domingo, 4 de fevereiro de 2018

6 dicas para o melhor controle de gastos no comércio


Para uma empresa ser mais lucrativa e investir na melhoria da qualidade dos serviços de forma eficiente, é fundamental adotar um rigoroso controle de gastos. A medida é uma maneira de priorizar a saúde financeira da organização.

As dívidas comprometem bastante a capacidade de um empreendedor honrar os compromissos com os funcionários e os fornecedores. Além disso, fazem com que o negócio tenha uma grande dificuldade de se manter competitivo diante de uma concorrência cada vez mais qualificada.

Se você deseja expandir os lucros e diminuir os custos, uma boa alternativa é seguir as 6 dicas que vamos apresentar neste post. Confira!

1. Faça uma planilha para o controle de gastos

Não tem como uma empresa reduzir as despesas sem saber exatamente com o que está gastando. Para resolver esse problema, o indicado é contar com uma planilha para listar os gastos realizados durante determinado período (semana, quinzena, mês etc.).

A iniciativa também é uma forma de verificar os itens que estão gerando mais custos. Imagine, por exemplo, que uma mercearia constatou um grande aumento na conta de água de um mês para o outro sem um motivo aparente. Nesse caso, o proprietário terá que adotar ações para diminuir o consumo, o que vai contribuir para ter menos gastos com água nos próximos meses.

2. Analise os gastos fixos e os variáveis

Há duas modalidades de despesas que o empresário deve ficar bastante atento: as fixas e as variáveis. A primeira está relacionada a fatores que fazem parte da rotina de uma empresa mas não têm ligação direta com a produtividade, como aluguel, materiais de limpeza e serviços de segurança.

A segunda abrange aspectos que influenciam nas atividades da empresa de forma direta e impactam no valor dos serviços e dos produtos oferecidos. São exemplos de custos variáveis:

. comissão para vendedores;

. matérias-primas;

. fretes.

À medida que um empreendedor identifica os gastos que podem ter uma redução, ele terá mais condições de fazer um controle eficiente das despesas. É muito importante aliar a oferta de mercadorias de boa qualidade com preços que sejam atraentes para o consumidor.

Dessa forma, as chances das vendas aumentarem serão bem maiores, o que é ótimo para manter o negócio funcionando a pleno vapor.


3. Aposte na capacidade de negociação

O bom relacionamento com os fornecedores é crucial para o controle dos gastos. Toda empresa deve contar com parceiros honestos e que entreguem os produtos na quantidade e no período combinados.

O empresário e o fornecedor precisam um do outro para conquistar uma posição de destaque no mercado. O ideal é priorizar uma negociação que busque um valor que seja interessante para ambas as partes.

Imagine um restaurante que oferece comida a quilo e está pensando em fazer uma promoção para atrair mais fregueses. Uma maneira de ter sucesso com essa iniciativa é diminuir os gastos com os fornecedores de itens como verduras, carnes e bebidas.

Mesmo assim, é preciso ter cuidado com a margem de lucro. Afinal, uma empresa deve ter uma gestão responsável e inteligente, que saiba administrar as despesas e fazer os investimentos necessários para continuar competitiva.

4. Faça um planejamento de gastos por período

É muito comum os gastos de uma empresa sofrerem oscilações durante o ano. Isso acontece por uma série de fatores, como a necessidade de contar com mais matérias-primas para suprir a procura dos clientes.

Para manter o bom funcionamento do negócio, o recomendado é elaborar um planejamento que considere as mudanças do mercado ao longo de cada período. Isso vai ajudar o empresário a estar mais bem preparado para enfrentar as variações na demanda por produtos e serviços.

Pense em uma sorveteria que está localizada em uma cidade turística em que as praias são uma das principais atrações. Nesse caso, o empreendedor deve ter uma atenção especial durante o verão, época em que as vendas serão maiores devido ao grande movimento de pessoas na região.

Com o conhecimento das despesas que terá ao longo de um ano, o empresário saberá controlar melhor os gastos e terá menos riscos de contrair dívidas. Ter foco na saúde financeira é essencial para o sucesso.

5. Separe as despesas pessoais e as da empresa

Um dos erros mais graves que podem ser cometidos é colocar na mesma conta bancária os investimentos pessoais e os relativos a uma empresa. Essa iniciativa pode gerar uma grande confusão na gestão de um negócio.

O melhor a ser feito é ter uma conta específica para verificar a entrada e a saída de recursos financeiros do negócio. Já pensou um empreendedor ficar endividado porque usou o dinheiro da empresa para fazer uma viagem com a família?

A situação pode parecer absurda, mas não é algo impossível de acontecer. Para não cometer esse erro, tenha uma gestão profissional das finanças para gastar apenas o necessário. Manter os pés no chão é muito relevante para o controle dos gastos.

Clique aqui e saiba como a Cresol pode ajudar a sua empresa!


6. Pague as contas em dia

O bom pagador sempre é respeitado e valorizado. Um empresário inteligente deve pensar nisso para manter o negócio em funcionamento de maneira adequada. Pagar em dia também é uma forma de conseguir descontos na hora de negociar com os fornecedores.

Em um cenário em que os consumidores priorizam economizar o máximo possível, é interessante contar com preços competitivos que ajudem o público-alvo a administrar o orçamento familiar com mais facilidade.

É importante fazer o pagamento das contas em dia para evitar despesas com multas e juros. Um sinal de falta de organização é atrasar o pagamento da conta de luz. Se for possível, tenha um calendário de pagamentos por mês e procure alternativas que facilitem a rotina da empresa, como quitar algumas contas por meio do débito automático.

Isso faz com que haja menos riscos de atrasar os pagamentos. Não adotar recursos para melhorar a administração das despesas é um equívoco que não pode ser cometido por um empreendedor. Hoje, um empresário deve focar as prioridades do negócio e não perder tempo com o pagamento de contas em uma agência bancária.

Se você deseja ter um controle de gastos que ajude a empresa a aumentar os lucros e a se destacar no mercado, assine agora mesmo a nossa newsletter. O conhecimento sempre faz a diferença!

Nenhum comentário:

Postar um comentário