terça-feira, 17 de abril de 2018

Vidente suspeito de estuprar mulher em Cascavel coleciona passagens pela polícia



A delegada Raísa de Vargas concedeu uma entrevista na tarde desta terça-feira (17) para falar sobre a prisão de um homem de 44 anos, suspeito de estuprar uma mulher em Cascavel, no dia 30 de março. A prisão aconteceu na cidade de Guaíra.

De acordo com a delegada, o homem tem diversas passagens pela polícia e ganhava a vida aplicando golpes em cidades da região. Assim como em Cascavel, ele se passava por médium para se aproximar das vítimas.

Em Cascavel, ele se identificava como Michel. O suspeito se aproveitou da vulnerabilidade emocional da vítima, que havia perdido uma filha há cerca de 5 anos, para se aproximar. Ele a convenceu de seus "poderes espirituais" até que a mulher aceitasse recebê-lo em casa.

Já na residência, o suposto médium passou a ingerir bebida alcoólica e, de forma bastante violenta, obrigou a vítima a manter relações sexuais. Ele ainda fez ameaças de morte à mulher e à outra filha dela.

O exame confirmou a conjunção carnal, onde o agressor utilizou força e bastante violência para abusar a mulher. 

A Polícia Civil a investigar o caso e chegou à identidade verdadeira do suspeito. A delegada, então, solicitou um mandado de prisão, que foi cumprido no último sábado (14), em Guaíra.

Conforme a polícia, ele tem passagens por crimes como assédio sexual, extorsão, receptação, porte ilegal de arma, ameaça, embriaguez ao volante, dentre outros.

Ele foi transferido a 15ª SDP (Subdivisão Policial), onde fica à disposição da Justiça.

Fonte: Catve.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário