegre.

Clique na imagem para ampliar: 





































.