segunda-feira, 26 de março de 2018

Richa anuncia hoje que deixa o Governo para concorrer ao Senado; Cida vai assumir


O governador Beto Richa deve anunciar nesta segunda-feira (26) sua renúncia ao cargo. Ele vai concorrer a uma cadeira no Senado Federal. Quem assume é a vice-governadora Cida Borghetti (PP). Isso deve ocorrer provavelmente no dia 7 de abril. O anúncio da renúncia deve acontecer após uma reunião do secretariado, que irá ocorrer às 11 horas.

De acordo com a lei eleitoral, caso queira ser candidato, Beto precisa abandonar o governo até o dia sete de abril, quando faltam seis meses para a eleição.

“Os partidos aliados delegaram a mim a coordenação dessa sucessão e eu preciso, até por satisfação a esses partidos, concluir essas conversas, anunciando na segunda se continuo no governo ou se saio para disputar as eleições”, disse Richa no final de semana, apesar de não haver mais dúvidas de que isso irá ocorrer..

Aliados de Richa nos últimos anos, o deputado estadual Ratinho Júnior (PSD) e a vice-governadora Cida Borghetti (PP) já anunciaram pré-candidaturas ao governo, mas o governador disse que ainda espera manter o grupo unido. “Seria importante, não só para ganhar as eleições, mas por governabilidade, manter o grupo unido. Então estamos conversando para definir o apoio no máximo até a próxima semana porque o prazo está acabando”, concluiu.

Uma grande aliança se forma em favor de Cida e analistas apontam para um apoio de cerca de 30 deputados, dos 54 com cargo na Assembleia. Todas as alianças estão sendo feitas com a articulação do ministro da Saúde, Ricardo Barros, marido de Cida. Barros vai renunciar ao cargo para concorrer a uma vaga na Câmara Federal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário