sexta-feira, 18 de janeiro de 2019

Ratinho Junior devolve avião alugado que era usado pelo governo



O governador Carlos Massa Ratinho Junior formalizou nesta quinta-feira (17) a devolução do jato que ficava à disposição do Governo do Estado, baseado em um hangar no Aeroporto do Bacacheri, em Curitiba. O encerramento do contrato de aluguel do avião vai gerar uma economia de R$ 4,5 milhões por ano aos cofres públicos. No mesmo ato, o governador determinou a revogação do pregão nº 1643/17, que abria margem para uma nova contratação com esse mesmo objeto.

A entrega da aeronave atende a política de austeridade do Governo do Estado o e compromisso com a redução de despesas e fim das mordomias, afirmou Ratinho Junior. “É um compromisso com os paranaenses, que faz parte de um pacote de medidas de redução de custos e despesas que não são essenciais para o atendimento da população”, disse o governador. “Estamos devolvendo a aeronave para acabar com as mordomias que vem ao longo de décadas. A população não admite mais isso.”

Entre as medidas já adotadas estão a diminuição no número de secretarias e autarquias estaduais, congelamento do salário do primeiro escalão e a revisão de contratos. “Essas medidas dependem de um planejamento e muitas delas já estão sendo efetivadas. Temos um pacote para os primeiros 100 dias de governo para ajustar a máquina pública, priorizando aquilo que é essencial para prestar um bom serviço à população”, disse.

PARA A SAÚDE – O dinheiro economizado será repassado ao atendimento emergencial em saúde. Nos próximos meses, a Secretaria de Saúde vai ganhar um helicóptero para transporte de urgência, que poderá operar de dia ou de noite. Além disso, outro helicóptero, que também era de uso exclusivo do governador, já está sendo utilizado para operações de resgate e ações da Defesa Civil.

“O Governo do Estado já tem uma rede de helicópteros que atende a área da saúde, resgate e da segurança pública. Esta outra aeronave era apenas para atender o governador. Estamos mudando esta regra para disponibilizar a aeronave para atender acidentes, a área da saúde e o apoio à Polícia Militar”, explicou Ratinho Junior.

De acordo com o subchefe do Gabinete Militar da Governadoria, major Sérgio Vieira, o helicóptero já está atuando no Litoral do Estado, dando suporte à Operação Verão. “Já no primeiro dia do ano esse helicóptero atuou no transporte aeromédico, apoiando o Batalhão de Operações Aéreas. Deu apoio ao município de Guaraqueçaba, atingido por uma enchente e deu apoio à Polícia Militar e a Polícia Civil na Operação Verão”, contou.

CONTRATO - O contrato entre a empresa Helisul e o Governo do Estado do Paraná durou mais de cinco anos e previa a disponibilidade de uma aeronave de asas fixas a jato em um hangar no Aeroporto do Bacacheri, em Curitiba.

O chefe da Casa Civil, Guto Silva; e os secretários da Comunicação e Cultura, Hudson José; e do Desenvolvimento Ambiental e Turismo, Marcio Nunes, acompanharam a entrega da aeronave.

Fonte: AEN

Nenhum comentário:

Postar um comentário