sábado, 17 de março de 2018

Policial militar mata filho de menos de um ano e se mata em seguida



Uma tragédia familiar está mobilizando o município de Colorado e toda região na manhã deste sábado, 17 de março. Um policial militar matou o filho de 06 meses e tirou a própria vida logo em seguida.

Cristiano Palmieri, 31 anos, morador do Bairro Deville, teria tirado a vida do filho com uma facada no pescoço e depois deu um tiro em sua própria cabeça.

Em consequência desse ato trágico, a esposa foi encaminhada para o Hospital Santa Clara em Colorado. A mulher teria presenciado o crime.

POLICIAL QUERIDO PELOS AMIGOS

Em uma primeira conversa com pessoas próximas ao policial envolvido na tragédia, eles relataram que o militar era uma pessoa muito querida por todos os companheiros de trabalho. Além disso, ele não aparentava passar por nenhum tipo de problemas psicológicos.

A residência de Palmieri, local da tragédia, está cercada por populares e militares da região. Alguns estão muito comovidos com a situação. Conversamos com um policial que trabalhava na mesma viatura que Cristiano e ele estava nitidamente muito emocionado.

Troca de mensagens de celular trocadas entre a mulher, uma tia e o marido podem ajudar a polícia a entender o que levou o policial a cometer o crime.

O corpo de Palmieri e de seu filho foi encaminhado ao IML de Maringá.

Nenhum comentário:

Postar um comentário