quinta-feira, 4 de abril de 2019

Governador entrega novas escolas estaduais em Guarapuava



O governador Carlos Massa Ratinho Junior inaugurou nesta quinta-feira (4), em Guarapuava, região central do Paraná, as novas sedes dos colégios estaduais Leni Marlene Jacob e Professor Pedro Carli. O Governo do Estado investiu cerca de R$ 11 milhões na construção e mobiliários para as duas escolas, que juntas abrigam cerca 1,6 mil alunos dos ensinos fundamental e médio. Com novas instalações, mais estudantes podem ser admitidos.

As duas unidades, que até então funcionavam em regime de dualidade com escolas municipais, têm agora ambiente adequado para o ensino e aprendizagem, com mais conforto e segurança aos estudantes e professores, afirmou o governador. “A entrega de duas escolas importantes e modernas como essas é mais uma demonstração da atenção que damos à educação. Não queremos obras paradas e, acima de tudo, queremos que os alunos possam estar em salas de aula aptas a recebê-los”, disse. Houve solenidades nas duas escolas. 

Ele citou novos projetos na área da educação que já estão em fase de implantação, como o Escola Segura, de reforço na segurança dos colégios, e o Ganhando o Mundo, que vai oferecer intercâmbio internacional a alunos da rede pública. “Temos a missão de melhorar o Ideb do Estado, que hoje ocupa a sétima posição no País. Queremos chegar nas primeiras posições”, afirmou o governador.

DEMANDAS — O secretário de Estado da Educação e do Esporte, Renato Feder, destacou que as novas sedes das escolas de Guarapuava atendem à demanda da cidade por mais vagas na rede estadual. “Temos um cronograma de obras, reformas e inaugurações para fazer, principalmente atendendo às demandas demográficas da população. Onde tem muita demanda por vaga, vamos ampliar as escolas”, afirmou.

Para o prefeito de Guarapuava, César Silvestri Filho, o município ganha fôlego com os novos espaços de ensino e pode ofertar mais vagas nas escolas municipais que atendiam com os dois colégios. “A dualidade é um limitador para a qualidade do ensino, são duas estruturas funcionando no mesmo prédio, o que compromete a autonomia de cada unidade”, disse.

O diretor-presidente da Fundepar, José Maria Ferreira, destacou que as escolas já estão aptas para receber os estudantes. “As sedes próprias dos dois colégios representam um ganho muito grande para a rede estadual de ensino. As escolas estavam funcionando precariamente em dualidade, criando problemas para o Estado e o município”, disse. “Vamos ter condições de acolher 3 mil alunos nos dois espaços. Isso traz melhores condições para bem acolher os alunos de Guarapuava”, afirmou.

LENI JACOB — O Colégio Estadual Leni Marlene Jacob, localizado no bairro Primavera, tem aproximadamente 800 alunos matriculados no ensino fundamental e no ensino médio. Agora poderá ampliar o número de turmas, além de oferecer cursos técnicos de vendas e de guia de turismo.

Foram investidos R$ 5,2 milhões na construção da unidade, que dividiu por cerca de 20 anos o espaço com a Escola Municipal Abílio Fabriciano de Oliveira. “A estrutura era bem menor, tínhamos um limite de salas e a escola não tinha possibilidades de ampliação”, contou a diretora Dilce Cardoso. “Agora temos condições de ofertar turmas de ensino técnico, cursos diferenciados. Na outra estrutura não tínhamos laboratórios de informática, de ciências e uma biblioteca adequada”, ressaltou.

PEDRO CARLI — O Colégio Estadual Professor Pedro Carli fica no bairro Bela Vista e também atende quase 800 alunos dos ensinos fundamental e médio. Com a nova sede, poderá receber mais 300 estudantes, incluindo alunos que moram próximos, mas que estão matriculados em bairros vizinhos.

O investimento na unidade foi de 5,2 milhões. Até a construção da sede própria, o colégio funcionava em dualidade com a Escola Municipal Capitão Wagner. “Perdíamos muitas turmas que iniciariam o ensino médio porque não tínhamos o turno diurno. A partir deste ano queremos implantar o ensino médio diurno para evitar que esses alunos se dirijam para as escolas do centro da cidade. É um transtorno muito grande para as famílias”, explicou o diretor Elton Lange.

UNICENTRO – Na solenidade, o governador Ratinho Junior também assinou o decreto de nomeação do professor Osmar Ambrósio de Souza, como novo reitor da Universidade Estadual do Centro Oeste (Unicentro). Também foi nomeado como vice-reitor é Victor Zanetti.

PRESENÇAS - Participaram das solenidades o chefe da Casa Civil, Guto Silva; o futuro superintendente da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Aldo Nelson Bona; o vice-prefeito de Guarapuava, Itacir Vezzaro; a secretária municipal de Educação e Cultura, Doraci Senger Luye, os deputados estaduais Cristina Silvestri; Artagão Júnior; Alexandre Curi; Adriano Amaro e Estacho.

Fonte: AEN

Nenhum comentário:

Postar um comentário