terça-feira, 1 de junho de 2021

Campanha Junho Paraná sem Drogas terá mais de 30 atividades online


O Governo do Estado inicia nesta terça-feira (01) a campanha Junho Paraná sem Drogas, que dedica o mês a ações de conscientização, prevenção e tratamento ao uso de drogas e substâncias químicas. A campanha é realizada pela secretaria estadual da Segurança Pública, por meio do Conselho Estadual de Políticas Públicas sobre drogas do Paraná (Conesd), juntamente com o Núcleo Estadual de Política Sobre Drogas (Nepsd).

O objetivo principal é prevenir e combater o uso de drogas, principalmente pelos jovens e no âmbito da família. A edição 2021, assim como a do ano passado, será totalmente no formato online por causa da Covid-19. Haverá mais 30 lives para jovens e famílias ao longo do mês. Na palestra de abertura, que começa às 19 horas, será abordado o tema A família no cenário de drogas do Brasil. A solenidade começa meia hora antes da palestra e pode ser acompanhada pela página do Conesd no facebook.

De acordo com o secretário da Segurança Pública, Romulo Marinho Soares, a campanha Junho Paraná sem Drogas é um instrumento social necessário, podendo refletir positivamente daqui alguns anos.

“O trabalho do Conesd tem sido extremamente importante à sociedade nos últimos anos. Esta campanha é utilizada como estratégia para o desenvolvimento dos projetos da secretaria, pois trabalhando com a conscientização e prevenção do uso da droga agora, o resultado poderá nos ajudar depois, inclusive no combate ao tráfico de drogas”, completa.

O delegado e presidente do Conselho Estadual de Políticas Públicas sobre Drogas do Paraná, Luiz Carlos Hauer, destaca a importância dos debates. “É uma informação a mais. Hoje tem muita desinformação0, que distorce o fenômeno das drogas. A campanha terá especialistas capacitados para informar a sociedade. Muito do que será falado, principalmente nesta questão do consumo, que aumentou na pandemia, é através de pesquisas científicas e não especulações”, completa.

O foco deste ano, informa o diretor do Núcleo Estadual de Política Sobre Drogas do Paraná, Renato Bastos Figueiroa, é baseado nos temas que direcionam ao momento atual da pandemia, relacionados ao consumo de álcool, drogas e outros comportamentos abusivos.

“Nosso maior destaque é a família. Iremos divulgar todas as ações dos grupos de mútua ajuda que possuem serviços para a população aqui no Paraná e também dar um destaque em pesquisa, saúde e direitos humanos”, explicou Figueiroa. “A ideia sempre é construir um grande acervo digital que ficará à disposição para todos os paranaenses”, esclarece.

DENÚNCIA - Uma das principais ferramentas que a Segurança Pública do Paraná utiliza no combate ao tráfico de drogas, e que reflete na prevenção do uso destes ilícitos, é o 181 Disque Denúncia, pelo qual as pessoas podem denunciar as ações criminosas de forma anônima. Somente em 2020 este canal recebeu 20.326 relatos, os quais são repassados às forças da Segurança Pública para análise e medidas.

ABERTURA - Para solenidade de abertura da campanha, que acontece 30 minutos antes da palestra magna, serão debatidos assuntos pertinentes sobre o uso e o cenário atual no Brasil referente às drogas.

Estão convidadas autoridades dos três Poderes e representantes de órgãos e instituições voltadas á prevenção do uso de drogas.

Durante o mês as lives abordarão assuntos como A família no Cenário de Drogas do Brasil, Prevenção contra as drogas na Pandemia, Drogas lícitas e ilícitas, Vícios em tecnologias: prevenção e segurança, Comportamentos abusivos durante a pandemia.

Também serão divulgadas as obras vencedoras do IV concurso estadual de produção de material audiovisual sobre drogas (2020).

Os demais assuntos serão debatidos entre especialistas de políticas sobre droga, envolvendo representantes do Departamento Penitenciário do Paraná (Depen), Polícia Civil do Paraná (PCPR), Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Conselho Regional de Serviço Social (CRESS), Grupo Educacional Uninter, Secretaria de Estado da Saúde, Conselho Estadual de Políticas Públicas Sobre Drogas (Conesd), Núcleo Estadual de Política Sobre Drogas (Nepsd), Secretaria Nacional de Cuidados e Prevenção às Drogas (Senapred), Conselho Municipal de Políticas sobre Drogas de Ponta Grossa (Comud) e outros órgãos.

As lives serão transmitidas pela página oficial do Conesd no Facebook e também, em palestras pontuais, como a da semana multidisciplinar “O consumo de álcool, drogas e outros comportamentos abusivos durante a pandemia”, que acontece de 7 a 11 de junho, pela página oficial da Uninter.

CONSELHO ESTADUAL - Além das polícias Militar e Civil e do Departamento Penitenciário do Paraná, também compõem o Conselho Estadual de Políticas Públicas sobre Drogas as secretarias estaduais da Educação e do Esporte; da Justiça, Família e Trabalho, e da Saúde, o Ministério Público e o Núcleo Estadual de Políticas sobre Drogas.

Integram, ainda, o Conesd a Associação Comercial do Paraná (ACP); Conselho Regional de Psicologia (CRP); Conselho Regional de Serviço Social (Cress); Federação das Indústrias do Paraná (Fiep), Federação Paranaense de Comunidades Terapêuticas; Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Universidade Federal do Paraná e representantes de organizações não governamentais, com comprovado conhecimento em assuntos de substâncias psicoativas.

Fonte: AEN

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Publicidade