sábado, 6 de abril de 2019

Após cassações, município tem eleição para prefeito no domingo (7)



Os moradores de Serranópolis do Iguaçu, no oeste do Paraná, vão escolher o prefeito do município neste domingo (7). Com as cassações do prefeito, do vice e do presidente da Câmara, mais de 4 mil moradores vão escolher entre dois candidatos.

Os últimos 45 dias foram de campanha na rua e programa eleitoral na rádio comunitária da cidade. As 16 urnas eletrônicas foram lacradas e estão prontas para a votação.

Estão concorrendo Ivo Roberti (PDT) e Jair Doranch (PMB).

A eleição fora de época é necessária porque o prefeito eleito Luiz Carlos Ferri (MDB) e o vice Diogo Achtenberg (PSC) tiveram os mandatos cassados. O Ministério Público Eleitoral afirma que eles conseguiram votos em troca de dinheiro e até de remédios.

Além de perder os cargos, o prefeito e o vice não poderão participar de eleições pelos próximos oito anos e deverão pagar multa de R$ 1.064,00. O vereador Vinícius Fracaro recebeu a mesma condenação no processo.

A defesa dos políticos que tiveram os mandatos cassados disse que vai recorrer da decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e que a eleição suplementar de domingo pode ser anulada em caso de reversão.

Ainda segundo a defesa, a condenação se baseou em provas obtidas de forma ilegal e contraditórias.

Fonte: G1 - PR

Nenhum comentário:

Postar um comentário