quarta-feira, 31 de outubro de 2018

Vídeo mostra carro caindo de viaduto; motorista morreu



A Polícia Rodoviária Federal (PRF) que atendeu o acidente fatal na manhã desta terça-feira (30) em Araucária, no quilômetro 147,8 da BR-476, teve acesso a gravações em vídeo de câmera da Refinaria da Petrobras que desmentem a versão apresentada inicialmente pelo caminhoneiro envolvido no acidente.

O caminhoneiro havia declarado à PRF --em termo por escrito-- que teria percebido o carro capotando à sua direita, e que, durante o capotamento, uma parte do carro acabou 'encostando' em seu veículo.

Uma câmera posicionada exatamente na direção da trincheira, já mostra o carro desgovernado, rodando à frente do caminhão, o caminhão transitava, na verdade, atrás do carro.

A velocidade máxima sinalizada no local é de 60 km/h. Conforme o disco do tacógrafo, o caminhoneiro transitava a 80 km/h. Foram detectadas ainda marcas de frenagem do caminhão ao longo de aproximadamente 50 metros.

O caso está sendo investigado pela Delegacia da Polícia Civil em Araucária. A perícia no local do fato foi feita por uma equipe de Curitiba do Instituto de Criminalística.

O caminhoneiro, que antes da obtenção das imagens foi liberado no local do acidente, após se submeter ao teste do bafômetro que deu negativo, deverá responder pelos crimes de homicídio e falso testemunho.

Fonte: Massa News

Nenhum comentário:

Postar um comentário