terça-feira, 10 de abril de 2018

PM prende dois homens e quatro espingardas no Distrito do Guará


DISTRITO DO GUARÁ - GUARAPUAVA - CONDUZIR VEÍCULO AUTOMOTOR COM CAPACIDADE PSICOMOTORA ALTERADA EM RAZÃO DA INFLUÊNCIA DE ÁLCOOL OU DE OUTRA SUBSTÂNCIA PSICOATIVA QUE DETERMINE DEPENDÊNCIA /POSSE IRREGULAR DE ARMA DE FOGO, ACESSÓRIO OU MUNIÇÃO - USO PERMITIDO: A equipe PM recebeu uma ligação anônima no dia 09/04, relatando que na localidade do Alto da Serra Papuã havia um veículo fiat/palio na cor verde, e que o seu condutor possivelmente estaria portando uma arma de fogo. Equipe no local obteve êxito em localizar o referido veículo, o qual estava transitando. realizada a abordagem, constatou-se o condutor (45 anos) e o carona (47 anos). 
O condutor do veículo afirmou não ser habilitado, e foi constatado pela equipe que ele apresentava visíveis sinais de embriaguez, como hálito com odor etílico e fala enrolada. 
Quando perguntado se ele havia ingerido bebida alcoólica antes de dirigir, o mesmo afirmou que havia ingerido "duas caipirinhas". Relatou que logo após ingerir a bebida, o outro cidadão pediu a ele uma carona até a rodovia, sendo que no momento em que prestava tal carona, deparou-se com a equipe policial militar. 
Realizada busca pessoal e veicular, nada de ilícito foi encontrado, quando perguntado ao condutor do veículo se ele possuía alguma arma de fogo, ele respondeu que possuía uma espingarda calibre 36 na sua casa, foi perguntado também ao carona se ele possuía alguma arma de fogo, ele respondeu que possuía em sua casa duas espingardas, uma calibre 28 de dois canos e uma carabina calibre .22. Foi deslocado até a residência do condutor do veículo, sendo que ele entregou à equipe policial militar a referida espingarda calibre 36 e também 7 munições intactas no calibre 36. 
A equipe também deslocou até a residência do carona e ele entregou à equipe uma espingarda de dois canos gauge 28, uma carabina calibre .22lr com 12 munições intactas e também uma espingarda de fabricação caseira do tipo "puxa fiera". 
Quando perguntado aos indivíduos se as respectivas armas de fogo possuíam documentação e se eles possuíam autorização para a posse delas, foi respondido que não. 
O carona afirmou que a espingarda de dois canos gauge 28 e a carabina calibre .22lr são de propriedade do dono da propriedade rural que ele mora e cuida.
Diante dos fatos foi dada voz de prisão aos dois, sendo assim deslocado com eles e o armamento até o 16º BPM, para com o auxílio do trânsito realizar o teste etilométrico no condutor do veículo. foi oferecido o teste baf-300 o qual de livre e espontânea vontade realizou-o, tendo obtido-se como resultado a medida de 0,55mg/l. Ambos foram encaminhados até a 14 ª SDP para procedimentos cabíveis e o veículo fiat/palio foi recolhido ao pátio do 16º BPM devido estar com os pneus lisos "carecas", sem condições de transitar.

Fonte: DPM do Guará

Nenhum comentário:

Postar um comentário