sexta-feira, 29 de junho de 2018

Prefeitura de Guarapuava vai averiguar morte de menina que foi atendida na UPA do Batel


A morte de Gabrielly Aparecida Vesselovcz da Silva, de 9 anos, gerou repercussão e comoção popular, principalmente em redes sociais. Não há informações concretas sobre a causa da morte da criança. A Prefeitura de Guarapuava informou em nota que “de acordo com a Secretaria de Saúde, já estão sendo tomadas medidas administrativas para averiguar o caso”.


Segundo o IML (Instituto Médico Legal) o corpo da menina deu entrada às 9h35 da manhã de ontem (28). A morte ocorreu em casa.

A menina foi atendida na UPA do Batel. Todos os casos de morte são investigados pelo setor de Vigilância Epidemiológica do município e acompanhados pela 5ª Regional de Saúde.

Nenhum comentário:

Postar um comentário