sexta-feira, 29 de junho de 2018

OCORRÊNCIA DE CRIME AMBIENTAL É REGISTRADA EM TURVO


O Batalhão de Polícia Ambiental, em data de 28 de junho, através de uma equipe do Posto de Polícia Ambiental de Guarapuava, em atendimento a denúncia, deslocou até a área rural do município de Turvo e constatou a existência de um forno de carvão construído e funcionando a menos de 30 metros de um córrego, sendo que logo na sua frente existia uma pilha de lenha nativa armazenada (miguel pintado, guabiroeira e pimenteira), a qual totalizou 4,30 m³. 
Ainda na propriedade foi constatado o armazenamento de 115 palanques de imbuia, os quais totalizaram 1,84 m³ e 260 sacos de carvão, os quais possuíam, em média, 15 kg cada, totalizando 3.900 kg. Foi solicitado ao proprietário autorização para o funcionamento de fornos de carvão e para o armazenamento de madeira nativa, sendo que esse relatou a equipe policial que não possui. Diante dos fatos as lenhas, carvão e palanques foram apreendidos e deixados com o proprietário como depositário. 
No tocante aos crimes será encaminhado oficio à Delegacia de Polícia Civil de Turvo bem como ao Instituto Ambiental do Paraná, para que sejam tomadas as medidas penais e administrativas cabíveis, respectivamente.

A Polícia Ambiental informa que as denúncias sobre crimes ambientais devem ser feitas através do telefone 181 ou pelo email: denunciaambiental@pm.pr.gov.br.




Nenhum comentário:

Postar um comentário