quarta-feira, 3 de outubro de 2018

O seu negócio, também é meu



A participação das micro e pequenas empresas na porcentagem de trabalhadores com carteira aumentou nos últimos 5 anos. De acordo com estudo inédito feito pelo Sebrae sobre empreendedorismo e trabalho, nesse período, o número de empregados nos pequenos negócios passou de 14,7 milhões para 16,9 milhões, registrando uma expansão de 15%. Nos próximos cinco anos, a previsão é de que o número de pequenos negócios crescerá 43%. 

Mas, afinal, quais seriam os motivos do bom desempenho deles? O que estaria por trás desses números? 

Os pontos fundamentais que têm levado o brasileiro a abrir seu próprio negócio não somente por necessidade, mas também por oportunidade. 

Hoje, sete entre 10 pessoas começam um novo negócio porque encontraram uma demanda no mercado – e não por causa do desemprego (não que ele não exista…). 

O fato é que essa capacidade de empreender com mais consciência tem gerado empresas mais planejadas, e com chances melhores de crescimento. 

Existem atualmente cerca de 8,9 milhões de micro e pequenas empresas no Brasil, e o número continua a crescer. 

A importância de comprar nos pequenos negócios 

São milhões de brasileiros que sustentam suas famílias a partir do trabalho em uma pequena empresa, comprar em um pequeno negócio local faz com que o dinheiro fique no bairro, possibilitando criar novas oportunidades, gerar mais empregos e distribuir melhor a renda. O dinheiro circula na mesma região. Quando você compra em uma grande rede, o dinheiro pode sair da rua, do bairro, da cidade, do Estado e até do país. 

A comunidade agradece a preferência. Esse negócio também é seu. No final das contas, todos nós ganhamos. 

Colunista:
Flávio Marcos da Silva 
Consultor Empresarial e de Negócios 
Sócio – Administrador na Certo - Consultoria Empresarial 
flaviomarcos@gmail.com 





Nenhum comentário:

Postar um comentário