segunda-feira, 15 de outubro de 2018

Policia Ambiental realiza prisões por pesca predatória


O Batalhão de Polícia Ambiental, em datas de 12, 13 e 14 de outubro, através de equipes pertencentes à 4ª Companhia de Polícia Ambiental, realizou patrulhamentos aquáticos em áreas diversas com intuito de combater a pesca predatória em rios e reservatórios de toda a região.
Foram atingidos os seguintes resultados:

No município de Telêmaco Borba, no Lago Mauá, foram apreendidos 1675m (um mil seiscentos e setenta e cinco metros) de redes com malhas diversas;
No município de Candói, no reservatório de Santa Clara, foram apreendidos 660m (seiscentos e sessenta metros) de redes com malhas diversas, 01 tarrafa, 11 boias louca, 01 motor de popa, 01 motor elétrico, 08Kg de pescado e foi presa em flagrante uma pessoa;

No município de São João do Triunfo, em lagoa marginal ao rio Iguaçu localizada na colônia Bromado, foram apreendidos 160m (cento e sessenta metros) de redes com malhas diversas, 01 tarrafa, 01 fisga, 02 molinetes, 01 puçá, 30Kg de pescado e foram presas em flagrante 03 pessoas;
No município de Candói, no reservatório de Salto Santiago, na localidade de Rio Cavernoso, foram apreendidos 660m (seiscentos e sessenta metros) de redes com malhas diversas, 05Kg de pescado e foram presas em flagrante 04 pessoas as quais residiam em Guarapuava;

As pessoas presas bem como todo o material apreendido com eles foram entregues à Delegacia de Polícia Civil onde foi realizado o auto de prisão em flagrante delito. 

A Polícia Ambiental informa que as denúncias sobre crimes ambientais devem ser feitas através do telefone 181 ou pelo email: denunciaambiental@pm.pr.gov.br.


Nenhum comentário:

Postar um comentário