quinta-feira, 4 de abril de 2019

PC de Irati apreende pistola israelense na 2ª fase da Operação Falcão Negro


Dois homens foram presos na manhã desta quinta-feira, 4, durante a segunda fase da Operação Falcão Negro deflagrada pela Polícia Civil de Irati. Um dos suspeitos havia deixado a carceragem há uma semana. Por ser reincidente, ele permanecerá detido.

As prisões ocorreram no bairro Pedreira, em Irati. Os policiais apreenderam uma luva preta (utilizada para que a pessoa não deixe digitais no cometimento de um delito), uma máquina de cartão, celulares, diversas munições e armas, entre elas uma pistola israelense calibre 9 milímetros de uso restrito das Forças Armadas e de Grupos Especiais. Além da arma foram encontrados quatro carregadores. Também foram localizados acessórios para colete balístico, como capa, encaixe, coldres, porta-algemas, porta-carregadores, além de dois revólveres e quase 100 munições, que serão analisadas pela Polícia Civil em fase de inquérito. Destas, 58 munições são de pistola 9 milímetros, com todos os carregadores cheios. “Possivelmente elas seriam utilizadas pela criminalidade para poder cometer algum delito, roubo ou algo neste sentido”, frisou o delegado Paulo César Eugênio Ribeiro.

A segunda fase da Operação Falcão Negro contou com apoio da Polícia Civil de Teixeira Soares e Ponta Grossa.


Fonte: Rádio Najuá

Nenhum comentário:

Postar um comentário